Okuribito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


おくりびと
Okuribito
Despedidas (PT)
A Partida (BR)
 Japão
2008 •  cor •  131 min 
Direção Yojiro Takita
Produção Toshiaki Nakazawa
Ichiro Nobukuni
Toshihisa Watai
Produção executiva Yasuhiro Mase
Roteiro Kundo Koyama
Elenco Masahiro Motoki
Ryoko Hirosue
Tsutomu Yamazaki
Género Drama
Música Joe Hisaishi
Direção de fotografia Takeshi Hamada
Edição Akimasa Kawashima
Distribuição Paris Filmes (Brasil)
Idioma Japônes
Página no IMDb (em inglês)

Okuribito (A Partida no Brasil; Despedidas em Portugal) é um filme de drama japonês de 2008 dirigido por Yojiro Takita e estrelado por Masahiro Motoki, Ryoko Hirosue, e Tsutomu Yamazaki. Vagamente baseado em Coffinman, um livro de memórias por Shinmon Aoki, o filme segue um jovem que retorna à sua cidade natal depois de uma carreira como violoncelista e somente encontra trabalho como um nōkanshi—um agente funerário tradicional japonês. Ele está sujeito ao preconceito daqueles ao seu redor, incluindo de sua esposa, devido a fortes tabus sociais contra pessoas que lidam com a morte. Mas ele ganha respeito da esposa e da comunidade e aprende a importância das conexões interpessoais através da beleza e dignidade de seu trabalho.

Foi o vencedor do prêmio Oscar de melhor filme estrangeiro em 2009.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Daigo Kobayashi (Masahiro Motoki) é um jovem recém-casado que encontra-se sem emprego após a dissolução súbita da orquestra em que tocava violoncelo. Ele e sua esposa Mika (Ryoko Hirosue) mudam-se de Tóquio para Yamagata, a cidade natal de Daigo, onde sua falecida mãe deixara como herança um imóvel.

O casal resolve voltar à cidade natal de Daigo, para que possam reiniciar a vida. Encontram no jornal uma oferta de emprego da Agência NK e a partir do anúncio, que dizia "ajudamos a partir" acreditam que se tratasse de uma vaga para agente de viagem. No entanto o trabalho que Daigo encontra na cidade é como "nokanshi", uma pessoa que prepara os mortos para o velório e cremação. A confusão se dá por um erro de impressão no anúncio, que deveria dizer "ajudamos os que partiram", como corrige o sr. Sasaki (Tsutomu Yamazaki).

Muitas lembranças começam a reavivar na memória de Daigo, que encontra seu velho violoncelo e junto a ele uma pedra que, segundo Daigo, recebera de seu pai conforme uma velha tradição, antes de ser inventada a escrita, em que as pessoas enviavam uma pedra para expressar seus sentimentos, de acordo com o peso e textura da pedra.

Neste encontro com a morte, Daigo descobrirá sentido em sua vida e enfrentará o preconceito e a rejeição das pessoas com sua ocupação.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Composições de Joe Hisaishi.

  1. "Shine of Snow I" 1:12
  2. "Nohkan" 3:10
  3. "Kaisan" 0:53
  4. "Good-Bye Cello" 2:16
  5. "New Road" 1:15
  6. "Model" 0:47
  7. "First Contact" 1:51
  8. "Washing" 0:34
  9. "Kizuna I" 1:57
  10. "Beautiful Dead I" 3:12
  11. "Okuribito (On Record)" 1:51
  12. "Gui-Dance" 2:26
  13. "Shine of Snow II" 2:25
  14. "Ave-Maria (Okuribito)" 5:29
  15. "Kizuna II" 2:04
  16. "Beautiful Dead II" 2:36
  17. "Father" 1:40
  18. "Okuribito (Memory)" 4:10
  19. "Okuribito (Final)" 4:59

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

  • Oscar (2008): melhor filme estrangeiro
  • Asian Film Awards: Melhor ator (Masahiro Motoki)
  • Asia Pacific Screen Awards: Melhor ator (Masahiro Motoki)
  • Golden Rooster Award: Melhor filme, Melhor diretor e melhor ator (Masahiro Motoki)
  • Hawaii International Film Festival: Prêmio do público
  • Montreal World Film Festival: Grand Prix des Amériques
  • Palm Springs International Film Festival: Mercedes-Benz Prêmio do público - Melhor narrativa
  • Hong Kong Film Awards: Melhor filme asiático
  • Blue Ribbon Awards: Melhor ator (Masahiro Motoki)
  • Hochi Film Awards: Melhor filme
  • Japan Academy Prize: Melhor filme, Melhor diretor, Melhor ator, Melhor ator coadjuvante, Melhor atriz coadjuvante, Melhor roteiro (Kundo Koyama), Melhor fotografia, Melhor edição, Melhor mixagem de som
  • Kinema Junpo Awards: Melhor filme, Melhor Diretor, Melhor roteiro, Melhor ator
  • Mainichi Film Award: Melhor filme japonês, Melhor mixagem de som
  • Nikkan Sports Film Award: Melhor filme e Melhor diretor
  • 2008 Trailer ZEN Festival: Grand Prix
  • Yokohama Film Festival: Melhor filme, Melhor diretor, Melhor atriz coadjuvante (Kimiko Yo, Ryōko Hirosue)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.