The 1989 World Tour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The 1989 World Tour
Pôster promocional da turnê
Turnê mundial de Taylor Swift
Álbum associado 1989
Data de início 5 de maio de 2015 (2015-05-05)
Data de fim 12 de dezembro de 2015 (2015-12-12)
Partes 6
N.º de apresentações 7 na Ásia
63 na América do Norte
8 na Europa
7 na Oceania
85 no total
Receita US$ 250,733,097
Audiência 2,278,647
Cronologia de turnês de Taylor Swift
The Red Tour
(2013-14)
Reputation Stadium Tour
(2018)

The 1989 World Tour foi a quarta turnê mundial da cantora norte-americana Taylor Swift, em suporte ao seu quinto álbum de estúdio, 1989 (2014). As datas europeias e norte-americanas, assim como duas datas no Japão, foram anunciadas em novembro de 2014, em seguida foram anunciadas datas na Oceania, em dezembro do mesmo ano. Novas datas foram anunciadas na Ásia em junho de 2015, e um terceiro show em Melbourne foi anunciado em julho de 2015. A turnê começou em 5 de maio de 2015, em Tóquio, Japão, e foi finalizada em 12 de dezembro de 2015, em Melbourne, Austrália, um dia antes do 26º aniversário da cantora.

Esta foi a turnê mais rentável e a com o maior público das turnês de Swift, mobilizando 2,278,647 fãs e US$ 250,733,097 em receita, tornando-se assim a turnê de maior faturamento do ano de 2015.[1] A turnê também ficou conhecida pelo número extenso de participações especiais, Ed Sheeran,[2] Selena Gomez,[3] The Weeknd,[4] Justin Timberlake,[5] Mick Jagger,[6] Ellie Goulding,[7] Idina Menzel,[8] e parte do elenco do videoclipe de "Bad Blood", como Lily Aldridge,[9] Mariska Hargitay[10] e Cara Delevingne.[11]

Em 13 de dezembro de 2015, Swift anunciou que havia feito parceria com a Apple Music para lançar o vídeo da turnê, intitulado The 1989 World Tour Live, em 20 de dezembro. Foi filmado no estádio ANZ Stadium, em Sydney, em 28 de novembro, seu maior show até a data, com um público de 75,980 pessoas.

Antecedentes e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Swift se apresentando em Detroit em maio de 2015.

A turnê foi anunciada via o Twitter de Swift, em 23 de novembro de 2014, onde Swift disse: "#ATurnê1989 vai acontecer!", seguido de um link para o seu site, onde os fãs podiam descobrir a lista de datas. Além disso, foi revelado que o cantor australiano Vance Joy serviria como ato de abertura da digressão, e que os primeiros ingressos para o público norte-americano estariam disponíveis a partir do dia 14 daquele mês.[12]

Em entrevista para a revista Time, Swift disse que "o repertório será predominantemente composto pelas canções de 1989. [...] Há tantas coisas com as quais eu ando sonhado para isso. Se você olhar a composição das minhas músicas anteriores, no que diz respeito aos elementos de produção, há muita bateria ao vivo, violões, guitarras elétricas e baixo ao vivo. E se você olhar o panorama de 1989, é feito principalmente de sintetizadores e baterias automatizadas e esses sons tipo de grandes sintetizadores épicos, e baixos e vocais em camadas. Eu tenho uma banda muito grande, somos, o que, 14 pessoas, então no fim você vai ter mais é uma sensação ao vivo, no sentido que ele vai ser preenchido e será dramático, com mais camadas, mas nunca ao ponto de parecer barulhento ou superlotado."[13]

Swift também comentou sobre o desafio de se apresentar em estádios, afirmando que "o desafio com um show num estádio é fazer com que as pessoas na última fileira superior tenham uma experiência íntima e pessoal."[13] No mês seguinte em uma entrevista para a KIIS-FM, ela revelou que sabia como seria o palco, além de saber que "todos os fãs parecem estar dizendo que realmente não querem que nenhuma das canções [de 1989] sejam deixadas fora do set list".[14]

A turnê levou sete meses para ser planejada, seguido de três meses de ensaios musical, quatro semanas de ensaios de palco e dez dias de dois ensaios gerais diários.[15] A comitiva era composta de 26 caminhões semirreboque e 11 ônibus transportando 146 pessoas de cidade em cidade. Além disso, cerca de 125-150 pessoas eram contratadas em cada cidade para ajudar com a carga e montagem do palco. Todo o processo de carregamento e montagem do palco levava entre 6 e 8 horas em arenas, enquanto os estádios exigiam um dia adicional. Muitos dos membros da equipe já haviam trabalhado em excursões de Swift desde a era Fearless.[16] Swift escolheu dois modelos de capa de vinil para os caminhões; 13 tinham um modelo e 13 tinham o outro.[17]

Filmagem[editar | editar código-fonte]

Concerto em Sydney.

