Shawn Mendes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Shawn Mendes
Mendes no concerto em homenagem ao 92º aniversário da rainha Elizabeth II (abril de 2018)
Nome completo Shawn Peter Raul Mendes
Nascimento 8 de agosto de 1998 (21 anos)
Toronto, Ontário
Canadá
Residência Pickering, Ontário
Canadá
Nacionalidade canadense
Etnia branco
Estatura 1,85 m[1]
Progenitores Mãe: Karen Rayment
Pai: Manuel Mendes
Ocupação cantorcompositormodelo
Período de atividade 2013—presente
Prêmios lista de prêmios
Agência Wilhelmina Models
Carreira musical
Gênero(s) popfolk rockpop rock
Extensão vocal baritenor
Instrumento(s) vocalguitarrapiano
Gravadora(s) Island Records
Afiliações
Página oficial
www.shawnmendesofficial.com

Shawn Peter Raul Mendes (Toronto, 8 de agosto de 1998) é um cantor, compositor e modelo canadense.[2] Ele ganhou seguidores em 2013, postando versões cover de músicas no aplicativo de compartilhamento de vídeos Vine. No ano seguinte, ele chamou a atenção do gerente artístico Andrew Gertler e de caça talentos da Island Records Ziggy Chareton, o que o levou a assinar um contrato com a gravadora. O cantor já lançou três álbuns de estúdio, realizou três turnês mundiais como artista principal e recebeu vários prêmios.

Mendes lançou seu EP de estreia autointitulado em 2014 e seu primeiro álbum de estúdio, Handwritten, em 2015, cujo single “Stitches” alcançou o número um na principal parada musical do Reino Unido e o top 10 nos Estados Unidos e no Canadá. Em 2016, ele então lançou seu segundo álbum de estúdio Illuminate, cujos singles “Treat You Better” e “There's Nothing Holdin' Me Back” alcançaram o top 10 em vários países. Seu terceiro álbum de estúdio, Shawn Mendes: The Album, de 2018, foi apoiado pelo single “In My Blood”. Todos os três álbuns debutaram no topo da Billboard 200 norte-americana, com o primeiro fazendo Mendes um dos cinco artistas a estrear no número um antes dos 18 anos, e o terceiro fazendo dele o terceiro artista mais jovem a alcançar três álbuns número um. Em 2017, Mendes tornou-se o primeiro artista a conseguir três singles número um na tabela Adult Contemporary da Billboard. Em 2018, o cantor se tornou o primeiro artista a conseguir quatro singles número um na tabela Adult Pop Songs antes dos 20 anos.

Mendes atuou como artista principal em quatro turnês: #ShawnsFirstHeadlines, Shawn Mendes World Tour, Illuminate World Tour e Shawn Mendes: The Tour. Entre suas honras, o músico ganhou 13 prêmios SOCAN, 10 MTV Europe Music Awards, oito Prêmios Juno, oito iHeartRadio MuchMusic Video Awards, dois American Music Awards e duas nomeações ao Grammy Award. Em 2018, a revista Time incluiu Mendes em sua lista anual de “100 pessoas mais influentes do mundo”.

Biografia

Início de vida

Shawn Mendes nasceu em Toronto, Ontário, sendo filho de Karen (Rayment), uma agente imobiliária, e Manuel Mendes, um empresário que vende suprimentos para bares e restaurantes em Toronto. Seu pai é português (de Algarve),[3] enquanto sua mãe é inglesa. Ele tem uma irmã mais nova chamada Aaliyah.[4] O cantor foi criado em uma família religiosa. [5]

Mendes cresceu em Pickering, Ontário, onde estudou na Escola Secundária Pine Ridge.[6] Na escola, ele jogou hóquei no gelo e futebol, se juntou ao glee club do ensino médio e praticou sua presença de palco em aulas de atuação. Mendes também fez o teste para o Disney Channel em Toronto.[7] Mendes se formou no ensino médio em junho de 2016.[8]

Vida pessoal

Mendes se abriu publicamente sobre a luta contra o transtorno de ansiedade através de “In My Blood”, uma faixa de seu terceiro álbum de estúdio. Ele declarou que estava em terapia para ajudá-lo a lidar com a condição de saúde mental, afirmando:

