Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
BVMC.png

A Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes (abreviado BVMC; em inglês: Miguel de Cervantes Digital Library (MCDL)) é um grande projeto de biblioteca digital, hospedado e mantido pela Universidade de Alicante , em Alicante, Espanha. Ele compreende o maior repositório de acesso aberto de versões digitalizadas da língua espanhola textos históricos e literatura a partir da Ibero-América do mundo.[1] Quando foi oficialmente lançado em 1999,[2] o BVMC foi o primeiro arquivo digital da língua espanhola, com textos na internet, inicialmente com reprodução de cerca de 2.000 obras individuais por 400 dos mais significativos autores espanhóis, de literatura latino-americana[3] e Hispânica da África. Em 2005-2006 o número de registados e disponíveis a funcionar tinha atingido mais de 22,000.[4]

A biblioteca é nomeada em honra de Miguel de Cervantes, o famoso espanhol do século XVI, autor de um dos mais ilustres nomes do mundo na história literária.[5]

Desde o seu início, em 1999, essa biblioteca foi escolhida para aplicar estruturais de marcação baseada em XML e o esquema TEI de codificação para a criação dos seus documentos.[6][7]

Referências

  1. Humbul (2006)
  2. «Fundação da Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes». www.cervantesvirtual.com 
  3. Ibáñez (2006)
  4. «Autores de Teatro». www.cervantesvirtual.com 
  5. «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.nebrija.com 
  6. Bia, Pedreño (2001)
  7. «Procomum e Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes». librodenotas.com 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Bia, Alejandro; Pedreño. Andrés (2001). «The Miguel de Cervantes Digital Library: the Hispanic voice on the Web» (PDF). Oxford University Press. LLC (Literary and Linguistic Computing). 16 (2): 161–177. ISSN 0268-1145. Arquivado do original (PDF) em 24 de julho de 2011 
Humbul Humanities Hub (março de 2006). «Internet Resources for Modern Languages» (PDF online publication). Intute Subject Booklets. Intute. Consultado em 1 de setembro de 2008 
Ibáñez, Ana (29 de julho de 1999). «La Universidad de Alicante crea la primera biblioteca virtual en español». Jornl ABC (em espanhol). Madrid: Grupo Vocento. Consultado em 1 de setembro de 2008. Arquivado do original (PDF online facsimile) em 20 de maio de 2006 
Pastor Seva, Pedro; Manuel Marco Such; Pedro Pernías Peco (1999). «Exploitatión de la Biblioteca Virtual "Miguel de Cervantes" en un ambiente de enseñanza colaborativa distribuida». In: Lic. José Joaquín Villegas; et al. El estudiante de la educación a distancia en la perspectiva de un nuevo milenio: memoria, vol. 2. X Congreso Internacional sobre Technologia y Educación a Distancia, San José, Costa Rica, 1999 (em espanhol). San José: Inter-American Distance Education Consortium; Editorial Universidad Estatal a Distancia. pp. 488–496. ISBN 9968-31-066-2. OCLC 46970262 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes