Shrek the Third

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o jogo baseado no filme, veja Shrek the Third (jogo eletrônico).
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Shrek the Third
Pôster promocional
 Estados Unidos

2007 •  cor •  93 min 
Direção Chris Miller
Codireção Raman Hui
Produção Aron Warner
Coprodução Denise Nolan Cascino
Produção executiva Andrew Adamson
John H. Williams
Roteiro Jeffrey Price
Peter S. Seaman

Chris Miller
Aron Warner
História Andrew Adamson
Baseado em Shrek!
de William Steig
Elenco Mike Myers
Cameron Diaz
Eddie Murphy
Antonio Banderas
Justin Timberlake
Rupert Everett
Julie Andrews
John Cleese
Eric Idle
Gênero Animação
Comédia
Aventura
Fantasia
Música Harry Gregson-Williams
Edição Michael Andrews
Companhia(s) produtora(s) DreamWorks Animation
Pacific Data Images
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento Estados Unidos 18 de Maio de 2007
Brasil 15 de Junho de 2007
Portugal 21 de Junho de 2007
Idioma Inglês
Orçamento US$ 160 milhões[1]
Receita US$ 798.998.162[1]
Cronologia
Shrek 2 (2004)
Shrek Forever After (2010)
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Shrek the Third (Shrek Terceiro BRA ou Shrek: O Terceiro POR) é um filme de animação norte-americano de 2007, e o terceiro filme da série Shrek. Foi produzido por Jeffrey Katzenberg, da DreamWorks Animation e distribuído pela Paramount Pictures. Foi lançado nos cinemas dos EUA em 18 de maio de 2007 (exatamente seis anos após o lançamento do primeiro filme).

Foi produzido com o título provisório de Shrek 3, sendo o nome mudado para evitar possíveis confusões com o curta Shrek 3-D. Como os dois primeiros filmes da série, o filme é muito baseado em temas do conto de fadas. O filme foi classificado como PG pela MPAA por algum humor negro, o conteúdo sugestivo e ação fanfarrão. Foi nomeado para Melhor Filme de Animação na escolha do Disney Channel 'Awards 2008.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Esta secção contém revelações sobre o enredo.

Após a morte da sua mãe Fada Madrinha, o Príncipe Encantado tenta ganhar a vida como ator de teatro, mas acaba sendo ridicularizado por sua falha tentativa em tomar o reino de Tão Tão Distante. Devastado, o Príncipe promete vingança. Enquanto isso, Shrek e Fiona tomam as funções de rei e rainha, enquanto o rei Harold está doente e aos cuidados da rainha Lilian. Cansado de sua vida de realeza temporária, Shrek percebe que este posto não é pra ele e decide que quer voltar a viver no pântano. No entanto, a doença do rei piora e ele fica perto da morte. Momentos antes de falecer, Harold diz que o único herdeiro do trono além de Shrek, é o seu sobrinho Arthur Pendragon, que estuda na universidade de Worcestershire.

Shrek, Burro e o Gato partem para a universidade atrás de Arthur, mas pouco antes de partirem, Fiona revela que está grávida, causando uma profunda comoção em Shrek. Enquanto isso, o Príncipe Encantado cria uma aliança com os vilões dos contos de fada e ataca o reino de Tão Tão Distante, atrapalhando o chá de bebê de Fiona, que foge por uma passagem secreta com sua mãe e as outras princesas, mas acabam sendo pegas e trancadas em uma cela fora do castelo.

Chegando em Worcestershire, Shrek conta a Arthur que ele será o novo rei de Tão Tão Distante, e o garoto fica entusiasmado com a ideia. Porém, durante a viagem, ele percebe que há responsabilidades demais no cargo e tenta desviar o navio para voltar. No meio de uma confusão, a embarcação é destruída e eles acabam encalhando numa ilha onde encontram o mago Merlim, um antigo professor de Arthur, que os ajuda a voltar para o reino, porém sua magia causa um efeito colateral e troca os corpos do Burro e do Gato.

Quando eles chegam, percebem que o reino foi tomado pelo vilões e agora é comandado pelo Príncipe Encantado. O Gato e o Burro são presos, enquanto Shrek e Arthur são enviados para serem mortos. O Príncipe pretende matar Shrek numa performance teatral ao vivo para todo reino, e quando ameaça a vida de Arthur, Shrek o impede e diz que Arthur não tem nada a ver com o reino e que ele o enganou o tempo todo. Encantado liberta Arthur que vai embora entristecido.

