Oposição (política)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2012).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros termos com o mesmo nome, veja Oposição.

Oposição (do latim oppositione) é ato ou efeito de se opor ou se colocar contra algo ou alguém. Em política especificamente, refere-se aos partidos políticos contrários ao governo.[1] Em política, refere-se ao partido ou grupo de partidos que intitulam-se contrários ao governo.

Em regimes de governo bipartidários, a posição de cada partido político fica sempre estabelecida entre o partido de situação (partido do governo) e o partido de oposição. Em regimes multipartidários, a cada eleição, os partidos dividem-se em partidos de situação, oposição e independentes.

Há várias formas de se fazer oposição, seja institucional (dentro das instituições democráticas, como os partidos e o parlamento) ou não institucional, até formas mais radicais como a subversão e o terrorismo.

Formas de oposição[editar | editar código-fonte]

Manifestação popular de oposição à construção da estrada de ferro Pequim-Hong Kong em 2009/2010

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete oposição.

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 228.
Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.