Indie folk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Indie folk
Origens estilísticas
Contexto cultural Final da década de 1990 nos Estados Unidos[1]
Instrumentos típicos
Outros tópicos

Indie folk é um gênero musical que surgiu na década de 1990 por cantores e compositores de indie rock que possuiam fortes influências do folk em sua música.[1][2] Musicalmente, o indie folk combina as melodias de guitarra acústica do folk tradicional com uma instrumentação contemporânea.[3]

Ani DiFranco e Dan Bern foram alguns dos artistas que estrearam o gênero na década de 1990.[1] Artistas que surgiram a partir dos anos 2000 inclui The Decemberists, Fleet Foxes, The Cave Singers, Loch Lomond, Bon Iver, Or, The Whale, Great Lake Swimmers, Dawes e Blind Pilot.[1]

História e definições[editar | editar código-fonte]

Fleet Foxes
The Decemberists
Fleet Foxes (acima) e The Decemberists (abaixo) são algumas das bandas do gênero que surgiram a partir dos anos 2000.[1]

Indie folk como um subgênero da música ainda está evoluindo e emergindo. Suas origens poderiam ser rastreadas desde a década de 1990, quando cantores folk como Ani DiFranco e Dan Bern - cujas influências foram igualmente divididas entre o rock alternativo e folk - estavam emergindo. Ao contrário de Bern e DiFranco, os artistas agora considerados indie folk são principalmente grandes bandas. Muitas são da Costa Oeste dos Estados Unidos, onde o bluegrass progressivo tem sido abraçado, abrindo o campo para formas mais progressistas de música folk.[1]

De acordo com o site AllMusic, o indie folk surgiu quando os compositores da comunidade do indie rock começaram a incorporar estilos ligados ao folk em sua música. Artistas acústicos como Elliott Smith e Will Oldham ajudaram a estabelecer o gênero durante os anos 90, mas foi apenas na década seguinte que o indie folk verdadeiramente se concebeu, com gravadoras como Saddle Creek, Barsuk, Ramseur e Sub Pop dedicando um amplo apoio ao gênero. Com os anos 2000 progredindo e mais artistas indie-folk aparecendo, o gênero cresceu para abranger uma ampla gama de estilos, do folk neo-celta dos Decemberists às harmonias apalaches do Fleet Foxes. Artistas folk mais antigos, como Iron & Wine, também passaram a incorporar tal variedade em sua música.[2]

Para Kim Ruehl, do site About.com, o indie folk "é caracterizado por uma série de bandas que puxam a influência do folk contemporâneo, country clássico e indie rock. Muitas delas citam como influências Bob Dylan, Crosby, Stills, Nash & Young e Radiohead."[1] Muitas bandas de indie folk são compostas por uma quantidade relativamente grande de músicos e suas canções tendem a ser robustas em instrumentação complicada, lirismo e harmonias multi-vocais. São basicamente bandas que fazem uma nova direção da música folk contemporânea, mais palatável para o público do indie rock.[1] Ainda de acordo com a definição de Ruehl, "o indie folk não tem uma instrumentação padrão. Artistas do gênero estão mais inclinados a tocar qualquer instrumento que faça sentido em uma música. Pode ser um trompete, clarinete, tambores de mão Africanos, acordeão, banjo, guitarra elétrica ou bateria. A maioria das bandas, no entanto, são construídas em torno de um cantor e compositor com uma guitarra acústica."[1]

Lista de artistas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k What you need to know about Indie folk music Thought.Co
  2. a b Indie folk AllMusic
  3. Contemporary folk Rate Your Music
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.