Parque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o parque de diversões, veja Parque de diversão.
Parque Veale Gardens em Adelaide (Austrália).
Parque Sad Janka Kráľa em Bratislava, Eslováquia.
Parque de Gagel em Utrecht, Netherlands.

Um parque (do francês parc) é um espaço comumente chamado de "área verde", geralmente livre de edificações e caracterizado pela abundante presença de vegetação. Protegido pela cidade, pelo Estado/província ou pelo país no qual se encontra, destina-se à recreação, e à preservação do meio ambiente natural[1]. Desta forma, um parque pode ser caracterizado como urbano ou natural.

O termo também é usado para descrever um tipo de savana.[2]

Parque urbano[editar | editar código-fonte]

Lac des Minimes, no Bosque de Vincennes, o maior parque urbano da França, localizado em Paris

Um parque urbano é um tipo de espaço livre de edificações, normalmente caracterizado como espaço público, no qual há tipicamente abundância de vegetação e áreas não pavimentadas, mas sobretudo localizado dentro de uma região urbana. Nele, estabelecimentos industriais e residenciais são proibidos, e estabelecimentos comerciais são normalmente restritos a quiosques e vendedores ambulantes. Eventualmente um parque urbano está ligado a um conjunto de equipamentos públicos de caráter cultural, como museus, centros culturais e casas de espetáculo.

Um parque urbano propicia lazer e recreação aos habitantes da cidade, assim como uma apropriação lúdica do espaço público. Parques urbanos incluem muitas vezes playgrounds e campos de esportes, laguinhos e centros educativos como museus e jardins botânicos.

Parques são um dos componentes-chaves de uma cidade especialmente dedicada em propiciar um alto nível de qualidade de vida aos seus habitantes; várias das cidades com os melhores índices de desenvolvimento humano, como Genebra e Zurique, na Suíça, Vancouver, no Canadá e Estocolmo, na Suécia, possuem sistemas complexos de espaços de recreação e parques urbanos.

Um dos exemplos mais paradigmáticos de um parque urbano é o Central Park, em Nova Iorque, projetado por Frederick Law Olmsted e Calvert Vaux[3]. Outro exemplo semelhante é o Hyde Park, em Londres. Já exemplos bastante conhecidos de parques urbanos no Brasil são o Parque Ibirapuera, em São Paulo, o Parque das Dunas em Natal, o Parque do Cocó em Fortaleza e o Parque da Cidade em Brasília

Parque natural[editar | editar código-fonte]

Um parque natural é uma área natural, fora de uma área urbana, protegida por lei, e onde indústrias e residências são proibidas, restritas a nativos que anteriormente já habitavam a região ou existem com restrições, com o objetivo de preservar a flora e a fauna local.

Um parque natural também pode servir como um local de recreação para pessoas. Camping, canoagem, caminhadas e piqueniques são atividades e recreações mais comuns. Muitos parques naturais são centros turísticos, por abrigarem monumentos naturais, como grandes montanhas e cachoeiras, por exemplo.

No Brasil, por exemplo, temos o Parque Nacional do Iguaçu, onde estão localizadas as Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú e também o Parque Ecológico do Paredão em Guapé - Minas Gerais. Em Portugal, a Ria Formosa, no Algarve, é outro exemplo de um parque natural.

Panorama do lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu, no Paraná, eleitas uma das Sete maravilhas naturais do mundo. Ao fundo é possível ver a passarela do lado argentino.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Imagens e media no Commons
Portal A Wikipédia tem o portal:

Referências

  1. AmbienteBrasil - Glossário acessado em 3 de maio de 2010.
  2. IBGE. 2012. Manual Técnico da Vegetação Brasileira. 2a ed. Rio de Janeiro: IBGE. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home/geociencias/recursosnaturais/vegetacao/manual_vegetacao.shtm>.
  3. Nova York faz festa para os 150 anos do Central Park - BBC Brasil acessado em 3 de maio de 2010.