Le mura di Malapaga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Le mura di Malapaga
Cartaz promocional
No Brasil Três Dias de Amor
Em francês Au-delà des grilles
 França ·  Itália
1949 •  cor •  91[1] min 
Direção René Clément
Produção Alfredo Guarini[1]
Roteiro
  • Jean Aurenche
  • Pierre Bost
História
  • Cesare Zavattini
  • Suso Cecchi d'Amico
  • Alfredo Guarini
Elenco
Gênero drama romântico[1]
Música Roman Vlad[1]
Cinematografia Louis Page[1]
Idioma língua italiana
língua francesa

Le mura di Malapaga (bra: Três Dias de Amor[2]) é um filme ítalo-francês de 1949, do gênero drama romântico, dirigido por René Clément.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Garçonete e sua filha se veem envolvidas com um assassino.[1]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Recipiente Resultado
Oscar 1951 Melhor filme internacional - especial Alfredo Guarini (prod.) Venceu[3]
Festival de Cannes 1949 Prêmio de direção René Clement Venceu[4]
Prêmio de interpretação feminina Isa Miranda Venceu[4]
Palma de Ouro (melhor filme) Alfredo Guarini (prod.) Indicado[4]

Elenco[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Le mura di Malapaga

Referências

  1. a b c d e f «The Walls of Malapaga (1949)». Turner Classic Movies. Consultado em 11 de agosto de 2021 
  2. «Três Dias de Amor». Brasil: CinePlayers. Consultado em 11 de agosto de 2021 
  3. «The 23rd Academy Awards (1951)». Oscars.org. Consultado em 11 de agosto de 2021 
  4. a b c «Le mura di Malapaga». Festival de Cannes. Consultado em 11 de agosto de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme do cinema italiano é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.