A Flock of Seagulls

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde dezembro de 2011). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
A Flock of Seagulls
Mike Score (vocalista da banda) durante um show em 2011
Informação geral
Origem Liverpool, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) New wave
Synthpop
Pós-punk
Space rock
Período em atividade 1980-1986
1989-presente
Gravadora(s) Cocteau Records
Jive Records
Integrantes Mike Score
Paul Reynolds
Frank Maudsley
Ali Score
Ex-integrantes Joe Rodríguez
Pando
Michael Brahm
Robbie Hanson
Robert Cruz
Dean Pichette
A. J. Mazzetti
Ed Berner
Página oficial www.aflockofseagulls.net

A Flock of Seagulls é uma banda de new wave britânica formada em Liverpool, Inglaterra, em 1980 por Mike Score, o seu irmão Ali Score e os amigos Frank Maudsley e Paul Reynolds. Ganhou popularidade na Europa e nos Estados Unidos no início dos anos 80.

O single "I Ran (So Far Away)" está presente nos games Guitar Hero Encore: Rocks the 80s e Grand Theft Auto: Vice City. "I Ran (So Far Away)" rendeu à banda a 2ª posição na lista "Top 100 One Hit Wonder Of The 80′s (100 melhores bandas de um hit só dos anos 80)" do canal VH1. Esta lista foi feita em 2009.[1][2]

História[editar | editar código-fonte]

Formação e sucesso[editar | editar código-fonte]

A Flock of Seagulls iniciou-se com Mike Score e seu irmão Ali Score em 1980, em Liverpool. O nome do grupo surgiu a partir de um trecho da canção "Toiler on the Sea", da banda The Stranglers, de acordo com Mike Score.[3] Mike, que havia previsto ser um cabeleireiro, tocava teclado, guitarra e cantava, enquanto Ali tocava bateria e Frank Maudsley, amigo dos irmãos, tocava baixo. O guitarrista original da banda, Willie Woo, saiu e foi substituído por Paul Reynolds, do grupo Cindysbeentrippin. A banda começou a tocar em clubes e em breve conseguiu contrato com uma gravadora.

Sob a direção de Tommy Crossan e Mick Rossi (Checkmount Limited), começaram a lançar singles através da Jive Records. O grupo lançou um EP, Telecommunication, e dois singles, "It's Not Me Talking" e "Telecommunication" (ambos produzidos por Bill Nelson). O sucesso deste último single deu-lhes um contrato com uma grande gravadora. Em 1982, o terceiro single do grupo, "I Ran (So Far Away)", produzido por Mike Howlett, ex-baixista da banda Gong, tornou-se um sucesso mundial, alcançando o número 1 na Austrália e o Top 10 nos Estados Unidos e na Nova Zelândia. Também fizeram sucesso o álbum de estreia A Flock of Seagulls e outro single, "Space Age Love Song".[4] Ao final de 1982, a banda encontrou o maior sucesso em seu país com "Wishing (If I Had a Photograph of You)", o primeiro single de seu próximo álbum, "Listen", e que alcançou o Top 10.[5] 1982 foi o ápice do sucesso crítico e comercial do grupo.

1983 e depois[editar | editar código-fonte]

Mais três singles foram lançados para o álbum Listen em 1983, mas tiveram apenas um pequeno sucesso no Reino Unido e no exterior. Encarados com desapontamento, o grupo produziu um terceiro álbum em 1984 chamado The Story of a Young Heart, com "The More You Live, The More You Love" como o single principal. Este teve um sucesso moderado, mas os outros dois singles do álbum, "Never Again (The Dancer)" e "Remember David", não fizeram nenhum progresso. Encarados com vendas decrescentes e uma perda de direção, o grupo se mudou para a Filadélfia, Pensilvânia, exceto Paul Reynolds, que então havia deixado a banda. Em 1986, o grupo lançou um novo álbum, Dream Come True, que recebeu uma crítica não muito boa e acabou por fracassar comercialmente. A fim de promover Dream Come True, dois vídeos (para os singles "Who's That Girl" e "Heartbeat Like a Drum") foram gravados em rápida sucessão, sendo esta a última vez que os três membros restantes estiveram juntos em uma gravação até 2003.

Últimos anos[editar | editar código-fonte]

Pelos dezoito anos seguintes, Mike Score trabalhou com diversos músicos sob o nome A Flock of Seagulls, fazendo apresentações ao vivo e eventualmente lançando materiais. Em 1989, o grupo lançou um single chamado "Magic", que não fez sucesso. O álbum de sequência, The Light at The End of the World, que incluía o single, foi lançado apenas em 1995, e tampouco fez sucesso.

Em 1999, a banda regravou uma canção de Madonna, "This Used to Be My Playground", para o álbum de tributo a Madonna The World's Greatest 80s Tribute to Madonna. Em novembro de 2003, a formação original (Mike e Ali Score, Frank Maudsley e Paul Reynolds) se reuniu para uma apresentação, na série "Bands Reunited" do canal VH1. Em setembro de 2004 eles se reuniram novamente e fizeram alguns shows nos Estados Unidos, mas acabaram por se separar logo em seguida. Mike Score continua a fazer turnês com Joe Rodriguez (1999), Pando (2003), e Michael Brahm (2003), como a formação atual do A Flock of Seagulls.

Em 4 de fevereiro de 2013, Mike Score afirmou, por meio de sua conta do YouTube, que também estava fazendo carreira solo. Ele lançou o single "All I Wanna Do" em fevereiro de 2013, e "Somebody Like You" em janeiro de 2014. Em 1 de março de 2014, Score lançou seu álbum solo, Zeebratta.

Em 3 de maio de 2018, foi anunciado que os quatro membros originais da banda iriam se reunir para a gravação de um novo álbum, chamado Ascension.[6] O álbum foi lançado nas lojas digitais e físicas em 6 de julho.

Membros[editar | editar código-fonte]

Membros atuais[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • "I Ran (So Far Away)" (1982)
  • "Space Age Love Song" (1982)
  • "Wishing (If I Had a Photograph of You)" (1983)
  • "Transfer Affection" (1983)
  • "The More You Live, The More You Love" (1984)

Referências

  1. «Título ainda não informado (favor adicionar)». Consultado em 27 de maio de 2012.. Arquivado do original em 27 de maio de 2012 
  2. «Título ainda não informado (favor adicionar)» 
  3. Flock Of Seagulls Interview on MadPod Part 1. YouTube 
  4. Where Are They Now? 1982's Biggest Pop Acts Read more
  5. «A Flock of Seagulls». Official Charts Company. Consultado em 6 de Novembro de 2013. 
  6. Cummings-Grady, Mackenzie (3 de maio de 2018). «A Flock of Seagulls Announces New Album 'Ascension'». Billboard. Consultado em 12 de setembro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.