Mötley Crüe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mötley Crüe
Mötley Crüe da esquerda para a direita: Nikki Sixx, Tommy Lee, Mick Mars e Vince Neil.
Informação geral
Origem Los Angeles, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Glam metal, heavy metal, hard rock
Período em atividade 1981 - 2000
2004 - 2015
Gravadora(s) Mötley, Eleven Seven Music, Elektra, Leathür
Integrantes Vince Neil
Mick Mars
Nikki Sixx
Tommy Lee
Ex-integrantes John Corabi
Randy Castillo
Samantha Maloney
Página oficial www.motley.com/

Mötley Crüe (pronunciado /ˈmɒt li/ /kru/) foi uma banda norte-americana de heavy metal criada em Los Angeles, Califórnia em 1981.

A banda foi formada pelo baixista Nikki Sixx (que estava envolvido numa banda chamada London) e pelo baterista Tommy Lee, mais tarde entraram o guitarrista Mick Mars e o cantor Vince Neil. Mötley Crüe vendeu mais de 100 milhões de álbuns em todo o mundo, considerada uma das melhores bandas de glam do mundo.[1]

O último álbum de estúdio da banda, Saints of Los Angeles, foi lançado em 28 de junho de 2008, enquanto estava sendo filmada uma adaptação da autobiografia da banda, que foi lançada em 2009. Em 2014 e 2015, a banda realizou sua última turnê, sendo conhecida como "The Final Tour", que culminou com o fim da banda em 31 de dezembro de 2015).[2]

História[editar | editar código-fonte]

Formação e primeiros anos (1981-1983)[editar | editar código-fonte]

O Mötley Crüe foi formado em 17 de janeiro de 1981 quando o baixista Nikki Sixx saiu da banda London e começou a ensaiar com Tommy Lee e com o vocalista/guitarrista Greg Leon..[3] Lee tinha trabalhado antes com Leon numa banda chamada Suite 19[4] e o trio continuou ensaiando e praticando até que eventualmente, Leon decidiu parar. O baixista e o baterista começaram a procurar por novos membros. Sixx e Lee encontraram um novo guitarrista, Robert "Mick Mars" Deal. Mars foi ouvido e depois foi contratado por Sixx e por Lee. Mars tinha tocado numa banda, White Horse, quando um dos membros da banda denominou o grupo de "a motley looking crew.". Ele se lembrou da frase e depois copiou isso para usar como nome para a banda: Mottley Cru. Falando rapidamente a palavra, fica 'Mötley Crüe', e foi esse o nome escolhido para a banda, também para homenagear a cerveja alemã, que os membros bebiam no momento. Lee conheceu Neil na escola Royal Oak H.S. (Ensino Médio) em Covina e tocaram em duas bandas de garagem. Vendo sua performance na banda Rockandi (pronuncia-se Rock-Candy), Neil fez um ansioso teste e foi aceito por Lee.

O primeiro álbum deles era uma produção independente chamada Too Fast For Love, que foi produzida pela Lethur Records. Logo em seguida eles assinam um contrato com a Elektra Records, que remixou o álbum e a banda partiu em turnê. Em 1983 lançam o álbum Shout at the Devil, que apresenta hits como "Looks That Kill", "Ten Seconds To Love" e "Too Young To Fall In Love".

No apogeu da fama (1984-1991)[editar | editar código-fonte]

Depois do Shout at the Devil de 1983, lançaram o clássico Theatre of Pain em 1985 e em 1987, lançaram Girls, Girls, Girls. Os últimos álbuns, mostrava um Mötley Crüe com motos, whiskey e stripers.

O Mötley Crüe continua sua carreira e lança novos álbuns. Em 1989 eles lançam um novo álbum, Dr. Feelgood, com o hit "Kickstart My Heart". Em seguida, lançam Decade of Decadence, após o qual sai o vocalista Vince Neil e entra John Corabi.

Era John Corabi e volta de Vince (1992-2003)[editar | editar código-fonte]

Em 1994 eles lançam mais um álbum, intitulado Mötley Crüe. Vince Neil volta e eles gravam mais um álbum em 1997, o Generation Swine. Em 1998 o contrato com a Elektra Records se acaba. Então a banda criou seu próprio selo, o Mötley Records. Em 2000 lançaram o álbum New Tattoo.

Reunião, último álbum e turnê de despedida (2004-2015)[editar | editar código-fonte]

Nikki Sixx e Mick Mars tocando na em Glasgow, Escócia em 2005.
Foto: Alec MacKellaig.

A banda volta a se reunir em 2004 e lança a coletânea Red, White & Crüe. Anunciaram que voltaram aos estúdios para gravar um novo disco e em 2008, sai o último álbum do Mötley Crüe, Saints of Los Angeles. Em 2014 e 2015, realizaram sua última turnê, após a qual encerraram definitivamente suas atividades.[5]

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Última formação[editar | editar código-fonte]

Membros anteriores[editar | editar código-fonte]

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]