Maya Rudolph

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Maya Rudolph
Maya Rudolph em 2012
Nome completo Maya Khabira Rudolph
Nascimento 27 de julho de 1972 (50 anos)
Gainesville, Flórida
Ocupação Atriz, comediante dubladora e cantora
Atividade 1996 - presente
Progenitores Mãe: Minnie Riperton

Pai: Richard Rudolph

Cônjuge Paul Thomas Anderson (2001 - presente)
Emmys
Melhor Atriz Convidada em Série de Comédia
2020 - Saturday Night Live
Melhor Dublagem
2020 - Big Mouth

Maya Khabira Rudolph (Gainesville, 27 de julho de 1972), mais conhecida apenas por Maya Rudolph é uma atriz, comediante e cantora norte-americana de ascendência judaica asquenazi e afro-americana. Filha da cantora Minnie Riperton e do músico e produtor musical Richard Rudolph, sendo neta paterna do conhecido filantropo e empresário Sidney Rudolph. Maya iniciou sua carreira em meados dos anos 90, como membro da banda de rock alternativo The Rentals, antes de se juntar à trupe de improvisação "The Groundlings", no final da década. De 2000 a 2007, Maya fez parte do elenco de Saturday Night Live, tornando-se conhecida por sua grande variedade de imitações, interpretando mulheres negras, mulheres brancas, mulheres latino-americanas e até mulheres asiáticas, isso devido a sua herança mestiça. De lá pra cá, atuou em vários filmes como Idiocracia, Away We Go, Bridesmaids, Grown Ups, A Prairie Home Companion e MacGruber. Em 2011, coestrelou a sitcom do canal de televisão NBC Up All Night.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Maya Rudolph nasceu em Gainesville, na Flórida. Ela é filha da cantora e compositora de R&B e soul music, Minnie Riperton e do compositor, músico, editor e produtor musical Richard Rudolph.

Maya possui ascendência multirracial, por parte de seu pai descende de famílias da Comunidade Judaica Norte-Americana e de Afro-Americanos por parte de sua mãe. Seu pai Richard Rudolph é judeu asquenazi e lhe deu o nome "Maya Khabira", de origem hebraica. Sua mãe era afro-americana cujos ancestrais pertenceram a um proprietário de escravos de Kentucky que os libertou de sua própria vontade quase 40 anos antes da Proclamação de Emancipação nos Estados Unidos.

Seu pai possui origem judaica asquenazita, de uma família de judeus com origens provenientes da Lituânia, Rússia, Alemanha e Hungria. Seu avô paterno era Sidney Rudolph, um filantropo e empresário conhecido por ter sido dono de todos os restaurantes de Wendy's e Rudy no Condado de Miami-Dade na Flórida. Depois que sua mãe morreu, pouco antes do seu sétimo aniversário, ela foi criada apenas por seu pai judeu e se identifica como judia.[3][4][5][6][7]

O bisavô de sua linhagem paterna era um imigrante judeu do então Império Russo, hoje atual Lituânia, chamado “Julius Abraham Rudashevsky”, nascido em Vilnius, capital da Lituânia e um dos maiores centros mundiais de cultura e teologia judaica, filho de Yisroel Dovid Rudashevsky e Sara Gordon, tendo emigrado em uma viagem solo de Vilnius para Nova York em 1902 com apenas 21 anos na época e tendo mudado seu sobrenome original de "Rudashevsky" para "Rudolph".

Apenas três anos após o processo de sua naturalização, o bisavô de Maya também foi um dos membros fundadores da Congregação Beth Shalom, uma grande sinagoga judaica conservadora que existe até hoje no bairro de Squirrel Hill North em Pittsburgh na Pensilvânia, mantendo a tradição judaica asquenazi. A bisavó de Maya, se chamava Nellie Eliashof, nascida em Kovno (Lituânia), filha de pais judeus, Samuel Eliashof e Hannah “Annie” Eliashof.[8]

A avó paterna de Maya era Muriel Eileen Neufeld, filha de Ralph Neufeld e Blanche Edith Toffler. Muriel nasceu em Chicago, Illinois. O pai de Ralph, Nathan Neufeld, era um imigrante judeu da Alemanha. A mãe de Ralph, Rebecca W. Wolf, nasceu na Louisiana, também filha de pais judeus alemães. Blanche Edith Toffler nasceu em Leavenworth, Kansas, filha de pais judeus húngaros, Alex Toffler e Meriam “Marie” Toffler.

