Penguins of Madagascar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com The Penguins of Madagascar.
Penguins of Madagascar
Pôster promocional
No Brasil Os Pinguins de Madagascar
Em Portugal Os Pinguins de Madagáscar
 Estados Unidos
2014 •  cor •  92 min 
Direção Eric Darnell
Simon J. Smith
Produção Mark Swift
Lara Breay
Tripp Hudson
Produção executiva Tom McGrath
Mireille Soria
Eric Darnell
Roteiro Michael Colton
John Aboud
Brandon Sawyer
Alan J. Schoolcraft
Brent Simons
Elenco Tom McGrath
Chris Miller
Christopher Knights
Conrad Vernon
Benedict Cumberbatch
Ken Jeong
Annet Mahendru
Peter Stormare
John Malkovich
Gênero animação
comédia
Música Lorne Balfe
Edição Nick Kenway
Companhia(s) produtora(s) DreamWorks Animation
Pacific Data Images
Darnell/McGrath Productions
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 26 de novembro de 2014
Portugal 4 de dezembro de 2014
Brasil 15 de janeiro de 2015
Idioma inglês
Orçamento US$ 132 milhões
Receita US$ 373 015 621

Penguins of Madagascar (bra: Os Pinguins de Madagascar[1]; prt: Os Pinguins de Madagáscar[2]) é um filme estadunidense de comédia, espionagem e ação animado em 3D, produzido pela DreamWorks Animation e distribuído pela 20th Century Fox. É um spin-off da franquia de filmes Madagascar, e uma continuação de Madagascar 3: Europe's Most Wanted, seguindo os pinguins Capitão, Kowalski, Rico e Recruta em seu próprio filme de espionagem.[3] O filme conta com os personagens da série televisiva The Penguins of Madagascar, que possui um enredo numa realidade alternada, ou seja, os acontecimentos da série não ocorreram no universo do filme.[4]

O filme é dirigido por Simon J. Smith e Eric Darnell,[5] e com roteiro de Michael Colton e John Aboud.[6] É estrelado pelas vozes de Tom McGrath, Chris Miller, Conrad Vernon, Christopher Knights, Benedict Cumberbatch, John Malkovich e Ken Jeong. O filme foi lançado em 26 de novembro de 2014 nos cinemas norte-americanos e 15 de janeiro de 2015 no circuito brasileiro.[7] Foi o único filme da franquia Madagascar a ser distribuído pela 20th Century Fox, bem como o filme final da DreamWorks Animation a ser produzido pela Pacific Data Images antes de seu fechamento em 22 de janeiro de 2015, com a DWA Glendale assumindo.[8]

Embora o filme tenha recebido críticas geralmente positivas dos críticos, ele também teve um desempenho inferior na bilheteria dos Estados Unidos (forçando uma redução do valor do estúdio), mas se saiu melhor internacionalmente, arrecadando US$ 373 milhões com um orçamento de US$ 132 milhões.[9]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após uma fuga deles do Circo Zaragoza, Capitão, Kowalski, Rico e Recruta são trazidos para os serviços do Vento do Norte, uma força-tarefa de elite disfarçada entre espécies que é dedicada a ajudar os animais indefesos que não podem ajudar a si mesmos. Os pinguins devem trabalhar com o Vento do Norte liderado por Secreto para impedir que o Dr. Octavius Brine tome conta do mundo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagem Voz
Capitão Tom McGrath[10]
Kowalski Chris Miller
Recruta Christopher Knights
Secreto Benedict Cumberbatch
Dave John Malkovich[6][10][11]
Pavio Curto Ken Jeong
Eva Annet Mahendru
Montanha Peter Stormare
Rei Julien Danny Jacobs
Mort Andy Richter
Documentarista Werner Herzog
Repórter Billy Eichner

Produção[editar | editar código-fonte]

Um filme com lançamento diretamente para DVD e Blu ray com os pinguins estava em desenvolvimento desde 2005, quando o primeiro filme da franquia Madagascar tinha sido lançado, com uma data de lançamento prevista para 2009.[12] Em março de 2011, foi anunciado que os pinguins ganharia seu próprio longa-metragem, semelhante a Puss in Boots de 2011, que seria dirigido por Simon J. Smith, o co-diretor de Bee Movie, produzido por Lara Breay, e escrito por Alan J. Schoolcraft e Brent Simons, os roteiristas de Megamente.[13]

