Discografia de Taylor Swift

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Discografia de Taylor Swift
Swift durante uma apresentação da Reputation Stadium Tour em 2018.
Álbuns de estúdio 8
Álbuns ao vivo 1
Álbuns de compilação 1
Extended plays (EP) 5
Singles 56
Vídeos musicais 45
Singles promocionais 19

A cantora e compositora americana Taylor Swift lançou oito álbuns de estúdio, um álbum ao vivo, um álbum de compilação, quatro álbuns de vídeo, cinco extended plays (EPs), cinquenta e seis singles (incluindo cinco como artista convidada), dezenove singles promocionais e quarenta e cinco videoclipes. Com vendas estimadas em mais de 50 milhões de álbuns e 150 milhões de singles em todo o mundo, Swift é um dos artistas de música mais vendidos.[1] Nos EUA, Swift é o terceiro artista de singles digitais mais vendido com 121 milhões de unidades certificadas,[2] é a primeira artista a ter quatro álbuns que venderam mais de um milhão de cópias na primeira semana na Billboard 200,[3] e até novembro de 2017, 43 milhões de álbuns da artista já haviam sido vendidos apenas em território norte-americano, o que fez de Swift a quinta artista feminina que mais álbuns vendeu desde o início da contagem de vendas pela Nielsen SoundScan em 1991.[4] No Reino Unido, seus álbuns e as vendas individuais estão em 3,34 e 17 milhões, respectivamente.[5]

A carreira de Swift começou com um contrato com a Big Machine Records em 2005 e tendo lançado o seu álbum de estreia homônimo no ano seguinte. O álbum se tornou o álbum mais longo da década de 2000 a permanecer na parada Billboard 200, onde alcançou o número cinco.[6] O segundo single do álbum, "Teardrops on My Guitar", tornou-se um hit crossover, enquanto o terceiro single, "Our Song", fez de Swift a cantora e compositora mais jovem a alcançar o número um na Billboard Hot Country Songs.[7] O segundo álbum de estúdio de Swift, Fearless (2008), liderou as paradas nos EUA, Canadá e Nova Zelândia. Seus singles "Love Story" e "You Belong with Me" foram sucessos internacionais, levando Swift à fama internacional. Fearless foi o álbum mais vendido de 2009 nos EUA,[8] e 13 de suas músicas alcançaram o top 40 da Billboard Hot 100 dos EUA, quebrando o recorde de entradas de um único álbum no top 40.[9] O álbum foi certificado com disco de diamante pela pela Recording Industry Association of America (RIAA).[10][11]

Swift obteve seu primeiro single número um no Canadá com "Today Was a Fairytale" da trilha sonora do Valentine's Day (2010).[12] Seu terceiro álbum de estúdio, Speak Now (2010), foi completamente auto-escrito, chegando ao topo das paradas nos EUA, Austrália, Canadá e Nova Zelândia. Seus singles, "Mine" e "Back to December", alcançaram o top dez nos EUA.[13] O quarto álbum de estúdio de Swift, Red (2012), foi seu primeiro álbum número um no Reino Unido,[14] e gerou os dez primeiros singles internacionais "We Are Never Ever Getting Back Together", "I Knew You Were Trouble."e" 22 "; o primeiro sendo seu primeiro single número um do Hot 100.[15] Seu quinto álbum de estúdio e seu primeiro projeto totalmente pop, 1989 (2014), foi o álbum mais vendido de 2014 nos EUA,[16] e gerou cinco singles no top 100 do Hot 100 - "Shake It Off", "Blank Space", "Bad Blood", "Style" e "Wildest Dreams", os três primeiros atingindo o primeiro lugar nos EUA.[17] Swift se tornou a primeira artista feminina da história a ter um certificado de diamante tanto como single quanto por álbum pela RIAA, com o certificado de diamante de "Shake It Off" em março de 2020.

Em 2016, Swift lançou uma música com Zayn para a trilha sonora de Fifty Shades Darker, intitulada "I Don't Wanna Live Forever", que alcançou o top cinco de várias paradas nacionais em todo o mundo, tendo certificado de diamante no Brasil e na França. O sexto álbum de estúdio de Swift, Reputation (2017), foi seu quarto álbum a estrear no número um nos EUA, com vendas na primeira semana de mais de um milhão de cópias, seguindo Speak Now, Red e 1989,[3] e se tornando o álbum mais vendido álbum de 2017 nos EUA.[18] Ele gerou os dez primeiros singles internacionais "Look What You Made Me Do" e "...Ready for It?"; o primeiro foi o primeiro single número um de Swift no Reino Unido e o quinto nos EUA.[19] Swift encerrou seu contrato com a Big Machine em 2018, quando assinou um contrato de vários álbuns com o Universal Music Group, que promove seus lançamentos sob a marca Republic Records.[20] Seu sétimo álbum de estúdio, Lover (2019), gerou os singles top 10 globais: "Me!", "You Need to Calm Down" e "Lover",[13] e se tornou o sexto álbum número um consecutivo de Swift nos EUA. Todas as 18 faixas do álbum chartearam simultaneamente no Hot 100, quebrando o recorde de mais entradas simultâneas na parada por uma artista feminina.[21] Lover foi o álbum mais vendido do ano nos EUA.[22] Ele vendeu um milhão de unidades na primeira semana na China[23] e entrou no Guinness World Records como o álbum de estúdio mais vendido do mundo em 2019.[24] O oitavo álbum de estúdio de Swift, Folklore (2020), foi um lançamento surpresa. O Folklore quebrou vários recordes de streaming, e entrou no Guinness World Record como maior estreia por um álbum feminino no Spotify.[25] O álbum gerou três singles: "Cardigan", "Exile" com Bon Iver e "Betty".

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns, com os detalhes sobre o álbum, posições nas paradas selecionadas, vendas e certificações
Álbum Detalhes Melhores posições nas tabelas Vendas Certificações
EUA
[26]
AUS
[27]
CAN
[28]
FRA
[29]
ALE
[30]
IRL
[31]
JAP
[32]
NZL
[33]
SUE
[34]
UK
[35]
Taylor Swift 5 33 14 59 53 38 81
Fearless
  • Lançamento: 11 de novembro de 2008
  • Gravadora: Big Machine
  • Formatos: CD, LP, download digital
1 2 1 26 12 7 8 1 12 5
Speak Now
  • Lançamento: 11 de outubro de 2010
  • Gravadora: Big Machine
  • Formatos: CD, LP, download digital
1 1 1 39 15 6 6 1 18 6
Red
  • Lançamento: 22 de outubro de 2012
  • Gravadora: Big Machine
  • Formatos: CD, LP, download digital
1 1 1 30 5 1 3 1 8 1
1989
  • Lançamento: 27 de outubro de 2014
  • Gravadora: Big Machine
  • Formatos: CD, LP, download digital
1 1 1 9 4 1 3 1 23 1
Reputation
  • Lançamento: 10 de novembro de 2017
  • Gravadora: Big Machine
  • Formatos: CD, LP, cassete, download digital, streaming
1 1 1 16 2 1 3 1 2 1
Lover
  • Lançamento: 23 de agosto de 2019
  • Gravadora: Republic, UMG
  • Formatos: CD, LP, cassete, download digital, streaming
1 1 1 5 2 1 3 1 1 1
Folklore
  • Lançamento: 24 de julho de 2020
  • Gravadora: Republic, UMG
  • Formatos: CD, LP, cassete, download digital, streaming
1 1 1 12 8 1 8 1 3 1
"—" significa que não entrou na tabela musical deste país ou não foi encontrado informações.

