Tears for Fears

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tears for Fears
Roland Orzabal (esquerda) e Curt Smith (direita), em 2008
Informação geral
Origem Bath, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) Pop rock
Pós-punk
New wave[1]
Synthpop
Rock
Período em atividade 1981 - presente
Gravadora(s) Fontana , Mercury,Gut, Epic
Integrantes
Roland Orzabal
Curt Smith
Ian Stanley (1983-1989)
Manny Elias (1983-1986)

O grupo Tears for Fears é uma dupla britânica de New wave[1] surgida nos anos 1980, formada por Roland Orzabal (voz e guitarra) e Curt Smith (voz e baixo).[2] As músicas da dupla foram principalmente criadas por Orzabal, que no início se baseava na teoria do Grito Primal, do psicanalista Arthur Janov, que deu origem ao nome do grupo.[3]

O grupo se destacou pela versatilidade de temas usados em suas canções, pelo detalhismo e pela vigorosa utilização do sintetizador. Venderam mais de vinte milhões de discos e obtiveram vários discos de ouro e de platina.[carece de fontes?]

Vindos do grupo de ska Graduate (dissolvido no início da década de 1980) o grupo lança, contando com a participação de Ian Stanley nos teclados e Manny Elias na bateria, o álbum The Hurting (1983), onde apresentam uma música mais orientada pelo estilo techno e até mesmo gótico, e onde se encontra com mais vigor a teoria do Grito Primal. Contudo, o álbum de maior sucesso e considerado a obra máxima do grupo é Songs from the Big Chair (1985). O disco viria a vender mais de 10 milhões de cópias, e sucessos como "Everybody Wants to Rule The World" e "Shout" (ambas atingindo o 1º lugar nas paradas americanas) e "Head Over Heels" (3º lugar). O grupo sairia em turnê para só depois de quatro anos lançarem outro disco, mais pop (e sem a influencia psicanalista vista no início) ainda do que os anteriores, chamado Seeds of Love (1989). Hits como "Sowing the Seeds of Love", "Advice for the Young at Heart" e principalmente a balada "Woman in Chains" (lançando a cantora Oleta Adams, antes desconhecida) atingem as paradas.

Este trabalho, considerado por muitos fãs como o melhor, traz elementos jazzísticos e soul, clara influencia de Oleta Adams, sobretudo nas canções "Badman's Song" e "Standing on the Corner of the Third World", encorpando e amadurecendo o trabalho feito no disco anterior, Songs from the Big Chair.

Devido a divergências crescentes entre Roland e Curt, com relação ao andamento do grupo, e como cada vez Curt participa menos na composição e nos vocais, a dupla se separa e, através de uma decisão judicial, Roland pode seguir com o nome da dupla. Logo após, é lançada a coletânea Laid so low Tears Roll Down (Greatest Hits 1982-1992). Pelo Tears for Fears, Roland lança em 1993 o álbum Elemental, que ainda conseguiu relativo sucesso com "Break it Down Again", e Curt lança em carreira solo o álbum Soul on Board. Seguem-se ainda Raoul and the Kings of Spain (1995, por Orzabal, ainda mantendo o nome Tears for Fears) e Saturnine Martial & Lunatic em 1996. Com as fracas vendas do último disco, Roland lança em carreira solo o disco Tomcats screaming outside, em 2001. A dupla se reencontra em 2003 com a intenção de obter novamente o sucesso, com o álbum Everybody Loves a Happy Ending.[4]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Ao vivo[editar | editar código-fonte]

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

Singles de sucesso no Brasil[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Erica Starr. The Everything Rock Drums Book with CD: From Basic Rock Beats and Syncopation to Fills and Drum Solos - All You Need to Perform Like a Pro. Everything Books; 2009. ISBN 1-59869-627-0. p. 9.
  2. DeYoung, Bill (20 de setembro de 1985). American Success Was A Big Surprise For The British Duo Tears For Fears. Gainesville Sun. Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  3. Wilson, Dave. Rock formations: categorical answers to how band names were formed. [S.l.]: Cidermill Books, 2004. p. 36. ISBN 9780974848358 Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  4. Vaziri, Aidin (19 de setembro de 2004). Pop Quiz: Roland Orzabal Of Tears For Fears. San Francisco Chronicle. Página visitada em 30 de outubro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]