Gretchen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Gretchen (desambiguação).
GRETCHEN
Informação geral
Nome completo Maria Odete Brito de Miranda
Também conhecido(a) como Rainha do Rebolado
Rainha do BumbumRainha dos Memes e Rainha do Youtube
Nascimento 29 de maio de 1959 (57 anos)
Nacionalidade  brasileira
Gênero(s)
Ocupação(ões) Cantora, dançarina, youtuber
Filho(s) Thammy Miranda,Sérgio Aversani,Décio Nascimento Jr.,Grabriel Miranda,Giullia Vitória Cezimbra,Valentina Miranda
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1978—presente
Outras ocupações Atriz
Influência(s) Charo, Donna Summer
Página oficial www.gretchen.com.br

Maria Odete Brito de Miranda (Rio de Janeiro, 29 de maio de 1959), artisticamente conhecida como Gretchen, é uma cantora, dançarina e youtuber brasileira.

Casada com o Empresário Português Carlos Marques, Irmã da também cantora e apresentadora Sula Miranda e mãe de Thammy Miranda, Gretchen vendeu cerca de 15 milhões de discos durante quase quatro décadas de carreira.

Após participar de dois Reality Shows Brasileiros, Troca de Familia, A Fazenda e Power Couple Brasil ambos da Rede Record, Gretchen lançou livro sobre sua vida. Intitulado "Gretchen - Uma Biografia Quase Não Autorizada", a obra vai abordar os temas polêmicos que já fizeram o pseudônimo de Maria Odete virar manchete. Escrita pela dupla Fábio Fabretti e Gerson Couto, a biografia é uma espécie de almanaque, divida em três partes: um texto de Gretchen narrado em primeira pessoa, depoimentos de famosos como Fernanda Lima, Ivete Sangalo e Jean Willys, e uma seção com fotos e notícias sobre ela.

Então anuncia o fim de sua carreira para viver em Paris, anuncio esse que não durou muito tempo, após uma série de Shows feitos na Suiça, Portugal, Paris e duas edições em Dublin pela B&M Productions, dos Empresários Bruno Thenner e Michael Kruse, ela não consegue parar, ainda mais após os titulos de Rainha dos Memes pela UOL e Rainha do YouTube, tendo mais de 100.000 Likes e 5.000.000 de Visualizações em seus videos, e tudo isso em menos de 40 dias após o lançamento do seu canal "Gretchen & Você" Oque a mantem constantemente em noticias nas redes de comunicacão, sempre quando retorna ao Brasil, sua agenda é uma verdadeira loucura, entre Shows, Presenças, Eventos e Entrevistas que vão do "Oiapoque ao Chuí"

E mais recentemente, suas idas a Irlanda resultaram em sua nova parceria com a B&M Productions que ja administrava uma parte das vendas de seus Shows na Europa e no Brasil, e agora tendo o Empresário Michael Kruse como seu novo Manager


Ícone[1][2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Gretchen iniciou a carreira como crooner da orquestra do Maestro Zaccaro em 1976. O convite para integrar a banda veio após Maria Odete ter vencido o Festival do Colégio Objetivo.[3]

Ainda na adolescência, integrava o grupo As Melindrosas juntamente com suas irmãs Sula Miranda, Yara e a prima Paula. O primeiro LP, "Disco Baby", já estava pronto enquanto a gravadora Copacabana procurava 4 meninas para a divulgação do material, Após a escolha e o início da divulgação com exibição do clipe no programa Fantástico e várias outras aparições em programas de TV, o LP alcançou a marca de um milhão de cópias vendidas e recebeu nota na revista musical Billboard.[4] Em um período de dois anos, o LP já havia vendido quatro milhões de cópias, segundo o produtor Jorge Gambier, mas neste período Gretchen já havia abandonado o grupo e seguiu em carreira solo.[4]

Carreira solo[editar | editar código-fonte]

Dois anos, em 1978, depois do sucesso no grupo As Melindrosas, Santiago Malnati, conhecido nos meios musicais da época como Mister Sam,viu-a em num programa de calouros e a lançou em carreira solo.[3]