Em julho de 2012, na Comic-Con, foi anunciado que o filme, intitulado Penguins of Madagascar, seria lançado em 2015.[14] Robert Schooley, um dos produtores da série dos Penguins, disse que o filme não seria relacionado com a série de TV de mesmo nome, mas ele disse que uma mudança também poderia ser possível.[15] Em setembro de 2012, a DreamWorks Animation e a distribuidora 20th Century Fox anunciaram a data de lançamento para 27 de março de 2015 e um novo par de escritores, Michael Colton e John Aboud.[16] Em agosto de 2013, foi relatado que Benedict Cumberbatch e John Malkovich tinha se juntado ao elenco de vozes.[6] Malkovich, a quem foi oferecido o papel do Dr. Octavius ​​Brine três anos e meio antes do lançamento do filme, disse a um público na Comic-Con de julho de 2014 que pensava que "era uma ideia engraçada" usar sua voz para um polvo.[17]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Em 20 de maio de 2014, a data de lançamento do filme foi adiantada para 26 de novembro de 2014, trocando de lugar com o filme Home, da DreamWorks Animation.[18] Jeffrey Katzenberg, CEO da DreamWorks Animation, argumentou que o filme, vindo de uma das franquias mais bem sucedidas da DWA, teria uma tarefa mais fácil para se destacar em torno da temporada de férias e Ação de Graças, enquanto Home tentará aproveitar o espeço de lançamento na primavera que está menos competitivo e repetir sucessos de lançamentos na primavera de alguns filmes originais da DWA, incluindo Os Croods e Como Treinar o Seu Dragão.[19] O filme foi lançado duas semanas antes na China em 14 de novembro de 2014, onde foi distribuído pela Oriental DreamWorks.[20]

O filme foi lançado também em formatos Real3D e 3D Digital.[21] Foi remasterizado digitalmente no formato IMAX e lançado em cinemas selecionados na Europa, Ásia, Oriente Médio e América Latina.[22] Uma série de quadrinhos de quatro edições baseada no filme foi publicada pela Titan Comics, escrita por Alex Matthews e desenhada por Lucas Fereyra.[23]

Home media[editar | editar código-fonte]

Os Pinguins de Madagascar foi lançado em DVD, Blu-ray e Blu-ray 3D em 17 de março de 2015.[24] Ele liderou a parada de vendas de vídeos domésticos em sua primeira semana.[25]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Os Pinguins de Madagascar arrecadou US$ 83,4 milhões na América do Norte e US$ 290,2 milhões em outros países, com um total mundial de US$ 373,6 milhões.[26] O orçamento de produção do filme foi de US$ 132 milhões, o que, de acordo com a presidente da DreamWorks Animation, Ann Dally, excluiu a possibilidade de "retorno baseado em incentivos".[27] No final de 2014, o estúdio teve que fazer uma redução no valor de US$ 57,1 milhões, principalmente relacionado às performances de Os Pinguins de Madagascar e outro filme de animação da DreamWorks, As Aventuras de Peabody e Sherman.[9] [28]

Os Pinguins de Madagascar foi lançado em 26 de novembro de 2014 na América do Norte e Canadá em 3.764 cinemas. Ele arrecadou US$ 6,25 milhões no dia da estreia e US$ 3,95 milhões no dia seguinte durante o Dia de Ação de Graças.[29] Ganhou US$ 10,5 milhões durante a Black Friday.[30] [31] O filme teve um desempenho inferior durante seu fim de semana de estreia, ganhando US$ 25,4 milhões e estreando em segundo lugar nas bilheterias, atrás de Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1, para o qual o 3D representou 24% de sua receita bruta do fim de semana de estreia.[32] O público do fim de semana de abertura foi dividido igualmente entre os menores e maiores de 25 anos, com 58% e mulheres representando 51%.[33]

