The 1989 World Tour Live

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o álbum de vídeo. Para a turnê, veja The 1989 World Tour.
The 1989 World Tour Live
Álbum de vídeo de Taylor Swift
Lançamento 20 de dezembro de 2015 (2015-12-20)
Gravação 28 de novembro de 2015 (2015-11-28)
Estúdio(s) ANZ Stadium
(Sydney, Austrália)
Gênero(s)
Duração 2:11:00
Formato(s) Streaming
Gravadora(s) Big Machine
Direção Jonas Åkerlund
Cronologia de Taylor Swift
Speak Now: World Tour Live
(2011)

The 1989 World Tour Live é o quarto álbum de vídeo da artista musical estadunidense Taylor Swift. O vídeo, gravado em 28 de novembro de 2015 no ANZ Stadium, em Sydney, Austrália, durante um concerto da turnê The 1989 World Tour que teve o comparecimento de 75.980 pessoas, foi dirigido por Jonas Åkerlund. Seu lançamento mundial ocorreu em 20 de dezembro de 2015, sendo disponibilizado exclusivamente no serviço de streaming Apple Music, através da gravadora Big Machine Records.

Antecedentes e lançamento[editar | editar código-fonte]

O quinto álbum de Swift, 1989, foi lançado em 27 de outubro de 2014, recebendo aclamação crítica e vendendo mais de 8.6 milhões de cópias mundialmente durante 2014, ano no qual tornou-se o mais vendido.[1][2] 1989 deu a Swift seu segundo Grammy Award de Album of the Year, tornando-a a primeira cantora a conseguir este feito,[3][4] e diversos outros prêmios pelo planeta, além de ter sido considerado o melhor álbum de 2014 pelas revistas Billboard[5] e Cosmopolitan.[6]

A turnê em divulgação ao disco, intitulada The 1989 World Tour, iniciou-se em 5 de maio de 2015 em Tóquio, Japão. O repertório contou com todas as faixas da edição padrão do álbum, além de "I Knew You Were Trouble", "Enchanted" e "Love Story", esta última em uma versão retrabalhada.[7] A última apresentação ocorreu em 12 de dezembro de 2015 em Melbourne, Austrália.[8] A excursão recebeu análises positivas da mídia especializada, que elogiou a presença de palco da artista e o repertório escolhido, descrevendo-a como "épica",[9] e também foi bem recebida comercialmente, com mais de dois milhões de ingressos sendo vendidos. Um total de US$ 250.7 milhões foram arrecadados, fazendo da digressão a mais bem sucedida da carreira da intérprete e do ano de 2015, bem como a quarta da história para uma artista feminina.[10]

Em 13 de dezembro de 2015, um dia após o término da turnê, Swift anunciou a parceira com o serviço de streaming Apple Music para o lançamento de um vídeo da turnê, intitulado The 1989 World Tour Live, o que ocorreu em 20 do mesmo mês.[11] A gravação ocorreu em 28 de novembro durante o concerto feito no ANZ Stadium, na Austrália, onde a cantora apresentou-se para 76 mil pessoas. O vídeo apresente a performance completa, além de imagens inéditas dos bastidores e dos ensaios com alguns dos convidados surpresa da excursão,[11] como Mick Jagger, Selena Gomez, Justin Timberlake, Fetty Wap, Miranda Lambert, Alanis Morissette, Wiz Khalifa, Mary J. Blige, John Legend, Beck e St. Vincent.[12]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Welcome to New York"  Taylor Swift, Ryan Tedder 4:17
2. "New Romantics"  Swift, Max Martin, Shellback 4:24
3. "Blank Space"  Swift, Martin, Shellback 6:01
4. "I Knew You Were Trouble"  Swift, Martin, Shellback 6:34
5. "I Wish You Would"  Swift, Jack Antonoff 3:46
6. "How You Get the Girl"  Swift, Martin, Shellback 5:23
7. "I Know Places"  Swift, Tedder 4:29
8. "All You Had to Do Was Stay"  Swift, Martin 3:12
9. "You Are in Love"  Swift, Antonoff 6:24
10. "Clean"  Swift, Imogen Heap 4:55
11. "Love Story"  Swift 5:23
12. "Style"  Swift, Martin, Shellback, Ali Payami 3:48
13. "This Love"  Swift 4:08
14. "Bad Blood"  Swift, Martin, Shellback 4:23
15. "We Are Never Ever Getting Back Together"  Swift, Martin, Shellback 5:07
16. "Enchanted" / "Wildest Dreams" (medley)Swift, Martin, Shellback 6:36
17. "Out of the Woods"  Swift, Antonoff 6:49
18. "Shake It Off"  Swift, Martin, Shellback 7:51
Duração total:
2:11:00

Referências

  1. «Taylor Swift named IFPI Global Recording Artist of 2014» (em inglês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica. 23 de fevereiro de 2015. Consultado em 21 de abril de 2015. 
  2. «Global Music Report 2016» (PDF) (em inglês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica. Consultado em 22 de abril de 2016. 
  3. «Grammy 2016 consagra o pop de Taylor Swift e Ed Sheeran». El País. Grupo PRISA. 16 de fevereiro de 2016. Consultado em 20 de fevereiro de 2016. 
  4. Paul Grein (16 de fevereiro de 2016). «Taylor Swift Makes Grammy History» (em inglês). Yahoo! Music. Yahoo!. Consultado em 20 de fevereiro de 2016. 
  5. «The 10 Best Albums of 2014». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. 11 de dezembro de 2014. Consultado em 17 de fevereiro de 2016. 
  6. Eliza Thompson (2 de dezembro de 2014). «The 20 Best Albums of 2014». Cosmopolitan (em inglês). Hearst Corporation. Consultado em 17 de fevereiro de 2016. 
  7. Emily Yahr (5 de maio de 2015). «Taylor Swift '1989' World Tour: Set list, costumes, the stage, the spectacle». The Washington Post (em inglês). The Washington Post Company. Consultado em 13 de julho de 2015. 
  8. «Tokyo, Japan added to The 1989 World Tour» (em inglês). TaylorSwift.com. Consultado em 14 de julho de 2015. 
  9. Rob Sheffield (11 de julho de 2015). «Taylor Swift's Epic '1989 Tour': Every Night With Us Is Like a Dream». Rolling Stone (em inglês). Jann Wenner. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  10. Ray Waddell (11 de dezembro de 2015). «Live Music's $20 Billion Year: The Grateful Dead's Fare Thee Well Reunion, Taylor Swift, One Direction Top Boxscore's Year-End». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  11. a b «Taylor Swift Announces Release of 1989 Concert Film». People (em inglês). Time Inc. 13 de dezembro de 2015. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  12. Leonardo Torres (14 de dezembro de 2015). «Taylor Swift fecha parceria com Apple Music para lançar "1989 World Tour Live"». POPLine. iG/Mix TV. Consultado em 16 de dezembro de 2015.