No show de Sydney, no dia 28 de Novembro de 2015, haviam placas no estádio ANZ Stadium dizendo: "Os eventos de hoje serão gravados para transmissão global, e também podem fazer parte de um programa de televisão... para fins comerciais e promocionais." Apesar de não haver mais informações sobre o motivo das filmagens, houve especulações de que seria para um DVD da 1989 World Tour, a ser lançado assim que a turnê acabasse, em Melbourne, no final de 2015. Especulações posteriores envolviam o lançamento de um video pela Apple Music, o que, mais tarde, foi confirmado. Coincidentemente, "All You Had To Do Was Stay" e "This Love" foram adicionados de volta ao show após terem sido deixadas de fora da set list por vários meses. Assim, o set list de Sydney ficou idêntico ao de Tóquio, onde a turnê começou.[18]

Em 13 de dezembro de 2015 (26º aniversário de Taylor), ela anunciou que havia feito uma parceria com a Apple Music para lançar o vídeo da turnê, chamado The 1989 World Tour Live, no dia 20 de dezembro. Filmado didante de 76.000 fãs durante sua parada no ANZ Stadium, em Sydney, em 28 de novembro, o vídeo mostra todo o show e imagens nunca antes vistas dos bastidores e dos ensaios com alguns dos convidados-surpresa de shows anteriores.[19]

Recepção comercial[editar | editar código-fonte]

Venda de ingressos[editar | editar código-fonte]

A pré-venda dos shows europeus começou em 4 de novembro de 2014, a venda ao público para esta etapa começou em 7 de novembro, os ingressos para o show em Londres foram vendidos posteriormente, em 10 de novembro. O primeiro lote de pré-venda de alguns shows na América do Norte começou a ser vendido em 7 de novembro de 2014, e a venda ao público em geral naquele continente se deu a partir de 14 de novembro do mesmo ano; a Austrália começou as vendas a partir de 12 de dezembro de 2014, e o Japão iniciou as vendas no dia seguinte, 13 de dezembro; Singapura e Xangai começaram as vendas a partir de 30 de junho de 2015. Swift foi a sexta artista mais procurada no site de vendas Ticketmaster, em 2014.[20]

Os ingressos se esgotaram em muitas cidades quando as vendas gerais começaram. Swift anunciou 9 datas extras, bem como um show em Houston na fase norte-americana. Los Angeles foi a cidade com mais datas extras, com 3 shows adicionais no Staples Center. As cidades que ganharam um show extra foram East Rutherford, Chicago, Washington, D.C., Filadédlfia, St. Paul, Santa Clara. Em St. Louis, Swift originalmente iria se apresentar em 13 e 14 de outubro de 2015, mas depois de adicionar Houston à turnê, os shows em St. Louis foram reduzidos de dois para um, e ela viria a se apresentar nesta cidade apenas em 28 de setembro de 2015, e os ingressos foram disponibilizados para venda às 10 da manhã do dia 30 de janeiro de 2015.[21] No entanto, os ingressos para este show se esgotaram em poucos minutos, isso resultou em uma segunda data sendo adicionada naquele local, em 29 de setembro.[22] Swift também adicionou datas na etapa europeia da turnê, devido à grande popularidade, uma em Colônia e outra em Dublin.[23] Em Dublin, os ingressos para ambas as datas se esgotaram em 55 minutos, sendo que a segunda data foi adicionada 6 minutos depois dos ingressos para o primeiro show terem se esgotado.[24]

Na Austrália, os mais de 30.000 ingressos para o primeiro show em Melbourne (11 de dezembro de 2015) se esgotaram em menos de uma hora.[25] Logo após, Swift anunciou 2 datas extras para esta fase, uma em Melbourne e uma em Adelaide.[26] Devido à demanda popular, em julho de 2015 Swift adicionou um terceiro show em Melbourne, após os 2 primeiros se esgotarem, e se tornou a primeira artista feminina a fazer 3 shows de uma mesma turnê no estádio AAMI Park.[27]

Em janeiro de 2015, a revista Forbes relatou que a The 1989 World Tour foi uma das turnês mais caras de 2015, logo atrás da On with the Show da banda britânica Fleetwood Mac e da V Tour da banda americana Maroon 5.[28] Nos Estados Unidos, o preço médio de um ingresso era de US$380 de acordo com a TiqIQ, e a data com ingresso mais barato foi o show no estádio Fargodome, em Fargo, Dakota do Norte, em 12 de outubro, onde o preço médio do ingresso foi de US$ 182,95, e o ingresso mais barato US$ 79.[29] O show em 29 de junho de 2015, em Dublin, foi a data européia mais cara, onde o preço médio do ingresso foi de US$ 285, com o ingresso mais barato a US$ 198.[30] O show de Sydney teve o preço minimo mais barato dos shows de Taylor Swift na Austrália, a $130 australianos (US$ 100). O show mais caro foi a apresentação final em Melbourne - sábado, 12 de dezembro de 2015 - com um preço mínimo de de $249 australianos (US$ 193). No total, os ingressos da turnê The Red Tour tiveram um preço médio de $ 176 em todas suas quatro fases, enquanto a 1989 World Tour teve um preço médio de cerca de US$ 392 por show, um aumento de 123%. Os ingressos da turnê 1989 World Tour foram os mais caros da carreira de Taylor Swift.[29]

Faturamento[editar | editar código-fonte]

