Love Spent

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Love Spent"
Canção de Madonna
do álbum MDNA
Lançamento 23 de março de 2012 (2012-03-23)
Gênero(s) Dance
Duração 3:45 (versão normal)
4:24 (versão acústica)
Gravadora(s) Live Nation, Interscope
Composição Jean-Baptiste, Priscilla Hamilton, Alain Whyte, Ryan Buendia, Michael McHenry
Produção Madonna, William Orbit
Faixas de MDNA
"I'm A Sinner"
(9)
"Masterpiece"
(11)

"Love Spent" é uma canção da cantora e compositora norte-americana Madonna, para o seu décimo segundo álbum de estúdio MDNA. Ela foi escrita por Jean-Baptiste, Priscilla Hamilton, Alain Whyte, Ryan Buendia e Michael McHenry. Foi produzida por Madonna e William Orbit. A canção é a décima faixa do álbum. É uma música dance.

É uma canção sobre como a dinheiro influência no amor. Na canção ela acusa o ex-marido de ter aplicado o golpe do baú. No decorrer da letra, é afirmado que embora o ex Guy Ritchie tenha dito “até que a morte nos separe”, todo esse “fingimento” não saiu de graça. “Agora que você tem esse carrão, mulheres e bares, subiu para sua cabeça."[1]


Análise da crítica[editar | editar código-fonte]

A canção recebeu críticas positivas de críticos de música e dos fãs apesar da canção não ser single. A canção é constantemente comparada com "Hung Up" já que as batidas são quase que idênticas. O site da revista O Grito afirmou que "a canção tem um fundo hip­nó­tico"[2].

Papel POP fez o seguinte comentário: "Love Spent é outra jóia de “MDNA”. A letra é sensacional e a mistura de ritmos e instrumentos, apesar de confusa, acaba tendo uma unidade boa no final. No refrão: “Hold me like your money, tell me that you want me, spend your love on me."[3]

Matthew Rettenmund do blog Boy Culture e o jornalista Sergio Kletnoy da Marie Claire disseram em suas resenhas que a canção "É linda e pop. Como a mistura de Miles Away, Nothing Fails e Love Profusion"[4].

Apresentação ao vivo[editar | editar código-fonte]

Madonna cantou a música em sua MDNA Tour como a última música do terceiro bloco. A canção não foi incluida no alinhamento oficial de canções, mas devido ao grande sucesso entre os fãs ela incluiu a canção dia 20 de Setembro de 2012 em sua versão acustica[5].

Referências