Rio Awash

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rio Awash
Awash river.jpg
Localização
País
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
1 200 kmVisualizar e editar dados no Wikidata
Hidrografia
Tipo
Área da bacia
64 000 km2Visualizar e editar dados no Wikidata
Afluentes
principais
Lago no curso
Foz

O Rio Awash, anteriormente conhecido como Hawash (em amárico, አዋሽ ወንዝ, awaš wänz, em Afar, We'ayot), é um rio localizado no leste da Etiópia.[1] Origina-se nas áreas montanhosas da região central da Etiópia, a uma altitude de 3000 metros acima do nível do mar[2] Em 1980, a Unesco declarou o vale inferior do Awash como Patrimônio da Humanidade, considerando que abriga "uma das mais importantes coleções de sítios paleontológicos do continente africano".[3]

É o segundo maior rio da Etiópia, superado apenas pelo Nilo Azul.[4] Desde sua origem nas terras altas da Etiópia, chega ao deserto de Danakil e deságua no Lago Abbe a uma altitude de 250 metros acima do nível. do mar. Tem 1200 quilômetros de extensão e possui uma bacia hidrográfica de aproximadamente 113.700 quilômetros quadrados. Por outro lado, divide-se em três sistemas, baseados principalmente nas atividades de água neles realizadas: Alto, médio e baixo. Em sua afluência, passa por várias regiões climáticas, variando de regiões subtropicais úmidas a áridas.[2]

Na região alta, há a barragem de Koka, as usinas hidrelétricas Awash I e Awash II, fábricas e plantações de cana-de-açúcar. No médio Awash, projetos de irrigação para plantações de banana e algodão predominam, assim como a barragem de Kassam. Finalmente, na área inferior, há o projeto de irrigação de Tandaho.[2]

Ao longo da bacia do rio Awash existem vários sítios paleoantropológicos. No Awash médio, foram encontrados vestígios de hominídeos, como um crânio quase completo de Homo rhodesiensis em 1978 ou restos de Australopithecus afarensis.[5] Nesse sentido, em 1974, os achados de múltiplos restos ósseos coletados no deserto de Danakil, às margens do rio, possibilitaram compor um esqueleto parcial de uma fêmea, com estimativas de três milhões de anos.[4]

O clima da bacia do rio Awash é principalmente influenciado pelo movimento da zona de convergência intertropical (ITCZ). Durante seu movimento para o norte em março / abril e sua retirada para o sul, a ITCZ cria duas estações chuvosas, uma menor em março ("Belg") e uma mais longa entre junho e setembro ("Kiremt"), que caem parcialmente em uma estação chuvosa mais longa. A estação das chuvas tende a ser bimodal para o leste da Etiópia e quase unimodal para o oeste da Etiópia. O tempo entre outubro e março é constituído por uma estação seca, chamada "Bega".[6] Condições semi-áridas a áridas prevalecem no Vale do Rift. Em contraste, as terras altas recebem em parte mais de 1600 mm de chuva seis meses por ano.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Awash River | river, Ethiopia». Encyclopædia Britannica (em inglês). Consultado em 5 de março de 2019 
  2. a b c Mays, Larry (10 de abril de 2009). Integrated Urban Water Management: Arid and Semi-Arid Regions: UNESCO-IHP (em inglês). [S.l.]: CRC Press. ISBN 9780203895443 
  3. Centre, UNESCO World Heritage. «Centro del Patrimonio Mundial -». UNESCO World Heritage Centre (em espanhol). Consultado em 5 de março de 2019 
  4. a b Ring, Trudy; Watson, Noelle; Schellinger, Paul (5 de março de 2014). Middle East and Africa: International Dictionary of Historic Places (em inglês). [S.l.]: Routledge. ISBN 9781134259939 
  5. Human origin sites and the World Heritage Convention in Africa – N° 33 (em inglês). [S.l.]: UNESCO. 2012. ISBN 9789230010812 
  6. Seleshi, Yilma; Zanke, Ulrich (2004). «Recent changes in rainfall and rainy days in Ethiopia». International Journal of Climatology (em inglês). 24 (8): 973–983. ISSN 1097-0088. doi:10.1002/joc.1052 
  7. «ScienceDirect». www.sciencedirect.com. Consultado em 5 de março de 2019 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rio Awash
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Etiópia, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.