Os cinco shows da fase norte-americana (20 de maio – 6 de junho de 2015, sem incluir Baton Rouge) geraram um total de US$ 16.8 milhões com a venda de 149,708 ingressos.[31] A turnê ficou no topo da parada Billboard Hot Tours pela segunda semana consecutiva, faturando US$ 15.2 milhões, com um total de 129,962 ingressos vendidos em três shows em Charlotte e na Filadélfia.[32] Até 1º de agosto de 2015, a turnê havia arrecadado US$ 86.2 milhões, com 20 apresentações nos EUA e no Canadá, com um total de 771.460 ingressos vendidos em sete arenas e nove estádios. Em 9 de setembro, a revista Billboard informou que a turnê já havia arrecadado mais de US$ 130 milhões, com 1.1 milhão de ingressos vendidos, e afirmou que esta poderia se tornar a turnê mais lucrativa de Swift.[33] A The 1989 World Tour ultrapassou oficialmente a The Red Tour em outubro de 2015, quando a Billboard informou que a turnê havia arrecadado mais de US$ 173 milhões. Nesta época, a turnê também voltou ao número 1 no Hot Tours da revista Billboard, sendo esta a sexta vez no ano de 2015 que Swift ficou no topo da parada semanal das turnês mais lucrativas, graças a venda de ingressos terem totalizado US$ 13.6 milhões com os shows em Toronto, St. Louis e Des Moines.[34]

De acordo com a revista Billboard, depois de terminar a etapa norte-americana em Tampa, a turnê havia faturado mais de US$ 217 milhões com 71 shows, ultrapassando a turnê On the Road Again da banda britânica One Direction, e se tornou a turnê pop de maior faturamento em 2015. Os 2 concertos de Swift no estádio MetLife Stadium em East Rutherford ficaram na posição de numero 8 da lista "Top 25 Faturamentos", que elege os shows de maior faturamento do ano; a turnê também teve outras 6 posições nessa lista, incluindo as apresentações em Santa Clara, Foxborough, Filadélfia, Chicago, Tóquio e Washington, D.C..[35]

Depois de seu encerramento em Melbourne, a turnê havia arrecado mais de US$ 250 milhões, e tornou-se a turnê de maior faturamento de 2015, ficando no topo das paradas "Top 20 Turnês Mundiais de 2015",[36] "Top 100 Turnês Mundiais de 2015",[37] "Top 200 Turnês Norte-Americanas"[38] da revista Pollstar. A The 1989 World Tour arrecadou mais de US$ 199.4 milhões somente na América do Norte, quebrando o recorde histórico de 162 milhões de dólares estabelecido pela banda The Rolling Stones em 2005, e Swift tornou-se a primeira artista feminina na história da música a conseguir tal feito. O ano de recordes de Swift também deu a ela três posições na lista das 25 turnês norte-americanas de maior faturamento da história, sendo esta a de mais alto faturamento por uma mulher, mas terceira no ranking geral de artistas.[39]

Duas performances no estádio Tokyo Dome, em Tóquio, classificaram-se na posição de número 9 da lista "Top 100 Faturamento International de 2015" da revista Pollstar, aparecendo nesta lista junto com estes 2 shows em Tóquio, estão os shows em Melbourne, Sydney, Shanghai e Brisbane.[40] A The 1989 World Tou também teve outras 24 posições em outra lista da Pollstar - "Top 200 Faturamento de Turnês na América do Norte" - com a posição mais alta sendo a de número 5, com 2 shows no MetLife Stadium, e a posição mais baixa, com as 2 apresentações no Pepsi Center, em Denver, foi a de número 160.[41]

Repertório[editar | editar código-fonte]

  1. "Welcome to New York"
  2. "New Romantics"
  3. "Blank Space"
  4. "I Knew You Were Trouble"
  5. "I Wish You Would"
  6. "How You Get the Girl"
  7. "I Know Places"
  8. "All You Had to Do Was Stay"
  9. "You Are in Love"
  10. "Clean"
  11. "Love Story" (Remix)
  12. "Style"
  13. "This Love"
  14. "Bad Blood"
  15. "We Are Never Ever Getting Back Together" (Rock Version)
  16. "Enchanted" / "Wildest Dreams"
  17. "Out of the Woods"
  18. "Shake It Off"

Datas[editar | editar código-fonte]