Falei com um terapeuta algumas vezes [...] A terapia é o que funciona para você - escalar uma montanha. Terapia é ouvir música e correr na esteira... a terapia é sair para jantar com seus amigos... é algo que te distrai, ajuda a curar e por isso depende apenas do que você acha que é a terapia. Eu fiz um esforço consciente para estar mais conectado com as pessoas da minha vida. Eu descobri que estava me isolando de todos, achando que isso me ajudaria a lutar, então percebendo que a única maneira de lutar seria me abrir completamente e deixar as pessoas entrarem.
Original (em inglês): I spoke to a therapist a couple of times [...] Therapy is what works for you. Therapy is listening to music and running on the treadmill, therapy is going to dinner with your friends — it's something that distracts you, that helps you heal and so it just depends on what you think therapy is. I made a conscious effort to be more connected to the people in my life. I found I was closing myself off from everybody, thinking that would help me battle it then realising the only way I was going to battle it was completely opening up and letting people in.
— Shawn Mendes [9] (em inglês)

No que diz respeito à especulação sobre sua sexualidade, Mendes afirmou: “Primeiro de tudo, eu não sou gay. Em segundo lugar, não deveria fazer diferença se eu fosse ou não fosse. O foco deveria estar na música e não minha sexualidade.”[10][11][12]

Carreira

2013—15: Primeiros passos na música e Handwritten

Ver artigo principal: Handwritten
Mendes na abertura da turnê The 1989 World Tour (maio de 2015)

Mendes aprendeu a tocar violão assistindo vídeos tutoriais no YouTube aos 14 em 2012.[13] Menos de um ano depois, ele começou a postar versões cover no YouTube. Mendes começou a atrair espectadores depois que ele postou um cover de “As Long As You Love Me” de Justin Bieber no aplicativo de vídeo social Vine em 2013 e ganhou 10.000 curtidas e vários seguidores no dia seguinte. Depois disso, ele ganhou milhões de visualizações e seguidores em poucos meses, tornando-se conhecido por seus trechos de seis segundos de versões cover de muitas canções populares.[14][15] Em agosto de 2014, ele era o terceiro músico mais seguido de Vine.[16] O empresário artístico Andrew Gertler descobriu Mendes online em novembro de 2013, trazendo-o para a Island Records em janeiro de 2014. Em abril, ele ganhou o concurso “Best Cover Song” (Melhor Versão Cover) de Ryan Seacrest com “Say Something” de A Great Big World. Ele assinou oficialmente com a Island em maio de 2014.[17]

Mendes lançou seu primeiro singleLife of the Party” em 26 de junho de 2014.[18] Ele se tornou o artista mais jovem a estrear no Top 25 da Billboard Hot 100, chegando ao número 24 na semana que terminou em 12 de julho de 2014.[19] Antes de assinar contrato, Mendes fez uma turnê como membro da Magcon Tour[20] ao lado de outros jovens do Vine com um grande número de seguidores nas redes sociais.[21] Ele também esteve em uma turnê nacional com Austin Mahone como um ato de abertura. Mendes lançou o The Shawn Mendes EP em julho de 2014, sendo esse seu trabalho de estreia por uma grande gravadora.[22] O EP estreou e chegou ao número cinco na Billboard 200, vendendo 48.000 cópias em sua primeira semana.[23] Ele ganhou um prêmio Teen Choice em 2014 na categoria Web Star in Music (pt: Estrela da Web na Música).[24] Em 5 de setembro de 2014, “Oh Cecilia (Breaking My Heart)”, com participação de Mendes, foi lançado como o quinto single de Meet the Vamps, álbum de estréia da banda The Vamps.[25] Em 6 de novembro de 2014, “Something Big” foi lançada como o segundo single de Shawn Mendes.[26]

Em 14 de abril de 2015, Mendes lançou seu primeiro álbum de estúdio, Handwritten, que estreou como número um na tabela Billboard 200 com 119,00 unidades equivalentes ao álbum, vendendo 106.000 cópias em sua primeira semana e foi certificado de platina.[27][28] Ele então tornou-se o mais jovem artista a estrear em na posição número um desde o lançamento de My World 2.0 de Justin Bieber.[29]Stitches”, a terceira música de trabalho do álbum, alcançou o número 4 da Billboard Hot 100, tornando-se em seu primeiro single Top 10 nos Estados Unidos,[30] e tambem seu primeiro número um no Adult Pop Songs.[31][32] Mais tarde a canção chegou ao topo da parada musicial britânica.[33] Também em 2015, Mendes foi ato de abertura da turnê The 1989 World Tour de Taylor Swift, na segunda etapa da América do Norte da turnê, e gravou “Believe” para a trilha sonora de do filme Descendants.[34][35] No final de 2015, Mendes e Camila Cabello, que na época era membro do grupo Fifth Harmony, lançaram em parceria o singleI Know What You Did Last Summer”. A canção foi incluída na reedição do álbum de entraria de Mendes, entitulada Handwritten Revisited.[36]

Mendes foi listado pela revista Time entre os "25 Adolescentes Mais Influentes de 2014", depois de ser o artista mais jovem a estrear no top 25 da Billboard Hot 100.[37] Ele foi listado nos "Os 30 Adolescentes Mais Influentes de 2015" da revista Time, após seu álbum de estreia ser número 1 na Billboard 200 e seu single “Stitches” alcançado o top 10 nos EUA e em outros países.[38]

