Dream pop

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde agosto de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Dream pop
Origens estilísticas
Contexto cultural Meados da década de 1980, na Escócia e Inglaterra
Instrumentos típicos Vocal (na maioria das vezes em ecos), guitarra, baixo, bateria, sintetizadores, bateria eletrônica, piano, uso maciço de delay, reverberação e efeitos de chorus
Popularidade Média para alta durante a década de 80. Atualmente a mistura do dream pop com trip-hop, pop barroco e outros gêneros tem gerado uma considerável popularidade na música pop atual, a exemplo da cantora Lana Del Rey [4]
Formas derivadas Shoegazing, Ambient pop
Outros tópicos
Ethereal wave  • Indie pop  • Pop barroco

Dream pop é um subgênero do rock alternativo, neo-psicodelia e música pop que se desenvolveu durante a década de 1980. O gênero aborda uma preocupação com as atmosferas sonoras e texturas ambientais, tanto quanto à melodia romântica e sensibilidades da música pop. Surgiu em meados da década de 80 quando bandas como Cocteau Twins começaram a transformar as melodias do rock alternativo em texturas sónicas ecoantes e vocais murmurados dentro da sonoridade pop.[1] No final dos anos 80, apareceram algumas variantes do dream pop, principalmente no Reino Unido. Entre elas, o shoegazing e o space rock.

Características[editar | editar código-fonte]

Ver também: Rock gótico e Sadcore

A AllMusic Guide to Electronica define o dream pop como "um subgênero atmosférico do rock alternativo que se baseia em texturas sonoras tanto quanto à melodia".[5] Características comuns são vozes femininas ecoantes ou sussurrantes, uso de efeitos de guitarra, uso maciço de eco e delay muitas vezes produzindo uma "parede atmosférica" e por vezes uma sonoridade viajante. As letras são muitas vezes de natureza pessoal, autodestruiva, melancólica, introspectiva, romântica ou existencial. O dream pop encontrou na música sombria dos anos 80 uma morada segura, casa de bandas veteranas como Cocteau Twins e artistas recentes como Beach House.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rock é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.