The Girlie Show World Tour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo programa ficcional da série de televisão 30 Rock, veja The Girlie Show with Tracy Jordan.
The Girlie Show
Turnê mundial de Madonna
Locais Vários
Álbum(ns) associado(s) Erotica
Data de início 25 de Setembro de 1993
Data de fim 19 de Dezembro de 1993
Número de
apresentações
7 na Europa
8 no Japão
8 no América do Norte
8 na América Latina
8 na Austrália
39 no total
Cronologia de turnês de Madonna
Blond Ambition World Tour
(1990)
Drowned World Tour
(2001)

The Girlie Show World Tour é o nome da quarta turnê da cantora Madonna, para a promoção do álbum Erotica. Foi iniciada em 25 de Setembro de 1993 em Londres, Inglaterra e finalizada em 19 de Dezembro de 1993 em Tóquio, Japão. Passou por vários países, incluindo o Brasil, com um total de 39 shows realizados,além de ter arrecadado mais se 68 milhões de dólares.[1]

Sinopse do concerto[editar | editar código-fonte]

Madonna vestida como uma Dominatrix durante a apresentação de Erotica.

The Girlie Show tem como base o álbum Erotica e alguns antigos sucessos da cantora. E os elementos principais para a turnê ser criada foram o circo, cabaré, androgenia e sexo.[2] A turnê foi dirigida pelo irmão de Madonna, Christopher Ciccone e tem o design da marca Dolce & Gabbana.

O show se inicia com a dançarina Carrie Ann Inaba de topless fazendo um tipo de pole dance, após isso Madonna aparece vestida de dominatrix e começa a performar "Erotica", depois ela começa a cantar "Fever" dançando apenas com dois bailarinos uma coreografia extremamente provocante, já "Vogue", sofreu grandes modificações e é a última música do bloco Dominatrix/Dança Árabe. A seguir, vem "Rain", que agora traz elementos de "Just My Imagination" e de "Singin' in the Rain".

No próximo bloco, Discoteca dos anos 70, que é praticamente o mais dançante, Madonna desce de um globo e começa a cantar Express Yourself com suas inseparáveis backing vocals Donna DeLory e Niki Haris. Logo após começa a cantar Deeper and Deeper que fez bastante polêmica pela parte onde os dançarinos e Madonna encenavam relação sexual,que tratou de introduzir Why's It So Hard, que também introduz In This Life e assim se encerra esse bloco.[3]

Logo após, vem a música The Beast Within, e é bem mais ousado, ao passo que Madonna não aparece nele. Já no bloco Noite de Gala/Circo/Cabaré de Berlim no início do século XX, Madonna vem vestida de smoking e traz diversos sucessos, começando com Like a Virgin que contém elementos de Falling in Love Again. Após essa canção, Madonna se faz de homem e se deixa seduzir pelas bailarinas, com a canção Bye Bye Baby, a performance virou até videoclipe em alguns países e também foi executada no VMA de 1993. I'm Going Bananas, do álbum I'm Breathless vem depois acompanhada de La Isla Bonita. Holiday tem agora elementos de Holiday for Calliope. Em Justify My Love, Madonna apresenta uma coreografia diferente, como se fizesse parte de um tipo de realeza.

Já no bloco Final/Festa/Começo de Carreira, Madonna canta o primeiro single de sua carreira, Everybody com elementos de Everybody Is a Star, Dance to the Music, After the Dance e It Takes Two.[4]

Todo o material promocional desta turnê foi feito por Herb Ritts. A imagem usada no single de Bye Bye Baby é a mesma que foi usada em cartazes na Austrália, bem como nos ingressos do Brasil, e outras imagens da turnê foram lançadas no single de Rain e também no tour-book da turnê que vinha com um CD contendo três músicas ao vivo: "Why's It So Hard", "In This Life" e "Like a Virgin".[5]

Abertura dos shows[editar | editar código-fonte]

Canções[editar | editar código-fonte]

  1. Introdução/The Girlie Show Theme
  2. Erotica
  3. Fever
  4. Vogue
  5. Rain (contém elementos de "Just My Imagination" e "Singin' in the Rain")
  6. Express Yourself
  7. Deeper and Deeper
  8. Why's It So Hard
  9. In This Life
  10. Dancers Interlude: The Beast Within
  11. Like a Virgin (contém elementos de "Falling In Love Again")
  12. Bye Bye Baby
  13. I'm Going Bananas
  14. La Isla Bonita
  15. Holiday (contém elementos de "Holiday for Calliope")
  16. Justify My Love
  17. Everybody (contém elementos de "Everybody Is a Star", "Dance to the Music", "After the Dance" e "It Takes Two")