2016—17: Illuminate

Ver artigo principal: Illuminate
Mendes em 2017

Em 21 de janeiro de 2016, Mendes fez sua estreia como ator em na 3.ª temporada da série The 100 da rede de televisão The CW.[39] Mais tarde, ele anunciou sua segunda turnê mundial como artista principal, a Shawn Mendes World Tour, que começou em março de 2016.[40] e esgotou 38 shows na América do Norte e Europa em poucos minutos.[41]

Mendes lançou “Treat You Better”, o primeiro single do seu segundo álbum de estúdio, em junho de 2016.[42] Nos EUA, o single alcançou o top 10 na Billboard Hot 100, tornou-se seu segundo single a atingir o topo das paradas Adult Contemporary[32] e Adult Pop Songs[31] e foi certificado platina tripla.[28] Também foi o top 10 no Reino Unido. O álbum Illuminate foi lançado em 23 de setembro de 2016 e estreou no número um da parada americana Billboard 200 com 145,000 unidades equivalentes ao álbum, incluindo 121.000 em vendas de álbuns e foi certificado disco de platina.[43][28] Ele estreou no topo das paradas no Canadá, tornando-se seu segundo álbum número um em seu país de origem. “Mercy” foi lançada como segundo single do álbum em 18 de agosto de 2016,[44] que entrou no top 20 em os EUA e no Reino Unido e foi certificada dupla platina.[28] Mendes lançou o álbum ao vivo Live at Madison Square Garden em dezembro de 2016.[45] Ele apareceu como convidado musical no Saturday Night Live em 3 de dezembro de 2016.[46]

Em abril de 2017, Mendes embarcou na Illuminate World Tour que esgotou ingressos em arenas ao redor do como o Staples Center em Los Angeles e a The O2 Arena em Londres.[47][48][49] Ele lançou o singleThere's Nothing Holdin' Me Back” em 20 de abril de 2017, incluído na edição de luxo do álbum Illuminate.[50] A música foi o terceiro single dele a chegar ao top 10 nos Estados Unidos[51] e o terceiro a alcançar o número um em ambas paradas Adult Contemporary[32] e Adult Pop Songs.[31][52] Em agosto de 2017, ele se tornou o primeiro artista com menos de 20 anos de idade a ter três músicas número um na tabela Billboard Adult Pop Songs.[53] Em novembro de 2017, Mendes tornou-se o primeiro artista a ter três músicas número um na tabela Billboard Adult Contemporary antes de completar 20 anos de idade,[54] um feito sem precedentes desde a fundação do gráfico há mais de 50 anos.

Mendes foi listado entre Os 30 Adolescentes Mais Influentes do Ano de 2016 pela revista Time[55] e fez sua primeira aparição em Forbes 30 Abaixo dos 30 Anos de 2016 — Música.[56] Ele liderou a lista dos 21 Abaixo dos 21 Anos da Billboard em 2017, após seus dois álbuns terem liderado a tabela Billboard 200 e seu single “There's Nothing Holding Me Back” tornar-se seu quinto top 20 da Billboard Hot 100.[57]

2018: Shawn Mendes

Ver artigo principal: Shawn Mendes (álbum)

Em 22 de março de 2018, Mendes lançou o singleIn My Blood”, primeira música de trabalho se seu futuro terceiro álbum de estúdio,[58] seguido pelo segundo singleLost in Japan” em 23 de março.[59] “In My Blood” ficou no topo da parada Adult Pop Songs da Billboard, fazendo de Mendes o primeiro e único artista a ter quatro singles no primeiro lugar antes de completar 20 anos.[31] “Youth” foi lançada em 3 de maio com participação do cantor norte-americano Khalid.[60]

Seu álbum autointitulado foi lançado em 25 de maio de 2018 recebendo críticas positivas, com particular elogio para suas composições e crescimento artístico.[61] O disco estreou em número um no Canadá, tornando-se seu terceiro álbum número um em seu país de origem. Ele estreou em número um no Billboard 200 dos EUA, tornando Mendes o terceiro artista mais jovem a acumular três álbuns número um.[62]

Mendes no concerto em homenagem ao 92º aniversário da rainha Elizabeth II (abril de 2018)