O filme foi lançado na China em 14 de novembro[20], duas semanas antes de sua estreia na América do Norte, e arrecadou US$ 11,3 milhões em 3.500 telas, estreando em segundo lugar nas bilheterias chinesas, atrás de Interestelar (US$ 42 milhões).[34] Em seu fim de semana de estreia, o filme arrecadou US$ 36,5 milhões em 47 mercados.[35] No geral, as maiores aberturas foram na Rússia (US$ 8,2 milhões), Coréia (US$ 6 milhões), Itália (US$ 4,63 milhões), Alemanha (US$ 4,2 milhões) e Austrália (US$ 3,68 milhões).[36] [37] A estreia do filme na Alemanha foi a segunda maior para um filme de animação em 2014, atrás de Como Treinar o Seu Dragão 2.[36]

Crítica especializada[editar | editar código-fonte]

No site agregador de críticas Rotten Tomatoes, Os Pinguins de Madagascar detém uma taxa de aprovação de 73% com base em 116 resenhas, com uma classificação média de 6,2/10. O consenso crítico do site diz: "Os Pinguins de Madagascar são rápidos e coloridos o suficiente para entreter crianças pequenas, mas são loucamente tolos para oferecer diversão real ao cinema para toda a família.".[38] No Metacritic, o filme alcançou uma pontuação de 53 de 100 com base em análises de 31 críticos, indicando "análises mistas ou médias".[39] O público pesquisado pela CinemaScore deu ao filme uma nota média de A– em uma escala de A+ a F.[40]

Michael Rechtshaffen, do The Hollywood Reporter, fez uma crítica negativa ao filme, dizendo: "Embora haja muitas travessuras malucas para preencher um filme, toda aquela energia maníaca acaba se revelando mais exaustiva do que estimulante".[41] Elizabeth Weitzman, do New York Daily News, deu ao filme três de cinco estrelas, dizendo: "Concedido, não é um clássico, mas um roteiro atrevido e um trabalho de voz bem-humorado de Benedict Cumberbatch e John Malkovich devem manter crianças e adultos entretidos durante as férias.".[42] Ignatiy Vishnevetsky, do The A.V. Club, deu ao filme uma nota B, dizendo: "Frenético e freqüentemente engraçado, Os Pinguins de Madagascar representa o estilo da franquia da DreamWorks Animation, que se resume a animais falantes autoconscientes, mas ingênuos, que aprendem lições de vida para crianças - no seu nível mais palatável.".[43]

Bill Zwecker, do Chicago Sun-Times, deu ao filme três de quatro estrelas, dizendo: "Mais uma vez a equipe de Madagascar encontrou um vencedor, uma ótima maneira de começar o Dia de Ação de Graças e a experiência de ir ao cinema com toda a família.".[44] Lou Lumenick, do New York Post, deu ao filme uma de quatro estrelas, dizendo "Os Pinguins de Madagascar é uma coleção preguiçosa e barulhenta de clichês animados com TDAH que garantem dor de cabeça a qualquer pessoa com mais de 5 anos de idade, mesmo que você não veja em 3D opcional.".[45]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Lista de prêmios e indicações
Prêmio/Festival de Cinema Categoria Destinatário(s) Resultado
42º Prêmios Annie[46] Conquista notável para efeitos animados em uma produção animada Mitul Patel, Nicolas Delbecq, Santosh Khedkar e Yash Argawal Indicado
Conquista notável para a animação de personagens em uma produção de longa-metragem animada Ravi Kamble Indicado
Conquista notável para o design de personagens em uma produção de longa-metragem de animação Craig Kellman, Joe Moshier, Stevie Lewis e Todd Kurosawa Indicado
51º Prêmio Cinema Audio Society[47] Conquista notável em mixagem de som para filmes - animação Tighe Sheldon, Paul NJ Ottosson, Dennis Sands e Randy K. Singer Indicado
28º Kids' Choice Awards[48] Filme de animação favorito Eric Darnell e Simon J. Smith Indicado
11º Prêmio da Associação de Críticos de Cinema de St. Louis[49] Melhor Filme de Animação Indicado

Música[editar | editar código-fonte]

