Omi (cantor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
OMI
Informação geral
Nome completo Omar Samuel Pasley
Nascimento 3 de setembro de 1986 (31 anos)
Local de nascimento Clarendon, Jamaica
País  Jamaica
Gênero(s) Pop, reggae, hip hop
Ocupação(ões) Cantor e compositor.
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 2012-atualmente
Gravadora(s) Ultra Records
Afiliação(ões) Felix Jaehn
Página oficial omimusiconline.com

OMI, nome artístico de Omar Samuel Pasley (Clarendon, Jamaica, 3 de setembro de 1986), é um cantor e compositor jamaicano conhecido pela single Cheerleader, sucesso mundial em uma versão remixada pelo DJ alemão Felix Jaehn. Ele atualmente tem contrato com a Ultra Music, uma parte da Sony Music.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Omar Samuel Pasley nasceu na paróquia de Clarendon, Jamaica.[2] OMI foi para Kingston, depois de ser descoberto pelo empresário Clifton Dillon (conhecido como Specialist) e assinou contrato com a Oufah, um rótulo jamaicano independente.[3] Seu primeiro hit foi "Standing On All Threes", lançado com um vídeo musical.

OMI compôs em 2008 uma canção intitulada "Cheerleader", mas só a música só foi gravada e lançada em 2012. Foi lançada na Jamaica mesmo com um baixo orçamento, o clipe musical considerado high-concept, filmado em Oregon durante a primeira viagem do OMI para os Estados Unidos, tornando-se um sucesso modesto na Jamaica e também popular no Havaí e em Dubai. Nunca lançou um álbum, porém OMI teve vários sucessos locais na Jamaica como "Take It Easy", "Fireworks" (acompanhado de um vídeo musical) e "Color of My Lips", este último ao lado de Busy Signal, um conhecido artista de dance reggae jamaicano.

2014–presente: Cheerleader[editar | editar código-fonte]

Em 2014, a faixa "Cheerleader" tem uma segunda vida quando Patrick Moxey, o presidente da Ultra Music, um selo de dance music, propriedade da Sony Music ouviu a canção e gostou, oferecendo-se para remixar a música e relançá-la como uma versão de dance de pista. No início de 2014,a Ultra Music encomendou dois remixes para a música, um por Ricky Blaze e outro por Felix Jaehn, um produtor musical alemão. Eventualmente Ultra Music optou pela arejada versão tropical house de "Cheerleader" que foi remixada por Jaehn.

O remix inicialmente se tornou um enorme sucesso na Suécia, eventualmente certificada com cinco discos de platina. Logo a música se espalhou por outras paradas europeias, notavelmente na França, na Itália e na Alemanha. Ele liderou as paradas em vários países europeus e na Austrália. No Reino Unido, OMI fez história em 24 de maio de 2015, quando "Cheerleader" liderou a UK Singles Chart por quatro semanas consecutivas, marcando o mais longo período consecutivo de qualquer artista jamaicano na posição mais alta da lista.[4] Nos Estados Unidos, a canção entrou no Billboard Hot 100 em maio de 2015.[5]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Título Videoclipe
2012 "Standing On All Threes" Sim
"Cheerleader" Sim
"Christmas Medley Special" Sim
2013 "Take It Easy" Sim
"Fireworks" Sim
"My Old Lady" Não
"Baby Mama Drama" Não
2014 "Boom Riddim" (com Shabba Ranks) Não
"Cheerleader" (remix com Ricky Blaze) Sim
"Color of My Lips" (com Busy Signal) Não
"Color of My Lips" (remix em espanhol com Busy Signal e Zlayer) Não
2015 "Cheerleader" (remix com Felix Jaehn) Sim
2016 ´´ Hula Hoop´´ Sim

Referências

  1. «Omi's remix hits platinum» (em inglês). www.jamaicaobserver.com. Consultado em 24 de julho de 2015 
  2. «Biography of OMI - Future of music» (em inglês). www.omimusiconline.com. Consultado em 24 de julho de 2015 
  3. «OMI Soars With 'Cheerleader' Remix and Aims to Keep Riding High» (em inglês). www.nytimes.com. Consultado em 24 de julho de 2015 
  4. «Omi makes UK history» (em inglês). www.jamaicaobserver.com. Consultado em 24 de julho de 2015 
  5. «The Hot 100 - MAY 9, 2015» (em inglês). www.billboard.com. Consultado em 24 de julho de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]