No fim dos anos 1970, na Era Disco, seu primeiro trabalho foi com o compacto Dance With Me. A estréia de Maria Odete como "Gretchen" para o grande público da TV aconteceu no Programa Carlos Imperial, na extinta Rede Tupi. Seu nome artístico foi inspirado no título do filme Aleluia Gretchen.[5]

Seus sucessos foram Freak Le Boom Boom, Conga Conga Conga e o Melô do Piripiri (Je Suis La Femme) (os dois primeiros receberam disco de ouro e o terceiro disco de platina), entre outros. Pelas décadas seguintes é associada a estes seus mais conhecidos hits.[6] Neste período, Gretchen tornou-se recordista por chegar a mil espetáculos em menos de três anos, sendo uma das mais bem sucedidas artistas brasileiras da época.[7]

Ela se apresentou na Coreia do Sul, por toda a Europa e Estados Unidos, inclusive com shows de lambada, ritmo que era uma febre no início da década de 1990. Até hoje é presente em shows, na TV e em discos. É por muitos reconhecida como a pioneira do estilo.

Televisão, Cinema e Biografia[editar | editar código-fonte]

Durante o auge de sua carreira, Gretchen participou de todos os importantes programas de TV da época, de Globo de Ouro a Chacrinha, passando por Bolinha e Silvio Santos. Era também presença constante em todas as emissoras, como Rede Tupi, Rede Record, TV Gazeta, Rede Globo, SBT e Rede Bandeirantes. A cantora também costumava participar de vários quadros do Programa Silvio Santos e em outros quadros e atrações do SBT, entre eles o game show "Qual é a Música?", patrocinado pelo Baú da Felicidade, pertencente a Silvio Santos, no qual por muitos anos foi uma das maiores vencedoras.

Em 2010 ela participou do reality show Troca de Família, garantindo à emissora o primeiro lugar em audiência durante sua exibição, sendo reprisado em 2011 na Rede Record. Dois anos depois, na Rede Record, integrou o elenco da quinta edição de A Fazenda, onde desistiu da competição na sexta semana durante uma festa.[8] Participou também de um reality show da Rede TV, onde mostrava sua vida em Portugal.

A carreira de Gretchen como atriz teve início em 1979 em um filme infantil com suas irmãs, "Vamos Cantar Disco Baby". Em 1982, Gretchen fez o filme Aluga-se Moças, no estilo pornochanchada. O filme contava também com a participação de Rita Cadillac. O filme ganhou certo aspecto cult no Brasil. Na época quebrou todos os recordes de bilheteria, ficando na frente de "Caçadores da Arca Perdida" de Steven Spilberg.[9] Em 1990, ao lado de Deni Cavalcanti e Alexandre Frota, estrelou "A Rota do Brilho".

Em abril de 2011, Gretchen interpretou Maria Madalena numa encenação da Paixão no Piauí,[10] que foi vista por mais de 8 mil pessoas.[11] Entretanto, em Agosto de 2015 no programa Luciana by Night ela revelou nunca ter gostado de atuar e sim de cantar e dançar.[12]

Em 26 de outubro de 2015, lançou o livro "Gretchen - Uma biografia quase não autorizada" na livraria Fnac, no Barra Shopping, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Também mencionou que Juliana Paes estaria cotada para a adaptação da biografia em filme.[13]

Em abril de 2016, Gretchen integrou o elenco da primeira temporada reality show brasileiro da Rede Record Power Couple juntamente com seu marido Carlos Marques.[14]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Família e relacionamentos amorosos[editar | editar código-fonte]

Filha de Maria José e Mario Miranda, Gretchen tem duas irmãs, Sula Miranda e Yara Miranda. Tem sete filhos, cinco biológicos e dois adotivos; Tammy, Décio, Jennifer, Sérgio, Gabriel, Giulia e Valentina.[15]

Durante sua carreira, Gretchen teve muitos namorados, os quais muitas vezes apareciam na mídia como seus maridos, somando ao todo, 17 supostos maridos,[16] quando na verdade são cinco.[17] Em 2006, Gretchen cancelou o casamento com o cabeleireiro Cláudio Alves de Farias na TV dias antes devido a ter sido vítima de agressão.[18] Atualmente ela está casada desde junho de 2013 com o empresário português Carlos Marques.[19] Juntos possuem três lojas de roupas e produtos brasileiros em Portugal e Paris, chamadas de "Mercado Rio Brasil".[20]

O pai de Gretchen, Mario Miranda, alcoólatra, nunca foi a favor de sua carreira e a agredia.

