A Flock of Seagulls

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde dezembro de 2011). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
A Flock of Seagulls
Informação geral
Origem Liverpool, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) New wave
Synthpop
Período em atividade 1980-1986
1989-presente
Gravadora(s) Cocteau Records
Jive Records
Integrantes Mike Score
Joe Rodríguez
Pando
Michael Brahm[1]
Ex-integrantes Ali Score
Frank Maudsley
Paul Reynolds
Robbie Hanson
Robert Cruz
Dean Pichette
A. J. Mazzetti
Ed Berner
Página oficial www.aflockofseagulls.net

A Flock of Seagulls é uma banda de new wave britânica formada em Liverpool, Inglaterra, em 1980 por Mike Score, o seu irmão Ali Score e os amigos Frank Maudsley e Paul Reynolds. Ganhou popularidade na Europa e nos Estados Unidos no início dos anos 80.

O single "I Ran (So Far Away)" está no Guitar Hero Encore: Rocks the 80s. "I Ran (So Far Away)" rendeu à banda a 2ª posição na lista "Top 100 One Hit Wonder Of The 80′s (100 melhores bandas de um hit só dos anos 80)" do canal VH1. Esta lista foi feita em 2009.[2][3]

História[editar | editar código-fonte]

Formação e sucesso[editar | editar código-fonte]

A Flock of Seagulls iniciou-se com Mike Score e seu irmão Ali Score em 1980, em Liverpool. O nome do grupo surgiu a partir de um trecho da canção "Toiler on the Sea", da banda The Stranglers, de acordo com Mike Score.[4] Mike, que havia previsto ser um cabeleireiro, tocava teclado, guitarra e cantava, enquanto Ali tocava bateria e Frank Maudsley, amigo dos irmãos, tocava baixo. O guitarrista original da banda, Willie Woo, saiu e foi substituído por Paul Reynolds, do grupo Cindysbeentrippin. A banda começou a tocar em clubes e em breve conseguiu contrato com uma gravadora.

Sob a direção de Tommy Crossan e Mick Rossi (Checkmount Limited), começaram a lançar singles através da Jive Records. O grupo lançou um EP, Telecommunication, e dois singles, "It's Not Me Talking" e "Telecommunication" (ambos produzidos por Bill Nelson). O sucesso deste último single deu-lhes um contrato com uma grande gravadora. Em 1982, o terceiro single do grupo, "I Ran (So Far Away)", produzido por Mike Howlett, ex-baixista da banda Gong, tornou-se um sucesso mundial, alcançando o número 1 na Austrália e o Top 10 nos Estados Unidos e na Nova Zelândia. Também fizeram sucesso o álbum de estreia A Flock of Seagulls e outro single, "Space Age Love Song".[5] Ao final de 1982, a banda encontrou o maior sucesso em seu país com "Wishing (If I Had a Photograph of You)", o primeiro single de seu próximo álbum, "Listen", e que alcançou o Top 10.[6] 1982 foi o ápice do sucesso crítico e comercial do grupo.

1983 e depois[editar | editar código-fonte]

Mais três singles foram lançados para o álbum Listen em 1983, mas tiveram apenas um pequeno sucesso no Reino Unido e no exterior. Encarados com desapontamento, o grupo produziu um terceiro álbum em 1984 chamado The Story of a Young Heart, com "The More You Live, The More You Love" como o single principal. Este teve um sucesso moderado, mas os outros dois singles do álbum, "Never Again (The Dancer)" e "Remember David", não fizeram nenhum progresso. Encarados com vendas decrescentes e uma perda de direção, o grupo se mudou para a Filadélfia, Pensilvânia, exceto Paul Reynolds, que então havia deixado a banda. Em 1986, o grupo lançou um novo álbum, Dream Come True, que recebeu uma crítica não muito boa e acabou por fracassar comercialmente. A fim de promover Dream Come True, dois vídeos (para os singles "Who's That Girl" e "Heartbeat Like a Drum") foram gravados em rápida sucessão, sendo esta a última vez que os três membros restantes estiveram juntos em uma gravação até 2003.

Últimos anos[editar | editar código-fonte]

Pelos dezoito anos seguintes, Mike Score trabalhou com diversos músicos sob o nome A Flock of Seagulls, fazendo apresentações ao vivo e eventualmente lançando materiais. Em 1989, o grupo lançou um single chamado "Magic", que não fez sucesso. O álbum de sequência, The Light at The End of the World, que incluía o single, foi lançado apenas em 1995, e tampouco fez sucesso.

Em 1999, a banda regravou uma canção de Madonna, "This Used to Be My Playground", para o álbum de tributo a Madonna The World's Greatest 80s Tribute to Madonna. Em novembro de 2003, a formação original (Mike e Ali Score, Frank Maudsley e Paul Reynolds) se reuniu para uma apresentação, na série "Bands Reunited" do canal VH1. Em setembro de 2004 eles se reuniram novamente e fizeram alguns shows nos Estados Unidos, mas acabaram por se separar logo em seguida. Mike Score continua a fazer turnês com Joe Rodriguez (1999), Pando (2003), e Michael Brahm (2003), como a formação atual do A Flock of Seagulls.

Em 4 de fevereiro de 2013, Mike Score afirmou, por meio de sua conta do YouTube, que também estava fazendo carreira solo. Ele lançou o single "All I Wanna Do" em fevereiro de 2013, e "Somebody Like You" em janeiro de 2014. Em 1º de março de 2014, Score lançou seu álbum solo, Zeebratta.

Membros[editar | editar código-fonte]

Membros atuais[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • "I Ran (So Far Away)" (1982)
  • "Space Age Love Song" (1982)
  • "Wishing (If I Had a Photograph of You)" (1983)
  • "Transfer Affection" (1983)
  • "The More You Live, The More You Love" (1984)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of the United Kingdom.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Reino Unido, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.