Equipe[editar | editar código-fonte]

Data dos Shows[editar | editar código-fonte]

Europa
Data Cidade País Local
25 de Setembro de 1993 Londres  Reino Unido Wembley Stadium
26 de Setembro de 1993
28 de Setembro de 1993 Paris  França Palais Omnisports de Paris-Bercy
29 de Setembro de 1993
1 de Outubro de 1993
Oriente Médio
4 de Outubro de 1993 Tel Aviv  Israel Yarkon Park
Europa
7 de Outubro de 1993 Istambul  Turquia Inonu Stadium
América do Norte
11 de Outubro de 1993 Toronto  Canadá SkyDome
12 de Outubro de 1993
14 de Outubro de 1993 Nova York  Estados Unidos Madison Square Garden
15 de Outubro de 1993
17 de Outubro de 1993
19 de Outubro de 1993 Filadélfia The Spectrum City Hall
21 de Outubro de 1993 Auburn Hills The Palace of Auburn Hills
23 de Outubro de 1993 Montreal  Canadá Le Stade Olympique
América Latina
26 de Outubro de 1993 Bayamón  Porto Rico Estádio Juan Ramón Lubriel
30 de Outubro de 1993 Buenos Aires  Argentina Estádio Monumental de Núñez
31 de Outubro de 1993
3 de Novembro de 1993 São Paulo  Brasil Estádio do Morumbi
6 de Novembro de 1993 Rio de Janeiro Estádio do Maracanã
10 de Novembro de 1993 Cidade do México  México Autodromo Hermanos Rodrígues
12 de Novembro de 1993
13 de Novembro de 1993
Oceania
19 de Novembro de 1993 Sydney  Austrália Sydney Cricket Ground
24 de Novembro de 1993 Brisbane Queensland Sport Centre
26 de Novembro de 1993 Melbourne Melbourne Cricket Ground
27 de Novembro de 1993
29 de Novembro de 1993
1 de Dezembro de 1993 Adelaide Adelaide Oval
3 de Dezembro de 1993 Sydney Sydney Cricket Ground
4 de Dezembro de 1993
Ásia
7 de Dezembro de 1993 Fukuoka  Japão Fukuoka Dome
8 de Dezembro de 1993
9 de Dezembro de 1993
13 de Dezembro de 1993 Tóquio Tokyo Dome
14 de Dezembro de 1993
16 de Dezembro de 1993
17 de Dezembro de 1993
19 de Dezembro de 1993

Vídeo oficial e Gravações[editar | editar código-fonte]

The Girlie Show - Live Down Under[6][editar | editar código-fonte]

Live in Japan 1993 - The Girlie Show[editar | editar código-fonte]

  • Especial passado no Japão.
  • Nunca lançado comercialmente.

Live in Turquia - Istambul[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Shows Internacionais no Brasil» (em Português). 21. Consultado em 21 de dezembro de 2009  Verifique data em: |data=, |ano= / |data= mismatch (ajuda)
  2. «The Girlie Show» (em Português). 21. Consultado em 21 de dezembro de 2009  Verifique data em: |data=, |ano= / |data= mismatch (ajuda)}
  3. «Turnê "The Girlie Show" trouxe Madonna para o Brasil» (em Português). 21. Consultado em 21 de dezembro de 2009  Verifique data em: |data=, |ano= / |data= mismatch (ajuda)}
  4. «Fotos exclusivas da turnê» (em Português). 21. Consultado em 21 de dezembro de 2009  Verifique data em: |data=, |ano= / |data= mismatch (ajuda)}
  5. «MADONNA THE GIRLIE SHOW BOOK +CD UNRELEASED TRACKS» (em Inglês). 21. Consultado em 21 de dezembro de 2009  Verifique data em: |data=, |ano= / |data= mismatch (ajuda)}
  6. «DVD The Girlie Show - Live Down Under» (em Português). 21. Consultado em 21 de dezembro de 2009  Verifique data em: |data=, |ano= / |data= mismatch (ajuda)}

Ver também[editar | editar código-fonte]