Portal:Tunísia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeau portail Tunisie.jpg

Portal da Tunísia


Tunísia


Este portal pretende reunir informações sobre os mais variados temas relacionados com a Tunísia.



Bem vindo ao Portal da Tunísia!

Bandeira da Tunísia
Brasão de armas da Tunísia
Mapa de Localização

A Tunísia (árabe:Tūnis - تونس ' ), oficialmente República Tunisina, é um país da África do Norte e, que pertence a região do Magrebe. É limitada ao norte e o leste pelo mar Mar Mediterrâneo, através do qual faz fronteira com a Itália, ficando especialmente próxima da Ilha de Pantelária e das Ilhas Pelágias. Possui fronteira ocidental com a Argélia (965 km) e a leste e sul sobre a Líbia (459 km). A sua capital e maior cidade é Tunes, que está situada no nordeste do país.

Quase 40% da superfície do território é ocupados pelo deserto do Saara, o restante é constituído de terras férteis, berço da Civilização Cartaginesa que atingiu o seu apogeu no Século III a.C., antes de sucumbir ao Império Romano.

Muito tempo foi chamada Regência de Túnis, nomeada sob a dominação otomana, a Tunísia passou sob protetorado francês em 1881, adquirindo a independência em 20 de Março de 1956, o país toma a denominação oficial de Reino da Tunísia com o final do mantado de lamina Bey que, no entanto, não levou nunca o título de rei, é proclamada a república, em 25 de Julho de 1957.

É integrada às principais comunidades internacionais, Tunísia faz igualmente parte da Liga Árabe, da União Africana e à Comunidade dos estados de Sahel-Saharan, entre outras.

Artigos selecionados

Al-Mansuriya, al-Mansuriyaa ou Mansuriyya (em árabe: المنصوريه) foi a capital do Califado Fatímida durante os reinados dos imãs xiitas ismaelitas al-Mansur Billah (r. 946–953) e al-Mu'izz li-Din Allah (r. 953–975). Situava-se no que é atualmente o extremo sudeste da cidade de Cairuão, Tunísia, antiga capital da Ifríquia.

Erigida entre 946 e 972, al-Mansuriya era uma cidade muralhada, onde se erguiam palácios cuidadosamente projetados, rodeados de jardins, lagos artificias e canais de água. Durante um curto período, a cidade foi o centro de um poderoso estado que incluía a maior parte do Norte de África e da Sicília. Após deixar de ser a capital fatímida, foi a capital provincial dos Ziridas até 1057, quando foi destruída pelas tribos invasoras dos Banu Hilal. Todos os objetos e materiais úteis ou de valor foram pilhados durante os séculos seguintes e atualmente só restam vestígios ténues da antiga cidade.


Sabia que?

... que 37% do PIB da Tunísia é investido em educação?

... que a Tunísia está classificada globalmente em 11º em termos de qualidade do sistema educativo?

... que 164 colunas da Mesquita Zaytuna foram originalmente retiradas do sítio de Cartago?


Categorias

Predefinições

Imagem selecionada

Costa de Mahdia, Túnez, 2016-09-03, DD 11.jpg
Costa de Mahdia, Tunísia.

Biografia selecionada

Hannibal Slodtz Louvre MR2093.jpg

Aníbal, filho de Amílcar Barca (Cartago, 248 a.C.Bitínia, 183 a.C. ou 182 a.C.), conhecido comumente apenas como Aníbal (em púnico: ḤNBʻL; Ḥannibaʻal ou Ḥannibaʻl, lit. "Ba'al bondoso" ou "Agraçiado por Baal"; Ḥannobaʻal, ou ʼDNBʻL, ʼAdnibaʻal, lit. "Ba'al é meu senhor"; em grego: Ἁννίβας; transl.: Hanníbas) foi um general e estadista cartaginês considerado o maior dos táticos militares da história; É irmão de Magão e Asdrúbal, além de cunhado de Asdrúbal, o Belo (comandante supremo de Cartago). Seu pai, Amílcar Barca (Barca, "raio"), foi o principal comandante cartaginês durante a Primeira Guerra Púnica, travada contra Roma.

Sua vida decorreu no período de conflitos em que a República Romana estabeleceu supremacia na bacia mediterrânea, em detrimento de outras potências como a própria Cartago, Macedônia, Siracusa e o Império Selêucida. Sendo um dos generais mais ativos da Segunda Guerra Púnica, quando levou a cabo uma das façanhas militares mais audazes da Antiguidade: Aníbal e seu exército, onde se incluíam elefantes de guerra, partiram da Hispânia e atravessaram os Pirenéus e os Alpes com o objetivo de conquistar o norte da península Itálica. Ali derrotou os romanos em grandes batalhas campais como a do lago Trasimeno ou a de Canas, que ainda se estuda em academias militares na atualidade. Apesar de seu brilhante movimento, Aníbal não chegou a capturar Roma.


Como colaborar

Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com a Tunísia na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

  • Ajude a manter este portal atualizado.
  • Dê suas sugestões, críticas ou elogios na página de discussão.
  • Crie artigos de destaque relacionados a esse país dando visibilidade ao assunto escolhido.
  • Adicione novas imagens na galeria.


WikiProjetos

Tunisian Republic location map.svg Você está convidado a participar do WikiProjeto África, um WikiProjeto dedicado a desenvolver e melhorar artigos sobre a Tunísia. Flag of Tunisia.svg


Portais relacionados

Associados Wikimedia

Tunísia no Wikinotícias     Tunísia no Wikiquote     Tunísia no Wikilivros     Tunísia no Wikisource     Tunísia no Wikcionário     Tunísia na Wikiversidade     Tunísia no Wikivoyage     Tunísia no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Guias de viagem Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWiktionary-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWikiversity-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:Tun%C3%ADsiaCommons-logo.svg

Recarregar