Parque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Central Park, um dos maiores parques urbanos do mundo, situado em Nova Iorque, Estados Unidos.

Um parque é um espaço comumente chamado de "área verde", em geral livre de edificações e caracterizado pela abundante presença de vegetação. Protegido pela cidade, pelo Estado/província ou pelo país no qual se encontra, destina-se à recreação, e à preservação do meio-ambiente natural1 . Desta forma, um parque pode ser caracterizado como urbano ou natural.

Parque urbano[editar | editar código-fonte]

Um parque urbano é um tipo de espaço livre de edificações, normalmente caracterizado como espaço público, no qual há tipicamente abundância de vegetação e áreas não pavimentadas, mas sobretudo localizado dentro de uma região urbana. Nele, estabelecimentos industriais e residenciais são proibidos, e estabelecimentos comerciais são normalmente restritos a quiosques e vendedores ambulantes. Eventualmente um parque urbano está ligado a um conjunto de equipamentos públicos de caráter cultural, como museus, centros culturais e casas de espetáculo.

Um parque urbano propicia lazer e recreação aos habitantes da cidade, assim como uma apropriação lúdica do espaço público. Parques urbanos incluem muitas vezes playgrounds e campos de esportes, laguinhos e centros educativos como museus e jardins botânicos.

Parques são um dos componentes-chaves de uma cidade especialmente dedicada em propiciar um alto nível de qualidade de vida aos seus habitantes; várias das cidades com os melhores índices de desenvolvimento humano, como Genebra e Zurique, na Suíça, Vancouver, no Canadá e Estocolmo, na Suécia, possuem sistemas complexos de espaços de recreação e parques urbanos.

Um dos exemplos mais paradigmáticos de um parque urbano é o Central Park, em Nova Iorque, projetado por Frederick Law Olmsted e Calvert Vaux2 . Outro exemplo semelhante é o Hyde Park, em Londres. Já exemplos bastante conhecidos de parques urbanos no Brasil são o Parque Ibirapuera, em São Paulo, o Parque das Dunas em Natal e o Parque do Cocó em Fortaleza.

Parque natural[editar | editar código-fonte]

Um parque natural é uma área natural, fora de uma área urbana, protegida por lei, e onde indústrias e residências são proibidas, restritas a nativos que anteriormente já habitavam a região ou existem com restrições, com o objetivo de preservar a flora e a fauna local.

Um parque natural também pode servir como um local de recreação para pessoas. Camping, canoagem, caminhadas e piqueniques são atividades e recreações mais comuns. Muitos parques naturais são centros turísticos, por abrigarem monumentos naturais, como grandes montanhas e cachoeiras, por exemplo.

No Brasil, por exemplo, temos o Parque Nacional do Iguaçu, onde estão localizadas as Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú e também o Parque Ecológico do Paredão em Guapé - Minas Gerais. Em Portugal, a Ria Formosa, no Algarve, é outro exemplo de um parque natural.

Panorama do lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu, no Paraná, eleitas uma das Sete maravilhas naturais do mundo. Ao fundo é possível ver a passarela do lado argentino.
Panorama do lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu, no Paraná, eleitas uma das Sete maravilhas naturais do mundo. Ao fundo é possível ver a passarela do lado argentino.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Imagens e media no Commons
Portal A Wikipédia possui o portal:

Referências

  1. AmbienteBrasil - Glossário acessado em 3 de maio de 2010.
  2. Nova York faz festa para os 150 anos do Central Park - BBC Brasil acessado em 3 de maio de 2010.