Data Cidade País Local Atos de abertura Público Receita
Etapa 1 — Ásia[100]
5 de maio de 2015 Tóquio  Japão Tokyo Dome N/A 100,320 / 100,320 (100%) US$ 10,586,828
6 de maio de 2015
Etapa 2 — América do Norte[101][102]
15 de maio de 2015[a 1] Las Vegas  Estados Unidos City of Rock
20 de maio de 2015 Bossier City CenturyLink Center Vance Joy 12,459 / 12,459 (100%) US$ 1,458,197
22 de maio de 2015 Baton Rouge LSU Tiger Stadium Vance Joy
Shawn Mendes
50,227 / 50,227 (100%) US$ 4,119,670
30 de maio de 2015 Detroit Ford Field 50,703 / 50,703 (100%) US$ 5,999,690
2 de junho de 2015 Louisville KFC Yum! Center Vance Joy 16,242 / 16,242 (100%) US$ 1,863,281
3 de junho de 2015 Cleveland Quicken Loans Arena 15,503 / 15,503 (100%) US$ 1,732,041
6 de junho de 2015 Pittsburgh Heinz Field Vance Joy
Shawn Mendes
54,801 / 54,801 (100%) US$ 5,836,926
8 de junho de 2015 Charlotte Time Warner Cable Arena Vance Joy 15,024 / 15,024 (100%) US$ 1,627,798
9 de junho de 2015 Raleigh PNC Arena 13,886 / 13,886 (100%) US$ 1,653,762
12 de junho de 2015 Filadélfia Lincoln Financial Field Vance Joy
Shawn Mendes
101,052 / 101,052 (100%) US$ 11,987,816
13 de junho de 2015
Etapa 3 — Europa[103][104]
19 de junho de 2015 Colônia  Alemanha Lanxess Arena James Bay 29,020 / 29,020 (100%) US$ 2,054,690
20 de junho de 2015
21 de junho de 2015 Amesterdã  Países Baixos Ziggo Dome 11,166 / 11,166 (100%) US$ 800,829
23 de junho de 2015 Glasgow Escócia The SSE Hydro Vance Joy 11,021 / 11,021 (100%) US$ 1,119,300
24 de junho de 2015 Manchester  Inglaterra Manchester Arena 14,773 / 14,773 (100%) US$ 1,478,760
27 de junho de 2015[a 2] Londres Hyde Park Rae Morris
29 de junho de 2015 Dublin  Irlanda 3Arena Vance Joy 25,188 / 25,188 (100%) US$ 1,975,510
30 de junho de 2015
Etapa 4 — América do Norte[105]
6 de julho de 2015 Ottawa  Canadá Canadian Tire Centre Vance Joy 13,480 / 13,480 (100%) US$ 1,325,480
7 de julho de 2015 Montreal Bell Centre 14,770 / 14,770 (100%) US$ 1,499,040
10 de julho de 2015 East Rutherford  Estados Unidos MetLife Stadium Vance Joy
Shawn Mendes
Haim
110,105 / 110,105 (100%) US$ 13,423,858
11 de julho de 2015
13 de julho de 2015 Washington, D.C. Nationals Park 85,014 / 85,014 (100%) US$ 9,730,596
14 de julho de 2015
18 de julho de 2015 Chicago Soldier Field 110,109 / 110,109 (100%) US$ 11,469,887
19 de julho de 2015
24 de julho de 2015 Foxborough Gillette Stadium 116,849 / 116,849 (100%) US$ 12,533,166
25 de julho de 2015
1° de agosto de 2015 Vancouver  Canadá BC Place Vance Joy
Shawn Mendes
41,463 / 41,463 (100%) US$ 4,081,820
4 de agosto de 2015 Edmonton Rexall Place Vance Joy 26,534 / 26,534 (100%) US$ 2,387,080
5 de agosto de 2015
8 de agosto de 2015 Seattle  Estados Unidos CenturyLink Field Vance Joy
Shawn Mendes
55,711 / 55,711 (100%) US$ 6,050,643
14 de agosto de 2015 Santa Clara Levi's Stadium 102,139 / 102,139 (100%) US$ 13,031,146
15 de agosto de 2015
17 de agosto de 2015 Glendale Gila River Arena Vance Joy 26,520 / 26,520 (100%) US$ 3,029,628
18 de agosto de 2015
21 de agosto de 2015 Los Angeles Staples Center Vance Joy
Haim
70,563 / 70,563 (100%) US$ 8,961,681
22 de agosto de 2015
24 de agosto de 2015
25 de agosto de 2015
26 de agosto de 2015
29 de agosto de 2015 San Diego Petco Park Vance Joy
Shawn Mendes
44,710 / 44,710 (100%) US$ 5,475,237
4 de setembro de 2015 Salt Lake City EnergySolutions Arena Vance Joy 14,131 / 14,131 (100%) US$ 1,589,686
5 de setembro de 2015 Denver Pepsi Center 27,126 / 27,126 (100%) US$ 2,868,991
6 de setembro de 2015
9 de setembro de 2015[a 3] Houston Minute Maid Park Vance Joy
Shawn Mendes
40,122 / 40,122 (100%) US$ 5,202,196
11 de setembro de 2015 Saint Paul Xcel Energy Center Vance Joy 45,126 / 45,126 (100%) US$ 5,514,863
12 de setembro de 2015
13 de setembro de 2015
16 de setembro de 2015 Indianápolis Bankers Life Fieldhouse 14,010 / 14,010 (100%) US$ 1,550,268
17 de setembro de 2015 Columbus Nationwide Arena 29,936 / 29,936 (100%) US$ 3,369,693
18 de setembro de 2015
21 de setembro de 2015 Kansas City Sprint Center 27,857 / 27,857 (100%) US$ 2,967,558
22 de setembro de 2015
25 de setembro de 2015 Nashville Bridgestone Arena Vance Joy
Haim
28,917 / 28,917 (100%) US$ 3,354,844
26 de setembro de 2015
28 de setembro de 2015[a 4] St. Louis Scottrade Center 29,688 / 29,688 (100%) US$ 3,452,940
29 de setembro de 2015[a 5]
2 de outubro de 2015 Toronto  Canadá Rogers Centre Vance Joy
Shawn Mendes
99,283 / 99,283 (100%) US$ 8,670,990
3 de outubro de 2015
8 de outubro de 2015 Des Moines  Estados Unidos Wells Fargo Arena Vance Joy 13,969 / 13,969 US$ 1,566,321
9 de outubro de 2015 Omaha CenturyLink Center Omaha 29,622 / 29,622 (100%) US$ 3,121,421
10 de outubro de 2015
12 de outubro de 2015[a 6] Fargo Fargodome 21,067 / 21,067 (100%) US$ 2,219,188
17 de outubro de 2015 Arlington AT&T Stadium Vance Joy
Shawn Mendes
62,630 / 62,630 (100%) US$ 7,396,733
20 de outubro de 2015 Lexington Rupp Arena Vance Joy 17,084/ 17,084 (100%) US$ 1,870,471
21 de outubro de 2015 Greensboro Greensboro Coliseum 15,079 / 15,079 (100%) US$ 1,662,171
24 de outubro de 2015 Atlanta Georgia Dome Vance Joy
Shawn Mendes
56,046 / 56,046 (100%) US$ 6,034,846
27 de outubro de 2015 Miami American Airlines Arena Vance Joy 14,044 / 14,044 (100%) US$ 1,527,919
31 de outubro de 2015 Tampa Raymond James Stadium Vance Joy
Shawn Mendes
56,987 / 56,987 (100%) US$ 6,202,515
Etapa 5 — Ásia[108]
7 de novembro de 2015 Kallang  Singapura Singapore Indoor Stadium 17,726 / 17,726 (100%) US$ 3,217,569
8 de novembro de 2015
10 de novembro de 2015 Xangai  China Mercedes-Benz Arena 37,758 / 37,758 (100%) US$ 5,917,348
11 de novembro de 2015
12 de novembro de 2015
Etapa 6 — Oceania[108]
28 de novembro de 2015 Sydney  Austrália ANZ Stadium Vance Joy 75,980 / 75,980 (100%) US$ 6,571,683
5 de dezembro de 2015 Brisbane Suncorp Stadium 46,881 / 46,881 (100%) US$ 4,759,471
7 de dezembro de 2015 Adelaide Adelaide Entertainment Centre 20,090 / 20,090 (100%) US$ 2,407,499
8 de dezembro de 2015
10 de dezembro de 2015 Melbourne AAMI Park 98,136 / 98,136 (100%) US$ 10,421,553
11 de dezembro de 2015
12 de dezembro de 2015
Total 2,278,647 / 2,278,647 (100%) US$ 250,733,097

