Portal:Macau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Listas · Glossários · Índices · Índice A-Z

 ver·editar  Flag of Macau.svg Portal sobre Macau Flag of Macau.svg
Mapa da Região Administrativa Especial de Macau
Bandeira da RAEM

Macau (chinês: 澳門; cantonês: Ou3 Mun4 ou Ou3 Mun2; pinyin: Àomén) foi uma antiga colónia portuguesa até 20 de Dezembro de 1999, quando a sua soberania foi transferida para a República Popular da China (RPC), tornando-se numa Região Administrativa Especial. A ocupação e administração portuguesa durou cerca de 442 anos. Após a trasferência de soberania, o nome completo e oficial de Macau é: Região Administrativa Especial de Macau da República Popular da China.

Segundo o princípio do Governo Popular Central da RPC de "um país, dois sistemas" e a Lei Básica, esta cidade chinesa goza de um estatuto especial, semelhante a de Hong-Kong. Possui uma elevada autonomia em todos os aspectos e assuntos relacionados com ela, exceptuando em assuntos relacionados com a defesa e os negócios estrangeiros (política externa) sendo que, nesta última esfera Macau goza ainda assim de alguma autonomia. A Lei Básica e a Declaração Conjunta Sino-Portuguesa sobre a Questão de Macau especificam que o seu sistema económico-financeiro (de carácter capitalista), social, fiscal, de segurança e de controlo da imigração e das fronteiras, bem como os direitos e as liberdades dos seus cidadãos irão manter-se inalterávéis pelo menos até 2049.

Macau está situada no sudeste da China Continental, a Oeste da foz do rio das Pérolas e é adjacente à província de Guangdong. Mais precisamente, esta cidade localiza-se a 22° 10' Norte (latitude) e 113° 33' Leste (longitude). É constituída por uma península e duas ilhas (Taipa e Coloane, entretanto ligadas por terra seca, o istmo de Cotai), numa superfície total de 28,6 km². Tem cerca de 538 000 habitantes, sendo aproximadamente 94% de etnia chinesa.

Macau é uma pequena economia de mercado, extremamente aberta e liberal, com livre circulação de capitais, como resulta da sua longa história como porto franco. A moeda usada em Macau é a pataca e encontra-se indexada ao dólar de Hong Kong. Esta economia baseia-se no jogo e no turismo, sendo que o jogo representa uma parte significativa do PIB de Macau (no ano de 2007, o PIB da RAEM é cerca de 19,1 mil milhões mil milhões de dólares americanos).


 ver·editar Artigo destacado
Mapa da localização de Macau na Região do Delta do Rio das Pérolas, emitido no séc. XIX
Mapa da Colónia Portuguesa de Macau, emitida em 1912
História de Macau

Macau foi já povoada por pescadores e camponeses chineses quando os portugueses estabeleceram-se em 1557 nesta localidade. Eles rapidamente trouxeram prosperidade a Macau, tornando-a numa grande cidade comercial. Macau é considerado o primeiro entreposto europeu em solo chinês e tinha um grande valor, principalmente ao nível comercial e estratégico, para os portugueses porque era um importante intermediário no comércio entre a China, a Europa e o Japão.

Macau, desde a chegada dos portugueses, foi também uma importantíssima porta de acesso para a entrada da civilização ocidental na China e vice-versa, contribuindo para um intenso processo de contacto, intercâmbio e simbiose das culturas ocidental e oriental. Este processo, que teve lugar em Macau, moldaram uma identidade única e própria para esta cidade. Os missionários católicos também utilizaram-na como centro de formação e partida para os diferentes países da Ásia, principalmente a China e o Japão.

Mesmo atacado várias vezes por outras potências europeias, nomeadamente pelos holandeses, esta cidade atingiu o seu auge durande o séc. XVII. Mas, durante o séc. XIX, Macau começou a entrar rapidamente em declínio por causa do estabelecimento de Hong-Kong pelos ingleses. Esta nova colónia britânica cedo tornou-se no porto ocidental mais importante da China. Mesmo assim, Macau, em 1865, construiu o primeiro farol do mar do Sul da China, o Farol da Guia.

Durante o séc. XX, Macau lançou a sua moeda local, a pataca. Foi emitida pelo Banco Nacional Ultramarino em 1905. Esta colónia portuguesa não foi invadido pelas tropas japonesas, evitando assim os grandes horrores da Segunda Guerra Mundial. Após a implantação da República Popular da China (1949), esta cidade experimentou vários "incidentes" e motins provocados pelos chineses residentes pró-comunistas que queriam reunir Macau à China. Mas Macau conseguiu sobreviver a estes acontecimentos, sendo finalmente restituída à China em 1999, após intensas negociações entre Portugal e a República Popular da China, tornando-se numa Região Administrativa Especial.

 ver·editar Colabore!
Colabore

Revisar/Reciclar:


Fundir/Traduzir:


Desenvolver:


Pedidos:

Obs: Ao criar novos artigos procure criar os possíveis redirecionamentos.


Sem imagem:

 ver·editar Imagem destacada
Ruinas de Sao Paulo.jpg
As Ruínas de São Paulo, um dos monumentos mais famosos de Macau e um dos símbolos desta terra.
 ver·editar Curiosidades
  • Macau é uma das cidades com maior densidade populacional do Mundo, com aproximadamente 17800 habitantes a viver num quilómetro quadrado.
  • Desde a chegada dos portugueses, existiam em Macau 3 autoridades distintas e de diferente natureza (a local, a portuguesa e a chinesa) que exerciam influência e controlo sobre a administração desta cidade. Só durante a primeira metade do séc. XIX é que a autoridade portuguesa se consolidou, afirmando uma total soberania sobre o território.
  • Macau só foi ingressado na organização administrativa ultramarina portuguesa no ano de 1844.
  • A primeira instituição universitária de tipo ocidental no Oriente, o Colégio de S. Paulo, foi precisamente construída pelos missionários jesuítas na Cidade de Macau.
 ver·editar Temas relacionados
Wikinews-logo.png
Notícias
Commons-logo.svg
Media
Gnome-globe.svg
Geografia (Artigo principal)
Macau SAR Regional Emblem.svg
Política (Art. principal)

História (Art. principal)


Economia (Art. principal)


Pessoas


Ruinas de Sao Paulo.jpg
Localidades
AdministrativeDivisionOfMacao-Portuguese.png
Freguesias (Art. principal)
Mocathedral.JPG
Religião (Art. principal)

Direito


Educação (Artigo principal)


Desporto


Cultura (Artigo principal)


Demografia (Artigo principal)


Comunicações (Artigo principal)


Bandeiras

Portais de Países e Regiões de Língua Oficial Portuguesa

Flag of Angola.svg
Flag of Brazil.svg
Flag of Cape Verde.svg
Flag of Guinea-Bissau.svg
Flag of Equatorial Guinea.svg
Flag of Macau.svg
Flag of Mozambique.svg
Flag of Portugal.svg
Flag of Sao Tome and Principe.svg
Flag of East Timor.svg
Angola Brasil Cabo Verde Guiné-Bissau Guiné Equatorial Macau Moçambique Portugal São Tomé e Príncipe Timor-Leste

Macau