Imagem pública[editar | editar código-fonte]

Gretchen posou nua pela primeira vez para a revista Playboy dois meses antes de aparecer na revista Status, fotografada por Cinira Arruda. Em seguida, também para outras revistas, tais como: Homem, Sexy, Hunter. Ela também teve edições especiais da revista Homem feitas especialmente para ela nos anos de 1984 duas vezes e uma em 1985. Seus nus foram feitos não apenas quando a cantora era jovem e estava no auge da fama, mas também quando já estava na faixa dos quarenta anos. Gretchen chegou a posar nua até mesmo quando estava grávida em 2003, aos 44 anos.[21]

No ano de 2006, Gretchen assinou um contrato de R$ 1,5 milhão com a produtora erótica brasileirinhas, para gravar 8 cenas que originariam três filmes pornográficos. Uma de suas exigências foi atuar ao lado do seu então marido Gutto Guitar. Apesar de críticas pelas fracas atuações, os filmes foram sucessos de vendas.[22] Após os filmes ela declarou diversas vezes que este trabalho é o seu maior arrependimento, mas que foi com seu cachê que conseguiu reerguer a vida financeira e a carreira.[23]

Em 2011, Gretchen se vestiu de garçonete em uma lanchonete dos EUA e algumas fotos foram publicadas na Internet, criando a noticia de que ela estaria passando necessidade. Gretchen então explicou de que estava fazendo um favor publicitário ao amigo, dono do restaurante, para atrair clientes.[24]

Política[editar | editar código-fonte]

Nas eleições de 2004, Gretchen foi detida por algumas horas pela polícia militar no ginásio esportivo do município de Senador Canedo, a 18 quilômetros de Goiânia, junto com a deputada estadual Laudeni Lemes. A prisão ocorreu devido ambas estarem fazendo boca de urna para o deputado Alsueres Mariano do PSDB.[25]

Em 2008, enquanto morava no estado de Pernambuco, Gretchen filiou-se ao Partido Popular Socialista e tentou a candidatura à prefeitura da cidade de Ilha de Itamaracá. Na eleição, ficou em terceiro lugar ao obter apenas 343 votos, correspondendo a 2,85% do total da votação.[26] Em 2010, ela lançou o documentário "Gretchen Filme Estrada".[6]

Prêmios e homenagens[editar | editar código-fonte]

Ao longo de sua carreira, Gretchen recebeu vários prêmios da mídia, como ela mesma mostrou em programas da TV Gazeta e no programa Domingo Legal do SBT. Entre seus prêmios destacam-se o "Troféu Rádio Globo", Troféu do programa Globo de Ouro, vários troféus "Disco de Ouro" do programa Discoteca do Chacrinha, prêmio dado pelo programa aos melhores do mês, prêmios de várias rádios, como da Rádio América o prêmio "Destaque América", o qual ela ganhou sete vezes, e prêmios de festivais em estados diversos, como do "Festival do Disco" no Rio Grande do Sul, e outros como revelação do ano de várias rádios, revistas e programas de TV em seu início de carreira.