Notas

  1. O show de 15 de maio de 2015 na City of Rock em Las Vegas foi parte do Rock in Rio USA.
  2. O show de 27 de junho de 2015 no Hyde Park em Londres foi parte do festival British Summer Time.
  3. O show de 9 de setembro de 2015 no Minute Maid Park em Houston estava originalmente estava para ocorrer em 13 de outubro, mas foi antecipado para evitar conflitos com a participação do Houston Astros no torneio norte-americano de basebol.[106]
  4. O show de 28 de setembro de 2015 no Scottrade Center em St. Louis estava originalmente programado para ocorrer em 13 de outubro, mas foi transferido para 28 de setembro, após Swift acrescentar Houston à agenda.[21]
  5. O show de 29 de setembro de 2015 no Scottrade Center em St. Louis estava originalmente programado para ocorrer em 14 de outubro, mas foi reagendado para 29 de setembro, após Swift acrescentar Houston à agenda de apresentações. Depois que Houston foi adicionado, os shows em St. Louis foram reduzidos de dois para um. No entanto, devido à alta demanda, o segundo concerto foi adicionado novamente à agenda.[22]
  6. O show de 12 de outubro de 2015 no Fargodome em Fargo estava originalmente programado para ocorrer em 9 de setembro, mas foi adiado para 12 de outubro a fim de evitar conflitos com a participação do Houston Astros no torneio norte-americano de basebol.[106][107]