Lorne Balfe compôs a trilha sonora original do filme[50], sendo a sua primeira vez como compositor solo em um filme de animação da DreamWorks. Balfe escreveu a música adicional para os dois filmes anteriores de Madagascar e ajudou o compositor de Madagascar, Hans Zimmer, com a trilha para Megamente. A trilha sonora foi lançada em 25 de novembro de 2014, pelo Relativity Music Group.[50] A Relativity também lançou um EP, Penguins of Madagascar: Black & White Christmas Album, que contou com cinco canções natalinas.[50] O Pitbull cantou uma canção intitulada "Celebrate" para o filme, que foi exibida durante os créditos. Um videoclipe da música também foi lançado no YouTube em 21 de outubro de 2014.[51]

Referências

  1. «Os Pinguins de Madagascar». no AdoroCinema 
  2. Público. «Os Pinguins de Madagáscar». Cinecartaz. Consultado em 16 de julho de 2021 
  3. «THE STARS ALIGN FOR 2015 DREAMWORKS ANIMATION FILMS» (em inglês). New.pitchengine.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  4. Matt Goldberg (24 de julho de 2014). «PENGUINS OF MADAGASCAR Comic-Con Panel Recap: A Great DreamWorks Animated Film Might Be on the Way» (em inglês). Collider.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  5. Todd Cunningham (20 de maio de 2014). «DreamWorks Animation Switches Release Dates on 'Penguins of Madagascar' and 'Home'». The Wrap (em inglês). Thewrap.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  6. a b c Jeff Sneider (5 de agosto de 2013). «Benedict Cumberbatch, John Malkovich Join 'Penguins of Madagascar' (Exclusive)». WRAP (em inglês). Thewrap.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  7. «Agenda de estreias». AdoroCinema. 15 de janeiro de 2015. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  8. «DreamWorks Animation Shuttering PDI». Animation World Network (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  9. a b Bond, Paul; Bond, Paul (24 de fevereiro de 2015). «DreamWorks Animation Takes $57M Write-Down on 'Penguins of Madagascar'». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  10. a b «Sneak Peek: 'Penguins of Madagascar'». USA Today (em inglês). Usatoday.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  11. «'The Penguins of Madagascar' trailer: Spies and Benedict CumberbatchVIDEO». Jackson McHenry (em inglês). Insidemovies.ew.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  12. Ben Fritz (14 de setembro de 2005). «D'Works will rely on animal instinct». Variety (em inglês). Variety.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  13. Borys Kit (11 de agosto de 2011). «'Madagascar' Spin-Off to Be Helmed by 'Bee Movie' Co-Director (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Hollywoodreporter.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  14. Adam B. Vary (12 de julho de 2012). «DreamWorks Animation Comic-Con panel: Caveman families and penguin movies!» (em inglês). Insidemovies.ew.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  15. «Email Interview With Robert Schooley» (em inglês). Totalmediabridge.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  16. «New Distributor Twentieth Century Fox Unveils DreamWorks Animation's Release Slate Through 2016». ir.dreamworksanimation.com. 9 de setembro de 2012. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  17. «Penguins of Madagascar Comic-Con Panel Recap». Collider (em inglês). 25 de julho de 2014. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  18. «DreamWorks Animation Moves Up 'Penguins Of Madagascar' Bow, Bumps 'Home' To 2015» (em inglês). Deadline.com. 20 de maio de 2014. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  19. «DreamWorks Animation SKG's (DWA) CEO Jeffrey Katzenberg on Q2 2014 Results - Earnings Call Transcript» (em inglês). Seekingalpha.com. 29 de julho de 2014. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  20. a b D'Alessandro, David Robb,Anthony; Robb, David; D'Alessandro, Anthony (21 de outubro de 2014). «'Penguins Of Madagascar' Will Hit China Before Opening Stateside». Deadline (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  21. Natália Bridi (6 de agosto de 2014). «Pinguins de Madagascar ganha novo trailer». Omelete. Omelete. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  22. Vlessing, Etan; Vlessing, Etan (30 de outubro de 2014). «Imax Signs Four-Picture Deal With 20th Century Fox». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  23. «Titan Announces New Dreamworks Animation "Penguins of Madagascar" Comic». CBR (em inglês). 15 de setembro de 2014. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  24. «DreamWorks' Penguins of Madagascar Waddles Onto Blu-ray and DVD». ComingSoon.net. 20 de janeiro de 2015. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  25. Arnold, Thomas K.; Arnold, Thomas K. (25 de março de 2015). «'Penguins of Madagascar' Debuts at No. 1 on Home Video Sales Chart». Variety (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  26. «Penguins of Madagascar». Box Office Mojo. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  27. «DreamWorks Animation SKG's (DWA) CEO Jeffrey Katzenberg on Q3 2014 Results - Earnings Call Transcript | Seeking Alpha». seekingalpha.com (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  28. Inc, DreamWorks Animation SKG. «DreamWorks Animation Reports Fourth Quarter And Year-End 2014 Financial Results». www.prnewswire.com (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  29. Tartaglione, Nancy; Tartaglione, Nancy (28 de novembro de 2014). «Turkey Day Domestic Box Office Dips As 'Mockingjay' Flies Past $200M Overseas». Deadline (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  30. Khatchatourian, Maane; Khatchatourian, Maane (29 de novembro de 2014). «Box Office: 'Mockingjay' Rules Black Friday With $24.1 Million as 'Horrible Bosses 2' Stumbles». Variety (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  31. D'Alessandro, Anthony; D'Alessandro, Anthony (1 de dezembro de 2014). «'Mockingjay' Up In Actuals, 'Penguins', 'Bosses' A Bit Softer — Weekend B.O.». Deadline (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  32. D'Alessandro, Anthony; D'Alessandro, Anthony (1 de dezembro de 2014). «'Mockingjay' Up In Actuals, 'Penguins', 'Bosses' A Bit Softer — Weekend B.O.». Deadline (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  33. «Weekend Report: 'Hunger Games' Devours Undercooked Franchise Titles Over Thanksgiving». Box Office Mojo. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  34. Tartaglione, Nancy; Tartaglione, Nancy (18 de novembro de 2014). «'Interstellar' At $226M Overseas As China, Korea Show Endurance: Intl' Box Office FINAL». Deadline (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  35. «Around-the-World Roundup: 'Mockingjay' Repeats, 'Interstellar' Nears $400 Million». Box Office Mojo. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  36. a b Tartaglione, Nancy; Tartaglione, Nancy (2 de dezembro de 2014). «'Mockingjay', 'Interstellar' Hold Fast Versus Newcomers: Int'l B.O. Update». Deadline (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  37. Tartaglione, Nancy; Tartaglione, Nancy (6 de janeiro de 2015). «'Sniper' Hits Bullseye For Eastwood In Italy, 'Hobbit' Grows: Intl BO Update». Deadline (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  38. Penguins of Madagascar (em inglês), consultado em 27 de setembro de 2021 
  39. Penguins of Madagascar, consultado em 27 de setembro de 2021 
  40. «Cinemascore :: Movie Title Search». web.archive.org. 20 de dezembro de 2018. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  41. Staff, T. H. R.; Staff, T. H. R. (12 de novembro de 2014). «'Penguins of Madagascar': Film Review». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  42. Weitzman, Elizabeth. «'Penguins of Madagascar,' movie review». nydailynews.com. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  43. «Penguins Of Madagascar is DreamWorks Animation at its most amusingly energetic». The A.V. Club (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  44. «'Penguins of Madagascar': A happy feat of action, comedy». web.archive.org. 8 de dezembro de 2014. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  45. Archive, View Author; Author, Email the; Twitter, Follow on; feed, Get author RSS (25 de novembro de 2014). «'Penguins of Madagascar' stinks on (and off) ice». New York Post (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  46. Hipes, Patrick; Hipes, Patrick (1 de dezembro de 2014). «Annie Awards Nominations Unveiled». Deadline (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  47. Team, The Deadline; Team, The Deadline (13 de janeiro de 2015). «CAS Awards Nominees Sound Familiar – But Not All Of Them». Deadline (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  48. Castillo, Monica (27 de março de 2015). «Kids' Choice Awards Nominees 2015: A Nominations Refresher List Before The March 28 Award Show». International Business Times. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  49. «St Louis Film Critic Nominees». Awardsdaily - The Oscars, the Films and everything in between. (em inglês). 11 de dezembro de 2014. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  50. a b c «'Penguins of Madagascar' Soundtrack Announced | Film Music Reporter» (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
  51. Menyes, Carolyn (27 de outubro de 2014). «WATCH: Pitbull, the Penguins of Madagascar Team Up for "Celebrate" Music Video». Music Times (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre animação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.