Para promover o álbum, Mendes embarcou em sua turnê mundial autointitulada em 2019.[63] Além da turnê, ele se apresentou em festivais de música na Europa, América do Norte e América do Sul. Apresentou-se em um concerto televisionado em homenagem ao 92º aniversário da rainha Elizabeth II em 21 de abril de 2018.[64] Fez aparições no programa de TV “The Late Late Show” em junho, onde cantou um de seus últimos singles a cada noite por uma semana.[65] As faixas que ele tocou ao vivo foram “Nervous”,[66] “Lost in Japan”,[67] “Perfectly Wrong”,[68] e o dueto com Julia Michaels “Like to be You”.[69] Mendes fez uma aparição no talk show noturno The Tonight Show Starring Jimmy Fallon em outubro e se apresentou com a canção “Lost in Japan”.[70] Ele, junto com Fallon e a banda oficial da casa, The Roots, tocaram uma versão especial de “Treat You Better” para o quadro Classroom Instruments (em português: Instrumentos de sala de aula).[71] O cantor também apresentou seus últimos singles no iHeartRadio MuchMusic Video Awards no Canadá em 27 de agosto, onde recebeu oito indicações e ganhou quatro prêmios.[72]

Mendes estrelou um documentário dirigido pelo astro do YouTube Casey Neistat. O curta-metragem faz parte da série Artist Spotlight Story do YouTube, com uma entrevista com Mendes e cenas dos bastidores durante uma das turnês do cantor.[73] O trailer foi lançado no YouTube em 22 de setembro para anunciar oficialmente o documentário que estava por vir.[74] O documentário Shawn Mendes - Artist Spotlight Stories foi publicado em 28 de setembro.[75] Antes do dia oficial do lançamento, Mendes e Neistat realizaram um preview do filme, onde fãs selecionados de Mendes foram convidados para o evento.

A versão remixada de “Lost in Japan”, do DJ alemão Zedd, foi lançada em 27 de setembro.[76] Mendes apresentou a versão remix do single ao vivo durante o American Music Awards de 2018, realizado em Los Angeles em 9 de outubro.[77] Ele foi acompanhado no palco por Zedd.[78] O canadense voltou a aparecer na lista “21 Abaixo dos 21 Anos” da Billboard em 2018, no topo da lista pelo segundo ano consecutivo por conta de seu desempenho nas paradas musicais, tendo três álbuns consecutivos número um.[79]

Mendes tocando “In My Blood” no MTV Video Music Awards (agosto de 2018)

Mendes e Zac Brown Band apareceram em um episódio do programa de TV americano CMT Crossroads, uma atração que traz um músico country acompanhado um músico de outro gênero. O episódio foi ao ar em 24 de outubro e foi gravado um mês antes da data de exibição agendada. Mendes e Zac Brown Band tocaram nove músicas, onde cantaram trechos das músicas um do outro e fizeram uma versão cover "Man in the Mirror", de Michael Jackson. Partes do diálogo entre Mendes e Zac Brown Band, falando sobre música e experiências ao longo da carreira, foram mostradas entre as performances da música.[80]

Em 1 de novembro, Mendes foi anunciado como uma das atrações musicais para o desfile da Victoria's Secret de 2018, que foi gravado na cidade de Nova York em novembro, e foi ao ar em dezembro.[81] Ele lançou um EP com três músicas remixadas em 21 de dezembro intitulado The Album (Remixes). A gravação inclui canções de seu álbum autointitulado remixadas, bem como “Where Were You in the Morning?” com Kaytranada, “Why” com Leon Bridges e “Youth” com Jessie Reyez.[82]

2019—presente: Futuro quarto álbum de estúdio

Em maio 2019, Mendes lançou o single “If I Can't Have You” junto com o vídeo musical.[83] que estreou no número dois na Billboard Hot 100, tornando-se seu single com melhor desempenho no gráfico.[84] A canção estreou no top 10 na Austrália e no Reino Unido, tornando-se seu quinto top 10 em ambos os países.[85][86]

Em 21 de junho de 2019, Mendes lançou o single “Señorita”, em parceira com a cantora cubano-americana Camila Cabello, junto com o vídeo musical.[87]

Estilo musical e influências

Mendes citou John Mayer, Ed Sheeran, Justin Timberlake e Bruno Mars como suas influências musicais.[88][89]

Para Brittany Spanos, da Rolling Stone, Mendes incorpora, "melodias acústicas folk-pop cativantes" em seu catálogo. Para Joe Coscarelli, do The New York Times, "seu pop-rock macio, às vezes soulful toca principalmente para pré-adolescentes e adolescentes, mas também tem encontrado atração em estações de rádio contemporâneas adultas".[90] Para Coscarelli, Illuminate representa a cuidadosa evolução de sua digestão sonora e de sua temática, com grande parte da instrumentação orgânica e gentileza do bom rapaz do Handwritten intactos.