Referências

  1. Randy Lewis (30 de dezembro de 2015). «Taylor Swift's '1989' is 2015's highest grossing concert tour by far». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  2. Christina Lee (16 de maio de 2015). «Taylor Swift Joined By Ed Sheeran To Sing 'Tenerife Sea' At Las Vegas: Watch» (em inglês). Idolator. SpinMedia. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  3. Melody Chiu (27 de agosto de 2015). «Saving the BFF for Last: Taylor Swift Invites Selena Gomez on Stage for Her Final L.A. Performance». People (em inglês). Time inc. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  4. Erin Strecker (11 de julho de 2015). «Taylor Swift's 1989 Tour: The Weeknd Performs, U.S Women's Soccer Team Shines & 8 More Enchanting Moments». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  5. Emilee Lindner (27 de agosto de 2015). «Justin Timberlake and Selena Gomez Surprise Taylor Swift's 1989 Tour: Watch» (em inglês). MTV News. Viacom. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  6. Daniel Kreps (27 de setembro de 2015). «Taylor Swift, Mick Jagged Sing 'Satisfaction' in Nashville». Rolling Stone (em inglês). Jann Wenner. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  7. Preston Jones (18 de outubro de 2015). «Review: Taylor Swift at AT&T Stadium». Fort Worth Star-Telegram (em inglês). The McClatchy Company. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  8. Christopher Spata (31 de outubro de 2015). «No tricks, lots of treats as Taylor Swift delights fans at stadium». The Tampa Tribune (em inglês). Tampa Media Group, Inc. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  9. Lindsay Kimble (12 de julho de 2015). «Angels, a Jonas & Crazy Eyes! See Who Taylor Swift Brought Onstage for Her Latest Concert Stop». People (em inglês). Time Inc. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  10. Jason Lipshutz (14 de junho de 2015). «Watch Taylor Swift Bring Out Rachel Platten for 'Fight Song' in Philadelphia». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  11. Madeline Roth (13 de junho de 2015). «A Bunch Of Famous 'Cool Kids' Joined Taylor Swift's 1989 Tour» (em inglês). MTV News. Viacom. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  12. Erin Strecker (3 de novembro de 2014). «Taylor Swift Announces '1989' World Tour Dates». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 13 de julho de 2015. 
  13. a b Jack Dickey (13 de novembro de 2014). «Taylor Swift on 1989, Spotify, Her Next Tour and Female Role Models». Time (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  14. «Taylor Swift Gives Details On Her New World Tour». KIIS-FM] (em inglês). 2015. Consultado em 19 de abril de 2017. 
  15. «The 1989 World Tour™ Stage Creation». YouTube (em inglês). Consultado em 19 de abril de 2017. 
  16. «The 1989 World Tour™ Load In». YouTube (em inglês). Consultado em 19 de abril de 2017. 
  17. «The 1989 World Tour™ Tour Travel». YouTube (em inglês). Consultado em 19 de abril de 2017. 
  18. Julia (28 de novembro de 2015). «The Real Reason There Were No Special Guests At Taylor Swift's Concert». 2Day FM (em inglês). Consultado em 19 de abril de 2017. 
  19. «Taylor Swift Announces Release of 1989 Concert Film». People (em inglês). Consultado em 19 de abril de 2017. 
  20. Marc Schneider (5 de janeiro de 2015). «Luke Bryan Tops One Direction on Ticketmaster's Most-Searched List». Billboard (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  21. a b Kevin C. Johnson (11 de janeiro de 2015). «Taylor Swift's St. Louis concerts downsize from two nights to one». St. Louis Post-Dispatch (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  22. a b Greg Hewitt (30 de janeiro de 2015). «Taylor Swift Adds Second St. Louis Show!». KEZK-FM (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  23. «Taylor Announces Additional Date On The European Leg Of The 1989 World Tour». taylorswift.com (em inglês). 12 de novembro de 2014. Consultado em 20 de abril de 2017. 
  24. Aoife Kelly (15 de dezembro de 2014). «Taylor Swift sold out after adding extra Dublin date». Irish Independent (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  25. «Taylor Swift Sells Oout AAMI Park Melbourne». http://mushroompromotions.com (em inglês). 12 de dezembro de 2014. Consultado em 20 de abril de 2017. 
  26. Nastassia Baroni (12 de dezembro de 2014). «Taylor Swift Adds More Shows To 2015 Australian Tour». http://musicfeeds.com.au (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  27. «Taylor Swift To Make History At AAMI Park». Melbourne Park (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  28. Carolyn Menyes (15 de janeiro de 2015). «Fleetwood Mac, Maroon 5 & Taylor Swift Top Forbes List of Most Expensive Secondary Market Tour Tickets 2015». Music Times (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  29. a b Jesse Lawrence (29 de julho de 2015). «Tickets For 1989 Tour Are Most Expensive Ever For Taylor Swift». Forbes (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  30. Jesse Lawrence (10 de junho de 2015). «High Demand For Taylor Swift Tickets Continues As 1989 World Tour Heads Overseas». Forbes (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  31. Bob Allen (11 de junho de 2015). «Taylor Swift's 1989 Tour Has Earned $17 Million… And Counting». Billboard (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  32. Bob Allen (18 de junho de 2015). «Taylor Swift's 1989 Tour Stays on Top of Hot Tours Tally». Billboard (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  33. Bob Allen (9 de setembro de 2015). «Taylor Swift's 1989 World Tour Has Now Grossed $130 Million». Billboard (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  34. Bob Allen (14 de outubro de 2015). «Taylor Swift's '1989 World Tour': $173 Million Grossed So Far». Billboard (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  35. Ray Waddell (11 de dezembro de 2015). «Live Music's $20 Billion Year: The Grateful Dead's Fare Thee Well Reunion, Taylor Swift, One Direction Top Boxscore's Year-End». Billboard (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  