Festival Internacional de Cinema de Moscou

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Festival de Moscou)
Ir para: navegação, pesquisa
O Festival de Cinema de Moscou, o segundo mais antigo do mundo. Seu prêmio máximo é uma estatueta reproduzindo São Jorge, lançando o dragão, símbolo da cidade de Moscou.

O Festival Internacional de Cinema de Moscou (em russo: Моско́вский междунаро́дный кинофестива́ль) é um festival internacional de cinema realizado na cidade de Moscou, na Rússia, desde 1935. é o segundo mais antigo do mundo, logo depois do Festival de Veneza. Desde 2000 se realiza anualmente em junho. Nikita Mikhalkov preside o festival desde 2000.

Características[editar | editar código-fonte]

O Festival de Moscou é considerado pela Federação Internacional das Associações de Produtores de Cinema entre os mais prestigiosos do mundo, junto com os festivais de Berlím, Cannes, San Sebastián, Karlovy Vary e Veneza.

Premiação[editar | editar código-fonte]

O prêmio máximo do festival é o São Jorge de Ouro, estatueta de São Jorge lançando o dragão, reprodução da imagem que se encontra no escudo de armas da cidade. Recentemente se instaurou também o Premio Stanislavsky para homenagear aos atores destacados que visitam o festival.

Grande Prémio (1959–1967)[editar | editar código-fonte]

Prémio Dourado (1969–1987)[editar | editar código-fonte]

Serafino (Itália-França, dir. Pietro Germi)
We'll Live Till Monday (USSR, dir. Stanislav Rostotsky)
Live Today, Die Tomorrow! (Japão, dir. Kaneto Shindō)
The White Bird Marked with Black (USSR, dir. Yuri Ilyenko)
Affection (Bulgária, dir. Ludmil Staikov)
Dersu Uzala (USSR-Japão, dir. Akira Kurosawa)
We All Loved Each Other So Much (Itália, dir. Ettore Scola)
El puente (Espanha, dir. Juan Antonio Bardem)
Mimino (USSR, dir. Georgi Daneliya)
Siete días de enero (Espanha-França, dir. Juan Antonio Bardem)
Camera Buff (Polónia, dir. Krzysztof Kieślowski)
The Abandoned Field: Free Fire Zone (Vietname, dir. Nguyen Hong Shen)
Teheran 43 (USSR-França-Suíça, dir. Aleksandr Alov, Vladimir Naumov)
Alsino and the Condor (Nicarágua-Cuba-México-Costa Rica, dir. Miguel Littín)
Vassa (USSR, dir. Gleb Panfilov)
A Soldier's Story (USA, dir. Norman Jewison)
The Descent of the Nine (Grécia, dir. Christos Shopakhas)

São Jorge de Ouro (1989–2003)[editar | editar código-fonte]

Jorge de Ouro (2004–)[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

O filme , de Federico Fellini, fez sua estréia oficial nesse festival e levou seu prêmio máximo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.