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns ao vivo, com os detalhes sobre o álbum, posições nas paradas selecionadas e notas
Álbum Detalhes Melhores posições nas tabelas Observações
EUA
[26]
CAN
[79]
Speak Now: World Tour Live[80] 11 25

Álbuns de compilação[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns de compilação, com os detalhes sobre o álbum
Álbum Detalhes
Reputation Stadium Tour Surprise Song Playlist [81]
  • Lançamento: 30 de novembro de 2018
  • Gravadora: Big Machine
  • Formatos: streaming

Extended plays[editar | editar código-fonte]

Lista de extended plays, com posições nas paradas selecionadas, vendas e certificações
Álbum Detalhes Melhores posições nas tabelas Vendas Certificações
EUA
[26]
JAP
[32]
The Taylor Swift Holiday Collection
  • Lançamento: 14 de outubro de 2007
  • Gravadora: Big Machine
  • Formatos: CD, download digital
20 76
Rhapsody Originals[nota 20]
  • Lançamento: Novembro de 2007
  • Gravadora: Big Machine
  • Formatos: Download digital
iTunes Live from SoHo[nota 21]
  • Lançamento: 15 de janeiro de 2008
  • Gravadora: Big Machine
  • Formatos: Download digital
Beautiful Eyes
  • Lançamento: 15 de julho de 2008
  • Gravadora: Big Machine
  • Formatos: CD, download digital
9
Spotify Singles[nota 22]
  • Lançamento: 13 de abril de 2018
  • Gravadora: Big Machine
  • Formatos: Streaming
"—" significa que não entrou na tabela musical deste país ou não foi encontrado informações.

Singles[editar | editar código-fonte]

Como artista principal[editar | editar código-fonte]

Lista de singles como artista principal, com posições, vendas e certificações selecionadas nas paradas, mostrando o ano de lançamento e nome do álbum
Título Ano Melhores posições nas tabelas Vendas Certificações
(milhares de vendas)
Álbum
EUA
[13]
AUS
[27]
BRA
[83]
CAN
[84]
DIN
[85]
IRL
[31]
NOR
[86]
NZL
[33]
SUE
[34]
UK
[35]
"Tim McGraw" 2006 40 Taylor Swift
"Teardrops on My Guitar" 2007 13 45 51
"Our Song" 16 30
"Picture to Burn" 2008 28 48
Should've Said No" 43 67 18
"Change" 10 AT&T Team USA Soundtrack
"Love Story" 4 1 4 16 3 71 32 10 2 Fearless
"White Horse" 43 41 43 60
"You Belong with Me" 2009 2 5 3 32 12 5 47 30
"Fifteen" 23 48 19
"Fearless" 2010 9 69 111
"Today Was a Fairytale" 2 3 1 41 29 57 Valentine's Day:
Original Motion Picture Soundtrack
"Mine" 3 9 7 38 16 48 30 Speak Now
"Back to December" 6 26 72 24
"Mean" 2011 11 45 10
"The Story of Us" 51 65 70
"Sparks Fly" 37 97 28
"Ours" 13 91 68 181
"Safe & Sound"
(com participação de The Civil Wars)
30 38 31 11 67 The Hunger Games:
Songs from District 12 and Beyond
"Long Live"
(com participação de Paula Fernandes)
2012 85
[nota 27]
5 Speak Now: World Tour Live
"Eyes Open" 59 47 17 65 6 70 The Hunger Games:
Songs from District 12 and Beyond
"We Are Never Ever Getting Back Together" 1 9 1 18 16 9 1 16 15 Red
"Ronan" 16 Adicionado à nenhum álbum
"Begin Again" 7 20 4 25 11 30 Red
"I Knew You Were Trouble." 2 3 24 5 5 9 83 19
"22" 20 21 97 20 12 23 92
"Highway Don't Care"
(com Tim McGraw e com a participação de Keith Urban)
2013 32 28 49 77 92 71 Two Lanes of Freedom
"Red" 6 30 51 25 14 26 Red
"Everything Has Changed"
(com participação de Ed Sheeran)
32 28 28 51 22 72
"The Last Time"
(com participação de Gary Lightbody dos Snow Patrol)

[nota 30]
73 15 25
"Sweeter than Fiction" 34 44 17 38 94 25 One Chance:
The Incredible True Story of Paul Potts:
Motion Picture Soundtrack
"Shake It Off" 2014 1 1 56 1 4 3 3 1 3 2 1989
"Blank Space" 1 1 59 1 4 2 4
"Style" 2015 6 8 98 6 38 11 21
"Bad Blood"
(solo ou com participação de Kendrick Lamar)
1 1 81 1 8 1 4
"Wildest Dreams" 5 3 4 40 8 42
"Out of the Woods" 2016 18 19 8 23 6 136
"New Romantics" 46 35 58
"I Don't Wanna Live Forever
(Fifty Shades Darker)
"
(com Zayn)
2 3 2 2 4 2 4 1 5 Fifty Shades Darker:
Original Motion Picture Soundtrack
"Look What You Made Me Do" 2017 1 1 1 12 1 6 1 7 1 Reputation
"...Ready for It?" 4 3 11 12 32 9 32 7
"End Game"
(com participação de Ed Sheeran e Future)
18 36 11 68
[nota 39]
49
"New Year's Day"[nota 40]
"Gorgeous"[nota 41] 2018 13 9 9 18 28 19 41 15
"Delicate" 12 28 23 31 27 33 98 45
"Getaway Car"[nota 42]
[nota 43]

[nota 44]
"Me!"
(com participação de Brendon Urie dos Panic! at the Disco)
2019 2 2 87 2 19 5 9 3 11 3 Lover
"You Need To Calm Down" 2 3 4 5 22 5 35 5
"Lover"
(solo ou com Shawn Mendes)
10 3 7 9 3 37 14
"Beautiful Ghosts"
[nota 46]
Cats: Highlights from the Motion Picture Soundtrack
"Christmas Tree Farm" 59 96 55 51
[nota 47]
71 Adicionado à nenhum álbum
"The Man" 2020 23 17 21 16 15 63 21 Lover
"Cardigan" 1 1 3 19 4 27 2 31 6 Folklore
"Exile"
(com participação de Bon Iver)
6 3 6 32 3 5 38 8
"Betty" 42 22 32
"—" denota itens que não entraram nas tabelas ou não foram lançados no território.

