Portal:Etiópia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Flag-map of Ethiopia.svg
Bem-vindo (a) ao
Portal da Etiópia
Nakempte Boys.jpgBet Medhane Alem church Lalibela.jpgMount Zuqualla.jpgFemale coffee farmer in Ethiopia (5762538117).jpg
Cartella rossa.jpg
Brosen windrose-fr.svg
ver    
Flag of Ethiopia
Coat of Arms of Ethiopia
Location on the world map

A Etiópia (Ge'ez: ኢትዮጵያ ʾĪtyōṗṗyā) é um país africano, um Estado sem litoral localizado no Chifre da África, é um dos países mais antigos do mundo. Oficialmente conhecido como República Federal Democrática da Etiópia, é a segunda nação mais populosa da África, com mais de 79,2 milhões de pessoas e a décima maior por área. A sua capital é Adis-Abeba. A Etiópia faz fronteira com Djibouti e Somália ao leste, Quênia ao sul, Eritreia ao norte e Sudão a oeste.

Embora a maioria dos países africanos possuem bem menos do que um século de idade, a Etiópia é um país independente desde os tempos antigos. Um Estado monárquico durante a maior parte sua história, a dinastia etíope traça as suas raízes para o século 10 aC. Além de ser um país antigo, a Etiópia é um dos sítios mais antigos de existência humana conhecidos pelos cientistas atualmente, tendo produzido alguns dos mais antigos vestígios da humanidade, pode ser o lugar onde o Homo sapiens estabeleceu pela primeira vez no Oriente Médio e pontos além. Quando a África foi dividida pelas potências européias na Conferência de Berlim, a Etiópia era um dos dois únicos países que mantiveram a sua independência. Foi um dos únicos três membros africanos da Liga das Nações, e depois de um breve período de ocupação italiana, a Etiópia se tornou um membro fundador das Nações Unidas. Quando outras nações africanas receberam a sua independência após a Segunda Guerra Mundial, muitas delas adotaram as cores da bandeira da Etiópia; e Adis Abeba tornou-se a localização de várias organizações internacionais focadas na a África.

O Estado moderno da Etiópia, e suas fronteiras atuais, são o resultado de redução territorial significativa no norte e expansão no sul, em direção a suas fronteiras atuais, devido a várias migrações e integração comercial, bem como conquistas, particularmente pelo Imperador Menelik II e Ras Gobena. Em 1974, a dinastia liderada por Haile Selassie foi deposta e guerras civis se intensificaram. Desde então, a Etiópia tem sido um Estado secular com uma variedade de sistemas de governo. Hoje, Addis Abeba é ainda o local da sede da União Africana e UNECA. O país tem um dos exércitos mais poderosos da África. A Etiópia é o único país africano com seu próprio alfabeto; e também tem seu próprio sistema tempo e calendário único, de sete ou oito anos atrás do calendário gregoriano. Possui a maior quantidade de Patrimônio Mundial da UNESCO na África.




Artigos selecionados

Corne de l'Afrique - années 1930.png

Crise da Abissínia foi uma crise internacional ocorrida durante o período entre-guerras originária do "incidente de Walwal", um incidente que resultou no conflito entre o Reino da Itália (Regno d'Italia) e o Império da Etiópia (então conhecido como "Abissínia" na Europa). A Liga das Nações condenou a Itália e votou a favor de sanções econômicas, mas não foram totalmente aplicadas. A Itália ignorou as sanções, abandonou a Liga, fez acordos especiais com a Grã-Bretanha e a França e finalmente estabeleceu o controle sobre a Etiópia. A crise desacreditou a Liga e aproximou a Itália fascista de uma aliança com a Alemanha nazista.


Biografia selecionada

Haile-cropped-2.jpg

Haile Gebrselassie (Asella, 18 de abril de 1973) é um atleta etíope corredor de longa distância, considerado um dos maiores fundistas da história, ao lado do finlandês Paavo Nurmi e do tcheco Emil Zatopek.

Ele é bicampeão olímpico e tetracampeão mundial dos 10.000 m e estabeleceu 27 recordes mundiais entre distâncias que vão dos 3.000 m à maratona. Digno sucessor do também etíope, recordista mundial, campeão olímpico e lendário maratonista Abebe Bikila, Haile tem o apelido de "Imperador" no mundo do atletismo, em alusão ao imperador etíope Haile Selassie e ao seu domínio das provas de fundo nos últimos quinze anos.



Imagem selecionada

Erta Ale.jpg

As duas crateras do vulcão Erta Ale, onde por vezes são encontrados lagos de lava.

Sabia que?

  • ... que Karakore foi o epicentro do terremoto mais destrutivo da Etiópia no século XX, que destruiu uma cidade e deixou 5.000 pessoas desabrigadas?


WikiProjetos

Categorias

Mapa

Etiopia - Guèrras dau periòde Mengistu.png


Mapa mostrando as guerras e conflitos na Etiópia durante a ditadura de Mengistu.


Como colaborar

Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com a Etiópia na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

  • Ajude a manter este portal atualizado.
  • Dê suas sugestões, críticas ou elogios na página de discussão.
  • Crie artigos de destaque relacionados a esse país dando visibilidade ao assunto escolhido.
  • Adicione novas imagens na galeria.

Portais relacionados

Associados Wikimedia

Etiópia no Wikinotícias     Etiópia no Wikiquote     Etiópia no Wikilivros     Etiópia no Wikisource     Etiópia no Wikcionário     Etiópia na Wikiversidade     Etiópia no Wikivoyage     Etiópia no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Guias de viagem Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/Eti%C3%B3piaWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/Eti%C3%B3piaWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/Eti%C3%B3piaWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/Eti%C3%B3piaWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/Eti%C3%B3piaWiktionary-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Eti%C3%B3piaWikiversity-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Eti%C3%B3piaWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:Eti%C3%B3piaCommons-logo.svg
Cartella rossa.jpg
Portal.svg
ver    

Recarregar