Fiona e as outras conseguem fugir da prisão e o Burro e o Gato encontram Arthur, que diz que Shrek salvou sua vida, pois Encantado iria matá-lo caso soubesse que ele seria o novo rei. Durante a performance teatral, Shrek é quase morto pelo Príncipe, quando Fiona e os outros, incluindo Arthur aparecem para salvá-lo. Arthur convence os vilões de que eles não são perdedores, fazendo-os abandonar a aliança com o Príncipe. Numa cena de batalha envolvendo Arthur e Shrek contra o Príncipe, o dragão aparece e derruba uma torre do cenário em cima do Príncipe.

Após o reino voltar ao normal, Arthur é coroado rei, e Merlim desfaz o feitiço no Burro e no Gato. Shrek retorna ao pântano e Fiona dá a luz a três ogros: Flatus, Fergus e Felicia.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagem Ator / Atriz Original Estados Unidos Dublagem Brasil
Shrek Mike Myers Mauro Ramos[2]
Burro Eddie Murphy Mário Jorge Andrade
Princesa Fiona Cameron Diaz Fernanda Crispim
Gato de Botas Antonio Banderas Alexandre Moreno
Arthur "Artie" Pendragon Justin Timberlake Gustavo Pereira
Encantado Rupert Everett Ettore Zuim
Rainha Lillian Julie Andrews Emília Rey
Rei Harold John Cleese Isaac Bardavid
Merlin Eric Idle Waldyr Sant'anna
Rainha Má Susanne Blakeslee Maria Helena Pader
Biscoito Conrad Vernon Marcelo Coutinho
Pinóquio Cody Cameron Manolo Rey
Doris Larry King Maurício Berger
Lancelot John Krasinski Ricardo Schnetzer
Capitão Gancho Ian McShane Bruno Rocha
Bela Adormecida Cheri Oteri Gabriella Bicalho
Mabel Regis Philbin Márcio Simões
Branca de Neve Amy Poehler Ana Lúcia Menezes
Rapunzel Maya Rudolph Márcia Coutinho
Cinderela Amy Sedaris Fernanda Baronne

Recepção[editar | editar código-fonte]

Da mesma forma de seus antecessores, Shrek Terceiro foi recebido de forma favorável, geralmente positiva. No site Rotten Tomatoes, acumulou uma aprovação de 81% no Metacritic Score foram 73% de aprovação..[3]

Além de boas críticas, o filme obteve uma bilheteria de US$121.629.270 na sua primeira semana, tendo sido exibido em 4.122 salas de cinema. Tal resultado é o segundo maior já obtido num fim de semana de estréia de um filme animado, atrás dos US$ 135 milhões de Procurando Dory em 2016, e a vigésima sexta maior abertura de todos os tempos. No total, o filme obteve uma bilheteria de US$ 322.719.944,00 nos Estados Unidos e US$ 476.238.218,00 no restante do mundo, totalizando US$798.957.162,00.[1] Foi também o quarto filme mais bem-sucedido nas bilheterias mundiais em 2007, atrás apenas de Homem-Aranha 3, Harry Potter e a Ordem da Fênix e Piratas das Caraíbas/do Caribe III.[4] Nos Estados Unidos, perdeu apenas para Homem-Aranha 3.[5]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A música incidental e os temas do filme foram compostos por Harry Gregson-Williams e posteriormente reunidas num álbum lançado em 19 de Junho de 2007. Adicionalmente, foi lançado um álbum contendo as canções inseridas no decorrer do filme, incluindo um dueto entre Eddie Murphy (Burro) e Antonio Banderas (Gato de Botas), uma versão cover de "Thank You (Falletin Me Be Mice Elf Again)".

Referências

  1. a b c «Shrek the Third (2007)». Box Office Mojo. Consultado em 1 de março de 2011. 
  2. «A difícil tarefa de suceder a voz de Bussunda em Shrek 3». Estadão. Consultado em 14 de maio de 2007. 
  3. «Shrek the Third». Rotten Tomatoes 
  4. «Bilheterias mundiais de 2007». Box Office Mojo 
  5. «Top 10 Movies of 2007 on Yahoo! Movies» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]