Justin Timberlake

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Música.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde abril de 2011.

Justin Timberlake
Timberlake no Festival de Cannes em maio de 2013
Informação geral
Nome completo Justin Randall Timberlake
Também conhecido(a) como JT, Príncipe do Pop, Presidente do Pop
Nascimento 31 de janeiro de 1981 (35 anos)
Origem Memphis, Tennessee
País  Estados Unidos
Gênero(s) Pop, R&B, hip hop, dance
Cônjuge Jessica Biel (2012-presente)
Instrumento(s) Vocal, bateria, piano, teclado, violão, guitarra e beatbox
Extensão vocal Tenor
Período em atividade 1993 - atualmente
Gravadora(s) Jive, RCA Records
Afiliação(ões) 'N Sync, Jay-Z, Madonna, Christina Aguilera, Britney Spears, T.I., Timbaland, Nelly Furtado, Michael Jackson, Black Eyed Peas, 50 Cent, Jimmy Fallon, Ciara, Pharrell Williams, Rihanna
Influência(s) Michael Jackson, James Brown, Robbie Williams, Pink Floyd, Bob Dylan, Queen, Stevie Wonder, Prince, INXS, Arcade Fire
Influenciado(s) Maroon 5, Jason Derulo, Lloyd Banks, Britney Spears, Marilyn Manson, Bridgit Mendler, Ed Sheeran, Tori Kelly, Hunter Hayes, Liam Payne, Justin Bieber, Shawn Mendes, Nick Jonas, Coldplay, Sam Alves,Chris brown,Selena gomez,big time rush
Página oficial JustinTimberlake.com
Justin Timberlake signature

Justin Randall Timberlake (Memphis, 31 de Janeiro de 1981) é um músico, cantor, compositor, ator, dublador, produtor musical, dançarino, multi-instrumentista e empresário norte-americano que conseguiu fama durante sua infância no programa Mickey Mouse Club e depois ingressou na boy band 'N Sync, que é uma das boy bands mais bem-sucedidas de todos os tempos, sendo considerada a 5ª melhor boy band de todos os tempos, segundo a revista Rolling Stone.

Em 2002, Timberlake lançou seu primeiro álbum em carreira solo, Justified, que vendeu mais de 7 milhões de cópias mundialmente,[1] e lançou sinlges que marcaram a carreira de Justin, como "Cry Me a River" e "Rock Your Body", e ainda o fez ganhar seus dois primeiros Grammys e seus três primeiros VMAs. Seu segundo álbum de estúdio, FutureSex/LoveSounds, foi lançado em setembro de 2006 e vendeu mais de 14 milhões de cópias no mundo,[1] além de ter garantido a 1ª  posição em muitos países, colocando três singles em primeiro lugar na lista do mais populares dos Estados Unidos: "SexyBack", "My Love" e "What Goes around...Comes Around", e ter rendido a Justin mais 4 Grammys e 4 VMAs

Sete anos depois, lançou seu terceiro álbum de estúdio, The 20/20 Experience, que debutou em primeiro lugar nos Estados Unidos e Reino Unido,[2] [3] e lançou singles como "Suit & Tie" e "Mirrors" que alcançaram o top 3 da Billboard Hot 100, além de ter sido o álbum mais vendido dos Estados Unidos, no ano de 2013.[4] No mesmo ano, lançou seu quarto álbum de estúdio, The 20/20 Experience 2 of 2, que também ficou em primeiro lugar em vários países, e lançou singles como "Not a Bad Thing", que também teve bom desempenho nas tabelas musicais, alcançando a 8ª posição no Hot 100. Os dois álbuns renderam a Justin mais 3 Grammys, e mais 4 VMAs.

Por seu trabalho na música e na televisão, Timberlake já ganhou vários prêmios, entre eles nove Grammys e quatro Emmys,[5] [6] além de ter recebido o Michael Jackson Video Vanguard Award, em 2013, e o "Prêmio Inovador" da iHeartRadio Music Awards, em 2015. Timberlake também é um dos maiores vencedores do VMA. Em Outubro de 2015, Justin foi introduzido para o Memphis Music Hall of Fame, se tornando seu mais jovem membro. Justin é considerado Príncipe do POP,[7] [8] e Presidente do POP,[9] além de ter sido considerado, de acordo com a VH1, o 66º melhor artista de todos os tempos, [10] e a revista Time o nomeou uma das "100 pessoas mais influentes do ano", nos anos de 2007 e 2013. Segundo a Billboard, Justin é o 89º maior artista de todos os tempos no Hot 100 [11] , e ainda segundo a revista, FutureSex/LoveSounds, seu 2º álbum de estúdio, é o 97º melhor álbum de todos os tempos, enquanto The 20/20 Experience, seu terceiro álbum de estúdio, é o 200º melhor álbum de todos os tempos.[12] Timberlake ao longo de sua carreira solo já vendeu 56 milhões de álbuns em todo o mundo[13] [14] e 50 milhões de álbuns com 'N Sync [15] [16] se juntar as vendas junto a 'N Sync o resultado irá ultrapassar mais de 100 milhões de álbuns . Além disso, o cantor já vendeu em média 56 milhões de singles,o que seria aproximadamente 160 milhões de venda de registros.

No meio empresarial, é presidente de sua própria gravadora, Tennman Records,[17] co-proprietário do restaurante Southern Hospitality,[18] e do restaurante Destino, ambos em Nova Iorque, co-fundador da marca de tequila Sauza 901,[19] dono do campo de golf Mirimichi,[20] co-proprietário da marca de roupa William Rast, que rendeu a ele, em 2015, o prêmio "Fashion Oracle Award" e desenhista da linha de decoração HoMin,[21] [22] e também é um dos sócios do time de basquete Memphis Grizzlies.[23] Em Junho de 2011, Timberlake comprou a rede social MySpace, por aproximadamente $35 milhões de dólares [24]

Vida e carreira musical[editar | editar código-fonte]

Justin cresceu em Memphis, Tennessee, filho de Lynn Harless e Randy Timberlake. Seus pais se divorciaram em 1985 e ambos voltaram a se casar; sua mãe que agora trabalha numa Companhia de Entretenimento chamada Just-in Time Entertainment, se casou com Paul Harless, um banqueiro, quando Justin ainda tinha 5 anos de idade; enquanto seu pai é um diretor de coro musical de uma igreja batista, teve dois filhos, Jonathan (nascido em 1993) e Stephen (nascida em 1998), do seu segundo casamento com Lisa. Sua meia-irmã, Laura Katherine, morreu logo depois que nasceu em 1997 e é a única recordação de Timberlake, como ele se refere "Meu Anjo no Céu". Sua primeira tentativa de seguir uma carreira de músico foi cantando músicas country no programa de televisão Star Search.

