Ação de Graças

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dia de Ação de Graças
The First Thanksgiving Jean Louis Gerome Ferris.png
Pintura da primeira celebração de Ação de Graças.
Nome oficial Thanksgiving Day (em inglês)
Seguido por Norte-americanos, canadenses e caribenhos
Data segunda-feira de outubro (Canadá)
quinta-feira de novembro (EUA)
Ano de 2015 12 de outubro (Canadá)
26 de novembro (EUA)
Ano de 2016 10 de outubro (Canadá)
24 de novembro (EUA)

O Dia de Ação de Graças (AO 1945: Dia de Acção de Graças), conhecido em inglês como Thanksgiving Day, é um feriado celebrado sobretudo nos Estados Unidos, no Canadá e nas ilhas do Caribe, observado como um dia de gratidão a Deus, com orações e festas, pelos bons acontecimentos ocorridos durante o ano.

Origem[editar | editar código-fonte]

O feriado nos Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Primeiramente, o dia de Ação de Graças era comemorado na quarta quinta-feira do mês de novembro, na região da Nova Inglaterra, sob a forma de festivais cristãos em agradecimento às boas colheitas realizadas no ano. Por esta razão, o Dia de Ação de Graças é comemorado no outono (do hemisfério norte), após a colheita ter sido recolhida e atualmente é comemorado na última quinta-feira de novembro.

O primeiro deles foi celebrado em Plymouth, Massachusetts, pelos colonos que fundaram a vila em 1620, no ano seguinte, depois de más colheitas e inverno rigoroso, os colonos tiveram uma boa colheita de milho no verão de 1621. Por ordem do governador da vila, em homenagem ao progresso desta safra em anos anteriores, a festa foi marcada no início do outono de 1621. Homens de Plymouth mataram patos e perus. Outros alimentos que faziam parte do cardápio foram peixes e milho. Cerca de noventa índios também participaram do festival. Todos comeram ao ar livre em grandes mesas.

Jantar típico de um dia de Ação de Graças.

No entanto, durante muitos anos, o Dia de Ação de Graças não foi instituído como feriado nacional, sendo observado como tal em apenas certos estados, como Nova York, Massachusetts e Virgínia. Em 1863, o então presidente dos Estados Unidos, Abraham Lincoln, declarou que a quarta quinta-feira de novembro seria o Dia Nacional de Ação de Graças.

Mas em 1939, o presidente Franklin Delano Roosevelt instituiu que este dia seria celebrado na terceira semana de novembro, a fim de ajudar o comércio, aumentando o tempo disponível para propagandas e compras antes do Natal (na época, era considerado inapropriado para produtos publicitários à venda antes do dia de Ação de Graças). Como a declaração de Roosevelt não era mandatória, 23 estados adotaram a medida instituída por Roosevelt e 22 não o fizeram, com o restante tomando ambas quintas-feiras (a terceira e a quarta semana de novembro) como Dia de Ação de Graças. O Congresso dos Estados Unidos, para resolver esse impasse, então instituiu que o Dia de Ação de Graças seria comemorado definitivamente na quinta-feira da quarta semana de novembro e que seria um feriado nacional.

Tanto nos Estados Unidos e no Canadá, Dia de Ação de Graças é geralmente um dia quando as pessoas usam seu tempo livre para estar com a família, fazendo grandes reuniões e jantares familiares. É também um dia em que muitas pessoas dedicam seu tempo para pensamentos religiosos, orações e missas.

O Dia de Ação de Graças é comemorado com grandes desfiles e também nos Estados Unidos, com a realização dos jogos de futebol. O prato principal do Dia de Ação de Graças geralmente é o peru, o que dá ao Dia de Ação de Graças o apelido de "Dia do Peru" (Turkey Day). Além disso, os cookies também são muito tradicionais nessa data.

O feriado no Canadá[editar | editar código-fonte]

Enquanto alguns pesquisadores afirmam que "não há nenhuma narrativa convincente sobre as origens do dia de Ação de Graças canadense", a primeira ação de graças canadense é muitas vezes lembrada em 1578 pelo explorador Martin Frobisher. Frobisher, que estava tentando encontrar a Passagem do Noroeste para o Oceano Pacífico, realizou a sua festa de Ação de Graças não para a colheita, mas em agradecimento por sobreviver à longa viagem da Inglaterra através dos perigos de tempestades e icebergs. Em sua terceira e última viagem ao extremo norte, Frobisher realizou uma cerimônia formal em Frobisher Bay na ilha de Baffin (atual Nunavut) para dar graças a Deus em um serviço ministrado pelo pregador Robert Wolfall eles celebraram a Comunhão.

As origens do Dia de Ação de Graças canadense também às vezes são lembrados pelos colonos franceses que vieram para a Nova França com o explorador Samuel de Champlain, no início do século XVII, que comemorou as suas colheitas de sucesso. Os colonos franceses na área tiveram tipicamente festas no final da época de colheita e continuou durante toda a temporada de inverno, até mesmo compartilhar comida com os povos indígenas da região.

Como os colonos chegaram no Canadá a partir da Nova Inglaterra, no final do outono, celebrações de Ação de Graças se tornou comum. Novos imigrantes no país, como os irlandeses, escoceses e alemães também acrescentou suas próprias tradições para as celebrações da colheita. A maioria dos aspectos dos EUA de Ação de Graças (como o peru), foram incorporados quando houve o Império Unido Legalista, começaram a fugir dos Estados Unidos durante a Revolução Americana e se estabeleceram no Canadá.

Ação de Graças é agora um feriado estatutário na maioria das jurisdições do Canadá, com exceção das Províncias atlânticas do Canadá de Ilha do Príncipe Eduardo, Terra Nova e Labrador, Nova Brunswick e Nova Escócia.

O feriado no Caribe[editar | editar código-fonte]

Na região do Caribe, o Dia de Ação de Graças é celebrado de modo muito similar às celebrações realizadas nos Estados Unidos da América e do Canadá.

O Dia de Ação de Graças em outros países[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o então presidente Gaspar Dutra instituiu o Dia Nacional de Ação de Graças, através da lei 781, de 17 de agosto de 1949,[1] por sugestão do embaixador Joaquim Nabuco, entusiasmado com as comemorações que vira em 1909, na Catedral de São Patrício, quando embaixador em Washington. Em 1966, a lei 5110 estabeleceu que a comemoração de Ação de Graças se daria na quarta quinta-feira de novembro.[1] Esta data é lembrada por muitas famílias de origem americana, por algumas denominações Cristãs Protestantes, como a Igreja Luterana IELB (de origem americana), a Igreja Presbiteriana, a Igreja Batista, a Igreja Metodista, universidades confessionais metodistas[2] e cursos de inglês. Também celebram igrejas evangélicas como a Igreja do Evangelho Quadrangular.

Portugal[editar | editar código-fonte]

Em Portugal o dia de Ação de Graças não é comemorado.[3].

Referências

  1. a b Dia Nacional de Ações de Graças Ministério da Justiça e Cidadania
  2. Novembro - mês mundial de ação de graças Universidade Metodista de São Paulo
  3. Dia de Ação de Graças em Portugal

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ação de Graças