Colégio Objetivo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
OBJETIVO
Colégio Objetivo
Tipo Colégio Particular
Fundação 1965
Localização São Paulo, SP, Brasil
Docentes 23.000 (estimado)
Funcionários 7.800 (estimado)
Alunos 400.000 (estimado)[1]
Cores Azul e branco
Afiliações UNIP
Página oficial www.objetivo.br

Colégio Objetivo ou Centro Educacional Objetivo é uma instituição de ensino brasileira. O Colégio Integrado Objetivo teve origem em São Paulo, em 1971, idealizado, criado e implementado por Alfredo Fernandes, que também idealizou as Faculdades Objetivo, em 1972 e idealizou, criou e implementou o Colégio Objetivo Júnior, em 1975, Drauzio Varella, João Gomes e João Carlos di Genio, [1] o proprietário, alugaram algumas salas no prédio da Fundação Casper Líbero, na Avenida Paulista, 900, em São Paulo. De lá para cá, o Colégio Objetivo cresceu, se expandiu em várias filiais por todo o Brasil, sendo que algumas operam sob sistema de franquia. É uma das maiores organizações privadas educacionais do país. No Brasil foram registrados mais de 350 mil alunos nas 543 unidades existentes. Em 2008 foi eleito no Top Educação pela Revista Educação[2] o melhor sistema de ensino, o melhor portal multimídia e o melhor material didático do país. O Objetivo foi indicado também no Top Educação de 2010.

Faz parte do Colégio Objetivo a Universidade Paulista.[3] No ENEM de 2016, o colégio "Objetivo Integrado" apareceu em primeiro lugar do país, muito embora a unidade em questão tenha sido criada para atender os estudantes de alto rendimento em estruturas separadas.[4]

História[editar | editar código-fonte]

No ano de 1965, os estudantes de Medicina João Carlos Di Genio e Dráuzio Varella e os médicos Roger Patti e Tadasi Itto fundaram um pequeno curso preparatório para as faculdades de Medicina, na região central da cidade de São Paulo.[5] Devido ao grande sucesso obtido nos exames pelos alunos participantes do curso em 1966 o curso se tornou o maior da cidade.

Em 1970 foi criado o Colégio Objetivo, agora atendendo aos alunos de ensino médio. Em 1972, foi criada a Faculdade Objetivo, que posteriormente transformou-se na Universidade paulista, UNIP em 1988.

Com a necessidade de atender também aos níveis de Educação Infantil e Ensino Fundamental em 1974 foi fundado o Colégio Objetivo Junior.

Hoje a instituição abrange o ciclo completo de ensino brasileiro, indo da Educação Infantil a pós-graduação universitária.[6]

Universidade Paulista[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Universidade Paulista

A Universidade Paulista, UNIP, reconhecida pela Portaria nº 550/88, iniciou suas atividades em 9 de novembro de 1988. Foi constituída a partir do Instituto Unificado Paulista, IUP, do Instituto de Ensino de Engenharia Paulista, IEEP, e do Instituto de Odontologia Paulista, IOP; o primeiro destes, autorizado a funcionar em 1972, inicialmente com os cursos de Comunicação Social, Letras, Pedagogia e Psicologia.

Referências

  1. a b Lucas Amorim (20 de fevereiro de 2017). «Di Genio, o último rei do ensino». Revista Exame. Consultado em 25 de junho de 2018. 
  2. «Vencedores». Top Educação. Consultado em 25 de junho de 2018. 
  3. http://www.unip.br/comunicacao/desenvolvimento.aspx, Equipe de Internet. «UNIP - Universidade Paulista | Ensino Presencial - Processo Seletivo 2018». UNIP.br. Consultado em 25 de junho de 2018. 
  4. «As melhores escolas no Enem». VEJA.com 
  5. «Proposta Pedagógica - Colégio Objetivo». www.objetivo.br. Consultado em 2 de setembro de 2018. 
  6. «Proposta Pedagógica - Colégio Objetivo». www.objetivo.br. Consultado em 2 de setembro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]