Em 1987 o LP "No Mundo da Criança" (com Gretchen, Maria Alcina e outros) foi indicado ao "Troféu Villa-Lobos" como melhor disco infantil de 1986, concorrendo com "Os Abelhudos" "A Turma do Balão Mágico" e "Show da Xuxa"[27]

Em 1999, ganhou um "Disco de Ouro" pela divulgação do CD "Discoteca do Chacrinha". O prêmio foi entregue por Augusto Liberato no programa Domingo Legal. Em 2006 recebeu o Troféu "Coroa de Ouro" no programa Rei Majestade no SBT.[28]

Ela também foi homenageada com o Prêmio "Boas Vindas a Goiânia" pelo premiação Megha Profissionais 2010.[29] No Carnaval de Pernambuco, foi coroada "Rainha Gay 2010" pela comunidade GLBT. Também foi eleita "Rainha do Baile dos Artistas" em 2011, juntamente com o "rei", o escritor Ariano Suassuna, honraria pela qual ela declarou que esperava há um bom tempo, pois não sendo Pernambuco sua terra natal sentiu-se uma verdadeira pernambucana ao receber tal título.[30] Em 2011, Gretchen também foi homenageada em Israelândia, onde recebeu um banner com vários momentos de sua carreira e uma faixa do Prefeito de boas vindas à cidade.[31] Ainda em Goiânia foi homenageada sendo tema de uma premiação de hipismo.[32] Gretchen recebeu mais uma homenagem pelos seus mais de 30 anos no mundo do entretenimento no prêmio "Vips de Minas e Celebridades 2012", onde recebeu o prêmio "Celebridade Nacional 2012".[33]

Em outubro de 2013, Viviane Araújo homenageou Gretchen ao dançar "Conga, Conga, Conga" na boate GLS Pipper Club.[34]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • 1979: My Name Is Gretchen (+ de 7 milhões de cópias vendidas) (Disco de Diamante)
  • 1981: You and Me (Disco de Platina Triplo)
  • 1982: Lonely (Disco de Platina Duplo)
  • 1982: Disco Show (Argentina)
  • 1982: Soy La Mujer (Argentina)
  • 1983: Gretchen (Disco de Platina)
  • 1987: Latino Americana (Disco de Ouro)
  • 1988: Gypsy (Disco de Ouro)
  • 1991: Cheiro & Chamego
  • 1993: Vem Me Ver
  • 1995: Sexy Charme Dance
  • 1996: Jesus Dance
  • 1997: A Nova Gretchen
  • 2000: La Pasión
  • 2001: Me Deixa Louca
  • 2009: De Conga A Coração - Gretchen Canta Dorgival Dantas
  • 2016: Roody e Gretchen

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

  • 1998: Seleção de Ouro - 20 Sucessos
  • 2003: Gretchen - 25 Anos de Sucesso
  • 2004: Relaxa Baby (Me Queira Want)
  • 2006: Linda E Toda Sua
  • 2007: Mito Dourado (Disco Show)
  • 2007: Ploc 80 Vol.2 - CD/DVD
  • 2007: Disco Show - Greatest Hits
  • 2008: Tuta Kisses
  • 2010: Coletânea Gretchen Prata-Cor: Êxitos De Uma Rainha
  • 2010: Forró: Maracutaia
  • 2011: Charme, Talento e Gostosura

Discos compactos[editar | editar código-fonte]

  • 1978 Dance With Me (+ de 150 mil cópias vendidas)
  • 1979 Fera
  • 1979 Freak Le Boom Boom
  • 1979 1-2-3 (One-Two-Three)
  • 1980 Conga Conga Conga
  • 1981 Give Me Love
  • 1981 My Name Is Gretchen/Quiero Ser Libre
  • 1981 Melô do Piripipi
  • 1982 Gretchen e os Três Patinhos
  • 1982 Mambo Mambo Mambo
  • 1982 Allah La Ô, My Love
  • 1983 Melô do Xique Xique
  • 1984 Melô do Pata Pata
  • 1984 Bate Bate Coração
  • 1985 Hula Hula Ba Ba Yê
  • 1985 Le Bal Masqué
  • 1988 Colombiar Promo Mix

Singles digitais/promocionais[editar | editar código-fonte]

