Portal:Croácia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Coat of arms of Croatia.svg Bem-vindo ao
Portal da Croácia
Lagos de PlitviceIsla de MijetDubrovnikColiseo de PulaMonumento al rey Tomislav
Cartella rossa.jpg
Brosen windrose-fr.svg
ver    
Flag of Croatia.svg
Coat of arms of Croatia.svg
LocationCroatia.svg

Croácia (em croata: Hrvatska, pronunciado AFI[xř̩ʋaːtskaː]), oficialmente República da Croácia (em croata: Loudspeaker.svg? Republika Hrvatska), é um país europeu que limita ao norte com a Eslovénia e Hungria, a nordeste com a Sérvia, a leste com a Bósnia e Herzegovina e ao sul com Montenegro. É banhado a oeste pelo mar Adriático e possui uma fronteira marítima com a Itália, no golfo de Trieste.

O país é membro das Nações Unidas, da OTAN, da Organização para Segurança e Cooperação na Europa, do Conselho da Europa e mais recentemente, da União Europeia. A candidatura da Croácia à União Europeia (UE) ocorreu em 1 de fevereiro de 2003 e a adesão a 1 de julho de 2013, sendo o segundo país formado a partir do território da ex-Iugoslávia a ingressar na UE, depois da Eslovénia em 2004.



 ver · editar Artigos selecionados
Peristyle of Diocletian's Palace, Split (11908116224).jpg

O Palácio de Diocleciano (em croata: Dioklecijanova palača) foi a residência imperial fortificada construída pelo imperador Diocleciano (r. 284–305) na costa da Dalmácia com o fim de para ali se retirar após a sua abdicação voluntária em 305. É um dos edifícios mais bem conservados da Antiguidade tardia e os seus vestígios estão preservados no coração histórico de Split, na Croácia. Contrariamente a uma lenda popular, a cidade - Espalato (em latim: Spalatum) - deve o seu nome ao da vizinha cidade grega de Aspalato - "arbusto branco" - e não ao termo latino para palácio - palatium.

O imperador Diocleciano viveu neste palácio o essencial dos últimos anos da sua vida e, quando faleceu, o seu corpo foi depositado num sarcófago colocado dentro do mausoléu que ali tinha mandado construir.

O Palácio de Diocleciano é um testemunho excepcional da encenação arquitectónica da ideologia tetrárquica que não sobreviveu ao seu fundador. Reunindo uma residência de prestígio, um templo dinástico e um mausoléu, é o protótipo dum modelo palaciano tetrárquico que conheceu dois outros seguidores menos grandiosos: em Romuliana, para Galério (r. 305–311), e em Šarkamen, sem dúvida para Maximino Daia.

Flag map of Croatia.svg Ler mais ...


 ver · editar Biografia selecionada
Stepinac.jpg

Aloysius Viktor Stepinac (em croata: Alojzije Viktor Stepinac, 8 de maio de 1898 - 10 de fevereiro de 1960) foi cardeal da Igreja Católica, bem como Arcebispo de Zagreb de 1937 até sua morte em 1960, incluindo durante o governo fascista do Ustaše sobre o Estado Independente da Croácia de 1941 a 1945 durante a Segunda Guerra Mundial. Foi julgado pelo governo comunista iugoslavo após a guerra e condenado por traição e colaboração com o regime ustaše. A primeira parte da sentença de 16 anos que lhe foi imposta foi cumprida a princípio na prisão e, depois de cinco anos (1951), sob prisão domiciliar em sua cidade natal em Krašić. Em 1953 o Papa Pio XII o nomeou cardeal. Em 1998 foi declarado mártir e beatificado pelo Papa João Paulo II. Sua trajetória durante a Segunda Guerra Mundial, sua condenação e seu subsequente martírio e beatificação permanecem controversos.

Flag map of Croatia.svg Ler mais ...


 ver · editar Imagem selecionada
Sunset above Pula harbour.JPG

Uma parte do porto em Pula, Croácia, sob o por do sol.
 ver · editar Sabia que?
 ver · editar Predefinições
Séries
Esboços
Ligações
Outros
 ver · editar Categorias
 ver · editar Mapa

CroationPopulationChanges1981 2001.png


Mapa ilustrando mudanças populacionais na Croácia em vinte anos (1981-2001).

 ver · editar Como colaborar
Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com a Croácia na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.


 ver · editar WikiProjetos