Como artista convidada[editar | editar código-fonte]

Lista de singles como artista convidada, com posições, vendas e certificações selecionadas nas paradas, mostrando o ano de lançamento e nome do álbum
Título Ano Melhores posições nas tabelas Vendas Certificações
(milhares de vendas)
Álbum
EUA
[141]
AUS
[142]
BRA
[143]
CAN
[144]
ESC
[145]
UK
[146]
IRL
[147]
NZL
[148]
HOL
[149]
"Two Is Better Than One"
(Boys Like Girls com participação de Taylor Swift)
2009 18 20 18 Love Drunk
"Half of My Heart"
(John Mayer com participação de Taylor Swift)
2010 25 95 53 15 Battle Studies
"Both of Us"
(B.o.B com participação de Taylor Swift)
2012 18 46 23 22 19 26 10 Strange Clouds
"Babe"
(Sugarland com participação de Taylor Swift)
2018 72 94 64 Bigger
"—" denota itens que não entraram nas tabelas ou não foram lançados no território.

Singles promocionais[editar | editar código-fonte]

Lista de singles promocionais, com posições e certificações selecionadas nas paradas, mostrando o ano de lançamento e o nome do álbum
Título Ano Melhores posições nas tabelas Vendas Certificações
(milhares de vendas)
Álbum
EUA
[13]
AUS
[27]
CAN
[84]
ESP
[153]
FRA
[29]
IRL
[31]
NZL
[33]
SWE
[34]
UK
[35]
"Silent Night" 2007 The Taylor Swift Holiday Collection
"Christmases When You Were Mine"
"Christmas Must Be Something More"
"I Heart?"[154] 2008 Beautiful Eyes
"You're Not Sorry" 66 111 Fearless
"Crazier" 2009 57 117 91 100 Hannah Montana: The Movie
"American Girl"[156] Não incluso em álbum
"The Best Day" 2010 Fearless
"Speak Now" 8 20 8 34 Speak Now
"Enchanted" 2011 75 95
"If This Was a Movie"[157] 19 97 191
"Superman"[158] 99 82
"State of Grace" 2012 84 44 91 43 90 36 Red
"Welcome to New York" 2014 48 23 19 21 85 55 6 39 1989
"Wonderland"[159] 2015 51 84 59 171
"You Are in Love"[160] 83 99
"Call It What You Want" 2017 27 16 24 11 76 44 34 29 Reputation
"The Archer" 2019 38 19 41 31 28
[nota 52]
43 Lover
"Only the Young" 2020 50 31 57 40 57 Não incluso em álbum
"—" denota itens que não entraram nas tabelas ou não foram lançados no território.

Outras canções que entraram nas tabelas[editar | editar código-fonte]

Lista de músicas, com posições e certificações selecionadas, mostrando o ano de lançamento e o nome do álbum
Título Ano Melhores posições nas tabelas Certificações
(milhares de vendas)
Álbum
EUA
[13]
AUS
[27]
CAN
[84]
IRL
[147]
NZL
[33]
ESC
[162]
SUE
[34]
UK
[163]
"I'm Only Me When I'm with You" 2007
[nota 53]
Taylor Swift
"Invisible"
[nota 54]
"Umbrella" 2008
[nota 55]
Live from SoHo
"Hey Stephen" 94 Fearless
"Tell Me Why"
[nota 56]
"The Way I Loved You" 72
"Forever & Always" 34 37
"Breathe"
(com participação especial de Colbie Caillat)
87
"Jump Then Fall" 2009 10 98 14
"Untouchable" 19 23
"Come in with the Rain" 30 40
"Superstar" 26 35
"The Other Side of the Door" 22 30
"Breathless" 2010 72 49 116 Hope for Haiti Now
"Dear John" 54 68 Speak Now
"Never Grow Up" 84
"Better than Revenge" 56 73
"Innocent" 27 53
"Long Live" 85
"Haunted" 63 61
"Last Kiss" 71 99
"Drops of Jupiter" (ao vivo) 2011
[nota 57]
Speak Now: World Tour Live
"I Almost Do" 2012 65 50 Red
"All Too Well" 80 59
"Stay Stay Stay" 91 70
"Treacherous"
[nota 58]
65
"Starlight"
[nota 59]
80
"Holy Ground"
[nota 60]
89
"The Lucky One"
[nota 61]
88
"Sad Beautiful Tragic"
[nota 62]
92
"All You Had to Do Was Stay" 2014
[nota 63]
99 92 1989
"How You Get the Girl"
[nota 64]
81
"This Love"
[nota 65]
84
"I Know Places"
"I Did Something Bad" 2017
[nota 66]

[nota 67]
Reputation
"I Forgot That You Existed" 2019 28 24 29
[nota 68]
71 50 Lover
"Cruel Summer" 29 22 28 20 20 70
[nota 69]
27
"I Think He Knows" 51 34 48
"Miss Americana & the Heartbreak Prince" 49 32 47 92
"Paper Rings" 45 29 40
[nota 70]
96
"Cornelia Street" 57 40 51 90
"Death by a Thousand Cuts" 67 48 64
"London Boy" 62 42 54
"Soon You'll Get Better"
(com participação especial de Dixie Chicks)
63 54 71 97
"False God 77 59 77
"Afterglow" 75 57 72
"It's Nice to Have a Friend" 92 72 97
"Daylight" 89 70 80
"The 1" 2020 4 4 7 7 7 36 66 10 Folklore
"The Last Great American Dynasty" 13 7 13 13 87
"My Tears Ricochet" 16 8 14 97
"Mirrorball" 26 14 22
[nota 71]
"Seven" 35 16 26
[nota 72]
"August" 23 13 19
[nota 73]
"This Is Me Trying" 39 18 30
[nota 74]
"Illicit Affairs" 44 21 33
"Invisible String" 37 19 29
"Mad Woman" 47 25 38
"Epiphany" 57 29 44
"Peace" 58 33 46
"Hoax" 71 43 51
"—" denota itens que não entraram nas tabelas ou não foram lançados no território.

Outras aparições[editar | editar código-fonte]

Lista de outras aparições não-singles, mostrando outros artistas, o ano de lançamento e nome do álbum
Título Ano Outro(s) Artista(s) Álbum
"Hold On" 2007 Jack Ingram Rhapsody Originals
"Big Star (Live)" 2017 Kenny Chesney Live in No Shoes Nation
"Macavity" 2019 Idris Elba Cats: Highlights from the Motion Picture Soundtrack

Créditos de composição[editar | editar código-fonte]

Lista de músicas escritas ou co-escritas para outros artistas, mostrando o ano de lançamento e nome do álbum
Título Ano Artista Álbum
"This Is Really Happening" 2007 Britni Hoover Country Strong
"Best Days of Your Life" 2008 Kellie Pickler Kellie Pickler
"You'll Always Find Your Way Back Home" 2009 Miley Cyrus como Hannah Montana Hannah Montana: The Movie
"This Is What You Came For" 2016 Calvin Harris, Rihanna Não adicionada a nenhum álbum
"Better Man" Little Big Town The Breaker

Notas

  1. Dados de vendas mundiais de Taylor Swift em março de 2011[36]
  2. a b c d e Números de vendas nos EUA para álbuns e EPs de julho de 2019[37]
  3. a b c d e Números de vendas no Reino Unido para álbuns a partir de abril de 2019[38]
  4. Dados de vendas mundiais de Fearless a partir de 2009[42]
  5. Dados de vendas da Austrália para Fearless em dezembro de 2017[42]
  6. Números de vendas do Fearless no Japão[43]
  7. Dados mundiais de vendas do Speak Now em setembro de 2011[49]
  8. a b c d Dados de vendas dos EUA para álbuns a partir de janeiro de 2020[73]
  9. Dados de vendas do Reino Unido para o Speak Now a partir de janeiro de 2015[50]
  10. Dados mundiais de vendas do Red em maio de 2013[54]
  11. Números de vendas do Japão para a Red em dezembro de 2013[55]
  12. Os números mundiais de vendas para 1989 em 2016. Segundo a Federação Internacional da Indústria Fonográfica:[59]
  13. a b Dados de vendas do Canadá para álbuns a partir de janeiro de 2020[60]
  14. Dados de vendas da França para 1989 em dezembro de 2017[62]
  15. Os números mundiais de vendas para Reputation em abril de 2018[65]
  16. Dados de vendas no Canadá para Reputation em novembro de 2017[66]
  17. Dados de vendas na Austrália para Reputation em dezembro de 2017[67]
  18. Dados de vendas no Japão para Reputation em dezembro de 2017[68]
  19. Dados de vendas na França para Reputation em dezembro de 2017[69]
  20. Um EP ao vivo acústico exclusivo do Rhapsody (agora Napster), composto por apresentações ao vivo de faixas do álbum Taylor Swift[82]
  21. Um EP ao vivo exclusivo do iTunes que consiste em apresentações ao vivo de faixas do álbum Taylor Swift e uma cover ao vivo de "Umbrella" (2007) de Rihanna.
  22. Um EP ao vivo exclusivo do Spotify, composto por performances ao vivo de "Delicate" e "September" de Earth, Wind & Fire
  23. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v Dados de vendas de singles nos EUA em novembro de 2017[87]
  24. a b c d e f g h i Dados de vendas de singles nos EUA em julho de 2019[37]
  25. Dados de vendas mundiais de "Love Story" em dezembro de 2017[42]
  26. Dados de vendas do Reino Unido para "Love Story" em outubro de 2014[88]
  27. A versão single não entrou na Billboard Hot 100, mas a versão do álbum atingiu o número 85 no lançamento do álbum.[95]
  28. Dados de vendas da França para "I Knew You Were Trouble" em dezembro de 2013[99]
  29. Dados de vendas do Reino Unido para "I Knew You Were Trouble" em dezembro de 2014[100]
  30. "The Last Time" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número três na parada Bubbling Under Hot 100 Singles.[95]
  31. Dados de vendas de "Shake It Off" no Canadá em janeiro de 2015[106]
  32. Dados de vendas de "Shake It Off" na França em 2014[107] e 2015.[108]
  33. a b Dados de vendas de singles no Reino Unido a partir de abril de 2019[5]
  34. Dados de vendas de "Blank Space" na França em 2015[108]
  35. Dados de vendas de "Blank Space" no Reino Unido em novembro de 2015[111]
  36. Dados de vendas de "I Don't Wanna Live Forever" na França em 2017[120]
  37. Dados de vendas de "Look What You Made Me Do" nos EUA em outubro de 2017[125]
  38. Dados de vendas de "...Ready for It?" nos EUA em outubro de 2017[125]
  39. "End Game" não entrou na lista NZ Top 40 Singles Chart, mas alcançou o número dois na tabela de singles da NZ Heatseeker Singles Chart.[129]
  40. "New Year's Day" foi lançada como um single apenas nos Estados Unidos.
  41. "Gorgeous" foi lançada como um single apenas no Reino Unido.
  42. "Getaway Car" foi lançada como um single apenas na Oceania.[132]
  43. "Getaway Car" não entrou no ARIA Singles Chart, mas chegou ao número 33 no ARIA Digital Tracks Chart.[133]
  44. "Getaway Car" não entrou na lista |NZ Top 40 Singles Chart, mas alcançou o número nove na tabela de singles da NZ Heatseeker Singles Chart.[134]
  45. Dados de vendas de "Me!" nos EUA em junho de 2019[136]
  46. "Beautiful Ghosts" não entrou no NZ Top 40 Singles Chart, mas chegou ao número 36 no NZ Hot Singles Chart.[139]
  47. "Christmas Tree Farm" não entrou no NZ Top 40 Singles Chart, mas chegou ao número 9 no NZ Hot Singles Chart. [140]
  48. Números de vendas nos EUA para "Two Is Better Than One" em novembro de 2017 [87]
  49. Números de vendas nos EUA para "Both of Us" em novembro de 2017 [87]
  50. Dados de vendas de "You're Not Sorry" nos EUA em agosto de 2012[155]
  51. Dados de vendas de "Crazier" nos EUA em novembro de 2017[87]
  52. "The Archer" não entrou no Swedish Singellista Chart, mas alcançou o número 6 na tabela de singles da Swedish Heatseeker Chart.[161]
  53. "I'm Only Me When I'm with You" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 15 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  54. "Invisible" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 3 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  55. "Umbrella" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 4 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  56. "Tell Me Why" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 1 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  57. "Drops of Jupiter" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 7 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  58. "Treacherous" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 2 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  59. "Starlight" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 5 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  60. "Holy Ground" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 12 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  61. "The Lucky One" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 13 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  62. "Sad Beautiful Tragic" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 18 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  63. "All You Had to Do Was Stay" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 14 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  64. "How You Get the Girl" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 4 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  65. "This Love" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 19 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  66. "I Did Something Bad" não entrou na Billboard Hot 100, mas chegou ao número 14 na parada de singles Bubbling Under Hot 100.[95]
  67. "I Did Something Bad" não entrou na lista NZ Top 40 Singles Chart, mas alcançou o número 14 na tabela de singles da NZ Heatseeker Singles Chart.[129]
  68. "I Forgot That You Existed" não entrou na lista NZ Top 40 Singles Chart, mas alcançou o número 3 na tabela de singles da NZ Heatseeker Singles Chart.[164]
  69. "Cruel Summer" não entrou no Swedish Singellista Chart, mas alcançou o número 10 na tabela de singles da Swedish Heatseeker Chart.[165]
  70. "Paper Rings" não entrou na lista NZ Top 40 Singles Chart, mas alcançou o número 4 na tabela de singles da NZ Heatseeker Singles Chart.[164]
  71. "Mirrorball" não entrou no Swedish Singellista Chart, mas alcançou o número 6 na tabela de singles da Swedish Heatseeker Chart.[166]
  72. "Seven" não entrou no Swedish Singellista Chart, mas alcançou o número 13 na tabela de singles da Swedish Heatseeker Chart.[166]
  73. "August" não entrou no Swedish Singellista Chart, mas alcançou o número 7 na tabela de singles da Swedish Heatseeker Chart..[166]
  74. "This Is Me Trying" não entrou no Swedish Singellista Chart, mas alcançou o número 18 na tabela de singles da Swedish Heatseeker Chart.[166]

Referências

  1. «10 Life mantras by Taylor Swift to live by». India Today (em inglês). 13 de Dezembro de 2016. Consultado em 7 de Fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 9 de Fevereiro de 2019 
  2. «Top Artists (Digital Singles)» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 7 de Agosto de 2018 
  3. a b Caulfield, Keith (20 de novembro de 2017). «Taylor Swift's 'Reputation' Debuts at No. 1 on Billboard 200 Albums Chart». Billboard. Consultado em 20 de novembro de 2017 
  4. CAULFIELD, Keith (26 de Novembro de 2017). «Ask Billboard: Taylor Swift's Career Album & Song Sales». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 6 de Dezembro de 2017. Cópia arquivada em 26 de Novembro de 2017 
  5. a b Copsey, Rob (22 de agosto de 2019). «Taylor Swift's Official Top 20 biggest singles in the UK revealed». Official Charts Company. Consultado em 26 de março de 2020 
  6. Trust, Gary (29 de outubro de 2009). «Chart Beat Thursday: Taylor Swift, Tim McGraw Linked Again». Billboard. Consultado em 11 de março de 2010. Cópia arquivada em 7 de março de 2013 
  7. «Taylor Swift No. 1 on iTunes». Great American Country. 19 de dezembro de 2007. Consultado em 5 de julho de 2010. Cópia arquivada em 16 de março de 2015 
  8. Caulfield, Keith (6 de janeiro de 2010). «Taylor Swift Edges Susan Boyle For 2009's Top-Selling Album». Billboard. Consultado em 5 de novembro de 2010. Cópia arquivada em 27 de abril de 2014 
  9. Pietroluongo, Silvio (12 de novembro de 2009). «Rihanna's 'Roulette' Lands In Hot 100's Top 10». Billboard. Consultado em 3 de janeiro de 2010. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2013 
  10. TRUST, Gary (29 de Outubro de 2009). «Chart Beat Thursday: Taylor Swift, Tim McGraw Linked Again». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 11 de Março de 2010 
  11. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap aq ar as at au av aw ax ay az ba bb bc bd be bf bg bh bi bj bk bl bm bn bo bp bq br bs bt bu bv «Certificações (Estados Unidos) – Taylor Swift» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 26 de março de 2020 
  12. PIETROLUNGO, Silvio (27 de Janeiro de 2010). «Taylor Swift Swipes Female Download Record; Haiti Tracks Chart». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 30 de Janeiro de 2010 
  13. a b c d e Posições de pico para canções de Taylor Swift nos Estados Unidos:
  14. Sexton, Paul (31 de agosto de 2019). «Taylor Swift Scores Fourth U.K. No. 1 With 'Lover' Album». Billboard. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  15. Dickey, Jack (13 de novembro de 2014). «The Power of Taylor Swift». Time. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  16. CAULFIELD, Keith (4 de Novembro de 2014). «Taylor Swift's "1989" debuts with 1.287 million copies sold». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 4 de Novembro de 2014 
  17. TRUST, Gary (27 de Agosto de 2014). «Taylor Swift's 'Shake It Off' Debuts At No. 1 On Hot 100». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 27 de Outubro de 2014 
  18. Caulfield, Keith (3 de janeiro de 2018). «Ed Sheeran's 'Divide' Is Nielsen Music's Top Album of 2017 in U.S.». Billboard. Consultado em 19 de outubro de 2019. Cópia arquivada em 4 de março de 2018 
  19. «Taylor Swift scores first Number 1 on the Official Singles Chart with Look What You Made Me Do». Official Charts Company. 1 de setembro de 2017. Consultado em 19 de outubro de 2019 
  20. Wang, Amy X. (26 de novembro de 2018). «Taylor Swift's New Record Deal Affects Thousands of Other Musicians». Rolling Stone. Consultado em 26 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 26 de novembro de 2018 
  21. Trust, Gary (3 de setembro de 2019). «Taylor Swift's New Album 'Lover' Chart On the Billboard Hot 100». Billboard. Consultado em 24 de julho de 2020. Cópia arquivada em 3 de setembro de 2019 
  22. McIntyre, Hugh (13 de janeiro de 2020). «Taylor Swift's 'Lover' Was The Only Album To Sell One Million Copies In The U.S. In 2019». Forbes. Consultado em 24 de julho de 2020 
  23. «Taylor Swift's Lover tops one million album sale equivalents in China – breaking international record». Music Business Worldwide. 30 de agosto de 2019. Consultado em 24 de julho de 2020 
  24. «Biggest-selling album worldwide for a solo artist (current)». Guinness World Records (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2020 
  25. Stephenson, Kristen (29 de julho de 2020). «Taylor Swift breaks 24 hour streaming record on Spotify for 8th album folklore». Guinness World Records. Consultado em 29 de julho de 2020 
  26. a b c «Histórico de álbuns de Taylor Swift na Billboard 200». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 2 de Janeiro de 2010 
  27. a b c d Posições de pico para trabalhos de Taylor Swift na Austrália:
  28. «Histórico de álbuns de Taylor Swift no Canadá». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 2 de Janeiro de 2010 
  29. a b «Histórico de singles de Taylor Swift na França» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique — via Hung Medien. Consultado em 8 de Janeiro de 2017 
  30. «Histórico de álbuns de Taylor Swift na Alemanha» (em alemão). GfK Entertainment Charts — via Hung Medien. Consultado em 8 de Novembro de 2010 
  31. a b c «Histórico de Taylor Swift na Irlanda» (em inglês). Irish Recorded Music Association — via Hung Medien. Consultado em 2 de Novembro de 2010 
  32. a b «テイラー・スウィフト» (em japonês). Oricon. Consultado em 8 de Setembro de 2013 
  33. a b c d «Histórico de Taylor Swift na Nova Zelândia» (em inglês). Recorded Music NZ — via Hung Medien. Consultado em 2 de Janeiro de 2010 
  34. a b c d Posições de pico para canções de Taylor Swift na Suécia:
  35. a b c «Histórico de álbuns Taylor Swift no Reino Unido» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 3 de Outubro de 2015. Cópia arquivada em 2 de Junho de 2016 
  36. «Taylor Swift Tops 20 Million in Record Sales» (em inglês). PR Newswire Association, LLC. 31 de Março de 2011. Consultado em 15 de Abril de 2011. Cópia arquivada em 1 de Abril de 2016 
  37. a b c TRSUT, Gary (14 de julho de 2019). «Ask Billboard: Taylor Swift's Career Sales & Streaming Totals, From 'Tim McGraw' to 'You Need to Calm Down'». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 25 de julho de 2020 
  38. JONES, Alan (1 de Novembro de 2014). «Official Charts Analysis: Taylor Swift tops albums with 90,336 sales of 1989». Music Week (em inglês). NewBay Media. Consultado em 3 de Novembro de 2014 [ligação inativa] 
  39. «ARIA Charts – Accreditations – 2012 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 26 de março de 2020 
  40. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa «Certificações ({{{país}}}) – Taylor Swift». British Phonographic Industry. Consultado em 26 de março de 2020  Digite Taylor Swift no campo "Search BPI Awards" e clique em "APPLY".
  41. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af «Certificações (Canadá) – Taylor Swift» (em inglês). Music Canada. Consultado em 26 de março de 2020 
  42. a b c «Nine years on, Taylor Swift's 'Fearless' is certified Diamond for U.S. sales of 10 million». The Music Network. 12 de dezembro 2017. Consultado em 26 de março de 2020 
  43. SCHWARTZ, Rob (3 de Julho de 2010). «TV Appearances, Retail Discounts Help Universal Music Stars Score In Japan». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 16 de Novembro de 2014 
  44. «Taylor Swift receives 9X Platinum Award for her Fearless album» (em inglês). Philippine Association of the Record Industry. 25 de Fevereiro de 2011. Consultado em 6 de Agosto de 2011 
  45. «Accreditations – 2015 Albums» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 26 de Julho de 2016 
  46. a b «Certificações de álbuns na Nova Zelândia para Taylor Swift» (em inglês). RadioScope. Consultado em 3 de Dezembro de 2010. Cópia arquivada em 24 de Julho de 2011 
  47. «2009 Certification Awards: Multi-Platinum» (em inglês). Irish Recorded Music Association. Consultado em 28 de Novembro de 2010 
  48. a b c d e «Certifications – Search» (Enter テイラー・スウィフト (Taylor Swift) in the アーティスト (Artist) parâmetro e, em seguida, clique em 検索 (buscar)) (em japonês). Recording Industry Association of Japan. Consultado em 26 de março de 2020 
  49. WYLAND, Sarah (20 de Setembro 2011). «Taylor Swift Celebrates Nashville Homecoming» (em inglês). Great American Country. Consultado em 23 de Setembro de 2011. Cópia arquivada em 4 de Novembro de 2015 
  50. JONES, Alan (19 de Janeiro de 2015). «Official Charts Analysis: Uptown Funk holds on to No.1 for fifth week with sales of 125,948». Music Week (em inglês). NewBay Media. Consultado em 9 de Novembro de 2015 
  51. WILLIAMS, John (3 de Novembro de 2010). «Taylor Swift shakes up chartsm». JAM! Music (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 17 de Abril de 2019 
  52. «Accreditations – 2010 Albums» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 19 de Janeiro de 2011 
  53. a b c d e «Certificação para Taylor Swift no Brasil». Pró-Música Brasil (Produtores Fonográficos Associados). Consultado em 23 de Julho de 2019 
  54. ADAMS, Cameron (8 de Maio de 2013). «Taylor Swift to play stadiums on Australian Red tour». The Advertiser (em inglês). News Corp Australia. Consultado em 9 de Maio de 2013 
  55. Vendas de Red no Japão:
  56. «Accreditations – 2014 Albums» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 9 de Novembro de 2013 
  57. «NZ Top 40 Albums Chart Albums» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. Consultado em 24 de Dezembro de 2012. Cópia arquivada em 30 de Dezembro de 2012 
  58. «2012 Certification Awards - Platinum» (em inglês). Irish Recorded Music Association. Consultado em 31 de Março de 2013 
  59. FARRELL, David (13 de Novembro de 2017). «First Day Sales For Swift's 'Reputation' Through The Roof». FYI Music (em inglês). Consultado em 14 de Novembro de 2017 
  60. Vendas de 1989 no Japão:
  61. «Quels sont les tops musicaux de 2015?». Pure charts in France (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique — via Hung Medien. 24 de Dezembro de 2015. Consultado em 31 de Dezembro de 2015 
  62. «Certificação para 1989 na Nova Zelândia» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. Consultado em 8 de Maio de 2015 
  63. a b «Certificações para Taylor Swift na Alemanha» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 8 de Dezembro de 2012 
  64. «IFPI Global Music Report 2018» (PDF) (em inglês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica. p. 9. Consultado em 25 de Abril de 2018 
  65. «Taylor Swift's 'Reputation' Is Now A Platinum Album». FYIMusicNews (em inglês). 20 de Novembro de 2017. Consultado em 20 de Novembro de 2017 
  66. CASHMERE, Paul (20 de Novembro de 2017). «Taylor Swift Album Comes In Third Biggest Debut Behind Ed Sheeran and Pink». Noise11. Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 22 de Novembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de Dezembro de 2017 
  67. JONES, Alan (17 de Novembro de 2017). «International Charts Analysis: Taylor Swift dominates around the globe». Music Week (em inglês). NewBay Media. Consultado em 8 de Maio de 2019 
  68. RUELLE, Yohann (22 de Dezembro de 2017). «The 2017 albums: Taylor Swift builds his own 'Reputation'» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique — via Hung Medien. Consultado em 17 de Abril de 2019 
  69. «Accreditations – 2018 Albums» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 8 de Outubro de 2018 
  70. «Certificação para Reputation na Nova Zelândia» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. Consultado em 16 de Maio de 2018 
  71. Billboard (19 de março de 2020). «Arashi Best-Of Tops Taylor Swift for IFPI's Best-Selling Album of 2019». Consultado em 26 de março de 2020 
  72. «2019 Nielsen Year-End Report» (PDF). Billboard. Consultado em 26 de março de 2020 
  73. «Top Albums : Vitaa et Slimane au sommet, Lorenzo brille, Elsa Esnoult devant Taylor Swift». chartsinfrance.net. Consultado em 14 de outubro de 2019 
  74. «オリコン月間 アルバムランキング 2019年08月度 | ORICON NEWS». web.archive.org. 25 de setembro de 2019. Consultado em 14 de outubro de 2019 
  75. Sutherland, Mark (23 de julho de 2020). «Everything you need to know about Taylor Swift's surprise album drop». Music Week. Consultado em 23 de julho de 2020 
  76. «ARIA Australian Top 50 Albums». Australian Recording Industry Association. 2 de março de 2020. Consultado em 26 de março de 2020 
  77. «Certificações (Nova Zelândia) – Taylor Swift» (em inglês). Recorded Music NZ. Consultado em 26 de março de 2020 
  78. «Canadian Albums — Semana de 10 de Dezembro de 2011». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 1 de Dezembro de 2011 
  79. LIPSHUTZ, Jason (21 de Setembro de 2011). «Taylor Swift Announces 'Speak Now' Live CD/DVD"». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 20 de Novembro de 2012 
  80. «Reputation Stadium Tour Surprise Song Playlist» (em inglês). AllMusic (RhythmOne Group). Consultado em 21 de Maio de 2019 
  81. «Rhapsody Originals: Taylor Swift» (em inglês). Rhapsody. Consultado em 9 de Novembro de 2012 
  82. Posições de pico para trabalhos de Taylor Swift no Brasil:
  83. a b c «Histórico de singles de Taylor Swift no Canadá». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 2 de Janeiro de 2010 
  84. «Histórico de Taylor Swift na Dinamarca» (em dinamarquês). Hitlisten — via Hung Medien. Consultado em 2 de Janeiro de 2010 
  85. «Histórico de Taylor Swift na Noruega» (em norueguês). VG-lista — via Hung Medien. Consultado em 2 de Janeiro de 2010 
  86. a b c d Trust, Gary (26 de novembro de 2017). «Ask Billboard: Taylor Swift's Career Album & Song Sales». Billboard. Consultado em 26 de março de 2020 
  87. Jones, Alan (27 de Outubro de 2014). «Official Charts Analysis: Trainor matches Clean Bandit for longest-running No.1 single of 2014». Music Week. Intent Media. Consultado em 3 de Novembro de 2014 
  88. a b c d e «Accreditations – 2015 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 13 de Março de 2015 
  89. a b c d «Latest Gold / Platinum Singles» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. 17 de Julho de 2011. Consultado em 26 de Março de 2012. Cópia arquivada em 24 de Julho de 2011 
  90. a b c d e «Accreditations – 2014 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 13 de Setembro de 2014 
  91. «一般社団法人 日本レコード協会 | 各種統計» (em japonês). The Recording Industry Association of Japan. Consultado em 24 de Dezembro de 2013. Cópia arquivada em 26 de Março de 2014 
  92. «Accreditations – 2010 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 13 de Maio de 2010. Cópia arquivada em 25 de Janeiro de 2010 
  93. «一般社団法人 日本レコード協会 | 各種統計» (em japonês). The Recording Industry Association of Japan. Consultado em 24 de Dezembro de 2013. Cópia arquivada em 24 de Dezembro de 2013 
  94. a b c d e f g h i j k l m n o p «Taylor Swift – Chart History: Bubbling Under Hot 100». Billboard. Consultado em 26 de março de 2020 
  95. a b «レコード協会調べ 1月度有料音楽配信認定 <略称:1月度認定>» (em japonês). The Recording Industry Association of Japan. Consultado em 22 de Março de 2015. Cópia arquivada em 26 de Março de 2015 
  96. a b «Accreditations – 2012 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 31 de Janeiro de 2013 
  97. «NZ Top 40 Singles Chart» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. Consultado em 7 de Janeiro de 2013. Cópia arquivada em 7 de Janeiro de 2013 
  98. «The most sold Singles in 2013». InfoDisc. Consultado em 26 de março de 2020 
  99. Jones, Alan (28 de dezembro de 2014). «Official Charts Analysis: Sheeran's x scores 12th week at No.1 with sales of 211,168». Music Week. Intent Media. Consultado em 26 de março de 2020 
  100. a b «Accreditations – 2013 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 13 de Setembro de 2014 
  101. «NZ Top 40 Singles Chart» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. Consultado em 21 de Janeiro de 2013. Cópia arquivada em 21 de Janeiro de 2013 
  102. «Accreditations – 2013 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 16 de Fevereiro de 2013. Cópia arquivada em 8 de Maio de 2013 
  103. a b «NZ Top 40 Singles Chart: 03 May 2013» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. Consultado em 3 de Maio de 2013. Cópia arquivada em 5 de Maio de 2013 
  104. «Certificação dos Estados Unidos para "Highway Don't Care"» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 27 de Dezembro de 2012 
  105. Bliss, Karen (27 de janeiro 2015). «Nielsen: Canada Loved Taylor Swift, Streaming Music and, Yep, Vinyl in 2014». Billboard. Consultado em 26 de março de 2020 
  106. «The most sold Songs in 2014». InfoDisc 
  107. a b «The most sold Songs in 2015». InfoDisc 
  108. «NZ Top 40 Singles Chart – 09 February 2015». Recorded Music NZ. Consultado em 25 de julho de 2020. Cópia arquivada em 6 de fevereiro de 2015 
  109. «Certificações para Taylor Swift na Itália» (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 19 de Janeiro de 2015 
  110. Myers, Justin (7 de novembro de 2015). «Taylor Swift's 1989 one year on». Official Charts Company. Consultado em 26 de março de 2020 
  111. «Certificação para "Blank Space" na Nova Zelândia» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. Consultado em 19 de Dezembro de 2014. Cópia arquivada em 19 de Dezembro de 2014 
  112. «Certificação para "Style" na Nova Zelândia» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. Consultado em 6 de Março de 2015 
  113. RYAN, Gavin (5 de Dezembro de 2015). «ARIA Singles: Adele 'Hello' Spends Sixth Week at No 1». Noise11 (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 5 de Dezembro de 2015. Cópia arquivada em 9 de Dezembro de 2015 
  114. «Certificação para "Bad Blood" na Nova Zelândia» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. Consultado em 28 de Junho de 2015 
  115. «ARIA Australian Top 50 Singles: Week of November 30, 2015» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 18 de Novembro de 2015. Cópia arquivada em 17 de Março de 2014 
  116. «Certificação para "Wildest Dreams" na Nova Zelândia» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. Consultado em 7 de Outubro de 2015 
  117. RYAN, Gavin (16 de Janeiro de 2016). «ARIA Singles: Justin Bieber 'Love Yourself' Spends 6th Week at No 1». Noise11 (em inglês). Consultado em 16 de Janeiro de 2016. Cópia arquivada em 22 de Janeiro de 2016 
  118. RYAN, Gavin (23 de Abril de 2016). «ARIA Singles: Gnash 'I Hate U, I Love U' Spends Second Week at No 1». Noise11 (em inglês). Consultado em 23 de Abril de 2016. Cópia arquivada em 28 de Abril de 2016 
  119. «The most sold Songs in 2017». InfoDisc (em francês) 
  120. «Notre Base de Données: Taylor Swift» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 8 de Novembro de 2017 
  121. «Certificação para "I Don't Wanna Live Forever (Fifty Shades Darker)" na Itália» (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 29 de Agosto de 2017 
  122. «Accreditations – 2017 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. 31 de Outubro de 2017. Consultado em 9 de Dezembro de 2017 
  123. «Certificação da Nova Zelândia para "I Don't Wanna Live Forever"» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. Consultado em 27 de Janeiro de 2017 
  124. a b «Billboard Digital Songs Chart Week Ending October 5, 2017» (PDF). Nielsen SoundScan. 9 de outubro de 2017. Consultado em 26 de março de 2020 
  125. a b c d e f g h «Accreditations – 2018 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 8 de Outubro de 2018 
  126. «Certificações de singles na Itália – Taylor Swift – Look What You Made Me Do» (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 13 de Novembro de 2017 
  127. «Certificação da Nova Zelândia para "Look What You Made Me Do"» (em inglês). The Official New Zealand Music Chart. Consultado em 27 de Setembro de 2017 
  128. a b «NZ Heatseeker Singles Chart». Recorded Music NZ. 11 de dezembro de 2017 
  129. «Certificação no Brasil para "End Game"». Pró-Música Brasil. Consultado em 11 de Abril de 2018 
  130. «ARIA Chart Watch No. 461» (em inglês). auspOp. 24 de Fevereiro de 2018. Consultado em 24 de Fevereiro de 2018 
  131. «Uncharted: Taylor Swift prepares for Aus tour with next radio single». The Music Network (em inglês). Jaden Social Pty. Ltd. 10 de Setembro de 2018. Consultado em 10 de Setembro de 2018 
  132. «ARIA Australian Top 40 Digital Tracks» (PDF). Australian Recording Industry Association. 22 de outubro de 2018. Consultado em 26 de março de 2020 
  133. «NZ Hot Singles Chart». Recorded Music NZ. 24 de setembro de 2018. Consultado em 26 de março de 2020 
  134. «Taylor Swift 'Road to Reputation' Screening» (em inglês). auspOp. 27 de Setembro de 2018. Consultado em 29 de Setembro de 2018. Cópia arquivada em 29 de Setembro de 2018 
  135. Caulfield, Keith (27 de junho de 2019). «Ariana Grande & Lil Nas X Lead Nielsen Music's Mid-Year 2019 Charts». Billboard. Consultado em 26 de março de 2020 
  136. «ARIA Australian Top 50 Singles Chart» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Limited. 27 de Maio de 2019. Consultado em 25 de Maio de 2019 
  137. a b c «Certificações (Nova Zelândia) (single) – Taylor Swift» (em inglês). Recorded Music NZ. Consultado em 26 de março de 2020 
  138. «NZ Hot Singles Chart». Recorded Music NZ. 25 de novembro de 2019. Consultado em 26 de março de 2020 
  139. «NZ Hot Singles Chart». Recorded Music NZ. 16 de dezembro de 2019. Consultado em 26 de março de 2020 
  140. Posições de pico para canções de Taylor Swift nas quais é creditada como artista convidada nos Estados Unidos:
  141. Posições de pico para canções de Taylor Swift nas quais é creditada como artista convidada na Austrália:
  142. «Posições de pico para singles de Taylor Swift no Brasil» (PDF). ASDFG. Consultado em 1 de Abril de 2014 
  143. Posições de pico para canções de Taylor Swift nas quais é creditada como artista convidada no Canadá:
  144. «Official Scottish Singles Sales Chart Top 100: 29 July 2012 - 04 August 2012» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 4 de Outubro de 2016 
  145. «Official Singles Chart Top 100: 29 July 2012 - 04 August 2012» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 23 de Julho de 2012 
  146. a b «Chart Track: Week 32, 2012» (em inglês). Chart-Track. Consultado em 21 de Setembro de 2017 
  147. «B.O.B FEAT. TAYLOR SWIFT - BOTH OF US (SONG)» (em inglês). Recorded Music NZ — via Hung Medien. Consultado em 21 de Setembro de 2017 
  148. «Nederlandse Top 40 – week 28, 2010» (em neerlandês). Nederlandse Top 40. Consultado em 23 de Outubro de 2010 
  149. «Certificação dos Estados Unidos para "Two Is Better than One"» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 24 de Janeiro de 2010 
  150. «Certificação dos Estados Unidos para "Half of My Heart"» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 24 de Janeiro de 2010 
  151. «NZ Top 40 Singles Chart – 6 August 2012». Recorded Music NZ. Consultado em 26 de março de 2020 
  152. Posições de pico para trabalhos de Taylor Swift na Espanha:
  153. «I Heart ? – Taylor Swift» (em inglês). AllMusic (All Media Network, LLC.). Consultado em 12 de Dezembro de 2014. Cópia arquivada em 3 de Julho de 2016 
  154. «Ask Billboard: Taylor Swift's Career Sales». Billboard. 25 de agosto de 2012. Consultado em 17 de abril de 2019 
  155. «Bubbling Under Hot 100 Singles: Week of January 16, 2010». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Reporter Media Group. Consultado em 12 de Julho de 2011. Cópia arquivada em 12 de Julho de 2011 
  156. «If This Was a Movie — Single by Taylor Swift» (em inglês). iTunes (Apple, Inc.). Consultado em 8 de Janeiro de 2017 
  157. «Superman — Single by Taylor Swift» (em inglês). iTunes (Apple, Inc.). Consultado em 8 de Janeiro de 2017 
  158. «Wonderland — Single by Taylor Swift» (em inglês). iTunes (Apple, Inc.). Consultado em 29 de Agosto de 2017 
  159. «You Are in Love — Single by Taylor Swift» (em inglês). iTunes (Apple, Inc.). Consultado em 29 de Agosto de 2017 
  160. «Veckolista Heatseeker, vecka 31». Sverigetopplistan. Consultado em 31 de julho de 2020 
  161. «Chart Log UK: New Entries Update» (em inglês). Zobbel. Consultado em 6 de Novembro de 2010 
  162. a b «NZ Hot Singles Chart». Recorded Music NZ. 2 de setembro de 2019. Consultado em 31 de agosto de 2019 
  163. «Veckolista Heatseeker, vecka 35». Sverigetopplistan. Consultado em 31 de julho de 2020 
  164. a b c d «Veckolista Heatseeker, vecka 31». Sverigetopplistan. Consultado em 31 de julho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal.svg A Wikipédia possui o
Portal Taylor Swift