Em 1993, entrou no Mickey Mouse Club (Clube do Mickey em português), onde conhecera sua futura ex namorada Britney Spears, sua futura parceira de turnê Christina Aguilera, e o futuro parceiro de banda JC Chasez.[25] Quando o Clube do Mickey acabou em 1995, Timberlake convidou JC Chasez para formar uma boy band, organizado por Lou Pearlman, juntamente com Chris Kirkpatrick. O grupo ficou conhecido como 'N Sync.

1995 – 2002: 'N Sync[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: 'N Sync
Timberlake durante um show na Inglaterra, em 2004.

Timberlake e JC Chasez se conheceram no Mickey Mouse Club, foram os dois cantores, líderes da boy band 'N Sync que ficou conhecida popularmente na década de 1990. O grupo formado em 1995 começou sua carreira 1996 na Europa, o qual se tornaria o fenômeno da música pop nos Estados Unidos dois anos mais tarde em 1998, com seu álbum de estreia, *NSYNC nos EUA, com 11 milhões de cópias vendidas somente lá, criando assim vários hits que estouraram como Tearin' Up My Heart. Pelos próximos dois anos eles foram encorajados, pela similar situação dos Backstreet Boys, empenhados a uma longa batalha contra o empresário Lou Pearlman e finalmente assinando pela Jive Records.

Eles lançaram em março de 2000, o seu álbum mais esperado, No Strings Attached, o qual veio ser o álbum que vendeu mais rápido de todos os tempos com 2.4 milhões de cópias vendidas só na primeira semana[26] e produziu um single #1, It's Gonna Be Me. O sucesso foi seguido pelo seu terceiro álbum, Celebrity, que segurou o título do segundo álbum que vendeu mais rápido de todos os tempos. Em 2002, depois da conclusão do Celebrity Tour e o lançamento de Girlfriend o terceiro single de Celebrity o grupo decidiu dar um tempo, o que foi um período crucial para Justin começar a trabalhar no seu primeiro álbum solo.

Nesse meio tempo o N Sync ficou famoso pelos shows onde eles fizeram, como no Academy Awards,[27] na Olimpíada[28] e no Super Bowl[29] que ficaram tão bem feitos quanto seus mais de 60 milhões de álbuns vendidos em todo mundo, tornando 'N Sync a segunda boy band que mais vendeu da história. A banda também foi considerada pela revista Rolling Stone, a quinta melhor boy band de todos os tempos.

2002 – 2004: Justified e Super Bowl[editar | editar código-fonte]

Justin na turnê Justified and Lovin' It Live, em 2003

Timberlake lançou seu primeiro álbum solo, Justified, em 5 de novembro de 2002. Estreou no número dois na parada de álbuns da Billboard 200, vendendo 940,000 cópias na primeira semana do seu lançamento. Eventualmente foram vendidos mais de nove milhões de cópias nos Estados Unidos e mais de vinte milhões no mundo todo.[30] O álbum foi aclamado pela crítica, devido ter bastante R&B contemporâneo influenciado pelos produtores de hip-hop, The Neptunes e Timbaland. O álbum teve 4 indicações ao Grammy Awards, ganhando 2 prêmios.

Em agosto de 2002, após alguns meses de gravação do seu primeiro álbum solo, Timberlake se apresentou no MTV Video Music Awards, com a música dançante, "Like I Love You", até então desconhecida do público, que foi produzida por The Neptunes. A canção alcançou o número onze na Billboard Hot 100 e foi nomeada para o Grammy Awards na categoria de “Melhor Rap ou Colaboração”. O segundo sigle, “Cry Me a River”, atingiu a terceira posição na parada americana, e a segunda na parada britânica. A música ganhou um Grammy na categoria de “Melhor Pop Vocal Masculino” e dois VMAs, por “Melhor Clipe Pop” e “Melhor Clipe Masculino”. “Rock Your Body” foi escolhido como terceiro single do álbum, e ficou em quinto lugar na Billboard. A música foi apresentada durante o Super Bowl Halftime Show. O quarto e último single foi “Señorita”, que foi performado no Grammy Awards de 2004, e no programa “Saturday Night Live”. A música atingiu a posição 27 na Billboard.

Timberlake em sua turnê

Timberlake fez a sua turnê juntamente com a de Christina Aguilera, a “Justified/Stripped Tour”, que faturou $45 milhões de dólares, se tornando a turnê mais lucrativa de 2003. A turnê passou somente pelos Estados Unidos e pelo Canadá. Justin também fez uma turnê solo, a “Justified and Lovin’ It Live”, que teve um faturamento de $112 milhões de dólares, percorrendo a América do Norte, Europa e Oceania. Posteriormente, foi lançado o DVD da turnê, o “Justin Timberlake: Live from London".

No final do ano, Timberlake gravou a música intitulada "I'm Lovin' It". Foi usada pela McDonald's como tema da sua campanha publicitária, "I'm Lovin It" (no Brasil, o tema foi "Amo Muito Tudo Isso"). O negócio com o McDonald's teve uma estimativa de US$6 milhões pela venda do nome.[31]

Em fevereiro de 2004, durante o meio-tempo do Super Bowl, foi transmitido pela rede televisiva CBS, um show em que Justin se apresentou com Janet Jackson para uma audiência de mais 104 milhões de telespectadores. Ao fim do show, Timberlake tirou fora uma parte da roupa preta de couro que Janet estava usando, acompanhada pela parte da letra da música. A parte em que roupa foi tirada, expôs brevemente um seio de Janet. Timberlake se desculpou pelo incidente dizendo "desculpe-me por qualquer um que tenha se ofendido pela ‘má função do guarda-roupa’ durante o show do meio-tempo do Super Bowl…".[32] A expressão "má função do guarda-roupa" ("Wardrobe malfunction" em inglês) tem sido usado pela mídia para se referir ao incidente e se integrou à cultura popular.

Com resultado da controvérsia, Timberlake e Jackson foram banidos do Grammy Awards de 2004 a não ser que aceitassem a pedir desculpas no evento. Timberlake aceitou e se desculpou quando recebeu o primeiro dos dois Grammys daquela noite (Melhor Álbum Pop por Justified e Melhor Performance Masculina por "Cry Me a River"). Ele também recebeu as nomeações de Melhor Álbum do Ano por Justified, Gravação do Ano por "Where Is The Love?" com o Black Eyed Peas.

2004 – 2005: Colaborações e atuações[editar | editar código-fonte]

Timberlake na estreia do filme Shrek III em 2007.

Depois do escândalo do Super Bowl, Justin colocou sua carreira de músico de lado e se esforçou para dar início na carreira de ator, tendo estreado em pequenas colaborações em filmes desde o começo de sua carreira como músico.[25] Seu primeiro papel durante esse tempo foi como um jornalista num suspense Edison Force, que foi filmado em 2004 e lançado em DVD em 18 de julho de 2006. Ele também apareceu em filmes como Alpha Dog, Black Snake Moan, Southland Tales, e fez a voz do Rei Arthur jovem no filme de animação Shrek Terceiro, lançado em 18 de maio de 2007. Ele também apareceu como um jovem Elton John, em seu clipe da música "This Train Don't Stop There Anymore".

Ele continuou a gravar com outros artistas. Depois de "Where Is the Love?", ele continuou a gravar com o Black Eyed Peas em 2005, na música "My Style" do seu álbum Monkey Business. Com Nelly, gravou a música "Work It", que foi remixada e incluída no álbum de remix de Nelly de 2003. Quando estava gravando "Signs" com Snoop Dogg, ele descobriu um problema na garganta. Nódulos foram subsequentemente removidos de sua garganta numa operação em 5 de maio de 2005. Ele foi informado para não cantar alto pelos poucos meses seguintes. No verão de 2005, Timberlake iniciou sua própria gravadora, Tennman Records.

2006 – 2007: FutureSex/LoveSounds[editar | editar código-fonte]

Justin durante um show em 2007.

Timberlake fez uma pequena aparição no clipe do single "Promiscuous" de Nelly Furtado e Timbaland. Ele lançou seu segundo álbum solo, FutureSex/LoveSounds, em 12 de setembro de 2006. O álbum que Timberlake lançou em 2006,[33] estreou na primeira posição na parada da Billboard, vendendo 1,684,000 cópias na primeira semana. É o maior álbum de pré-ordens no iTunes, batendo recorde de Coldplay de maior venda de uma semana de um álbum digital. O álbum foi produzido por Timbaland, Danja (que produziu o encarte do álbum), Will.i.am, Rick Rubin e o próprio Justin.[34] e contou com a participação dos vocais de Three 6 Mafia, T.I e Will.i.am.O álbum, que debutou em primeiro lugar em 7 paradas por todo o mundo, teve 6 singles: “SexyBack”, “My Love”, “What Goes Around… Comes Around”, “LoveStoned”, “Until The End Of Time”, e “Summer Love”, respectivamente. O álbum teve 7 indicações ao Grammy e ao MTV Video Music Awards, ganhando 4 nas duas premiações, além de ter vendido mais de 15 milhões de cópias por todo o mundo.

O single líder do álbum, "SexyBack", foi apresentado na abertura do MTV Video Music Awards de 2006 e alcançou o número um na Billboard Hot 100 sendo a música de mais sucesso em 2006, onde ficou sete semanas consecutivas, e se tornando o primeiro single de Justin a alcançar a primeira posição. Ela também alcançou a primeira colocação no Reino Unido e em outras 9 paradas por todo o mundo. A canção teve certificação 3x platina da RIAA, e ganhou um Grammy para Best Dancing Recording. "My Love", o segundo single do álbum, também foi produzido por Timbaland com a participação do rapper T.I, e alcançou novamente o número um na Billboard Hot 100 e em outras 7 paradas, incluindo a brasileira. Ela foi performada no especial do Victoria's Secret Fashion Show de 2006, e no Grammy Awards, onde ganhou um Grammy por Melhor Colaboração de Rap/Canto. Seu terceiro single, “What Goes Around… Comes Around”, foi apresentado no programa “Saturday Night Live”, além de ter sido performada no Grammy Awards onde ganhou um Grammy por Melhor Performance Pop Vocal Masculina e uma outra indicação por Gravação do Ano. A canção debutou em primeiro lugar nos Estados Unidos, e em quarto no Reino Unido. O vídeo da canção tem a participação de Scarlett Johansson, e ganhou um VMA por melhor edição. O quarto single do álbum, “LoveStoned” debutou em 17 na parada Americana, e em 11 na parada britânica. Ela foi performada no EMA de 2006 e no VMA de 2007, e ganhou um Grammy para Best Dancing Recording. “Until The End of Time”, o quinto single que contém participação da cantora Beyoncé, debutou na posição 17 na parada dos Estados Unidos. A música não teve um vídeo, assim como o sexto e último single do álbum, “Summer Love”, que debutou na sexta posição nos Estados Unidos e recebeu certificado de platina pela RIAA.

Justin durante sua turnê FutureSex/LoveShow, em San Jose, na Califórnia

Em janeiro de 2007, Justin iniciou sua turnê FutureSex/LoveShow, e com ela ganhou o seu primeiro Globo de Ouro solo, a turnê passou pela América do Norte, Europa, Ásia e Oceania, e arrecadou 130 milhões de dólares, se tornando a 18ª  turnê mais lucrativa da década de 2000. A turnê ganhou um DVD, o “FutureSex/LoveShow: Live From Madison Square Garden”, que ganhou certificado 5x platina pela RIAA.

Em 2007, Justin fez ainda uma participação na música "Give It to Me", um single de Timbaland com participação de Nelly Furtado, além de Justin. A canção alcançou a primeira colocação em 6 países, incluindo os Estados Unidos e o Reino Unido e foi performada na edição de 2007 do Grammy Awards. No mesmo ano, Timberlake fez uma participação na música “Ayo Technology” do rapper americano 50 Cent, que alcançou a quinta posição na tabela americana, e segunda na tabela britânica.

2008 – 2011: Colaborações e atuações[editar | editar código-fonte]

Justin Timberlake em 2011

Em fevereiro de 2008, Timberlake foi premiado com 2 Grammy Award, nas categorias de Performance Pop Masculina prêmio por "What Goes Around…/…Comes Around" e Melhor Dança prêmio por "Love Stoned/I Think She Knows".

Em 17 de março de 2008, Timberlake também lançou o single "4 Minutes", um dueto com Madonna. A canção é do décimo primeiro álbum da Madonna, Hard Candy, que teve colaborações de quatro outras composições e produções de Justin Timberlake. O single foi um hit internacional, alcançando número um na United World Chart e em vários países como Alemanha, Austrália, Bélgica, Brasil, Bulgária, Canadá, Dinamarca, Finlândia, Holanda, Itália, Noruega, Suécia, Suíça e Reino Unido, também chegou ao Top 5 na Áustria, França, Irlanda, Japão, Nova Zelândia e Estados Unidos. Timberlake também apareceu no clipe da música, dirigido por Jonas & François. Em 30 de abril de 2008, Timberlake cantou a música na Hard Candy Promo Tour, no Roseland Ballroom em Nova York.[35]

Por volta de junho de 2007, Timberlake foi o co-escritor, produtor e participante das faixas Nite Runner e Falling Down do Duran Duran, em seu álbum; Red Carpet Massacre, lançado em 13 de novembro de 2007 nos EUA. Falling Down foi lançado um dia antes como single no Reino Unido.[36]

Com o encerramento da turnê ''FutureSex/LoveSounds'' da Austrália em novembro de 2007, Timberlake focou-se na sua carreira de filmes. Projetos em 2008, foram estrelados nos papéis de Mike Myers na comédia O Guru do Amor (The Love Guru) e no drama de Mike Meredith, The Open Road. Em março de 2008, anunciou que seria o produtor executivo em um adaptação americana do hit da comédia peruana My Problem with Women da NBC.[37]

Justin Timberlake e Andrew Garfield na premiere do filme "A Rede Social"

Em 2008, Timberlake colaborou na música "Dead and Gone" para o sexto álbum de estúdio do rapper T.I., Paper Trail, que foi lançado como quarto single em 4 de janeiro de 2009. Essa canção chegou a segunda posição na Billboard Hot 100[38] por cinco semanas e foi indicada para o 52º Grammy Awards nas categorias "Best Rap/Song Collaboration" e "Best Rap Song".

Em novembro, foi confirmado que Timberlake faria uma participação e produção de poucas faixas do álbum Fantasy Ride da cantora de R&B/Pop, Ciara, lançado em maio de 2009.

Em 20 de novembro de 2008, foi ao ar um reportagem da TV Guide que revelou o próximo single de Esmée Denters, juntamente com Justin que participará nos vocais; Follow My Lead. Estará disponível para download através do MySpace. Todos os procedimentos ocorrerão na Shriners Hospitals for Children, uma caridade pediátrica para crianças doentes.[39]

Em 2009, Justin fez uma participação especial no single "Don´t Let me Down" do novo álbum "Echo" da cantora britânica Leona Lewis. O Single é uma parceria que será apresentado mundialmente em 2010. Em 2010 ele também fez uma participação na música do cantor e compositor Timbaland chamada "Carry Out".

2013 – presente: Volta a carreira musical[editar | editar código-fonte]

Justin Timberlake performando a turnê The 20/20 Experience World Tour

Justin Timberlake apresentou o seu novo álbum The 20/20 Experience no Super Bowl 2013 em Nova Orleans. Justin divulgou seu retorno ao cenário musical através de um vídeo, onde explicava seu hiato, e dizia no final "Eu acho que estou pronto".

Depois de mais de seis anos desde o lançamento do FutureSex/LoveSounds, em 15 de março de 2013, foi lançado o álbum The 20/20 Experience, que foi o álbum mais vendido dos Estados Unidos no ano de 2013, vendendo aproximadamente $2,5 milhões no mesmo ano, [40] e debutou em primeiro lugar na Billboard e no Reino Unido. Em 13 de janeiro de 2013, foi lançada a canção "Suit & Tie", primeiro single do álbum, que conta com a colaboração do cantor Jay-Z. Em 20 de janeiro, a canção debutou em terceiro lugar no Reino Unido, ficando atrás de "Scream & Shout" de will.i.am com Britney Spears e "My Life" de 50 Cent com Eminem e Adam Levine de Maroon 5, respectivamente. A música ganhou um Grammy de melhor vídeo musical, e um Video Music Award de melhor direção. A música foi performada no Grammy Awards, além de ter sido performada em programas como o Saturday Night Live. No dia 11 de Fevereiro de 2013, ele lançou "Mirrors" como segundo single do álbum. A música debutou em segundo lugar na Billboard Hot 100, e em primeiro lugar na tabela do Reino Unido. A música foi nomeada para o Grammy Awards, e ganhou dois Video Music Awards, por vídeo do ano, e por melhor edição. Justin divulgou a canção com apresentações em programas como The Ellen DeGeneres Show e Saturday Night Live. A música é dedicada a sua esposa, Jessica Biel, enquanto o vídeo é dedicado a seus avós maternos, William e Sadie Bomar, que foram casados por 63 anos, até a morte de William, em 2012. A música foi considerada a sétima melhor música, na lista das 100 melhores músicas de 2013, da revista Rolling Stone, e a décima melhor da lista das 20 melhores músicas de 2013, da Billboard. No dia 14 de Junho de 2013, foi lançado um terceiro e último single do álbum, "Tunnel Vision". A música foi divulgada através das turnês do cantor, e através de seu vídeo na VEVO, que causou polêmica por ser altamente explícito, o que fez com que fosse banido do YouTube. Mais tarde, ele foi postado novamente mas com um aviso de que era explícito, e proibido para menores de 18 anos.

Justin em sua turnê, The 20/20 Experience World Tour

Em 27 de setembro de 2013, foi lançada a segunda parte do álbum, intitulada The 20/20 Experience 2 of 2. O álbum foi nomeado para o Grammy na categoria de "best pop vocal album", e ficou em primeiro lugar na tabela americana Billboard 200, e em segundo na tabela do Reino Unido. O primeiro single do álbum, "Take Back The Night", atingiu a posição 29 no Hot 100 da Billboard, e 22 no Reino Unido. O vídeo foi gravado em Chinatown, Nova Iorque, e foi performada pela primeira vez no Wireless Festival, no dia 12 de Julho de 2013. O segundo single, "TKO", lançado no dia 20 de Setembro de 2013, não teve um bom desempenho nas tabelas, atingindo a posição 36 nos EUA, e 58 no Reino Unido. No dia 29 de Novembro de 2013, ganhou um remix intitulado "Black Friday Remix", com participações de J. Cole, ASAP Rocky e Pusha T. O terceiro single, "Not a Bad Thing", foi lançado dia 24 de Fevereiro de 2014, e teve um melhor desempenho nas tabelas em relação aos singles anteriores. Ele debutou em 8º lugar nos EUA e 21º no Reino Unido. O single foi performado no The Tonight Show Starring Jimmy Fallon, e teve seu vídeo apresentado no The Ellen DeGeneres Show, onde é feito um documentário para procurar um casal, onde o homem pede a mulher em namoro com a música de Justin. O cantor deu a entender que teria mais um single, em 2015, após performar a música "Drink You Away" no Country Music Awards, ao lado de Chris Stapleton. Mesmo após 2 anos de lançamento, a música conseguiu atingir a 3ª posição no Itunes, e fez com que o álbum de Justin atingisse a 16ª posição. Justin também já havia apresentado a música em 2013, no American Music Awards.

