The Ellen DeGeneres Show

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Ellen DeGeneres Show
Logotipo do talk show
Informação geral
Formato talk show
Gênero Comédia, Entrevistas
Duração 1 hora (incluindo comerciais)
País de origem  Estados Unidos
Idioma original inglês
Produção
Produtor(es) Ellen DeGeneres
Apresentador(es) Ellen DeGeneres
Exibição
Emissora original Estados Unidos Sindicação[1]
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 8 de outubro de 2003 -— presente
Temporadas 16
Episódios 2.445 (até 5 de setembro de 2018)

The Ellen DeGeneres Show, muitas vezes abreviado como Ellen Show, também chamado de Ellen: The Ellen DeGeneres Show é um talk-show apresentado pela atriz e comediante Ellen DeGeneres. O show apresenta entrevistas com celebridades e membros do público, monólogos cômicos de apresentadores e cantores. Estreou em 8 de Setembro de 2003. O show foi nomeado para 11 Daytime Emmy Awards durante sua primeira temporada, vencendo quatro, incluindo melhor talk show. Conquistou 12 candidaturas na segunda temporada e ganhou 6 Emmys, incluindo Melhor Talk Show e Apresentadora de Talk Show. The Ellen DeGeneres Show foi renovado através da temporada 2010-2011. Desde o início da execução, o show era gravado no Studio 11, do NBC Studios, Burbank, Califórnia. O espetáculo começou a ser filmado em alta definição em 8 de Setembro de 2008, na estreia da sexta temporada. Isto coincidiu com a passagem da Fase 1 em Warner Bros. Studios em Burbank, Califórnia depois da NBC vender o imóvel onde o show era gravado.

Equipe[editar | editar código-fonte]

  • Produtores Executivos: Ellen DeGeneres, Mary Connelly, Ed Glavin, Andy Lassner, Jim Paratore;
  • Escritores: Karen Kilgariff (escritora chefe), Karen Anderson, Margaret Smith, Ellen DeGeneres

Audiência[editar | editar código-fonte]

O show tem média de três milhões de telespectadores por episódio, que segundo a classificação de televisão diurna, torna um dos shows diurnos mais assistidos.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Ellen DeGeneres – apresentadora
  • Twitch - Sub-apresentador e atual DJ
  • Scott K – DJ do show (8 de Setembro até 29 de Setembro de 2003)
  • Tony Okungbowa – DJ do show (2003-2006; substituto em 2007; 2008-presente)
  • Jon Abrahams (Jonny) – DJ do show (2006-2007)
  • Stryker – locutor e DJ do show (2007-2008)

Transmissões Internacionais[editar | editar código-fonte]

Além de ser exibido em seu país de origem, Ellen pode ser visto na África do Sul, Argentina, Austrália, Bolívia, Brasil, Canadá, Centro América, Chile, Dinamarca, Filipinas, Finlândia, Holanda, Índia, Irlanda, Israel, Malásia, México, Noruega, Nova Zelândia, Paraguai, Peru, Portugal, Singapura, Suécia, Tailândia, Taiwan, Trinidad e Tobago, Turquia, Uruguai, Venezuela.

Austrália[editar | editar código-fonte]

Na Austrália, o show é exibido pelo canal Nine Network nos dias de semana às 12h e novamente às 23h. Também vai ao ar pelo canal à cabo Arena às 8h e às 11h. Anteriormente foi exibido na Rede Dez por um curto período de tempo.

Brasil[editar | editar código-fonte]

Em 23 de Junho de 2008, o Warner Channel estreou o show no Brasil às 17h. Posteriormente, passou a ser exibido diariamente às 6h (último episódio) e às 11h (novo episódio), até ser retirado da grade de programação. O programa voltou a ser transmitido no país em 3 de outubro de 2011 pelo canal de assinatura GNT. Deixou mais uma vez de ser transmitido em meados de junho de 2015 sem nenhuma explicação para os espectadores, no site oficial da do canal GNT se encontra a informação "fora do ar" não se sabe se é permanente ou temporário.

Reino Unido[editar | editar código-fonte]

No Reino Unido, o show foi exibido no Fiver às 13h. Depois teve que mudar para as 6h, e alegam que o programa perdeu ibope. Desde 5 de Janeiro de 2009, o show é exibido na TV Diva.

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Produtores do programa foram alvos de denúncias de ex-funcionários sob acusação de maus-tratos, assédio e de ser um ambiente tóxico. Os estúdios Warner e a própria Ellen tentaram minimizar a situação com promessas de mudanças e justificativas, mas isso desencadeou mais denúncias através do Twitter por artistas famosos.

Em julho de 2020, Brad Garrett ,que já teve 6 participações no programa, tuitou que era de “conhecimento comum” que a equipe era “tratada horrivelmente” pela própria apresentadora. A acusação foi reforçada pela atriz Lea Thompson publicando que se tratava de uma “História verdadeira”.

Outras duas pessoas que não quiseram ter sua identidade revelada disseram que produtores exigiam que os convidados do programa bajulassem a apresentadora ao vivo com elogios.[2]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão nos Estados Unidos é um esboço relacionado ao projeto televisão. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.