Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Verão de 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de 2020
Desfile dos atletas durante o encerramento dos jogos
Localização Estádio Nacional do Japão, Tóquio
Data 8 de agosto de 2021

A cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Verão de 2020 ocorreu na noite de 8 de agosto de 2021 no Estádio Nacional do Japão, em Tóquio, no Japão. Como definido pela Carta Olímpica, os procedimentos combinaram as apresentações culturais do país sede, bem como o desfile das delegações, a premiação da maratona masculina e feminina, tendo a execução do hino nacional do país dos atletas vencedores, as partes protocolares de agradecimento e premiação de destaques dos jogos olímpicos pelo Comité Olímpico Internacional, a passagem da bandeira olímpica para o prefeito da próxima cidade-sede, que será Paris, na França, tendo a apresentação de elementos da cultura francesa e a extinção da pira olímpica.[1]

Procedimentos[editar | editar código-fonte]

Com o lema “Mundos que compartilhamos”, a cerimônia abordou a união, a diversidade e a igualdade entre pessoas, tendo como destaque a divulgação dos Jogos Paralímpicos de Verão de 2020, sendo a primeira vez que esse evento é divulgado durante o fim dos Jogos Olímpicos.[2]

As apresentações ficaram marcadas pelos shows de luzes que representaram os espectadores e atletas que não puderam comparecer por conta das medidas de segurança contra a COVID-19, além da apresentação de festivais de música, dança e o folclore japonês.[3] Os shows musicais ficaram por conta do DJ Matsunaga, o grupo musical The Tokyo Ska Paradise Orchestra, o grupo escolar Tokyo Metropolitan Katakura Senior High School Brass Band e a cantora Milet.[4]

A apresentação de Paris ficou marcada pela festa transmitida ao vivo nos telões do Estádio Olímpico de Tóquio, realizada no Campo de Marte, palco do vôlei de praia, judô e luta olímpica da próxima edição, além da apresentação da esquadrilha da fumaça francesa e o agradecimento apresentado em japonês e francês.[5]

Parada das Nações[editar | editar código-fonte]

Porta-bandeira da Samoa Americana esperando o momento de ir para o desfile

Os 206 CONs entraran de acordo com a ordem katakana, baseado nos nomes das nações da língua japonesa. Seguindo a tradição, a Grécia abriu o desfile e o Japão foi o ultimo a entrar. Os países foram anunciados em Inglês, Francês e Japonês. Rebeca Andrade foi a porta-bandeira do Brasil, que foi o 151º país a entrar. Assim como na abertura, França e Estados Unidos foram o 204º e 205º país a desfilar no estádio.[6]

Autoridades participantes[editar | editar código-fonte]

Hinos Nacionais[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Encerramento das Olimpíadas de Tóquio acontece neste domingo; veja onde assistir». ge. Consultado em 7 de agosto de 2021 
  2. Landers, Peter (7 de agosto de 2021). «Tokyo Olympics Closing Ceremony: How to Watch and When It Is». Wall Street Journal (em inglês). ISSN 0099-9660. Consultado em 7 de agosto de 2021 
  3. «Encerramento das Olimpíadas: Tóquio se despede dos Jogos e entrega bastão para Paris». ge. Consultado em 8 de agosto de 2021 
  4. «Closing Ceremony Gives Athletes Glimpse of City With 'All Tokyoites'». RSN (em inglês). Consultado em 8 de agosto de 2021 
  5. «Acompanhe a cerimônia de encerramento das Olimpíadas de Tóquio». www.uol.com.br. Consultado em 8 de agosto de 2021 
  6. Povo, O. (4 de agosto de 2021). «Rebeca Andrade será porta-bandeira do Brasil na cerimônia de encerramento da Olimpíada». Olimpíadas. Consultado em 7 de agosto de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre os Jogos Olímpicos é um esboço relacionado ao Projeto Desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.