Os dois álbuns renderam a Justin, juntos, 3 Grammys, de 7 indicações, e 4 Video Music Awards, de 7 indicações

Timberlake cantando "Not a Bad Thing", em sua turnê

No dia 4 de Julho de 2013, Justin fez uma participação na música "Holy Grail" de Jay-Z. A música atingiu a 4 posição na Billboard, e garantiu um grammy para Justin. Seu vídeo foi divulgado pelo Facebook.

Em 2014, Justin uma participação na música "Love Never Felt So Good" de Michael Jackson. A música, que foi o primeiro single do álbum-póstumo de Michael, debutou em nono lugar na tabela dos Estados Unidos, e em oitavo na tabela do Reino Unido. O vídeo da música foi dirigido por Timberlake e Rich Lee. A música foi performada no IHeart Radio Music Awards, em 2014, onde o cantor americano Usher dançava, imitando passos de Michael.

Para divulgar seus álbuns, Justin começou no dia 14 de Julho de 2013 uma turnê conjunta com Jay-Z, a Legends of The Summer Stadium Tour, fazendo um total de 14 shows pelos Estados Unidos e pelo Canadá. No dia 6 de Novembro de 2013, Timberlake começou sua outra turnê intitulada The 20/20 Experience World Tour, que foi a 20ª turnê mais lucrativa de todos os tempos, arrecadando $231,700,000 dólares.[41] [42] A turnê passou pela África, Ásia, Europa, América do Norte e Oceania, num total de 134 shows, sendo os dois últimos, em Las Vegas, onde foi filmado para o lançamento de um DVD.

Legado[editar | editar código-fonte]

Justin Timberlake é considerado um ícone pop,[43] [44] e seu trabalho tem influenciado inúmeros artistas, incluindo Maroon 5,[45] Jason Derulo,[46] Lloyd Banks,[47] Britney Spears,[48] Marilyn Manson,[49] [50] Bridgit Mendler,[51] Ed Sheeran,[52] Tori Kelly,[53] Hunter Hayes,[54] Liam Payne,[55] [56] Shawn Mendes,[57] Coldplay[58] [59] Chris brown [60] Selena gomez [61] big time rush[62] duff[63] Erro de citação: Código <ref> inválido; refs sem conteúdo devem ter um parâmetro de nome.Enquanto que Justin Bieber[64] [65] e Nick Jonas [66] citaram como uma de suas principais influências. O artista do hip hop cristão TobyMac afirmou que Timberlake inspirou seu trabalho, comentando: Ele é um daqueles que pode criar facilmente um clássico.[67] O cantor brasileiro de música pop Sam Alves declarou que sua carreira seria inspirada em Justin. [68] O mesmo cantou "Mirrors", de Timberlake na segunda temporada do programa The Voice Brasil, onde se tornou campeão. [69]

Justin Timberlake com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama

Em 2013 Stevie Wonder escreveu para a Time (revista) : "Justin tem feito muita coisa em uma idade mais jovem, tirando partido de todas as possibilidades, e ainda assim ele encontrou tempo para dar de si mesmo muito que ele recebe e retribui. Ele tem o espírito. Ele faz as obras de Deus através do uso do a maioria de seu talento." [70] Seu segundo álbum FutureSex/LoveSounds foi colocado em 46º na lista da Rolling Stone dos 100 Melhores álbuns dos anos 2000.[71] Sua canção "Cry Me a River", que é considerada pela Rolling Stone uma das 500 melhores canções de todos os tempos da Revista Rolling Stone,[72] estando na posição 484, ficou também na vigésima posição da lista das 100 melhores músicas da década de 2000 da mesma revista.[73] Além de ganhar elogios da crítica pelo o seu segundo álbum, de acordo com a Sia Michel do New York Times, Timberlake foi responsável pela popularização em 2006 o slogan "estou trazendo a sensualidade de volta", [74] do primeiro single do álbum, "Sexyback". Isso gerou um "fenômeno" massivo causando impacto da canção na cultura popular. [75]

Justin é considerado Príncipe do POP,[76] [77] e Presidente do POP,[78] além de ter sido considerado, de acordo com a VH1, o 66º melhor artista de todos os tempos, [79] e nomeado pela revista Time uma das "100 pessoas mais influentes do ano", nos anos de 2007 e 2013.[80] Segundo a Billboard, Justin é o 89º maior artista de todos os tempos no Hot 100 [81] , e ainda segundo a revista, FutureSex/LoveSounds, seu 2º álbum de estúdio, é o 97º melhor álbum de todos os tempos, enquanto The 20/20 Experience, seu 3º álbum de estúdio, é o 200º melhor álbum de todos os tempos.[82] A revista ainda o indicou como o 11º artista mais completo de todos os tempos. [83]

Timberlake ao longo de sua carreira solo já vendeu 56 milhões de álbuns em todo o mundo [84] e 50 milhões de álbuns com a 'N Sync [85] [86] se juntar as vendas solo com as da 'N Sync, o resultado irá ultrapassar mais de 100 milhões de álbuns. Além disso, o cantor já vendeu em média 56 milhões de singles.

O cantor é a oitava pessoa com maior numero de seguidores no Twitter,[87] com mais de 53 milhões de seguidores.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

No início de 1999, Timberlake começou a namorar a ex-companheira de The Mickey Mouse Club e cantora pop Britney Spears. O casal virou a sensação do início da década, sendo alvo constante da mídia. O relacionamento terminou abruptamente em março de 2002 e influenciado pela separação, Timberlake compôs a canção "Cry Me A River", um dos hits do seu primeiro álbum solo. Em abril de 2003, ele iniciou um relacionamento com a atriz Cameron Diaz, após se conhecerem no Kids' Choice Awards da Nickelodeon. Depois de uma muita especulação sobre uma possível separação, eles romperam o relacionamento em dezembro de 2006. Em janeiro de 2007, Timberlake negou as acusações de que estaria namorando a atriz Scarlett Johansson, com quem contracenou no videoclipe de sua canção "What Goes Around... Comes Around".

Timberlake jogando golfe, seu esporte favorito

Em janeiro de 2007, ele começou a namorar a atriz Jessica Biel, com quem veio a ser fotografado junto em várias ocasiões. Ela acompanhou o cantor na turnê Future Sex/Love Show no mesmo ano. Em março de 2011, eles anunciaram o fim do relacionamento em um comunicado. Em meados de agosto, eles foram vistos novamente juntos, após Timberlake declarar que "ela é a pessoa mais especial dos meus 30 anos"[88] em entrevista à revista Vanity Fair. Em dezembro do mesmo ano, Timberlake pediu a mão de Jessica em casamento enquanto passavam férias nas montanhas de Montana. Timberlake e Biel se casaram em Puglia, Itália em Outubro de 2012.

