Andrzej Wajda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andrzej Wajda
Andrzej Wajda, Varsóvia, maio de 2006
Nascimento 6 de março de 1926 (89 anos)
Suwałki, Polônia
Ocupação cineasta
Oscares da Academia
Oscar Honorário
2000 - Pelas realizações no cinema
Página oficial
IMDb: (inglês)

Andrzej Wajda (Suwałki, 6 de março de 1926) é um diretor de cinema polaco.

Começou a estudar cinema logo após a Segunda Guerra Mundial, na qual participou lutando com a Resistência Francesa, em 1942.

A história e política da Polônia é dominante em sua obra. Foi senador pelo país.

Em abril de 2000, Andrzej Wajda doou a estatueta do Óscar honorário que havia ganho naquele mesmo ano ao Museu da Universidade Jaguelônica, em Cracóvia.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

  • 1954 – Geração (Pokolenie)
  • 1957 – Kanal
  • 1958 – Cinzas e diamantes (Popiół i diament)
  • 1959 – Lotna
  • 1962 – Um Amor aos Vinte Anos (L'Amour à Vingt Ans)
  • 1969 – Tudo a Venda (Wszystko na sprzedaz)
  • 1970 – Paisagem após a Batalha (Krajobraz po bitwie)
  • 1970 – O Bosque de Bétulas (Brzezina)
  • 1973 – Bodas (Wesele)
  • 1975 – Terra Prometida (Ziemia obiecana)
  • 1976 – O Homem de Mármore (Człowiek z marmuru)
  • 1978 – Sem anestesia (Bez znieczulenia)
  • 1979 – As Senhoritas de Wilko (Panny z Wilka)
  • 1980 – O Maestro (Dyrygent)
  • 1981 – O homem de ferro (Człowiek z żelaza)
  • 1983 – Danton
  • 1983 – Um Amor na Alemanha (Eine Liebe in Deutschland)
  • 1988 – Os Possessos (Les possédés)
  • 1990 – As 200 Crianças do Dr.Korczak (Korczak)
  • 1995 – Semana Santa (Wielki tydzien)
  • 1997 – Senhorita Ninguém (Panna Nikt)
  • 1999 – O Senhor Tadeu (Pan Tadeusz)
  • 2002 – A Vingança (Zemsta)
  • 2007 – Katyn
  • 2009 – Doce Perfume (Tatarak)
  • 2013 – Wałęsa

Principais prêmios e homenagens[editar | editar código-fonte]

Oscar
Festival de Berlim
  • 2006 – Recebeu um Leão de Ouro honorário.
  • 1996 – Recebeu um Leão de Prata por sua contribuição para a arte do cinema.
BAFTA
  • 1984 – Recebeu o prêmio BAFTA por Danton.
Festival de Cannes
  • 1981 – Recebeu a Palma de Ouro e o Prêmio do Júri Ecumênico por O homem de ferro.
  • 1979 – Recebeu o Prêmio do Júri Ecumênico por Sem anestesia.
  • 1978 – Recebeu o Prêmio FIPRESCI por O homem de mármore.
  • 1957 – Recebeu o Prêmio Especial do Júri por Kanal.
Prêmio César
  • 1983 – Recebeu o prêmio na categoria de Melhor Diretor por Danton.
Prêmio David di Donatello
  • 1978 – Recebeu o Prêmio Luchino Visconti.
Festival de Moscou
  • 1975 – Recebeu o Prêmio de Ouro por Ziemia obiecana (Terra prometida).
  • 1971 – Recebeu o Prêmio de Ouro por Brzezina
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Andrzej Wajda