Após lançar canções com temas mais adultos, como "Bad Reputation" e "Lights On", Mendes afirmou que estava lançando uma canção sobre sexo aos dezoito anos, o que considerava apropriado (assim como só lançaria uma canção sobre beber aos vinte e um), e que não a teria lançando mais jovem.[90]

Filantropia

Em 2014, Mendes e a DoSomething.org, lançaram uma campanha chamada "Notes From Shawn" (Notas do Shawn em português). A campanha foi inspirada na letra do primeiro Single do cantor, Life Of The Party, e abordou a baixa auto-estima, depressão e consciência de auto-agressão.[91] Eles relançaram a campanha pelo segundo ano consecutivo em 2015.[92] Também trabalhou com a Pencils of Promise, arrecadando US$ 25.000 para construir uma escola em Gana.[93]

Filmografia

Cinema

Ano Título Papel Notas
2013 Metegol Jake jovem (voz) Dublagem em inglês

Televisão

Ano Título Papel Notas
2015 Yo quisiera Ele mesmo Episódio: "Yo soy la bloguera de moda"
2016 The 100 Macallan Episódio: "Wanheda: Part 1"
Saturday Night Live Ele mesmo Episódio: "Emma Stone/Shawn Mendes"
2018 Drop the Mic Ele mesmo Episódio: "Odell Beckham Jr. vs. Shawn Mendes / Molly Ringwald vs. Jon Cryer"
2019 Saturday Night Live Ele mesmo Episódio: "Adam Sandler/Shawn Mendes"

Discografia

Ver artigo principal: Discografia de Shawn Mendes
Álbuns de estúdio

Turnês

Atração principal
  • ShawnsFirstHeadlines (2014–15)
  • Shawn Mendes World Tour (2016)
  • Illuminate World Tour (2017)
  • Shawn Mendes: The Tour (2019)
Ato de abertura
Festivais
  • The Jingle Ball Tour (2014)
  • The Jingle Ball Tour (2015)
  • Rock in Rio (2017)
  • Shawn Mendes Festival Tour (2018)

Prêmios e indicações

Mendes recebeu várias indicações e prêmios. Ganhou 13 prêmios da Sociedade de Compositores, Autores e Editores de Música do Canadá (SOCAN), 10 MTV Europe Music Awards (EMA), oito Prêmios iHeartRadio MMVAs (MMVA), oito Prêmios Juno, três BMI Awards, dois American Music Awards, e o Allan Slaight Honor da Calçada da Fama do Canadá. Ele foi nomeado ao Prêmio Grammy duas vezes.