O lado judaico de sua família paterna pôde ser rastreado até o ano de 1773 na Europa, pela série de televisão Finding Your Roots na PBS. Maya abordou seu judaísmo com humor ao longo dos anos, disse que após a morte de sua mãe afro-descendente a cantora Minnie Riperton, ela se sentia mais como sendo um "outro", por ser "misturada", meio que cresceu se sentindo órfã pela idéia de herança racial. Indo para a escola com crianças brancas e principalmente judias. Maya definiu seu pai Richard Rudolph, como um "judeu adorável", que não sabia pentear o cabelo da filha, que após ter ficado viúvo criou os filhos sozinho como pai solteiro. Maya recebia cuidados periódicos com o cabelo, sempre que suas tias, as irmãs de Minnie iam visitá-los.[9][10][11][12]

O avô materno de Maya se chamava Daniel Webster Riperton, filho de George Riperton e Molly L. Grigsby, Daniel nasceu em Hustonville (Kentucky) e era afro-americano. George era filho de Henriette Lily Meaux, cujos pais, John Black Meaux e Lucinda, nasceram escravos em Kentucky. Seu dono os libertou com mais outros 59 escravos após sua morte. Molly era filha de James Grigsby, cujos pais também nasceram na escravidão, e de Delia Crow.

A avó materna de Maya se chamava Thelma Inez Matthews era filha de Chester A. Matthews e Elizabeth “Bettie” Minnie Grundy. Thelma nasceu em Holmes County, Mississippi era afro-americana. Chester era filho de John Edward Matthews e Isabella McIntosh. Elizabeth era filha de William Grundy e Ella Smith. Um teste de DNA descobriu que uma parte de seu lado afro-americano da família pôde ser rastreada até o Sudeste da Ásia e Madagascar.[13]

Os pais de Maya se mudaram para Los Angeles, Califórnia, quando ela e seu irmão mais velho Marc Rudolph, eram muito jovens, e eles cresceram principalmente no bairro de Westwood. Perto do final da música "Lovin' You", Minnie Riperton pode ser ouvida cantando "Maya" uma e outra vez. Minnie Riperton incorporou isso em sua performance da música no "The Midnight Special". A mãe de Maya, a cantora Minnie Riperton morreu em 12 de julho de 1979, aos 31 anos, vítima de um câncer de mama. A madrinha de Maya era a cantora de R&B Teena Marie. Em 1990, Maya Rudolph se formou na Crossroads School em Santa Monica, Califórnia, onde ela fez amizade com os colegas Gwyneth Paltrow e Jack Black, e continuou seus estudos na Universidade da Califórnia, Santa Cruz, onde se graduou em 1995 com um bacharel em artes.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Maya Rudolph mantém um relacionamento com o diretor Paul Thomas Anderson desde 2001, apesar de não serem legalmente casados, ela o chama de marido. Eles moram juntos com seus quatro filhos. Eles têm três filhas e um filho: Pearl (nascido em 2005), Lucille (nascido em 2009), Jack (nascido em 2011) e Minnie (nascido em 2013).

