The Archer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"The Archer"
Single promocional de Taylor Swift
do álbum Lover
Lançamento 23 de julho de 2019 (2019-07-23)
Formato(s)
Gênero(s)
Duração 3:31
Gravadora(s)
Composição
Produção
  • Jack Antonoff
  • Taylor Swift
Cronologia de singles promocionais de Taylor Swift
"Call It What You Want"
(2017)

"The Archer" é uma canção da cantora e compositora estadunidense Taylor Swift, contida em seu futuro sétimo álbum de estúdio, Lover (2019). A faixa, escrita e produzida por Swift e Jack Antonoff, foi lançada como o primeiro single promocional do álbum em 23 de julho de 2019. "The Archer" é uma balada de synth-pop e dream pop, que contém sintetizadores pesados, sons minimalistas e um ritmo lento. Elogiada por sua letra artística, a canção documenta os altos e baixos dos relacionamentos de Swift. A faixa foi aclamada pelos críticos de música, que compararam-na a "All Too Well" (2012).

Antecedentes e composição[editar | editar código-fonte]

"The Archer" foi escrita e produzida por Swift e Jack Antonoff em duas horas, quando eles estavam na Califórnia. Os dois já haviam colaborado anteriormente em "Sweeter than Fiction" (2013), 1989 (2014), "I Don't Wanna Live Forever" (2016), e Reputation (2017).[1] Swift lançou um teaser da canção em um post em seu Instagram em 22 de julho de 2019.[2] No dia seguinte, a canção foi revelada como sendo a quinta faixa de seu futuro álbum de estúdio, Lover (2019), através de sua pré-venda na iTunes Store.[3][4] Em relação ao posicionamento da canção no número cinco da lista de faixas, Swift explicou que ela sempre coloca a faixa mais "honesta, emocional, vulnerável e pessoal" nessa posição.[5]

"The Archer" é uma balada de synth-pop e dream pop, que contém sintetizadores pesados,[6] sons minimalistas e um ritmo lento.[7][8][9] A canção, descrita como "mais sombria e mais introspectiva" do que os singles anteriores, mostra um lado "mais vulnerável e confessional" da cantora, uma vez que a apresenta como "ambas, a caçadora e a caçada".[10] De acordo com Jael Goldfine, da revista Paper, a canção "cresce até um clímax febril", após o qual Swift interpola a letra da canção de ninar "Humpty Dumpty", para "descrever sua angústia emocional", e então "traz tudo de volta para como sua vida foi marcada por inimigos e traição."[5]

Lyric video[editar | editar código-fonte]

Em 23 de julho de 2019, um lyric video da canção foi lançado no YouTube. A letra, no vídeo, usa uma fonte manuscrita, enquanto o fundo do vídeo é composto de nuvens coloridas se movendo. No final, há alguns segundos de neve caindo. O lyric video já ultrapassou 11 milhões de visualizações no YouTube.[11]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

"The Archer" recebeu aclamação dos críticos de música. Claire Shaffer, da revista Rolling Stone, chamou a canção de "uma balada sombria e com synth pesado, centrada na metáfora do arqueiro".[6] Rania Aniftos da revista Billboard opinou que ela é "brilhante, arejada", e que Swift "derruba a parede que ela constrói, pedindo à pessoa que ela ama que aceite ela por completo, ao cantar".[12] Escrevendo para a Forbes, Caitlin Kelley afirmou que a letra de "The Archer" mostra-se "como um reconhecimento mais nuançado dos altos e baixos de seus bem famosos relacionamentos", acrescentando que "a maior força da canção é a astúcia de [seus] versos".[13] Sofiana Ramli, do site NME, escreveu que "a canção expõe as inseguranças da cantora", descrevendo-a como "delicada e sonhadora na mesma veia minimalista" de "All Too Well" (2012).[14]

Chris Willman, da revista Variety, opinou que sua "letra reflete um estado de espírito suspeito em um relacionamento aparentemente feliz, onde antigos medos surgem facilmente", e também fez comparações a "All Too Well". Escrevendo para o site Vulture, Jackson McHenry afirmou que "The Archer" encontra "Taylor entrando em um ritmo mais lento", acrescentando que "é potencialmente uma admissão de que ela, de fato, ama drama e entrar em brigas, mesmo que tenha interpretado a vítima, mas também poderia ser uma metáfora".[7] Constance Grady, do site Vox, escreveu que a canção "é esparsa e minimalista, e mostra um pouco de auto-ódio, da forma como Swift pode ocasionalmente ficar quando está mais vulnerável como compositora", acrescentando que ela é "exponencialmente mais emocional e poderosa" do que os singles anteriores.[15]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

"The Archer" estreou na posição de número 100 na parada britânica UK Singles Chart, posteriormente chegando ao número 43. Além disso, a canção estreou em 17º lugar na Escócia, 69º na Irlanda, posteriormente chegando ao número 31, 28º na Nova Zelândia, e 55º na parada canadense Canadian Hot 100. "The Archer" estreou na parada estadunidense no Billboard Hot 100 na posição de número 69, tornando-se a 80ª canção de Swift a entrar na parada.[16] Na Austrália, a canção estreou em 55º lugar, e chegou ao 19º na semana seguinte.

Posições[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2017–18) Melhor
posição
 Austrália (ARIA Charts)[17] 19
 Bélgica (Ultratip de Flandres)[18] 29
 Canadá (Canadian Hot 100)[19] 55
 China (China Airplay Chart)[20] 2
Escócia (The Official Charts Company)[21] 17
 Eslováquia (Singles Digitál Top 100)[22] 63
 Estónia (Eesti Ekspress)[23] 32
 Estados Unidos (Billboard Hot 100)[24] 69
 Estados Unidos (Rolling Stone Top 100)[25] 28
 Hungria (MAHASZ)[26] 22
 Irlanda (IRMA Single Top 40)[27] 31
 Nova Zelândia (NZ Top 40 Singles)[28] 28
 Reino Unido (UK Singles Chart)[29] 43
 República Checa (IFPI Česká Republika)[30] 69
 Suécia (Sverigetopplistan)[31] 6
 Singapura (RIAS)[32] 18

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos adaptados do serviço de distribuição digital Tidal.[33]

  • Taylor Swift – vocais, composição, produção
  • Jack Antonoff – produção, composição, programação, engenharia, teclado
  • Laura Sisk – engenharia
  • John Rooney – assistência de engenharia
  • Serban Ghenea – mixagem,
  • John Hanes – engenharia de mixagem

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Região Data Formato Gravadora Ref.
Mundo 23 de julho de 2019 Taylor Swift Productions [33]

Referências

  1. Kirsten Spruch (24 de julho de 2019). «Taylor Swift announces new single "Lover," receives Teen Choice Icon Award». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Media Group. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  2. Taylor Swift (22 de julho de 2019). «I've been the archer, I've been the prey, Who could ever leave me darling... But who could stay?». Instagram (em inglês). Facebook. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  3. Cerys Kenneally (23 de julho de 2019). «Apple Music has accidentally leaked the title of Taylor Swift's next single». The Line of Best Fit (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  4. «Lover - Taylor Swift». iTunes Store (Estados Unidos) (em inglês). Apple. 22 de julho de 2019. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  5. a b Jael Goldfine (23 de julho de 2019). «Taylor Swift's Big, Sad Jack Antonoff-Produced Ballad Is Here». Paper (em inglês). Paper Communications. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  6. a b Claire Shaffer (23 de julho de 2019). «Taylor Swift Releases Intimate New Song 'The Archer'». Rolling Stone (em inglês). Wenner Publishing. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  7. a b Jackson McHenry (23 de julho de 2019). «Ready, Aim, Listen to Taylor Swift's New Song 'The Archer' From Lover». Vulture (em inglês). New York Media, LLC. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  8. Laura Stavropoulos (23 de julho de 2019). «Taylor Swift Shares New Synth-Pop Single 'The Archer'». udiscovermusic.com (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  9. Tosten Burks (23 de julho de 2019). «Taylor Swift – "The Archer"». Spin (em inglês). Valence Media. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  10. Rhodes Murphy (24 de julho de 2019). «In Her New Song, Taylor Swift Interrogates the Fragility of Identity». Slate (em inglês). The Slate Group. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  11. Taylor Swift (24 de julho de 2019). «Taylor Swift - The Archer (Lyric Video)». YouTube (em inglês). Google. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  12. Rania Aniftos (23 de julho de 2019). «Taylor Swift Unveils Vulnerable New Song 'The Archer': Listen». Billboard (em inglês). Billboard-Hollywood Media Group. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  13. Caitlin Kelley (24 de julho de 2019). «Taylor Swift Releases Vulnerable New Song "The Archer"». Forbes (em inglês). Forbes Media, LLC. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  14. Sofiana Ramli (24 de julho de 2019). «Taylor Swift gets real on honest new song, 'The Archer'». NME (em inglês). Bandlab Technologies. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  15. Constance Grady (24 de julho de 2019). «Taylor Swift's new single, "Archer," is Swift at her most intimate and vulnerable». Vox (em inglês). Vox Media. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  16. «.@taylorswift13's "The Archer" debuts at No. 69 on this week's #Hot100. It's her 80th career Hot 100-charting hit.». Billboard Charts (em inglês). Billboard. 29 de julho de 2019. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  17. «Taylor Swift – The Archer (Song)». ARIA Charts (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  18. «Taylor Swift – The Archer». Ultratip (em holandês). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  19. «Taylor Swift Chart History (Canadian Hot 100)». Canadian Hot 100 (em inglês). Billboard. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  20. «019年07月29日 - 2019年08月04日». China Airplay Chart (em chinês). Billboard. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  21. [hhttps://www.officialcharts.com/charts/scottish-singles-chart/20190726/41/ «Official Scottish Singles Sales Chart Top 100 - 26 July 2019 - 01 August 2019»]. The Official Charts Company (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  22. «Hitparáda - CZ - SINGLES DIGITAL - TOP 100 Týden - 201932». IFPI Slovenská Republika (em eslovaco). Consultado em 14 de agosto de 2019 
  23. Jaane Tomps (5 de agosto de 2019). «EESTI TIPP-40 MUUSIKAS - Kuidas on lood Maxtracti staminaga?». Eesti Ekspress (em estoniano). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  24. «Taylor Swift Chart History (Hot 100)». Billboard Hot 100 (em inglês). Billboard. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  25. «Top 100 Songs». Rolling Stone (em inglês). Penske Media Corporation. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  26. «Single (track) Top 40 lista». MAHASZ (em húngaro). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  27. «Irish Charts». Irish Recorded Music Association (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  28. «OFFICIAL TOP 40 SINGLES». NZ Top 40 Singles (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  29. «Official Singles Chart Top 100 - 02 August 2019 - 08 August 2019». Official Charts Company (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  30. «Hitparáda - CZ - SINGLES DIGITAL - TOP 100 Týden - 201932» (em checo). IFPI Česká Republika. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  31. «Historik: Veckolista Heatseeker, vecka 31» (em sueco). Sverigetopplistan. Consultado em 14 de agosto de 2019 
  32. «RIAS Top Charts: Week 31 (26 July - 1 August 2019)». Recording Industry Association Singapore (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2019 
  33. a b «The Archer De Taylor Swift». Tidal (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2019