Protesto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Manifestação.

O protesto, também chamado de manifestação expressa uma reação solitária ou em grupo, de caráter público, contra ou a favor de determinado evento.[1] Os manifestantes organizam um protesto como uma maneira pública de que suas opiniões sejam ouvidas em uma tentativa de influenciar a opinião de outras pessoas ou a política do governo[2], ou podem empreender a ação direta tentando, elas mesmas, decretar diretamente as mudanças desejadas.

Teatro-protesto contra os prisioneiros afegãos da Baía de Guantânamo, em Cuba

Formas de protesto[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Protesto

Referências

  1. «Significado de Protesto». Significados. Consultado em 4 de Agosto de 2016. 
  2. «A era dos protestos conectados». Revista Época. 29 de Março de 2015. Consultado em 4 de Agosto de 2016. 
Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.