Manifestação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manifestação do Movimento pelos Direitos Civis nos E.U.A., 28 de Agosto de 1963.
Manifestações em frente ao Parlamento da Grécia.
Pessoas numa manifestação em Washington em 2005.
Manifestação em Mianmar em 2007.

Manifestação é um ato coletivo em que os cidadãos se reúnem publicamente para expressar uma opinião política a favor ou contra determinada causa. É habitual que se atribua a uma manifestação um êxito tanto maior quanto maior o número de participantes. O objeto das manifestações são, em geral, tópicos de natureza política, econômica, e social. Em muitos países, manifestações populares de protesto são muitas vezes tratadas pelos governos como atos de perturbação da ordem pública ebventualmente associadas a terrorismo.[1][2][3][4][5] [6]

Formas[editar | editar código-fonte]

Entre os vários tipos de manifestações, incluindo uma variedade de elementos, incluindo:

  • Escracho - concentração de manifestantes diante do domicílio ou do lugar de trabalho de alguém que é alvo de denúncia ou protesto.
  • Marcha ou passeata - manifestação em que os participantes caminham juntos em direção a determinado local associado às reivindicações ou ao motivo do protesto.
  • Piquete - manifestantes bloqueiam o acesso a um local específico ou a uma via pública.
  • Protesto nu - manifestantes marcham sem roupas
  • Protesto sentado - pessoas sentam-se no chão, ocupando determinada área.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências