La strada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
La strada
A estrada (PT)
A estrada da vida (BR)
Itália
1954 • p&b • 108 min 
Direção Federico Fellini
Produção Dino De Laurentiis
Carlo Ponti
Roteiro Ennio Flaiano
Tullio Pinelli
Federico Fellini
Elenco Giulietta Masina
Anthony Quinn
Richard Basehart
Género Drama
Idioma Italiano
Música Nino Rota
Direção de fotografia Ortello Martelli
Edição Leo Cattozzo
Página no IMDb (em inglês)

La strada (A estrada da vida (título no Brasil) ou A estrada (título em Portugal)) é um filme italiano de 1954, do gênero drama, dirigido por Federico Fellini.[1]

O filme é considerado uma das grandes obras-primas de Fellini. A trilha sonora é do compositor Nino Rota, habitual colaborador de Fellini.

La strada insere-se no movimento neorrealista, que retrata a Itália do pós-guerra, decadente e pobre. Esta estética também está presente em outros trabalhos de Fellini, como Luci del varietà (Mulheres e luzes, 1950), Lo sceicco bianco (Abismo de um sonho, 1952), I vitelloni" (Os boas vidas, 1953) e Le notti di Cabiria (Noites de Cabíria, 1957).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Gelsomina, uma mulher humilde e ingênua, é vendida por sua mãe a um saltimbanco, Zampanò, um homem grosseiro que viaja pelos lugares mais remotos do interior da Itália dos anos 1950, exibindo-se em improváveis demonstrações de força física. Gelsomina torna-se companheira de viagem e trabalho de Zampanò, substituindo sua irmã, morta inesperadamente. Mas a jovialidade e a ingenuidade de Gelsomina não conseguem mitigar o duro caráter de Zampanò. Num dado momento, cruza seus caminhos o equilibrista conhecido como "O Louco", que adora provocar Zampanò e nutre uma admiração especial por Gelsomina.

Algum tempo depois, durante uma briga, Zampanò acaba por matar acidentalmente o acrobata e, em seguida, livra-se do corpo jogando-o num rio. Gelsomina, que assiste à cena, fica profundamente perturbada com isso e começa a manifestar claros sinais de distúrbio psíquico. Depois de cuidar jovem por um breve período, Zampanò decide abandoná-la à beira de um estrada deserta e continua a viajar sozinho. Alguns anos depois, vem a saber da morte de Gelsomina.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e inidicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Oscar 1957 (EUA)

BAFTA 1956 (Reino Unido)

  • Indicado na categoria de melhor filme de qualquer origem.
  • Indicado na categoria de melhor atriz estrangeira (Giulietta Masina).

Prêmio Bodil 1956 (Dinamarca)

  • Venceu na categoria de melhor filme europeu.

Festival de Veneza (Itália)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

La strada (em inglês) no Internet Movie Database

Referências

  1. A estrada da vida. Página visitada em 04/01/13.