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Nota
1997 As Good as It Gets Policial
Gattaca Enfermeira Delivery
2000 Chuck & Buck Jamilla
Duets Karaoke Hostess
2003 Duplex Tara
2004 Wake Up, Ron Burgundy: The Lost Movie Kanshasha X
50 First Dates Stacy
2006 A Prairie Home Companion Molly
Idiocracy Rita
2007 Shrek the Third Rapunzel Voz
2009 Away We Go Verona De Tessant
2010 MacGruber Casey Fitzpatrick
Grown Ups Deanne McKenzie
2011 Bridesmaids Lillian Donovan
Zookeeper Mollie Voz
Friends with Kids Leslie
2013 The Way, Way Back Caitlyn
Grown Ups 2 Deanne McKenzie
Turbo Burn
2014 The Nut Job Precious
Inherent Vice Petunia Leeway
Big Hero 6 Aunt Cass Voz[14][15]
2015 Strange Magic Griselda Voz
Maggie's Plan Felicia
A Very Murray Christmas Lounge Singer
Sisters Brinda
2016 Mr. Pig Eunice
The Angry Birds Movie Matilda Voz
Poppy Voz (não creditada)
Popstar: Never Stop Never Stopping Deborah
My Entire High School Sinking Into the Sea Verti Voz
2017 CHiPs Sargento Gail Hernandez
We Don't Belong Here Joanne
The Emoji Movie Smiler Voz
The Nut Job 2: Nutty by Nature Preciosa
2018 Life of the Party[16] Christine Davenport
The Happytime Murders[17] Bubbles
2019 The Lego Movie 2: The Second Part Mãe / Dorothy Gale Voz
Wine Country Naomi
The Angry Birds Movie 2 Matilda Voz
2020 The Willoughbys Nanny (voz)
Hubie Halloween Mrs. Hennessey
2021 Connected Linda Mitchell (voz)
Luca Daniela Peguro (voz)

Referências

  1. Ramos, Dino-Ray; Ramos, Dino-Ray (16 de setembro de 2018). «Maya Rudolph Talks Being Hair-Shamed On 'Saturday Night Live', Playing Non-Race Specific Characters». Deadline (em inglês). Consultado em 23 de novembro de 2021 
  2. «Obituary for Sidney J Rudolph (Aged 80)». Miami, Florida. The Miami Herald. 50 páginas. 24 de dezembro de 1992. Consultado em 9 de maio de 2022 
  3. «Black and Jewish: Stars With Hebrew Heritage». BET (em inglês). Consultado em 11 de março de 2022 
  4. 973 (12 de janeiro de 2009). «Hollywood Now: Interfaith Celebs Maya Rudolph, Lea Michele & Big Brain Theory Winner». 18Doors (em inglês). Consultado em 11 de março de 2022 
  5. Após a morte de sua mãe, Rudolph disse que se sentia mais como o “outro” do que nunca. Indo para a escola com principalmente crianças judias e brancas, ela se sentia diferente das outras crianças da escola, mas usava o humor a seu favor, uma habilidade que a seguiu ao longo de sua carreira.
  6. «Maya Rudolph». Perfil dos Famosos. Consultado em 2 de abril de 2022 
  7. «Maya Rudolph Bio, Crianças, Marido, Pais, Vida Familiar e Relacionamentos». offradranch.com. Consultado em 2 de abril de 2022 
  8. Images, Getty. «Maya Rudolph Traces Her Roots — All the Way Back to Vilna». The Forward (em inglês). Consultado em 10 de março de 2022 
  9. Images, Getty. «Maya Rudolph Traces Her Roots — All the Way Back to Vilna». The Forward (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  10. «Maya Rudolph - Biografia, Marido, Filhos, Mãe, Irmão, Família, Etnia, Fortuna». cronocaron.com. Consultado em 4 de março de 2022 
  11. Images, Getty. «Maya Rudolph Traces Her Roots — All the Way Back to Vilna». The Forward (em inglês). Consultado em 10 de março de 2022 
  12. Images, Getty. «Maya Rudolph Traces Her Roots — All the Way Back to Vilna». The Forward (em inglês). Consultado em 11 de março de 2022 
  13. “Sendo misturada, eu meio que cresci me sentindo órfã pela ideia de minha herança,” ela diz para apresentar Henry Louis Gates Jr. no episódio. “Sei que sou de povos, mas não sei quem são.”
  14. «Disney's 'Big Hero 6' Adds Maya Rudolph to Top-Secret Voice Cast (Exclusive)». 28 de abril de 2014 
  15. «Cast Announcement: Six Reasons We Can't Wait to See Big Hero 6». Oh My Disney. 13 de julho de 2014. Consultado em 14 de julho de 2014 
  16. Kit, Borys (4 de agosto de 2016). «Maya Rudolph Joins Melissa McCarthy Comedy 'Life of the Party' (Exclusive)». The Hollywood Reporter. Consultado em 4 de agosto de 2016 
  17. McNary, Dave (23 de agosto de 2017). «Maya Rudolph to Reunite With Melissa McCarthy in 'Happytime Murders'». Variety. Consultado em 14 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Maya Rudolph