Glam rock

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o estilo musical. Para o programa de TV apresentado por Juliana Almeida, veja Glam (programa de TV).
Glam Rock
Origens estilísticas Art rock, pop rock, hard rock, folk, rock psicodélico
Contexto cultural Meados da década de 1970, Reino Unido
Instrumentos típicos Guitarra - baixo - Bateria - Piano - saxofone - Sintetizadores
Popularidade Mainstream no Reino Unido durante os anos 1970 e níveis variáveis de sucesso em muitos países desenvolvidos.
Moderada em 1980s e underground, desde então, mas com bastante influência desde a ascensão.
Formas derivadas Gothic rock, New Romanticism
Gêneros de fusão
Glam metal - Glam punk - Punk rock
Outros tópicos
Protopunk
A Wikipédia possui o
Portal do Rock.


O Glam rock (abreviação de Glamour Rock) é um gênero musical (sendo um subgênero do rock) criado na Inglaterra , conhecido também como glitter rock. Foi um estilo de música nascido no final dos anos 60 e popularizado no início dos anos 70. Era principalmente um fenômeno inglês que foi difundido em meados de 1971 e 1973. Nos EUA, o Glam rock teve um menor impacto e foi apenas difundido por fãs de música nas cidades de Nova Iorque e Los Angeles.

O Glam foi marcado pelos trajes e performances com muitos cílios postiços, purpurinas, saltos altos, batons, lantejoulas, paetês e trajes elétricos dos cantores. Eram os tempos da androginia e do glamour e suas músicas agitadas de rock n’ roll esbanjavam energia sexual. A ênfase lírica abordava a "revolução adolescente" (T. Rex - “Children of the Revolution “, Sweet - “Teenage Rampage“) assim como uma ampla notoriedade na direção de temas heterosexuais, sobre a decadência e fama.[1]

Os cantores de Glam freqüentemente vestem-se de forma andrógina, com maquiagem vistosas, trajes extravagantes não diferentes ao que Liberace vestia quando tocava em cabarés. Um exemplo famoso seria David Bowie durante a fase de Ziggy Stardust e Aladdin Sane. E talvez, quem sabe Twisted sister . O Glam Rock se diferencia do Glam Metal, por ter um som menos pesado.

A cantora Avril Lavigne apresentou várias canções glam rock no seu álbum de 2007 The Best Damn Thing, uma delas é a faixa de mesmo nome do álbum, lançada em julho de 2008 como última música da trabalho do disco.

Glam rock no Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o grande ícone do Glam rock foi o Secos & Molhados.[2] Destaque também para o primeiro disco solo de João Ricardo, mais conhecido como "disco rosa", bem como o primeiro disco de Rita Lee & Tutti Frutti, o "Atrás do Porto tem uma Cidade". O primeiro representante do Glam Rock no Brasil, foi, no entanto, o cantor Edy Star.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ian Inglis. Performance and popular music: history, place and time. [S.l.]: Ashgate Publishing, Ltd., 2006. 71 a 73 p. 0754640574, 9780754640578
  2. Ana Maria Bahiana. Almanaque anos 70. [S.l.: s.n.], 2006. 50 p. 8500017880, 9788500017889
  3. Pedro Alexandre Sanches. Como dois e dois são cinco: Roberto Carlos (& Erasmo & Wanderléa). [S.l.]: Boitempo Editorial, 2004. 197 p. 8575590588, 9788575590584
Ícone de esboço Este artigo sobre Rock é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.