Yé-yé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Yé-yé
Origens estilísticas R&B, rock and roll, música beat, chanson, jazz, girl group, pop tradicional
Contexto cultural Final da década de 1950, França, Portugal e Espanha
Instrumentos típicos Vocais, guitarra elétrica, baixo elétrico, bateria, teclados, naipe de cordas
Formas derivadas Indie pop, Shibuya-kei
Formas regionais
França e sul da Europa
Outros tópicos
Festival Eurovisão da Canção

Yé-yé foi um estilo de música pop surgido na França, Itália, Espanha e Portugal no início da década de 1960. Assim como o Iê-iê-iê brasileiro, o termo "yé-yé" é derivado de "yeah! Yeah!", popularizado por bandas britânicas.[1]

Portugal[editar | editar código-fonte]

A primeira banda do movimento em yé-yé em Portugal terá sido talvez Os Babies, fundada por José Cid em Coimbra em 1956. [2] Todavia, outros apontam para o álbum "Os Caloiros da Canção" (1960) lançado pelo duo Os Conchas e Daniel Bacelar como o primeiro disco de yé-yé português. [3] Entre as bandas da época destacam-se Os Ekos, Os Sheiks, Conjunto Académico João Paulo, Os Celtas, Os Demónios Negros, etc. Algumas bandas eram promovidas em concursos regionais, como o Concurso Yé-Yé de 1966 organizado pelo Movimento Nacional Feminino. [4] Neste movimento vê-se a integração de elementos tradicionais, como a música popular portuguesa e a música académica, com a nova sonoridade de bandas do Surf Rock e Mersey Beat. Exemplos desta integração são Os Morgans, com êxitos como "Amores de Estudantes" (1965), ou Os Tártaros com o single "Oh Rosa Arredonda a Saia" (1964). O movimento yé-yé coincidiu com o regime político autoritário e a Guerra Colonial Portuguesa, sendo que este movimento musical foi um importante meio de irreverência contra o regime mas também de suporte às Forças Armadas de Portugal.[5]


Referências

  1. (2003) "Rumba on the River: A History of the Popular Music of the Two Congos", ISBN 1859843689, 9781859843680, p.154: "Ye-ye - French for pop musician, a term inspired by the 'yeah! yeah!' exclamations of rock and roll…"
  2. http://blitz.sapo.pt/principal/update/2016-03-19-1955-1969-Quando-a-febre-em-Portugal-era-o-Ye-Ye
  3. [1]
  4. [2]
  5. http://www.dn.pt/media/interior/o-concurso-de-ye-ye-em-lisboa-em-1965-5345845.html