  • 2015: Lento
  • 2015: Rainha do Bumbum (com DJ Rody)
  • 2014: Freak le Boom Boom (Positronic! Remix)
  • 2013: Hulla Hulla
  • 2013: Justify My Love
  • 2013: Usurpadora
  • 2012: Dança Kuduro
  • 2012: The Lazy Song
  • 2012: So Let Your Body Rock
  • 2012: Plastic Lover (com 1e99)
  • 2012: I'm Cool (com 1e99)
  • 2012: Conga Boss In Drama Remix
  • 2010: Fio Dental
  • 2010: Sonho Acordado
  • 2010: Pintura Íntima
  • 2010: Mordida De Amor (Love Bites)
  • 2010: Bola Que Embola
  • 2010: Maracutaia (I'm Yours)
  • 2009: Eu Digo Stop!
  • 2009: Final De Semana
  • 2009: Quero Te Amar
  • 2009: Você Não Vale Nada
  • 2009: Mexe, Remexe
  • 2009: Eu Só Quero Te Amar
  • 2009: Por Que? (Eu Acho Que Estou Gostando De Você)
  • 2009: Primeiro Passo
  • 2008: Tutaminando
  • 2008: Kisses Baby Hula-la
  • 2008: Marinheira Pachará
  • 2008: O Mito
  • 2008: Piranga
  • 2008: Vó Gina
  • 2008: Tutatinamonga
  • 2007: Mito Dourado
  • 2007: Eu Quero É Você
  • 2007: Muxada
  • 2007: Põe Ae
  • 2007: Disco Show
  • 2007: Mito Mitado
  • 2006: Sereia A-Bê-Mar
  • 2006: Linda E Toda Sua
  • 2006: Pra Você
  • 2006: Sonhando Acordada
  • 2006: Tá Afim De Hã (Mas Comigo Hã, Hã)
  • 2004: Salgadinha
  • 2004: Muribeca Assada
  • 2004: 'Querendo Te Quiero Want (Those Days)
  • 2004: Lábios
  • 2004: Relaxa (Don't Stop The Game)
  • 2002: É Pra Dançar
  • 2002: Que Saudade
  • 2001: Tá Bom Demais
  • 2001: Requebra
  • 2001: Vamos Fazer Tchi, Tchi
  • 2001: Me Deixa Louca
  • 2000: Voulez Vous, Voulez Vous
  • 2000: Love to Love Baby
  • 2000: Ok! DJ
  • 2000: Dança do Umbigo
  • 2000: Baby, Baby
  • 2000: Mambo Venga
  • 2000: Mira Que Mina Manera
  • 2000: Could It Be Magic
  • 2000: Cunhé, Cunhé
  • 2000: La Pasión
  • 1999: Amor Canibal
  • 1999: Peri Selvagem
  • 1999: Me Tira Daqui
  • 1999: Tentação Animal
  • 1999: Louca E Selvagem
  • 1999: Louca Tentação
  • 1998: Anjos De Deus
  • 1998: Meu Prazer
  • 1997: Jesus Pode Entrar
  • 1997: Dom De Deus
  • 1997: Livre E Feliz
  • 1996: Maravilhoso
  • 1996: Reino De Deus
  • 1996: Tribo De Judá
  • 1996: Amo
  • 1996: Com Alegria e Adoração
  • 1996: Não Há Barreiras
  • 1996: Jeová Jire
  • 1996: Jesus É Rei
  • 1995: Oh Carol!
  • 1995: Não Vou Deixar de Amar (I Can't Stop Loving You)
  • 1995: Coisas Do Meu Coração (For All We Know)
  • 1995: Feelings
  • 1995: The Summer Is Magic
  • 1995: Baby Não Dá (Lady Don't Cry)
  • 1995: Tempos de Prazer (Sweet Dreams)
  • 1994: Arte Final
  • 1994: La Salsa
  • 1994: Sha, Na, Na
  • 1993: Não Há Sede Que Resista
  • 1993: Voulez Fouche [Frisson]
  • 1993: Vem Me Ver
  • 1993: Porompompero
  • 1992: Soy La Mujer
  • 1991: Luar de Amor
  • 1991: Tô Que Tô
  • 1991: Siboney (Siboney)
  • 1991: Bailarina (The Boxer)
  • 1990: Xamegando
  • 1990: Cheiro & Chamego
  • 1989: Shaking My Body
  • 1989: Diamante Mujer
  • 1989: Give It Up In Vain
  • 1989: Pillow Talk
  • 1988: Colombiar
  • 1988: Monster Party
  • 1988: Those Were The Days
  • 1988: Gypsy (Czardas)
  • 1987: Comment Ça Va
  • 1987: I Was Born To Love You
  • 1987: Do You Like Boom Boom?
  • 1987: Love is Love
  • 1987: Do Bidu Dam Dam
  • 1987: Sueño Tropical
  • 1987: Je T'aime Moi Non Plus
  • 1987: Latino Americana (Soy Fuego)
  • 1985: Wild Tiger
  • 1985: Body Baby
  • 1985: Teach Me A Tiger
  • 1985: Le Bal Masque
  • 1985: Hula Hula Ba Ba Yê
  • 1983: Melô do Xique Xique
  • 1984: Bate Bate Coração
  • 1983: Veneno
  • 1983: Coochie-Coochie
  • 1983: Aerobic (Ginástica)
  • 1983: Ela Tem Raça, Charme, Talento e Gostosura
  • 1983: Chá Chá Chá Boom Boom
  • 1983: Baby
  • 1983: Give Me Your Love
  • 1983: Melô do Pata Pata (Aie So Mama Ie Pata Pata)
  • 1982: Allah-la-ô My Love
  • 1982: Bumbum No Chão
  • 1982: Gretchen E Os Três Patinhos (EP)
  • 1982: Disco Show Medley
  • 1982: It's All Right
  • 1982: Y Te Amare
  • 1982: My Man of Love
  • 1982: Mambo Mambo Mambo
  • 1982: Melô do Piripipi (Je Suis La Femme)
  • 1981: Climax In The Space
  • 1981: Carmem Miranda
  • 1981: Do You Wanna Love?
  • 1981: Quiero Ser Libre
  • 1981: You And Me
  • 1981: Give Me Love
  • 1981: Conga Conga Conga
  • 1979: Outra Vez Mulher
  • 1979: My Name is Gretchen (Sex Star)
  • 1979: Lock'n Roller
  • 1979: I Love You Je T'aime
  • 1979: Boggie Boggie
  • 1979: 1,2,3 (One Two Three)
  • 1979: Me Gusta El Cha-Cha-Cha
  • 1979: Freak Le Boom Boom
  • 1978: Dance With Me