Referências

  1. Carolinne Rigotti (12 de novembro de 2016). «Com Biel, Justin Bieber e João Guilherme Ávila, confira a altura dos astros!». Purebreak. Consultado em 23 de junho de 2019 
  2. «Shawn Mendes». models.com 
  3. «Shawn Mendes: o rapaz do momento». noticiasmagazine.pt. 23 de outubro de 2015. Consultado em 2 de fevereiro de 2016 
  4. «HAPPY BIRTHDAY TO MY BEAUTIFUL SISTER !». Shawn Mendes Official Twitter. 15 de setembro de 2015. Consultado em 28 de dezembro de 2015 
  5. Marine, Brooke (8 de maio de 2018). «Shawn Mendes Opens Up Before His First Met Gala About His Friend Hailey Baldwin, Being a Romantic at Heart, and His New Music». W Magazine. Consultado em 6 de novembro de 2018. "Forever, religion is going to have a massive impact on people's fashion. It always has been and always will be," Mendes—who later revealed he did come from a religious upbringing—told W when asked how he planned to incorporate the theme into his look for the evening. 
  6. «Shawn Mendes: How a six-second video launched the next Justin Bieber». Telegraph.co.uk. 16 de Janeiro de 2015. Consultado em 27 de janeiro de 2015 
  7. «Shawn Mendes Was Nearly A Disney Kid». iHeartRadio. Canada. 10 de julho de 2017. Consultado em 9 de novembro de 2018 
  8. «Shawn Mendes Finally Graduated High School Yesterday». Teen Vogue. 29 de junho de 2016. Consultado em 18 de outubro de 2018 
  9. «Shawn Mendes undergoes therapy to cure anxiety» (html) (em inglês). Business Standard. 21 de abril de 2018. Consultado em 10 de junho de 2019 
  10. Evan Real (24 de junho de 2016). «Shawn Mendes Responds to Rumors About His Sexuality» (em inglês). Us Weekly. Consultado em 10 de junho de 2019 
  11. John Paul Brammer (9 de maio de 2018). «Let Shawn Mendes Be Heterosexual in Peace» (em inglês). them. Consultado em 10 de junho de 2019 
  12. Patrick Doyle (26 de novembro de 2018). «Shawn Mendes: Confessions of a Neurotic Teen Idol» (Rolling Stone) (em inglês). Consultado em 1 de junho de 2019 
  13. «Shawn Mendes: 5 things you didn't know» (em inglês). AXS. 23 de abril de 2015. Consultado em 12 de fevereiro de 2017 
  14. Brian Anthony Hernandez (23 de abril de 2015). «Shawn Mendes started his career on Vine. Now his album is No. 1» (em inglês). Mashable. Consultado em 11 de junho de 2019 
  15. Miles Raymer (11 de julho de 2014). «Shawn Mendes talks about turning Internet fame into an IRL hit» (em inglês). EW.com. Consultado em 11 de junho de 2019 
  16. «Shawn Mendes: 5 Things You Need To Know About The Vine Star Turned Chart-Topping Singer (PHOTOS)» (em inglês). Headlines & Global News. 21 de outubro de 2015. Consultado em 11 de junho de 2019 
  17. Harley Brown (6 de abril de 2014). «Shawn Mendes, Vine Superstar, Signs with Island Records: Exclusive» (em inglês). Billboard. Consultado em 11 de junho de 2019 
  18. Jem Aswad (18 de julho de 2014). «How Shawn Mendes Is Turning Vine Fame Into a Music Career» (em inglês). Billboard. Consultado em 11 de junho de 2019 
  19. Bradley Stern (2 de julho de 2014). «Shawn Mendes, 15-Year-Old Vine Celebrity, Makes Record-Breaking Debut On Billboard Hot 100» (em inglês). Idolator. Consultado em 11 de junho de 2019 
  20. «Girls go gaga for Vine video boys at Itasca meet and greet» (em inglês). Daily Herald. 3 de março de 2014. Consultado em 11 de junho de 2019 
  21. Ted Gregory (21 de fevereiro de 2014). «Viners' meet and greet fosters teen idol frenzy» (html) (em inglês). Chicago Tribune 
  22. «'Secret' is out: Austin Mahone announces album, tour». USA Today. 4 de abril de 2014 
  23. Caulfield, Keith (15 de abril de 2015). «Shawn Mendes Album on Course for No. 1 Debut on Billboard 200 Chart». Billboard. Consultado em 2 de outubro de 2015 
  24. Brown, Harley (4 de junho de 2014). «Vine Superstar Shawn Mendes Signed to Island Records (Exclusive)». Billboard 
  25. «The Vamps Release Remix of 'Oh Cecilia (Breaking My Heart)' Feat. Shawn Mendes [LISTEN]». popcrush.com 
  26. «Shawn Mendes' New Single 'Something Big' Is Actually Something Huge». MTV.com 
  27. Caulfield, Keith (22 de abril de 2015). «Shawn Mendes' 'Handwritten' Debuts at No. 1 on Billboard 200 Chart». Billboard. Consultado em 31 de agosto de 2015 
  28. a b c d «You searched for shawn mendes — RIAA». RIAA. Consultado em 22 de agosto de 2017 
  29. Daw, Robbie (22 de abril de 2015). «Shawn Mendes Becomes Youngest Artist To Top Album Chart In Half A Decade — idolator». idolator. Consultado em 22 de agosto de 2017 