36. «Pollstar 2015 Year-End Top 20 Wordlwide Tours» (PDF). Pollstar (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  37. «Pollstar 2015 Year-End Top 100 Worldwide Tours» (PDF). Pollstar (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  38. «Pollstar 2015 Year-End Top 200 North American Tours» (PDF). Pollstar (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  39. Max Willens (8 de janeiro de 2016). «Taylor Swift Did Something In 2015 That No Female Musician Has Ever Done Before». International Business Times (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  40. «2015 Year-End Top 100 International Boxoffice» (PDF). Pollstar (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  41. «2015 Year-End Top 200 Concert Grosses» (PDF). Pollstar (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  42. «Taylor Swift Concert Setlist at 3Arena, Dublin on June 30, 2015». setlist.fm (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  43. Brian Mansfield (21 de maio de 2015). «Taylor Swift launches U.S. tour in Louisiana». USA Today (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  44. a b Scott Mervis (6 de junho de 2015). «Taylor Swift dazzles at Heinz Field once again with 1989 Tour». Pittsburgh Post-Gazette (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  45. «Taylor Swift Concert Setlist at MetLife Stadium, East Rutherford on July 11, 2015». setlist.fm (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  46. «Taylor Swift Concert Setlist at Nationals Park, Washington on July 14, 2015». setlist.fm (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  47. «Taylor Swift Concert Setlist at Soldier Field, Chicago on July 18, 2015». setlist.fm (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  48. «Taylor Swift Concert Setlist at AT&T Stadium, Arlington on October 17, 2015». setlist.fm (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  49. «Taylor Swift Concert Setlist at Soldier Field, Chicago on July 19, 2015». setlist.fm (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  50. «Taylor Swift Concert Setlist at Centurylink Field, Seattle on August 8, 2015». setlist.fm (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  51. «Taylor Swift Concert Setlist at BC Place Stadium, Vancouver on August 1, 2015». setlist.fm (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  52. «Taylor Swift Concert Setlist at Edmonton, Alberta on August 5, 2015». setlist.fm (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  53. «Taylor Swift Concert Setlist at Petco Park, San Diego on August 29, 2015». setlist.fm (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  54. Jim Harrington (15 de agosto de 2015). «Set list: Taylor Swift rocks Levi's Stadium in Santa Clara». Contra Costa Newspapers (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  55. Taylor Weatherby (17 de agosto de 2015). «Taylor Swift Dedicates 'Never Grow Up' to Her Godson in Concert». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  56. Isabella Biedenharn (19 de agosto de 2015). «Taylor Swift sings 'Ronan' and honors woman whose son died of cancer». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  57. Leighton Ginn (22 de agosto de 2015). «Taylor Swift has banner performance during first of five sold-out shows in Los Angeles». Los Angeles Daily News (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  58. Andy Downing (18 de setembro de 2015). «Taylor Swift brings her 1989 tour to Nationwide Arena». Columbus Alive (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  59. Alicia Vrajlal, Nola Ojomu (5 de dezembro de 2015). «Taylor Swift performs special acoustic rendition of 'Mine' at Brisbane concert in honour of Australian fan tragically killed in a car accident». Daily Mail Australia (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  60. «Taylor Swift Concert Setlist at AAMI Park, Melbourne on December 12, 2015». setlist.fm (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  61. Christina Lee (22 de agosto de 2015). «Taylor Swift Joined By Ed Sheeran To Sing 'Tenerife Sea' At Las Vegas: Watch». Idolator (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  62. Gary Graff (31 de maio de 2015). «Taylor Swift Brings Dan Reynolds of Imagine Dragons Out for 'Radioactive' in Detroit». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  63. Heller Corinne (31 de maio de 2015). «Taylor Swift Brings 'Bad Blood' Co-Stars Gigi Hadid & Martha Hunt Onstage at Concert—See Their Fierce Looks!». E! (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  64. Madeline Roth (13 de junho de 2015). «A Bunch Of Famous 'Cool Kids' Joined Taylor Swift's 1989 Tour». MTV News (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  65. Jason Lipshutz (14 de junho de 2015). «Watch Taylor Swift Bring Out Rachel Platten for 'Fight Song' in Philadelphia». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  66. Ashley Iasimone (27 de junho de 2015). «Taylor Swift's '1989' Tour: Kendall Jenner, Cara Delevingne & More Join Her for 'Style' in London». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  67. Erin Strecker (11 de julho de 2015). «Taylor Swift's 1989 Tour: The Weeknd Performs, U.S Women's Soccer Team Shines & 8 More Enchanting Moments». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  68. Lindsay Kimble (12 de julho de 2015). «Angels, a Jonas & Crazy Eyes! See Who Taylor Swift Brought Onstage for Her Latest Concert Stop». People (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  69. «Lorde flies for 19 hours to surprise Taylor Swift fans». The New Zealand Herald (em inglês). 14 de julho de 2015. Consultado em 15 de abril de 2017. 