Álbuns e singles internacionais[editar | editar código-fonte]

  • 1979: Freak Le Boom Boom
  • 1979: My Name Is Gretchen (LP)
  • 1980: My Name Is Gretchen (LP)
  • 1980: Freak Le Boom Boom (Single)
  • 1980: Mi Nombre Es Gretchen (LP)
  • 1981: Freak Le Boom Boom (Single)
  • 1981: Conga Conga conga (LP)
  • 1982: Soy La Mujer ( (LP)
  • 1982: Disco Show (LP)
  • 1984: Gretchen Super Sexy (LP)
  • 1987: Latino Americana
  • 2007: Heavybreathing Vol.4

Participações em álbuns/coletâneas[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes eróticos[editar | editar código-fonte]

  • 2006 - La Conga Sex
  • 2007 - Carnaval 2007
  • 2008 - A Rainha do Bumbum

Participações/Trilhas Sonoras[editar | editar código-fonte]

  • 2013 - Salve Jorge (TV Series) (performer - 3 episódios "Freak Le Boom Boom", "Conga, Conga, Conga") )
  • 2013 - Pânico na Band (TV Series) (performer - 1 episódio "Conga, Conga, Conga") )
  • 2010 - Gretchen Filme Estrada (Documentário) (performer: "Freak Le Boom Boom", "Conga, Conga, Conga", "Melô do Piripipi (Je Suis La Femme)")
  • 2007 - O Melhor da Festa PLOC 80's 2 (Vídeo) (performer: "Conga Conga Conga", "Freak Le Boom Boom")
  • 1984 - Pirlimpimpim 2 (TV Movie) (performer: "Milongueira da Serra Pelada")
  • 1983 - Bar Esperança (performer: "Conga Conga Conga")
  • 1982 - Elas por Elas (TV Series) (performer: "Melô do Piripipi (Je Suis La Femme)")
  • 1982 - Aluga-se Moças (performer: "My Name is Gretchen", "Quiero Ser Libre")

