Billboard Hot 100

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Hot 100, veja Hot 100 (desambiguação).
Logotipo atual da Billboard Hot 100

A Billboard Hot 100 é a tabela musical padrão da indústria musical nos Estados Unidos para canções, publicada semanalmente pela revista Billboard. As classificações nos gráficos são baseadas em vendas (físicas e digitais), execuções de rádio (airplay) e streaming online nos Estados Unidos.

O período de rastreamento semanal para vendas era inicialmente de segunda a domingo, quando a Nielsen começou a monitorar as vendas em 1991, mas foi alterado para sexta a quinta em julho de 2015. Este período de rastreamento também se aplica à compilação de dados de streaming online. O airplay de rádio, que, ao contrário dos números de vendas e streaming, está prontamente disponível em tempo real, é monitorado em um ciclo de segunda a domingo (anteriormente de quarta a terça).[1] Um novo gráfico é compilado e lançado oficialmente ao público pela Billboard às terças-feiras, mas pós-datado para o sábado seguinte.[2]

A primeira canção número um da Billboard Hot 100 foi "Poor Little Fool" de Ricky Nelson, em 4 de agosto de 1958. Na edição da semana que terminou em 15 de maio de 2021, a Billboard Hot 100 teve 1.123 diferentes entradas no número um. A atual canção número um da parada é "Stay" dos cantores The Kid Laroi e Justin Bieber.[3]

História[editar | editar código-fonte]

O que hoje é conhecido como o Hot 100 já existia há quase 15 anos como gráficos numerosos, rastreando e classificando os singles mais populares do dia em várias áreas. Durante os anos 1940 e 1950, singles populares foram classificados em três gráficos significativos:

  • Mais Vendidos em Lojas - ranking dos singles mais vendidos em lojas de varejo, como relatado pelos comerciantes pesquisados em todo o país (20 a 50 posições);
  • Mais ouvidos em Jockeys - ranking das músicas mais tocadas nas rádios dos Estados Unidos, conforme relatado por DJs de rádio e estações de rádio (20 a 25 posições);
  • Mais executados Em Jukeboxes - as músicas mais tocadas nas jukeboxes nos Estados Unidos (20 posições). Este foi um dos principais mercados a medir a popularidade música com a nova geração de ouvintes de música, como muitas estações de rádio resistiram adicionar Rock n Roll aos seus playlists por muitos anos.

Apesar de oficialmente todos os três rankings tinham "peso" iguais em termos de sua importância, muitos historiadores da indústria musical referem-se ao Mais Vendidos nas Lojas o gráfico referente ao desempenho de uma música antes da criação do Hot 100. Billboard eventualmente criou um quarto gráfico de popularidade de singles que combinada todos os aspectos do desempenho em um único (vendas, airplay e atividade jukebox), com base em um sistema de pontos que, normalmente, deu as vendas (compras) mais peso do que nas rádios. Na semana que terminou em 12 de novembro de 1955, a Billboard publicou o Top 100 pela primeira vez. Mais Vendidos em lojas, Mais ouvidos em Jockeys e Mais Executados em Jukeboxes continuaram a ser publicados em simultâneo com o novo Top 100 chart.

Em 17 de junho de 1957, Billboard descontinuou o Mais Executados em Jukeboxes, como a popularidade de jukeboxes diminuiu e estações de rádio incorporaram mais e mais música rock em seus playlists. A semana que terminou em 28 de julho de 1958 foi a publicação final dos gráficos Mais ouvido pem Jockeys e Top 100, ambos os quais tinham a versão instrumental Perez Prado de "Patricia" o topo.

Em 04 de agosto de 1958, Billboard estreou uma parada de singles principais todos os gêneros: o Hot 100. Embora semelhante ao Top 100, o primeiro Hot 100 chart redefiniu o status "semanas no chart" de todas as músicas para "1". O Hot 100 tornou-se rapidamente o padrão da indústria e a Billboard interrompeu o Mais Vendidos nas Lojas em 13 de outubro de 1958.

A Billboard Hot 100 ainda é o padrão pelo qual a popularidade de uma canção é medida nos Estados Unidos. O Hot 100 é classificado por impressões de audiência nas rádios medidas pela Nielsen BDS, dados de vendas compiladas pela Nielsen Soundscan (tanto no varejo quanto digital).[4] e atividade de streaming fornecidas por fontes de música online.

Existem vários componentes gráficos que contribuem para o cálculo global da Hot 100. As mais significativas são mostradas abaixo.

  • Hot 100 Airplay - Composto pelos formatos Adulto Contemporâneo, R&B, hip-hop, country, rock, gospel, Latin e Cristão, digitalmente monitorados 24 horas por dia, sete dias por semana. Gráficos são classificados por número de impressões de audiência bruta, calculada por referência cruzada dos horários exatos de execução nas rádios com dados da Arbitron;
  • Hot 100 Singles Sales - Os singles mais vendidos compilados a partir de uma amostra nacional de lojas de varejo, comerciante em massa e vendas pela internet dados coletados, compilados e fornecidos pela Nielsen SoundScan;
  • Hot Digital Songs - As vendas digitais são rastreadas por Nielsen SoundScan e são incluídas como parte dos pontos de vendas de um título;[5]
  • On-Demand Songs — Uma colaboração entre a Billboard, Nielsen SoundScan e a National Association of Recording Merchandisers que mede cada solicitação on-demand de número ilimitado de músicas em canais de rádio-ouvintes monitorados.

Recordes de canções[editar | editar código-fonte]

Recordes de artistas[editar | editar código-fonte]

Artistas que ocuparam simultaneamente o primeiro e segundo lugares[editar | editar código-fonte]

Elvis Presley
De 20 de Outubro de 1956 a 3 de Novembro de 1956
  1. "Hound Dog"/"Don't Be Cruel"
  2. "Love Me Tender" (paradas "Best Sellers in Stores" e "Most Played by Jockeys")
The Beatles
De 22 de Fevereiro de 1964 a 25 de Abril de 1964, sendo que em 4 de Abril de 1964 havia:
  1. "Can't Buy Me Love"
  2. "Twist and Shout"
  3. "She Loves You"
  4. "I Want to Hold Your Hand"
  5. "Please Please Me"
The Bee Gees
De 18 de Março de 1978 a 15 de Abril de 1978
  1. "Night Fever"
  2. "Stayin' Alive"
Ashanti
De 20 de Abril de 2002 a 18 de Maio de 2002
  1. "Foolish"
  2. "What's Luv? (Fat Joe com Ashanti)
Nelly
De 10 de Agosto de 2002 a 31 de Agosto de 2002
  1. "Hot in Herre"
  2. "Dilemma" (troca de posições em 17 de Agosto de 2002)
OutKast
De 20 de Dezembro de 2003 a 7 de Fevereiro de 2004
  1. "Hey Ya!"
  2. "The Way You Move"
50 Cent
Em 16 de Abril de 2005
  1. "Candy Shop" (50 Cent com Olivia)
  2. "Hate It or Love It" (The Game com 50 Cent)
Mariah Carey
Em 10 de Setembro de 2005
  1. "We Belong Together"
  2. "Shake It Off" (7 semanas em #2)
Akon
2 de Dezembro de 2006
  1. "I Wanna Love You" (Akon com Snoop Dogg)
  2. "Smack That" (Akon com Eminem)
14 de Abril de 2007
  1. "Don't Matter"
  2. "The Sweet Escape" (Gwen Stefani com Akon)
T.I.
04 de Outubro de 2008
  1. "Live Your Life" (T.I. com Rihanna)
  2. "Whatever You Like" (inversão de posições em 18 de Outubro de 2008)
01 de Outubro de 2008
  1. "Whatever You Like"
  2. "Live Your Life" (T.I. com Rihanna)(inversão de posições em 15 de Novembro de 2008)
The Black Eyed Peas
18 de Abril de 2009
  1. "Boom Boom Pow" (12 semanas em #1)
  2. "I Gotta Feeling" (2 semanas em #2)(inversão de posições em 02 de julho de 2009)
Pharrell Williams
17 de Junho de 2013
  1. "Blurred Lines" Robin Thicke ft. T.I. + Pharrell Williams (12 semanas em #1)
  2. "Get Lucky" Daft Punk ft. Pharrell Williams (5 semanas em #2)
Iggy Azalea
07 de Junho de 2014
  1. "Fancy" com Charli XCX (7 semanas em #1)
  2. "Problem" com Ariana Grande (4 semanas em #2)
The Weeknd
26 de Setembro de 2015
  1. "Can't Feel My Face" (3 semanas em #1)
  2. "The Hills" (1 semana em #2) (inversão de posições em 3 de Outubro de 2015)
Justin Bieber
30 de Janeiro de 2016
  1. "Sorry (3 semanas em #1)
  2. "Love Yourself" (2 semanas em #1) (inversão de posições em 6 de Fevereiro de 2016)
Drake
21 de Abril de 2018
  1. "Nice For What"
  2. "God's Plan"
Drake
14 de Julho de 2018
  1. "Nice For What
  2. "Nonstop"
Ariana Grande
19 de Fevereiro de 2019
  1. "7 Rings"
  2. "Break Up with Your Girlfriend, I'm Bored"
  3. "Thank U, Next"
DaBaby
11 de julho de 2020
  1. "Rockstar"
  2. "Whats Poppin"
BTS
17 de outubro de 2020
  1. "Savage Love (Laxed - Siren Beat)"
  2. "Dynamite"

Artistas que alcançaram primeiro lugar póstumo[editar | editar código-fonte]

Outros Recordes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Billboard Staff (24 de junho de 2015). «Billboard to Alter Chart Tracking Week for Global Release Date». Billboard (em inglês). Consultado em 24 de junho de 2015 
  2. Caio Menezes (23 de Julho de 2019). «Como o Billboard Hot 100 funciona? Entenda». Jovem Pan Online. Consultado em 5 de Setembro de 2019 
  3. «The Billboard Hot 100». Billboard (em inglês). Consultado em 11 de agosto de 2021 
  4. «Get Your Mind Right: Underground Vs. Mainstream». HipHopDX. 11 de fevereiro de 2008. Consultado em 6 de janeiro de 2011 
  5. Mayfield, Geoff (4 de agosto de 2007). «Billboard Hot 100 To Include Digital Streams». Billboard magazine. Consultado em 30 de julho de 2007 
  6. Top Ten List (2 de janeiro de 2012). «Top Ten Oldest Artists to have a Chart Topping Single (Solo)» (em inglês). Entertainment, Featured, People. Consultado em 23 de fevereiro de 2013 
  7. [1]
  8. [2]
  9. [3]
  10. «Mariah Carey makes chart history again — this time for dropping off completely». EW.com (em inglês). Consultado em 14 de janeiro de 2020 
  11. [4]
  12. «Ed Sheeran Stays Atop Hot 100, Clean Bandit Bounds to Top 10». Billboard. 13 de março de 2017. Consultado em 13 de março de 2017 
  13. «The Chainsmokers Match Beatles & Bee Gees With Three Songs in Hot 100's Top 10 & Ed Sheeran Holds at No. 1». Billboard. 6 de março de 2016. Consultado em 6 de março de 2016 
  14. «Ed Sheeran's 'Shape of You' Leads Hot 100 for Fifth Week». Billboard. 27 de fevereiro de 2017. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  15. «Closer (estreia) - Music: Top 100 Songs | Billboard Hot 100 Chart». Billboard. 14 de agosto de 2016. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  16. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome :0
  17. «Ed Sheeran Debuts Atop Hot 100 With 'Shape of You' & in Top 10 With 'Castle on the Hill'». Billboard. 17 de janeiro de 2017. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  18. «Ariana Grande Breaks Record With Three Top 10 Debut Singles». Latin Post (em inglês). 17 de novembro de 2015. Consultado em 5 de fevereiro de 2019 
  19. «Wish Come True: Mariah Carey's 'All I Want for Christmas Is You' Hits No. 1 on Hot 100 After 25-Year Wait». Billboard. Consultado em 17 de dezembro de 2019 
  20. Medeiros, Kavad (11 de maio de 2020). «Beyoncé conquista novo recorde com "Savage Remix", sua participação na música de Megan Thee Stallion». POPline. Consultado em 21 de maio de 2020 
  21. «Beyoncé's mom congratulates daughter as she makes Billboard history». The Independent (em inglês). 14 de maio de 2020. Consultado em 21 de maio de 2020 
  22. «Fergie Scores Third Solo No. 1 On Hot 100». Billboard (em inglês). Consultado em 11 de abril de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]