Saltar para o conteúdo

Portal:Polónia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Portal da Polônia


Polônia
Polônia


Este portal pretende reunir informações sobre os mais variados temas relacionados com a Polônia.


 ver · editar Bem vindo ao Portal da Polónia!

Polónia (português europeu) ou Polônia (português brasileiro) (em polonês/polaco: Polska, pronunciado: [ˈpɔlska] (escutar)), oficialmente República da Polónia (em polonês/polaco: Rzeczpospolita Polska, pronunciado: [ʐɛt͡ʂpɔˈspɔʎit̪a ˈpɔlska] (escutar)), é um país da Europa Central que tem fronteiras comuns com a Alemanha a oeste; com a República Checa e a Eslováquia ao sul; com a Ucrânia e a Bielorrússia a leste; com o Mar Báltico, o Oblast de Kaliningrado (um exclave russo) e a Lituânia ao norte. A área total da nação é 312 679 quilômetros quadrados,o que a torna o 69º maior país do mundo e o 9º maior da Europa. Com uma população de mais de 38,5 milhões de pessoas, a Polônia é o 34º país mais populoso do mundo, o sexto membro mais populoso da União Europeia (UE) e o Estado pós-comunista mais populoso da UE. A Polônia é um Estado unitário dividido em 16 subdivisões administrativas.

Muitos historiadores traçam o estabelecimento do Estado polonês em 966, quando Mieszko I, governante de um território mais ou menos com a mesma extensão que o da atual Polônia, se converteu ao cristianismo. O Reino da Polônia foi fundado em 1025 e em 1569 cimentou uma associação política de longa data com o Grão-Ducado da Lituânia, assinando a União de Lublin, que acabou por formar a Comunidade Polaco-Lituana. A Comunidade gradualmente deixou de existir nos anos 1772-1795, quando o território polaco foi dividido entre o Império Alemão, o Império Russo e a Áustria. A Polônia recuperou sua independência (como a Segunda República Polonesa), no final da Primeira Guerra Mundial, em 1918.

Duas décadas depois, em setembro de 1939, a Segunda Guerra Mundial começou com a invasão da Polônia pela Alemanha nazista e a União Soviética (como parte do Pacto Molotov-Ribbentrop). Mais de seis milhões de cidadãos poloneses morreram na guerra. Em 1944, a República Popular da Polônia foi proclamada e, em 1947, depois de um breve período de conflitos, referendos e eleições fraudadas, o país se tornou um Estado satélite do chamado "Império Soviético". Durante as Revoluções de 1989, o governo comunista polonês foi derrubado e a Polônia adotou uma nova constituição, que estabeleceu o país como uma democracia e o renomeou para Terceira República Polonesa.

Apesar da enorme destruição causada no país pela Segunda Guerra Mundial, a Polônia conseguiu preservar grande parte da sua riqueza cultural. Há no país 14 lugares inscritos na lista de Patrimônio Mundial da UNESCO, além de outros 54 "Monumentos Históricos". Atualmente, a Polônia é considerada um país com um desenvolvimento humano "muito alto".




 ver · editar Artigos selecionados

A invasão soviética da Polónia foi uma operação militar que começou sem uma declaração formal de guerra a 17 de Setembro de 1939, durante as primeiras fases da II Guerra Mundial, dezasseis dias após o início do ataque nazista alemão sobre a Polónia. Terminou com uma vitória decisiva da União Soviética e do Exército Vermelho.

Como resultado do Pacto Molotov-Ribbentrop com a Alemanha Nazista, a 1 de Setembro, os alemães iniciaram a invasão da Polónia a partir do oeste e, a 17 de Setembro, o Exército Vermelho invadiu a Polónia a partir do leste. O governo soviético anunciou que estava a actuar para proteger os ucranianos e os bielorrussos, que viviam na parte oriental da Polónia, uma vez que o estado polaco tinha sido derrotado com o ataque alemão e já não podia garantir a segurança dos seus próprios cidadãos.

O Exército Vermelho alcançou rapidamente os seus objectivos, não encontrando resistência do devastado e mal preparado exército polaco. Cerca de 230.000 soldados polacos ou mais (452.500) foram levados como prisioneiros de guerra. O governo soviético anexou o território recentemente sob o seu controlo e, em Novembro declarou que os 13,5 milhões de cidadãos poloneses que viviam ali eram agora cidadãos soviéticos. Os soviéticos reprimiram toda a oposição, através de execuções e prendendo milhares de opositores. Enviaram centenas de milhares de polacos para a Sibéria (as estimativas variam) e para outras partes remotas da URSS em quatro grandes ondas de deportações entre 1939 e 1941.


 ver · editar Biografia selecionada

Józef Piłsudski GCTE (Zułów, na atual Lituânia, 5 de dezembro de 1867Varsóvia, 12 de maio de 1935) foi um revolucionário polonês e estadista, marechal de campo, primeiro chefe de estado (1918-1922) e ditador (1926-1935) da Segunda República Polonesa, bem como o líder de suas forças armadas. Ele foi uma das mais proeminentes figuras políticas polonesas de seu tempo e é considerado o maior responsável pelo ressurgimento da Polônia quase 120 anos após sua partição pela Áustria, Prússia e Rússia em 1772-1795. A partir da metade da Primeira Guerra Mundial, até sua morte, Piłsudski foi o mais influente na política externa e no governo da Polônia. Após o golpe de estado de maio de 1926, ele tornou-se seu ditador de facto.

Quando jovem, ele pertenceu a diversas organizações clandestinas e usou vários pseudônimos, dentre eles: Wiktor, Mieczysław e Ziuk. Mais tarde foi afetuosamente chamado de Dziadek ("Vovô") ou Marszałek ("o Marechal"). Seus antigos soldados também o chamavam de Komendant ("o Comandante").


 ver · editar Imagem selecionada

Um fotocromo, datado a ca. 1890-1900, da Igreja de São Alexandre em Varsóvia. A igreja foi destruída durante a Segunda Guerra Mundial e depois reconstruída em menor escala.
 ver · editar Sabia que?

...o primeiro estado polaco foi criado em 516 d.C, porém sua oficialização como império e cristianização aconteceu apenas no ano 966?

...a língua polaca é a 8ª língua com maior número de artigos na Wikipédia?

...a bandeira da Polônia sempre foi a mesma, desde 516?

...o brasão da Polônia representa uma Águia branca?

...entre os séculos VI e XI a Polônia foi o país mais poderoso da Europa, em termos econômicos e militares?

...a terceira língua mais utilizada em escritos, livros, cartas e documentos no Vaticano é o polonês, atrás do Latim e do Italiano?

...o território polonês possui 9.307 lagos e mais de 6.500 rios?


 ver · editar Predefinições
 ver · editar WikiProjetos
 ver · editar Categorias
 ver · editar Mapa


Mapa ilustrando as mudanças de fronteira na história da Polônia; Kresy (1922-1939) em cinza

 ver · editar Como colaborar
Colabore!
Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com a Polônia na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.


 ver · editar Associados Wikimedia
Polónia no Commons Polónia no Commons
Imagens e mídia
Polónia no Wikcionário Polónia no Wikcionário
Definições
Polónia no Wikilivros Polónia no Wikilivros
Livros didáticos e manuais
Polónia no Wikinotícias Polónia no Wikinotícias
Notícias
Polónia no Wikiquote Polónia no Wikiquote
Citações
Polónia no Wikisource Polónia no Wikisource
Biblioteca
Polónia na Wikiversidade Polónia na Wikiversidade
Recursos de aprendizado

Recarregar