Fred Zinnemann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fred Zinnemann
Zinnemann na década de 1940
Nome completo Fred Zinnemann
Nascimento 29 de abril de 1907
Viena, Áustria
Nacionalidade austríaco
Morte 14 de março de 1997 (89 anos)
Londres, Inglaterra
Ocupação Diretor de cinema
Atividade 1930–1982
Cônjuge Renee Bartlett (1936–1997; até sua morte)
Oscares da Academia
Melhor Documentário de Curta-Metragem por Benjy (1951)

Melhor Diretor por From Here to Eternity (1954) Melhor Diretor por A Man for All Season (1966) Melhor Filme por A Man for All Season (1966)

Globos de Ouro
Melhor Diretor por From Here to Eternity (1954)

Melhor Diretor por A Man for All Seasons (1966)

Prémios BAFTA
Melhor Filme por A Man For All Seasons (1966)
Outros prêmios
Melhor filme do Festival Internacional de Cinema de San Sebastián
1959
IMDb: (inglês)

Fred Zinnemann (Viena, 29 de Abril de 1907Londres, 14 de Março de 1997) foi um diretor de cinema austríaco naturalizado estadunidense.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

  • Recebeu duas nomeações ao Óscar de melhor filme, por The Sundowners (1960) e A Man for All Seasons (1966). Venceu por A Man for All Seasons.
  • Recebeu sete nomeações ao Óscar de Melhor Realizador, por The Search (1948), High noon (1952), From Here to Eternity (1953), The Nun's Story (1959), The Sundowners (1960), A Man for All Seasons (1966) e Julia (1977). Venceu por From Here to Eternity e A Man for All Seasons.
  • Ganhou o Óscar de melhor documentário de curta-metragem, por Benjy (1951).
  • Recebeu seis nomeações ao Globo de Ouro de Melhor Realizador, por From Here to Eternity (1953), A Hatful of Rain (1957), The Nun's Story (1959), A Man for All Seasons (1966), The Day of the Jackal (1973) e Julia (1977). Ganhou por From Here to Eternity e A Man for All Seasons.
  • Recebeu duas nomeações ao BAFTA de melhor filme, por The Nun's Story (1959) e A Man for All Seasons (1966). Ganhou por A Man for All Seasons.
  • Ganhou o BAFTA de Melhor Filme Britânico, por A Man for All Seasons (1966).
  • Recebeu duas nomeações ao BAFTA de Melhor Realizador, por The Day of the Jackal (1973) e Julia (1977).
  • Recebeu uma nomeação ao César de Melhor Filme Estrangeiro, por Julia (1977).
  • Ganhou o Prémio Bodil de Melhor Filme Americano, por High Noon (1952).
  • Ganhou o Prémio Especial no Festival de Cannes, por From Here to Eternity (1953).
  • Ganhou o Prémio FIPRESCI no Festival de Veneza, por A Hatful of Rain (1957).
  • Ganhou o Prémio OCIC no Festival de Veneza, por A Hatful of Rain (1957).
  • Ganhou uma Menção Especial no Festival de Moscovo, por A Man for All Seasons (1966).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.