Em janeiro de 2015, o cantor confirmou, através da rede social Instagram, que ele e Biel seriam pais.[89] Em abril de 2015, Jessica deu à luz o primeiro filho do casal, um menino chamado Silas Randall Timberlake.[90]

Em 2015, ele ganhou junto a sua esposa, Jessica Biel, o "Prêmio Inspirador" da GLSEN, organização norte-americana que luta pelos direitos dos homossexuais, por seu trabalho e comprometimento com a comunidade LGBT [91]

Timberlake sofre de transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) misturado com déficit de atenção e hiperatividade (TDAH).

Outros projetos[editar | editar código-fonte]

Perto do fim de 2002, Timberlake foi a primeira celebridade a aparecer no Punk'd, um tipo de programa, criado por Ashton Kutcher em que brinca com as celebridades.[92] Três episódios depois, ele apareceu novamente no programa, quando foi a vez de Kelly Osbourne ser "pegada", tornando-se assim a primeira celebridade a aparecer no programa mais de uma vez.[93] Em 2004, ABC empregou Timberlake para escrever uma canção para a cobertura da NBA.

Justin é dono de três restaurantes nos Estados Unidos: "Chi" aberto em West Hollywood, Califórnia, em 2003,[94] "Destino" e "Southern Hospitalty" em Nova York aberto em 2006 e 2007, respectivamente.[95]

Em 2005, Justin lançou a William Rast, linha de roupas com o seu amigo de infância Juan("Trace") Ayala. Timberlake também tem trabalhos como modelo fotográfico, ativista social e designer. Timberlake ainda dirigiu dois videoclipes, apresentou o Espy Award 2008 e é garoto propaganda da Pepsi, Givenchy, Sony, e McDonald's, onde ele gravou uma música intitulada "I'm Lovin' It", que é usada até hoje como slogan da rede de fast-foods.

Justin é dono também, da gravadora Tennman Records, é co-fundador da marca de tequila Sauza 901,[96] dono do campo de golf Mirimichi,[97] co-proprietário da marca de roupa William Rast, que rendeu a ele, em 2015, o prêmio "Fashion Oracle Award" e desenhista da linha de decoração HoMin[98] [99] . É também um dos sócios do time de basquete Memphis Grizzlies.[100] Em Junho de 2011, Timberlake comprou a rede social MySpace, por aproximadamente $35 milhões de dólares [101]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Discografia de Justin Timberlake

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Ano Informação Posições Vendas e certificações
EUA RU AUS ALE CAN
2002 Justified
2
1
9
11
7
Vendas: 10 milhões[102]
Certificação do RIAA: 3x Platina[103]
2006 FutureSex/LoveSounds
1
1
1
3
1
Vendas: 15 milhões
Certificação do RIAA: 4x Platina[103]
2013 The 20/20 Experience
1
1
1
1
1
Vendas: 6.000.000 milhões[105]
Certificação do RIAA: 2x Platina[103]
2013 The 20/20 Experience 2 of 2
1
4
3
4
1
Vendas: 1.000.000 milhões
Certificação do RIAA: 1x Platina

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes
Ano Filme Personagem Notas
2000 Longshot Valet
Mudança de Comportamento Jason Sharpe Telefilme
2001 Na Linha do Trem Make-up artist
2003 Final Destination 2 Recem Casado Cenas deletadas
2005 Edison - Poder e Corrupção Josh Pollack
2006 Alpha Dog Frankie Ballenbacher
Entre o Céu e o Inferno Ronnie
2007 Shrek Terceiro Artie Pendragon Voz
Southland Tales: O Fim do Mundo Pvt Pilot Abilene
2008 O Guru do Amor Jacques "Le Coq" Grande
2009 Um Caminho para Recomeçar Carlton Garrett
2010 Shrek para Sempre Artie Pendragon Voz
The Next Big Thing John Frank
A Rede Social Sean Parker
Zé Colmeia - O Filme Catatau Voz
2011 Professora Sem Classe Scott DeLacorte
Amizade Colorida Dylan Harper
O Preço do Amanhã Will Salas
2012 Trouble with the Curve[106] Johnny Flanagan
The Devil and the Deep Blue Sea
2013 Aposta Máxima[107] Richie Furst
Inside Llewyn Davis Jim Berkey
2016 Trolls Branch Voz / Trilha Sonora
Televisão
Ano Série Personagem Notas
1993–1995 Clube do Mickey Ele Mesmo
1999 O Toque de um Anjo
2000–2013 Saturday Night Live Apresentador/Atração Musical 5 episódios

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Justin Timberlake no Globo de Ouro, em 2007

Justin Timberlake já ganhou vários prêmios, entre eles nove de vinte e nove indicações para o Grammy Award,[108] quatro Emmys, todos eles por suas participações no programa Saturday Night Live,[109] sete American Music Awards, sete People's Choice Awards, três Kids Choice Awards, três Brit Awards, três World Music Awards, nove Teen Choice Awards, dez Billboard Music Awards além de ser um dos maiores vencedores de todos os tempos do VMA, com 11 prêmios, e ter recebido uma indicação ao Globo de Ouro por "Melhor Canção Original".

Justin também recebeu o Michael Jackson Video Vanguard Award do VMA, em 2013, e o "Prêmio Inovador" da iHeartRadio Music Awards, em 2015. Em Outubro de 2015, ele foi introduzido para o Memphis Music Hall of Fame, se tornando seu mais jovem membro. Ainda no ano de 2015, Justin ganhou, junto à sua esposa Jessica Biel, o "Inspiration Award" da GLSEN, por seu comprometimento com a comunidade LGBT.

Turnês[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Justin Timberlake preparado para FutureSex/LoveSounds». Terra Música (em español). 2006. Consultado em 19 de junio de 2009. 
  2. Phillips, Erika (26 de marzo de 2013). «Justin Timberlake's '20/20 Experience' Sells 968,000 Copies in First Week». The Wall Street Journal (em inglés). News Corporation. Consultado em 27 de marzo.  Parâmetro desconhecido |añoacceso= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  3. Kreisler, Lauren (24 de marzo de 2013). «Justin Timberlake zooms straight to the top with The 20/20 Experience». Officialcharts.com (em inglés). The Official UK Charts Company. Consultado em 26 de marzo.  Parâmetro desconhecido |añoacceso= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  4. «Justin Timberlake's '20/20' 2013's Best Selling Album, 'Blurred Lines' Top Song». 
  5. «Past Winners Search». www.grammy.com (em inglés). Consultado em 9 de marzo de 2012. 
  6. «Primetime Emmy® Award Database». www.emmys.com (em inglés). Consultado em 9 de marzo de 2012. 
  7. «"Prince of Pop Justin Timberlake strolls into town this week for three incredible dates at the SECC as part of his 2007 FutureSex/ Love Show - and you can be there, courtesy of our friends at Sony Ericsson and Vodafone."». 
  8. «Justin Timberlake is set to join performers Daft Punk, Lady Gaga, Katy Perry and Kanye West at the MTV Video Music Awards on August 25th. According to MTV, the prince of pop will also be receiving this year's Michael Jackson Vanguard Award in recognition of his videos». 
  9. «‘The President Of Pop’ took over the MTV Video Music Awards stage when he accepted the Video Vanguard Award and reunited with ‘NSYNC on Aug. 25!». 
  10. «VH1 100 Greatest Artists Of All Time». 
  11. «Greatest of All Time Hot 100 Artists : Page 1 | Billboard». Billboard. Consultado em 2015-11-12. 
  12. «Greatest of All Time Billboard 200 Albums : Page 1 | Billboard». Billboard. Consultado em 2015-11-12. 
  13. https://thejtexperience.wordpress.com/2013/05/03/justin-timberlake-sales-statistics/
  14. http://justintimberlakestats.blogspot.com/
  15. http://www.nytimes.com/2007/10/21/fashion/21lance.html?_r=2&adxnnl=1&pagewanted=all&adxnnlx=1348221612-ktK210Jl2UyApyFCIwFy6w&
  16. http://www.bbc.co.uk/music/artists/603ba565-3967-4be1-931e-9cb945394e86
  17. «El cantante Justin Timberlake crea su propia casa discográfica». Terra Música (em español). 29 de mayo de 2007. Consultado em 19 de junio de 2009. 
  18. «Justin Timberlake se consolida como restaurantero». Terra Música (em español). 17 de julio de 2007. Consultado em 19 de junio de 2009. 
  19. «Tequila '901'». ADN Radio Chile. 27 de marzo de 2009. Consultado em 12 de septiembre de 2012. 
  20. Bailey Jr., Thomas (17 de mayo de 2009). «Justin Timberlake provides 'community gathering spot' at Mirimichi golf course». The Commercial Appeal (em inglés). Consultado em 12 de septiembre de 2012. 
  21. Stelter, Brian (29 de junio de 2011). «News Corporation Sells MySpace for $35 Million». The New York Times (em inglés). Consultado em 12 de septiembre de 2012. 
  22. Heyman, Stephen (10 de mayo de 2012). «Justin Timberlake’s Latest Project? Pillows». The New York Times (em inglés). Consultado em 12 de septiembre de 2012. 
  23. «Grizzlies Co-Owner Justin Timberlake Accused Of Being Bandwagon Fan». ThePostGame (em inglês). 2014-11-18. Consultado em 2015-11-12. 
  24. Halliday, Josh. «Justin Timberlake buys his own social network with Myspace investment». the Guardian. Consultado em 2015-11-12. 
  25. a b Henderson, Alex. Justin Timberlake. All Music Guide. Acessado em 1 de dezembro, 2007.
  26. «Billboard.com». 'N Sync Artist Biography.  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); Parâmetro desconhecido |accessmonthday= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  27. Alex Fung. «72nd Annual Academy Awards». 
  28. Corey Moss. «Creed, 'NSYNC, More for Olympic Concerts». 
  29. Lori Reese. «'N Sync and Aerosmith will play the Super Bowl». 
  30. «DailyRecord.co.uk». THE COMIEBACKKID.  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); Parâmetro desconhecido |accessmonthday= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  31. Justin Timberlake the New Ronald McDonald
  32. «CNN.com». Apologetic Jackson says costume reveal went awry.  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); Parâmetro desconhecido |accessmonthday= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  33. «USA Today». Timberlake, roommate Trace talk shop.  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); Parâmetro desconhecido |accessmonthday= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  34. «ShowBuzz». Timberlake To Release His Lovesounds.  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); Parâmetro desconhecido |accessmonthday= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  35. MTV review of the Roseland Ballroom Promo Concert
  36. «Jams Packed». Entertainment Weekly. Consultado em 22 de abril de 2008. 
  37. «Justin Timberlake working on 'Problem with Women'». CNN. Consultado em 22 de abril de 2008. 
  38. «Music News, Reviews, Articles, Information, News Online & Free Music». www.billboard.com. Consultado em 04 de abril de 2012.  Texto " Billboard.com" ignorado (Ajuda)
  39. Justin Timberlake's New Single Lends a Hand to Charity" TV Guide. 20 de novembro de 2008. Visto em 21 de novembro de 2008.
  40. «Justin Timberlake tem o álbum mais vendido de 2013 nos EUA». Portal POPline. 2014-01-03. Consultado em 2015-11-12. 
  41. "List of highest-grossing concert tours" (em en).
  42. «Justin Timberlake's 20/20 Tour Earned $232 Million in Ticket Sales». Billboard. Consultado em 2015-11-17. 
  43. http://www.mirror.co.uk/3am/celebrity-news/pop-icon-justin-timberlake-tells-2786221
  44. http://www.gq-magazine.co.uk/men-of-the-year/home/hall-of-fame/justin-timberlake-interview-2006
  45. http://www.mtv.com/artists/maroon-5/related-artists/?filter=influencedBy
  46. http://www.virgin.com/music/jason-derulo-i-want-be-legendary-i-want-go-down-history
  47. http://www.mtv.com/news/1634706/lloyd-banks-influenced-by-lady-gaga-justin-timberlake-on-next-album/
  48. «Who inspires Britney? Beyonce, Bruno — and her ex JT». USA TODAY. Consultado em 2015-11-22. 
  49. http://www.rollingstone.com/music/features/marilyn-manson-the-music-that-made-me-20150508
  50. http://www.belfasttelegraph.co.uk/entertainment/news/marilyn-manson-timberlake-is-dark-31208506.html
  51. http://www.mtv.co.uk/bridgit-mendler/news/bridgit-mendler-one-direction-have-great-voices
  52. ttp://www.billboard.com/articles/columns/pop-shop/6042272/ed-sheeran-shares-x-track-list
  53. http://www.nsnews.com/entertainment/music/tori-kelly-keeping-it-real-with-her-fans-1.34839
  54. http://radio.com/2015/05/01/hunter-hayes-wheels-up-tour-interview/
  55. http://www.capitalfm.com/artists/one-direction/news/liam-payne-justin-timberlake-brit-awards-2013/
  56. http://www.thejournal.co.uk/culture/music-nightlife-news/one-direction-duffers-guide-pop-7178786
  57. http://www.mtv.co.uk/shawn-mendes/news/mtv-meets-shawn-mendes
  58. «Justin Timberlake inspires Coldplay album». 
  59. «Coldplay inspirado em JT». 
  60. http://www.mtv.com/artists/justin-timberlake/related-artists/?filter=followers
  61. http://www.mtv.com/artists/justin-timberlake/related-artists/?filter=followers
  62. http://www.mtv.com/artists/justin-timberlake/related-artists/?filter=followers
  63. http://www.mtv.com/artists/justin-timberlake/related-artists/?filter=followers
  64. http://www.mtv.com/news/1672847/justin-bieber-my-world-new-album-justin-timberlake/
  65. http://www.billboard.com/articles/columns/pop-shop/6745147/justin-bieber-justin-timberlake-comparison-interview-video
  66. http://www.rollingstone.com/music/features/nick-jonas-on-partying-with-taylor-swift-and-becoming-a-gay-icon-20150126?page=3
  67. http://www.billboard.com/articles/news/6671434/tobymac-new-album-this-is-not-a-test-interview
  68. «Sam Alves quer trilhar carreira inspirada em Justin Timberlake». 
  69. «Sam Alves aposta em sucesso do momento de Justin Timberlake, Mirrors». 
  70. http://time100.time.com/2013/04/18/time-100/slide/justin-timberlake/
  71. http://www.rollingstone.com/music/lists/100-best-albums-of-the-2000s-20110718/justin-timberlake-futuresex-lovesounds-20110710
  72. https://web.archive.org/web/20120411013122/http://www.rollingstone.com/music/lists/the-500-greatest-songs-of-all-time-20110407/justin-timberlake-cry-me-a-river-19691231
  73. https://web.archive.org/web/20120424161913/http://www.rollingstone.com/music/lists/100-best-songs-of-the-aughts-20110617/justin-timberlake-cry-me-a-river-19691231
  74. http://www.nytimes.com/2007/02/09/arts/music/09timb.html?scp=11&sq=Timberlake%20futuresex&st=cse&_r=0
  75. http://www.mtv.com/news/1543781/sick-of-sexyback-youtube-has-the-guy-whos-bringing-sweaty-back/
  76. «Justin Timberlake Performing at VMAs, Getting Vanguard Award». Rolling Stone. https://plus.google.com/+rollingstone. Consultado em 2015-11-22.  Ligação externa em |publicado= (Ajuda)
  77. «WIN The last tickets to see Justin. - Free Online Library». www.thefreelibrary.com. Consultado em 2015-11-22. 
  78. «Justin Timberlake Kills It On Stage During Video Vanguard Award Win». Hollywood Life. Consultado em 2015-11-22. 
  79. «VH1 100 Greatest Artists Of All Time». Stereogum. Consultado em 2015-11-22. 
  80. «Jay-Z, Justin Timberlake e Beyoncé entram para os 100 mais influentes da TIME - Música - MULTISHOW». MULTISHOW. Consultado em 2015-11-22. 
  81. «Greatest of All Time Hot 100 Artists : Page 1 | Billboard». Billboard. Consultado em 2015-11-22. 
  82. «Greatest of All Time Billboard 200 Albums : Page 1 | Billboard». Billboard. Consultado em 2015-11-22. 
  83. «Os artistas mais completos de todos os tempos |». billboard.com.br. Consultado em 2016-03-16. 
  84. «Justin Timberlake sales statistics». The Justin Timberlake Experience. Consultado em 2015-11-22. 
  85. Ryzik, Melena. (2007-10-21). "A Boy-Band Grad’s Next Act". The New York Times. ISSN 0362-4331.
  86. «*NSYNC – Songs, Playlists, Videos and Tours». BBC Music. Consultado em 2015-11-22. 
  87. «25 celebridades com mais seguidores do Twitter». Forbes Brasil. Consultado em 2015-11-22. 
  88. http://www.vanityfair.com/online/daily/2011/06/justin-timberlake-on-jessica-biel-britney-spears-and-filming-friends-with-benefits
  89. «Justin Timberlake confirma que Jessica Biel está grávida». Diário de Notícias. 1 de Fevereiro de 2015. Consultado em 2 de Fevereiro de 2015. 
  90. «Justin Timberlake and Jessica Biel Welcome Son Silas Randall». People Magazine. April 11th, 2015. 
  91. «Justin Timberlake and Jessica Biel Talk Parenting, 'Poopy Diapers' at GLSEN's Respect Awards». Billboard. Consultado em 2015-11-12. 
  92. «Kutcher: Done with 'Punk'd' -- really». CNN. Consultado em 22 de abril de 2008. 
  93. «QUICK TAKES; MTV plans to air more 'Punk'd'». Los Angeles Times. Consultado em 22 de abril de 2008. 
  94. «Restaurantes em West Hollywood: Ler West Hollywood dicas sobre restaurantes - TripAdvisor». www.tripadvisor.com.br. Consultado em 04 de abril de 2012. 
  95. «Pecan Pie Recipe From Justin Timberlake's Granny Sadie». ABC News. Consultado em 22 de abril de 2008. 
  96. «Tequila '901'». www.adnradio.cl. Consultado em 2016-03-16. 
  97. «Mirimichi Golf Culb». 
  98. «News Corporation Sells MySpace for $35 Million». Media Decoder Blog. Consultado em 2016-03-16. 
  99. «Justin Timberlake's Latest Project? Pillows». T Magazine. Consultado em 2016-03-16. 
  100. «Grizzlies Co-Owner Justin Timberlake Accused Of Being Bandwagon Fan». ThePostGame (em inglês). 2014-11-18. Consultado em 2016-03-16. 
  101. Halliday, Josh. (2011-06-30). "Justin Timberlake buys his own social network with Myspace investment" (em en-GB). The Guardian. ISSN 0261-3077.
  102. «Sony BMG: Justin Timberlake». SonyBMG.de. Consultado em 31 de dezembro de 2006. 
  103. a b c [1]
  104. http://g1.globo.com/musica/noticia/2013/01/apos-lancar-single-justin-timberlake-divulga-fotos-em-estudio.html
  105. «Justin Timberlake Celebrates 6 Million Copies Sold Of ‘The 20/20 Experience’». Popdust. Consultado em 2015-11-17. 
  106. UOL Cinema (2 de outubro de 2012). «Justin Timberlake e Amy Adams comentam "Curvas da Vida"». Portal UOL. Consultado em 24 de novembro de 2012. 
  107. Reis, Luiz Felipe. Justin Timberlake em dose dupla. O Globo, 14/09/2013.
  108. «Past Winners Search». The GRAMMYs. Consultado em 2016-03-16. 
  109. «Justin Timberlake | Television Academy». Television Academy. Consultado em 2016-03-16. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Imagens e media no Commons