The Confessions Tour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Confessions Tour
Álbum ao vivo de Madonna
Lançamento 26 de janeiro de 2007 (2007-01-26)
Gravação 15-16 de agosto de 2006
Estúdio(s) Wembley Arena
(Londres, Inglaterra)
Gênero(s)
Duração 1:02:38 (DVD)
1:13:14 (CD)
Idioma(s) Inglês
Formato(s)
Gravadora(s)
Direção Jonas Åkerlund
Produção
Cronologia de Madonna
I'm Going to Tell You a Secret
(2006)
Hard Candy
(2008)
Cronologia vídeo de Madonna
I'm Going to Tell You a Secret
(2006)
Celebration: The Video Collection
(2009)

The Confessions Tour é o segundo álbum ao vivo da cantora e compositora norte-americana Madonna, lançado em 26 de janeiro de 2007, pela Warner Bros. Records. Dirigido por Jonas Åkerlund, o álbum narra a turnê de 2006 da cantora, Confessions Tour. A produção foi gravada na Wembley Arena durante as apresentações da turnê em Londres, e lançada nos formatos CD e DVD. O DVD contém todo o concerto e o CD inclui apenas treze canções ao vivo. O álbum tornou-se o primeiro lançamento da Semtex Films, uma empresa de produção fundada por Madonna em 2006.

Em geral, The Confessions Tour recebeu críticas positivas dos críticos contemporâneos, e venceu na categoria Melhor Vídeo Musical de Longa Metragem no Grammy Awards de 2008. O álbum chegou à primeira posição nas paradas oficiais da Austrália, Bélgica, República Tcheca, Hungria, Itália, Portugal e Espanha; e alcançou sucesso moderado em seu país natal, atingindo a posição de numero quinze na parada americana de álbuns Billboard 200. The Confessions Tour já vendeu mais de 1,2 milhões de cópias em todo o mundo.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento do documentário I'm Going to Tell You a Secret e do álbum ao vivo de mesmo nome, em 2006, Madonna lançou seu segundo álbum ao vivo, The Confessions Tour, em 26 de janeiro de 2007. O álbum foi gravado na Wembley Arena nos dias 15 e 16 de agosto de 2006, durante os shows em Londres de sua turnê Confessions Tour, a qual promovia o álbum de estúdio Confessions on a Dance Floor,[1] lançado em 2005. O álbum The Confessions Tour foi o primeiro lançamento da sua nova produtora, Semtex Films,[2][3] e foi lançado nos formatos de DVD e CD, tendo sido dirigido por Jonas Åkerlund. O lançamento em DVD consiste na lista completa de 21 canções da turnê, enquanto o CD contém treze destaques do da produção.[1] A turnê foi exibida pela primeira vez na rede de TV NBC durante o Dia de Ação de Graças de 2006. Esta transmissão foi editada, deixando de fora canções como "Paradise (Not For Me)" e "Live to Tell".[4] A performance desta última, onde Madonna é vista pendendo de um crucifixo espelhado e usando uma coroa de espinhos, gerou forte reação da mídia e de grupos religiosos. A empresa asiática de mídia e serviços, Fridae, informou que o álbum fora banido em Cingapura, Malásia e partes do Leste Asiático, devido à inclusão da performance no DVD.[5]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, o álbum estreou na posição de número 15 na parada Billboard 200 com vendas, na primeira semana, de 40,000 unidades, de acordo com a Nielsen SoundScan.[6] No Canadá, o trabalho estreou em segundo lugar na parada Canadian Albums Chart.[7] The Confessions Tour não entrou na parada australiana de álbuns ARIA Albums Chart, mas estreou em primeiro lugar na parada de de DVDs Australian Top 40 DVD, no dia em que foi lançado, 12 de fevereiro de 2007.[8] Na parada australiana de fim de ano, The Confessions Tour apareceu como o 27º DVD mais vendido da Austrália.[9] O álbum recebeu o certificado de ouro pela Australian Recording Industry Association (ARIA), pela venda de 10 mil cópias de unidades do DVD.[10]

No Reino Unido, o álbum estreou em sétimo lugar na parada UK Albums Chart.[11] No Japão, o álbum chegou à posição de número dez na parada semanal de álbuns Oricon, onde permaneceu por doze semanas.[12] Em Hong Kong, a produção foi premiada com o Prêmio Disco de Ouro, pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica, por ter se tornado um dos álbuns internacionais mais vendidos em 2007.

