Portal:Tunísia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeau portail Tunisie.jpg

Portal da Tunísia


Tunísia


Este portal pretende reunir informações sobre os mais variados temas relacionados com a Tunísia.



Bem vindo ao Portal da Tunísia!

Bandeira da Tunísia
Brasão de armas da Tunísia
Mapa de Localização

A Tunísia (árabe:Tūnis - تونس ' ), oficialmente República Tunisina, é um país da África do Norte e, que pertence a região do Magrebe. É limitada ao norte e o leste pelo mar Mar Mediterrâneo, através do qual faz fronteira com a Itália, ficando especialmente próxima da Ilha de Pantelária e das Ilhas Pelágias. Possui fronteira ocidental com a Argélia (965 km) e a leste e sul sobre a Líbia (459 km). A sua capital e maior cidade é Tunes, que está situada no nordeste do país.

Quase 40% da superfície do território é ocupados pelo deserto do Saara, o restante é constituído de terras férteis, berço da Civilização Cartaginesa que atingiu o seu apogeu no Século III a.C., antes de sucumbir ao Império Romano.

Muito tempo foi chamada Regência de Túnis, nomeada sob a dominação otomana, a Tunísia passou sob protetorado francês em 1881, adquirindo a independência em 20 de Março de 1956, o país toma a denominação oficial de Reino da Tunísia com o final do mantado de lamina Bey que, no entanto, não levou nunca o título de rei, é proclamada a república, em 25 de Julho de 1957.

É integrada às principais comunidades internacionais, Tunísia faz igualmente parte da Liga Árabe, da União Africana e à Comunidade dos estados de Sahel-Saharan, entre outras.

Mostrar novas seleções

Artigos selecionados

Entrada do complexo da sinagoga de la Ghriba

O atentado de la Ghriba de 11 de abril de 2002 foi um ataque suicida levado a cabo por um terrorista islâmico na entrada da sinagoga de la Ghriba, em Djerba, sul da Tunísia. O atentado provocou 21 mortos e 30 feridos e foi levado a cabo por Nizar Naoua, um franco-tunisino de 25 anos com ligações à organização terrorista al-Qaeda, que reivindicou a autoria do ataque.

Além de Naoua, estiveram envolvidos no atentado um tio e um irmão do suicida, Christian Ganczarski, um cidadão alemão de origem polaca, o empresário espanhol Enrique Cerda e o empresário paquistanês residente em Espanha Ahmed Rukhsar. Todos eles, à exceção do tio de Nizar Naoua, mantiveram contactos com o célebre dirigente da al-Qaeda Khalid Sheikh Mohammed, preso em Guantánamo por ser suspeito de envolvimento nos ataques de 11 de setembro de 2001 em Nova Iorque.

A sinagoga de la Ghriba é o principal centro espiritual dos judeus de Djerba, uma das mais antigas comunidades judaicas do Norte de África e uma das últimas ainda existente no mundo árabe. Além disso, é um dos mais importantes santuários judaicos do Norte de África e segundo a lenda é uma das mais antigas, senão a mais antiga sinagoga do mundo.


Sabia que?

... que 37% do PIB da Tunísia é investido em educação?

... que a Tunísia está classificada globalmente em 11º em termos de qualidade do sistema educativo?

... que 164 colunas da Mesquita Zaytuna foram originalmente retiradas do sítio de Cartago?


Categorias

Predefinições

Imagem selecionada

Bourguiba Nixon Bey Saoud 1957.jpg
Pat e Richard Nixon, Habib Bourguiba, Lamine Bey e Faisal Al Saud assistem a um desfile militar, Túnis, 20 de março de 1957.

Biografia selecionada

Ibn Khaldoun-Kassus.jpg

Abu Zayd 'Abd al-Rahman ibn Muhammad ibn Khaldun al-Hadrami (عبد الرحمن بن محمد بن خلدون الحضرمي) ou Ibn Khaldun (Norte da África, atual Túnis , 27 de Maio de 1332/AH 732 — Cairo, 17 de Março de 1406/AH 808) foi um polímata árabeastrônomo, economista, historiador, jurista islâmico, advogado islâmico, erudito islâmico, teólogo islâmico, hafiz, matemático, estrategista militar, nutricionista, filósofo, cientista social e estadista.

Ele é considerado um precursor de várias disciplinas científicas sociais: demografia, história cultural, historiografia, filosofia da história, e sociologia. Ele também é considerado um dos precursores da moderna economia, ao lado do antigo erudito indiano Chanakya. Ibn Khaldun é considerado por muitos como o pai de várias destas disciplinas e das ciências sociais em geral, por ter antecipado muitos elementos dessas disciplinas séculos antes de terem sido fundadas no Ocidente.

É mais conhecido por seu Muqaddimah (conhecido como Prolegômenos no Ocidente), o primeiro volume de seu livro sobre a história universal, Kitab al-Ibar.


Como colaborar

Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com a Tunísia na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

  • Ajude a manter este portal atualizado.
  • Dê suas sugestões, críticas ou elogios na página de discussão.
  • Crie artigos de destaque relacionados a esse país dando visibilidade ao assunto escolhido.
  • Adicione novas imagens na galeria.


WikiProjetos

Tunisian Republic location map.svg Você está convidado a participar do WikiProjeto África, um WikiProjeto dedicado a desenvolver e melhorar artigos sobre a Tunísia. Flag of Tunisia.svg


Portais relacionados

Associados Wikimedia

Tunísia no Wikinotícias     Tunísia no Wikiquote     Tunísia no Wikilivros     Tunísia no Wikisource     Tunísia no Wikcionário     Tunísia na Wikiversidade     Tunísia no Wikivoyage     Tunísia no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Guias de viagem Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWiktionary-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWikiversity-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Tun%C3%ADsiaWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:Tun%C3%ADsiaCommons-logo.svg

Recarregar