  70. Natalie Weiner (15 de julho de 2015). «Taylor Swift & Shirtless Jason Derulo Duet on 'Want to Want Me': Watch». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  71. Ashley Iasimone (19 de julho de 2015). «Taylor Swift Hangs With Chance the Rapper, Brings Andy Grammer & Serayah to the Stage in Chicago». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  72. Taylor Weatherby (20 de julho de 2015). «Taylor Swift Brings Out Sam Hunt to Perform 'Take Your Time' in Chicago». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  73. Rachel Raczka (24 de julho de 2015). «Taylor Swift brought Walk The Moon onstage at Gillette». Boston.com (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  74. Rachel Iasimone (26 de julho de 2015). «Taylor Swift & MKTO Perform 'Classic' at Gillette Stadium: Watch». Billboard (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  75. Eirka Thorkelson (2 de agosto de 2015). «Review: Taylor Swift delivers spectacle, intimacy in Vancouver concert». The Vancouver Sun (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2017. 
  76. Joe Lynch (9 de agosto de 2015). «Taylor Swift Brings Out Fetty Wap for 'Trap Queen' Cover in Seattle». Billboard (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  77. «Russell Wilson, Ciara join Taylor Swift on stage in Seattle». Fox Sports (em inglês). 9 de agosto de 2015. Consultado em 20 de abril de 2017. 
  78. Jessica Derschowitz (15 de agosto de 2015). «Taylor Swift brings Fifth Harmony on stage for 'Worth It' on her '1989' tour». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  79. Mitchell Peters (16 de agosto de 2015). «Watch Taylor Swift Bring Out Little Mix, Joan Baez and Julia Roberts at 1989 Concert». Billboard (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  80. Meredith B. Kile (21 de agosto de 2015). «Taylor Swift Kicks Off Her L.A. '1989' Tour Stop With Kobe Bryant, Ryan Tedder and More!». ET (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  81. Mitchell Peters (23 de agosto de 2015). «TWatch: Taylor Swift Joined by Mary J. Blige, Uzo Aduba, Chris Rock & Matt LeBlanc at L.A. Concert». Billboard (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2017. 
  82. Randy Lewis (25 de agosto de 2015). «Ellen, Alanis Morissette and Natalie Maines join Taylor Swift onstage in L.A.». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  83. Meredith B. Kile (25 de agosto de 2015). «Taylor Swift Continues to Surprise on '1989' L.A. Tour Stop, Duets With John Legend!». Entertainment Tonight (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  84. Meredith B. Kile (27 de agosto de 2015). «Justin Timberlake And Selena Gomez Surprise Taylor Swift's 1989 Tour: Watch». MTV News (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  85. Zohreen Adamjee (29 de agosto de 2015). «Taylor Swift looks fierce during sold-out San Diego concert». Fox 5 San Diego (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  86. Shirley Li (10 de setembro de 2015). «Taylor Swift performs 'See You Again' with Wiz Khalifa on 1989 tour». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  87. Jessica Goodman (17 de setembro de 2015). «The Band Perry on Taylor Swift tour». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  88. Brian Cantor (18 de setembro de 2015). «Echosmith's Sydney Sierota Returns to Taylor Swift's "1989 World Tour"». Headline Planet (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  89. Madison Vain (22 de setembro de 2015). «Dierks Bentley joins Taylor Swift on tour». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  90. Sterling Whitaker (26 de setembro de 2015). «Taylor Swift Invites Kelsea Ballerini, Steven Tyler + Alison Krauss Onstage for Duets in Nashville [Watch]». Taste of Country (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  91. Daniel Kreps (27 de setembro de 2015). «Taylor Swift, Mick Jagger Sing 'Satisfaction' in Nashville». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  92. Lindsay Kimble (30 de setembro de 2015). «Hot in Herre! Watch Taylor Swift and Haim Play Backup for Nelly During St. Louis Tour Stop». People (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  93. J. Kelly Nestruck (3 de outubro de 2015). «Taylor Swift brings theatrics to her 1989 World Tour show in Toronto». The Globe and Mail (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  94. Harley Brown (4 de outubro de 2015). «Taylor Swift Has a Rockin' Good Time Performing 'Boom Clap' with Charli XCX». Spin (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  95. Preston Jones (18 de outubro de 2015). «Review: Taylor Swift at AT&T Stadium». Fort Worth Star-Telegram (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  96. Amanda Hensel (22 de outubro de 2015). «Taylor Swift, Miranda Lambert Step to Their 'Backyard Swagger' on 1989 Tour». Taste of Country (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  97. Ian Sandwell (25 de outubro de 2015). «Taylor Swift was joined by Tove Lo on stage in Atlanta during the latest leg of her 1989 World Tour». Digital Spy (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  98. Mike Vulpo (28 de outubro de 2015). «Calvin Harris Attends Taylor Swift's Star-Studded Miami Concert the Same Day as 1989's 1-Year Anniversary». E! (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  99. Christopher Spata (31 de outubro de 2015). «No tricks, lots of treats as Taylor Swift delights fans at stadium». The Tampa Tribune (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  100. «Current Boxscore». Billboard (em inglês). 10 de novembro de 2015. Consultado em 21 de abril de 2017. 
  101. Andreas Hale (16 de maio de 2015). «Taylor Swift Sizzles on Day 3 of Rock in Rio USA». Billboard (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2017. 
  102. Box score:
  103. Receita:
  104. «Tickets for Taylor Swift have now SOLD OUT». BST Hyde Park (em inglês). Facebook. 23 de fevereiro de 2015. Consultado em 21 de abril de 2017. 
  105. Receita:
  106. a b «Astros' playoff chances force Taylor Swift to reschedule Minute Maid Park gig». Fox Sports (em inglês). 27 de julho de 2015. Consultado em 21 de abril de 2017. 
  107. «Date Change for Taylor Swift Concert at FARGODOME». Valley News Live (em inglês). 27 de julho de 2015. Consultado em 21 de abril de 2017. 
  108. a b «Current Boxscore». Billboard (em inglês). 15 de dezembro de 2015. Consultado em 21 de abril de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]