Na Europa, The Confessions Tour chegou ao topo das paradas na Bélgica, Itália, Portugal e Espanha, e alcançou o Top 10 nas demais nações europeias.[13] No México, na Nova Zelândia e na Noruega, o álbum chegou perto mas não conseguiu entrar para o Top 10. O sucesso comercial na Europa fez com que o álbum estreasse na segunda posição na parada da Billboard dos 100 melhores álbuns europeus European Top 100 Albums, logo atrás do álbum de estúdio de Norah Jones, Not Too Late.[14] O DVD de The Confessions Tour já vendeu mais de 1,2 milhões de cópias em todo o mundo.[15]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

The Confessions Tour – DVD
N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Future Lovers" / "I Feel Love"   8:04
2. "Together"   5:19
3. "Like a Virgin"   4:08
4. "Jump"  
4:56
5. "Confessions"   3:55
6. "Live to Tell"  
  • Madonna
  • Leonard
5:10
7. "Forbidden Love"  
  • Madonna
  • Price
4:24
8. "Isaac"  
  • Madonna
  • Price
6:45
9. "Sorry"  
  • Madonna
  • Price
5:02
10. "Like It or Not"   4:51
11. "Sorry" (Remix)
  • Madonna
  • Price
3:37
12. "I Love New York"  
  • Madonna
  • Price
5:43
13. "Ray of Light"  
6:26
14. "Let It Will Be"  
  • Madonna
  • Ahmadzaï
  • Price
7:32
15. "Drowned World/Substitute for Love"  
5:00
16. "Paradise (Not for Me)"  
  • Madonna
  • Ahmadzaï
5:05
17. "Music Inferno"  
  • Madonna
  • Ahmadzaï / Leroy Green
  • Tyrone Kersey
7:49
18. "Erotica"  
4:47
19. "La Isla Bonita"  
  • Madonna
  • Leonard
  • Bruce Gaitsch
5:02
20. "Lucky Star"  Madonna 4:36
21. "Hung Up"   9:24
22. "Créditos"    3:31
Duração total:
2:02:38
Notas
  • "Music Inferno" contém o medley interlúdio "The Duck Mixes the Hits".[2]

Formatos[editar | editar código-fonte]

  • CD/DVD – Digipak duplo contendo o DVD e o CD ao vivo.
  • DVD – DVD contendo toda a apresentação ao vivo além de material bônus.
  • Download digital – Contendo toda a apresentação ao vivo além de 15 performances em áudio, incluindo as faixas bônus "Ray of Light" e "Get Together."

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos adaptados do encarte do digipak de The Confessions Tour:[16]

Referências

  1. a b Stephen Thomas Erlewine. «AllMusic Review by Stephen Thomas Erlewine». AllMusic (em inglês). All Media Network, LLC. Consultado em 13 de janeiro de 2018. 
  2. a b (2006) Créditos do álbum The Confessions Tour por Madonna, pg. 19 [CD]. Warner Bros. Records (44489-2).
  3. «Madonna Sets Up Semtex Girls». Contactmusic.com (em inglês). 19 de fevereiro de 2006. Consultado em 13 de janeiro de 2018. 
  4. Michael Schneider (19 de outubro de 2006). «NBC edits Madonna spec». Variety (em inglês). Penske Media Corporation. Consultado em 13 de janeiro de 2018. 
  5. «Singapore bans madonna's confessions tour DVD for mock-crucifixion scene». Fridae (em inglês). 6 de fevereiro de 2007. Consultado em 13 de janeiro de 2018. 
  6. Jonathan Cohen (7 de fevereiro de 2007). «Better 'Late' Than Never: Jones Debuts At No. 1». Billboard (em inglês). Eldridge Industries. Consultado em 15 de janeiro de 2018. 
  7. «Madonna - Chart History: Canadian Albums». Billboard (em inglês). Eldridge Industries. Consultado em 15 de janeiro de 2018. 
  8. «The ARIA Report: ARIA Top 40 DVD - Week Commencing 12th February 2007» (PDF). Australian Top 40 DVD (em inglês). Australian Recording Industry Association. p. 23. Consultado em 15 de janeiro de 2018. 
  9. «The ARIA Report: ARIA Australian Highest Selling Music DVDs 2007» (PDF). ARIA 2007 year-end chart (em inglês). Australian Recording Industry Association. p. 26. Consultado em 15 de janeiro de 2018. 
  10. «ARIA Charts - Accreditations - 2008 DVD». ARIA Charts (em inglês). Australian Recording Industry Association. Consultado em 15 de janeiro de 2018. 
  11. Paul Sexton (5 de fevereiro de 2007). «Mika, Norah Jones Rule U.K. Charts». Billboard (em inglês). Eldridge Industries. Consultado em 16 de janeiro de 2018. 
  12. «Oricon Top 50 Albums: 2007-03-19». Oricon (em japonês). 19 de março 2007. Consultado em 16 de janeiro de 2018. 
  13. Stephen Thomas Erlewine. «Madonna – The Confessions Tour». Ultratop (em holandês). Hung Medien. Consultado em 17 de janeiro de 2018. 
  14. Paul Sexton (15 de fevereiro de 2007). «Norah Continues Euro Chart Supremacy». Billboard (em inglês). Eldridge Industries. Consultado em 17 de janeiro de 2018. 
  15. Live Nation (16 de outubro de 2007). «Madonna Joins Forces With Live Nation in Revolutionary Global Music Partnership». PR Newswire (em inglês). United Business Media. Consultado em 17 de janeiro de 2018. 
  16. (2006) Créditos do álbum The Confessions Tour por Madonna, pg. 6,19 [CD]. Warner Bros. Records (44489-2).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Madonna é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.