  30. Trust, Gary (26 de outubro de 2015). «The Weeknd Tops Hot 100; Adele No. 1 Next Week?». Billboard. Consultado em 26 de outubro de 2015 
  31. a b c d Trust, Gary (15 de novembro de 2015). «Shawn Mendes Is the First Artist to Land Four No. 1s on the Adult Pop Songs Chart Before Age 20». Billboard. Consultado em 23 de setembro de 2018 
  32. a b c Trust, Gary. «Shawn Mendes Is First Artist in AC Chart's History to Notch Three No. 1s Before Age 20». Billboard. Consultado em 23 de setembro de 2018 
  33. Copsey, Rob (22 de janeiro de 2016). «It's not a stitch-up! Shawn Mendes knocks Bieber off Number 1». Official Charts Company. Consultado em 24 de janeiro de 2016 
  34. Glatter, Hayley (12 de junho de 2015). «Shawn Mendes Wrote a New Song for Disney's "Descendants" Soundtrack!». Seventeen. Consultado em 5 de novembro de 2018 
  35. «Vance Joy, Shawn Mendes tapped to support Taylor Swift on her "1989" tour». Headline Planet. 3 de novembro de 2014 
  36. «Shawn Mendes & Camila Cabello Announce 'I Know What You Did Last Summer' Duet: Hear a Preview». Billboard. Consultado em 14 de novembro de 2015 
  37. «The 25 Most Influential Teens of 2014». TIME Staff. Time. 13 de outubro de 2014. Consultado em 16 de novembro de 2015 
  38. «The 30 Most Influential Teens of 2015». TIME Staff. Time. 27 de outubro de 2015. Consultado em 16 de novembro de 2015 
  39. «Watch Shawn Mendes Bring Sweet, Beautiful Music To 'The 100'». MTV news. Consultado em 18 de janeiro de 2016 
  40. Spanos, Brittany (28 de janeiro de 2016). «Shawn Mendes Announces Second Headlining World Tour». Rolling Stone. Consultado em 31 de janeiro de 2016 
  41. Guardia, Niko; Berkofsky, Blossom. «Shawn Mendes' World Tour Sells Out in Minutes — Music News — ABC News Radio». ABC News Radio. Consultado em 22 de agosto de 2017 
  42. «Shawn Mendes Tries to End an Abusive Relationship in 'Treat You Better' Video». Billboard. 12 de julho de 2016. Consultado em 13 de julho de 2016 
  43. Caulfield, Keith (2 de outubro de 2016). «Shawn Mendes Earns Second No. 1 Album on Billboard 200 With 'Illuminate'». Billboard. Consultado em 3 de outubro de 2016 
  44. Ceron, Ella (18 de agosto de 2016). «Shawn Mendes's New Song "Mercy" Will Break Your Heart». Teen Vogue. Consultado em 24 de dezembro de 2016 
  45. «Shawn Mendes Gifts Fans Early: 'Live at Madison Square Garden' Coming Friday». Billboard. 19 de dezembro de 2016 
  46. Atkinson, Katie. «Shawn Mendes Performs 'Mercy' & 'Treat You Better' on 'Saturday Night Live'». Billboard. Consultado em 22 de agosto de 2017 
  47. Middleton, Ryan (8 de setembro de 2016). «Shawn Mendes Announces 2017 Illuminate World Tour Dates». musictimes.com. Consultado em 28 de dezembro de 2016 
  48. Wilker, Deborah. «Shawn Mendes Rocks His Dream Stage at Sold-Out L.A. Staples Center Concert». Billboard. Consultado em 24 de agosto de 2017 
  49. McClean, Craig. «Shawn Mendes: I was the most upset I've ever been after Manchester». Evening Standard. Consultado em 24 de agosto de 2017 
  50. Weatherby, Taylor (20 de abril de 2017). «Shawn Mendes Drops Feisty New Single 'There's Nothing Holdin' Me Back'». Billboard. Consultado em 24 de maio de 2017 
  51. McIntyre, Hugh (17 de julho de 2017). «Shawn Mendes Grabs Another Top 10 Hit, While 'Despacito' Leads For Week 10». Forbes. Consultado em 24 de agosto de 2017 
  52. «Shawn Mendes' "There's Nothing Holdin' Me Back" tops "Billboard's" Pop Songs chart — Music News — ABC News Radio». ABC News Radio. 15 de agosto de 2017. Consultado em 24 de agosto de 2017 
  53. Trust, Gary. «Shawn Mendes First Artist Under 20 to Land Three No. 1s on Adult Pop Songs Chart». Billboard. Consultado em 29 de agosto de 2017 
  54. Trust, Gary. «Shawn Mendes Is First Artist in AC Chart's History to Notch Three No. 1s Before Age 20». Billbaord. Consultado em 23 de setembro de 2018 
  55. «The 30 Most Influential Teens of 2016». TIME Staff. Time. 19 de outubro de 2016. Consultado em 27 de agosto de 2018 
  56. «Forbes 30 Under 30: Music». Forbes. 3 de janeiro de 2016. Consultado em 4 de janeiro de 2016 
  57. «21 Under 21 2017: Music's Next Generation». Billboard. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  58. «Hear Shawn Mendes' Raw New Song 'In My Blood'» (em inglês). Rolling Stone 
  59. «Shawn Mendes on Twitter». Twitter 
  60. Tucker, Eric (7 de maio de 2018). «Shawn Mendes and Khalid release 'Youth'». Mix 106. Consultado em 22 de janeiro de 2018 