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Gretchen

Referências

  1. «Biografia de Gretchen».  |título= e |titulo= redundantes (Ajuda); |URL= e |url= redundantes (Ajuda)
  2. «Pró-TV». 
  3. a b Cora Lima, Ana (2014). «"É uma chance de esclarecer várias questões"». Consultado em 9 de Janeiro de 2016. 
  4. a b «Vendas de Gretchen chega a 4 milhões». 
  5. «"Dez fatos sobre Gretchen que você tem que saber». 31 de Julho de 2014. Consultado em 9 de Janeiro de 2016. 
  6. a b Chacur, Fabian (Junho de 2013). «Gretchen lança documentário sobre vida política». Consultado em Janeiro de 2016. 
  7. «Gretchen fez mil shows em menos de três anos de carreira». Consultado em Janeiro de 2016. 
  8. «Gretchen desiste do reality show A Fazenda e toca o sino». 
  9. «"Aluga-se Moças" fica à frente de Caçadores da Arca Perdida, batendo recorde de bilheteria». 
  10. «Gretchen incorpora Maria Madalena em peça de teatro». 
  11. «Peça de teatro com Gretchen lota mais de 8 mil pessoas». 
  12. «Gretchen no Luciana By Night em 11 de Agosto de 2015». 
  13. «Gretchen lança biografia e diz que Ju Paes pode interpretá-la em filme». 26 de Outubro de 2015. Consultado em 8 de Janeiro de 2016. 
  14. Power Couple Brasil estreia dia 12 de abril com apresentação de Roberto Justus
  15. «Gretchen completa 56 anos, pensa em adotar oitavo filho e brinca: ‘Queria o meu corpo de 18’». 24 de Maio de 2015. Consultado em 7 de Janeiro de 2016. 
  16. «Gretchen já teve 16 maridos». 2012. Consultado em 2016. 
  17. Cora Lima, Ana (2014). «Gretchen esclarece quantos casamentos já teve em biografia». Consultado em 2016. 
  18. «Vida de Gretchen é recheada de polêmicas. Relembre!». 29/06/12. Consultado em 8 de Janeiro de 2016. 
  19. a b Couto, Gerson (2015). «Gretchen apanhava do pai alcoólatra, revela biografia inédita da cantora». Consultado em Janeiro de 2016. 
  20. «Ao lado do marido, Carlos, a cantora tem mercados de produtos brasileiros em Portugal e na França: 'Estou amando essa vida'.». 15 de Novembro de 2014. Consultado em 8 de Janeiro de 2016. 
  21. «Gretchen lança biografia; 10 fatos provam que sua vida já é um livro aberto». Outubro de 2015. Consultado em 9 de Janeiro de 2016. 
  22. «Gretchen fala sobre o cache de seus filmes eróticos». 
  23. «Gretchen se arrepende de seus filmes eróticos». 
  24. «"Não fui para os EUA trabalhar como garçonete. Aquelas imagens foram de umas fotos que eu fiz para um trabalho publicitário, mas se tivesse que trabalhar como garçonete, não teria o menor problema"». Julho de 2014. Consultado em 9 de Janeiro de 2016. 
  25. «Gretchen é detida pela polícia militar por boca de urna». 
  26. «Gretchen se elege à prefeitura de cidade de Pernambuco». 
  27. «Gretchen indicada ao Troféu Villa-Lobos». 
  28. «Gretchen, Jair Rodrigues, As Marcianas, Agnaldo Timóteo e Kátia. no Rei Majestade». 
  29. «Gretchen ganha homenagem em Goiânia». 
  30. «Gretchen coroada Rainha Gay». 
  31. «Gretchen recebe homenagem em Israelândia». 
  32. «Gretchen é homenageada em corrida de cavalos em goiania». 
  33. «Gretchen homenagem recebida pela VIP». 
  34. «Vivi Araújo faz tributo a Gretchen e dança 'Conga' em boate GLS». 15 de Outubro de 2013. Consultado em 8 de Janeiro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]