  61. Brandle, Lars (26 de abril de 2018). «Shawn Mendes Shares Artwork, Track List and Release Date for New Album». Billboard. Consultado em 26 de abril de 2018 
  62. Caulfield, Keith (3 de junho de 2018). «Shawn Mendes Scores No. 1 Album on Billboard 200 Chart». Billboard. Consultado em 4 de junho de 2018 
  63. Jones, Abby (8 de maio de 2018). «Shawn Mendes Announces Self-Titled International Arena Tour». Billboard. Consultado em 8 de maio de 2018 
  64. «Stars like Tom Jones and Kylie Minogue shine for Queen's 92nd birthday party» 
  65. «Shawn Mendes Is Crashing With James Corden At The Late Late Show For A Week». Consultado em 23 de setembro de 2018 
  66. «Shawn Mendes:Nervous #LateLateShawn». Consultado em 9 de outubro de 2018 
  67. «Shawn Mendes:Lost In Japan #LateLateShawn». Consultado em 9 de outubro de 2018 
  68. «Shawn Mendes:Perfectly Wrong #LateLateShawn». Consultado em 9 de outubro de 2018 
  69. «Shawn Mendes:Like to be You #LateLateShawn». Consultado em 9 de outubro de 2018 
  70. «Shawn Mendes- Lost in Japan». Consultado em 13 de outubro de 2018 
  71. Longmire, Becca. «Shawn Mendes Joins Jimmy Fallon To Perform 'Treat You Better' Using Classroom Instruments — Watch!». ET Canada. Consultado em 9 de outubro de 2018 
  72. «Shawn Mendes Dominates iHeartRadio MMVAs 2018». Billboard. Consultado em 27 de agosto de 2018 
  73. «Shawn Mendes' New Documentary Is Confirmed: Here's Where To Watch It». CapitalFM. Consultado em 23 de setembro de 2018 
  74. «SHAWN MENDES – Artist Spotlight Story (Official Trailer)». Consultado em 23 de setembro de 2018 
  75. «SHAWN MENDES – Artist Spotlight Stories». Consultado em 9 de outubro de 2018 
  76. Bein, Kat. «Zedd Turns Shawn Mendes' 'Lost In Japan' Into a Neon Fantasy: Watch». Billboard. Consultado em 9 de outubro de 2018 
  77. Weatherby, Taylor. «Shawn Mendes, Zedd & Camila Cabello To Perform at 2018 American Music Awards». Billboard. Consultado em 9 de outubro de 2018 
  78. «Shawn Mendes, Zedd – Lost in Japan (Live from the AMAs / 2018)». Consultado em 13 de outubro de 2018 
  79. «21 Under 21 2018: Shawn Mendes, Juice WRLD, Noah Cyrus & More». Billboard. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  80. Kelly, Hunter. «Shawn Mendes on Working With Zac Brown Band, Country-Pop Fusion». Rolling Stone. Consultado em 25 de outubro de 2018 
  81. Bajgrowicz, Brooke. «Victoria's Secret Fashion Show Performers Announced: Shawn Mendes, Halsey, The Chainsmokers & More». Billboard. Consultado em 3 de novembro de 2018 
  82. Bajgrowicz, Brooke. «Shawn Mendes Drops Remix EP Featuring Leon Bridges, Jessie Reyez & Kaytranada». Billboard. Consultado em 21 de dezembro de 2018 
  83. Spanos, Brittany. «Song You Need to Know: Shawn Mendes, 'If I Can't Have You'». RollingStone. Consultado em 14 de maio de 2019 
  84. Trust, Gary. «Lil Nas X's 'Old Town Road' Rules Billboard Hot 100 for Sixth Week; Shawn Mendes, Logic & Eminem Debut in Top Fivepublisher=Billboard». Consultado em 14 de maio de 2019 
  85. «Official Charts: Shawn Mendes». Official Charts. Consultado em 14 de maio de 2019 
  86. «FOURTH WEEK AT #1 FOR LIL NAS X'S OLD TOWN ROAD, Debuts for Shawn Mendes, Logic and more!». ARIA Charts. Consultado em 14 de maio de 2019 
  87. «Shawn Mendes, Camila Cabello release new song, video for 'Señorita' - National | Globalnews.ca». globalnews.ca (em inglês). 21 de junho de 2019. Consultado em 21 de junho de 2019 
  88. Pankey, William (27 de maio de 2015). «Q&A: Shawn Mendes talks touring, musical influences and having a No. 1 album». AXS. Consultado em 3 de março de 2017 
  89. Lynn, Jennifer (2 de setembro de 2014). «MTV Meets: Shawn Mendes». MTV. Consultado em 3 de maio de 2017 
  90. a b «Shawn Mendes, Pop Idol, Is Not Banking on a Gimmick». The New York Times. 20 de setembro de 2016. Consultado em 3 de março de 2017 
  91. Abel, Alex (28 de agosto de 2014). «Join Shawn Mendes to Combat Low Self-Esteem & Spread LOVE!». seventeenmag. Consultado em 3 de março de 2017 
  92. Kassoy, Ben (13 de agosto de 2015). «How Shawn Mendes is Spreading Happiness with Little Notes». Teen Vogue. Consultado em 3 de março de 2017 
  93. Bliss, Karen (11 de novembro de 2015). «Shawn Mendes Wants To Continue Making a Difference, Perhaps Go to Africa». SamaritanMag. Consultado em 3 de março de 2017 

Ligações externas

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons
Wikinotícias Categoria no Wikinotícias