Jude Law

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jude Law
Nome completo David Jude Heyworth Law
Nascimento 29 de dezembro de 1972 (44 anos)
Londres, Inglaterra
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Ocupação Ator, Produtor e Diretor
Cônjuge Sadie Frost (1997-2003)
Sienna Miller (2003-2006, 2009-2011)
César
César Honorário
2007 - Prêmio honorário
Prémios BAFTA
Melhor Ator Coadjuvante
2000 - The Talented Mr. Ripley
IMDb: (inglês)

Jude Law, nome artístico de David Jude Heyworth Law (Londres, 29 de dezembro de 1972) é um ator britânico.[1]

Começou a atuar no National Youth Music Theatre. Em 2000 recebeu o prêmio BAFTA de Melhor Ator Coadjuvante pela sua atuação em The Talented Mr. Ripley. Foi indicado duas vezes ao Oscar: em 2000 na categoria de Melhor Ator Coadjuvante por The Talented Mr. Ripley e em 2004 como Melhor Ator por Cold Mountain e também em 2004 foi eleito o homem mais bonito do mundo.[2][3] No cinema, teve papéis de destaque filmes como Gattaca (1997), A.I. Artificial Intelligence (2001), Road to Perdition (2002), Closer (2004), The Holiday (2006), Sherlock Holmes (2009), Hugo (2011), Anna Karenina (2012), The Grand Budapest Hotel (2014) e King Arthur: Legend of the Sword (2017). Em 2016 protagonizou a série The Young Pope, transmitida pela HBO.

Jude Law tem também uma carreira de sucesso no teatro, participando com frequência em peças no West End em Londres e na Broadway em Nova Iorque e já recebeu três indicações para os prêmios Olivier e duas para os prêmios Tony.[4]

Em 2017, David Yates anunciou que Jude Law irá interpretar o papel de jovem Albus Dumbledore na sequência de Fantastic Beasts and Where to Find Them.[5]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Jude Law nasceu no bairro de Lewisham, no sul de Londres, filho dos professores Margaret Anne e Peter Robert Law. Ele tem uma irmã mais velha chamada Natasha. Jude cresceu em Blackheath, no bairro de Greenwich. Aos 13 anos juntou-se ao National Youth Music Theatre, onde protagonizou várias peças de teatro. Aos 16 anos, abandonou os estudos depois de conseguir um papel na telenovela britânica Families.[6]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Anos 1980-1990[editar | editar código-fonte]

A carreira de Jude Law começou no teatro. Um dos seus primeiros grandes sucessos surgiu quando tinha apenas 16 anos com a peça The Ragged Child, onde desempenhou vários papéis. Depois de ser premiada no Festival Fringe em Edimburgo, a peça foi transmitida na televisão pela BBC. Jude recebeu a sua primeira indicação para os prêmios Olivier pelo seu papel de Michael na peça tragicômica Les Parents terribles, apresentada no West End. O papel valeu-lhe ainda um Ian Charleston Award.

O sucesso da peça levou a que fosse transferida para a Broadway em 1995. Aí, Jude contracenou com Kathleen Turner, Roger Rees e Cynthia Nixon e foi indicado para o seu primeiro prêmio Tony.

O papel que tornou Jude conhecido do público britânico surgiu em 1994 com Shopping, um filme de crime britânico onde contracenou com a sua futura esposa, Sadie Frost.

Três anos mais tarde, Law consolidou o seu sucesso com o filme Wilde, um biopic sobre o famoso escritor irlandês Oscar Wilde protagonizado por Stephen Fry. No filme interpreta Lord Alfred "Bosie" Douglas, o jovem e glamoroso amante de Oscar Wilde, um papel que foi bastante elogiado e que lhe valeu o prêmio de Ator Mais Promissor nos Evening Standard British Film Awards. Ainda nesse ano, interpretou o papel de uma ex-estrela da natação incapacitada no filme de ficção científica Gattaca de Andrew Niccol e o jovem assassinado pela personagem de Kevin Spacey no filme Midnight in the Garden of Good and Evil de Clint Eastwood.

1999 foi mais um ano de sucesso para o ator graças ao filme The Talented Mr. Ripley, um thriller psicológico escrito e dirigido por Anthony Minghella Jude Law é um dos protagonistas do filme, em conjunto com Matt Damon e Gwyneth Paltrow, e desempenha no papel de Dickie Greenleaf. O filme teve críticas bastante positivas e recebeu cinco indicações para os Óscares no ano seguinte, incluindo uma indicação para Jude Law na categoria de Melhor Ator Coadjuvante. O ator foi ainda indicado para os Globos de Ouro e venceu um BAFTA na mesma categoria.[7]

2000 - presente[editar | editar código-fonte]

Em 2001, Jude protagonizou o filme Enemy at the Gates no papel do sniper russo Vasily Zaytsev e aprendeu a dançar ballet para o filme A.I. Artificial Intelligence de Steven Spielberg, onde interpretou o papel de um robot. Em 2002, interpretou um assassino da máfia no thriller Road to Perdition do diretor Sam Mendes e protagonizado por Tom Hanks e Paul Newman. No ano seguinte, protagonizou, com Nicole Kidman e Renée Zellweger, o filme Cold Mountain, onde trabalhou pela segunda vez com o diretor Anthony Minghella. A ação do filme decorre na Carolina do Norte durante a Guerra de Secessão e segue a história de um soldado ferido que tenta regressar a casa. O filme foi um grande sucesso de bilheteira e entre os críticos, tendo conquistado 7 indicações para os Óscares em 2004. Jude Law foi indicado para o seu segundo Óscar, desta vez na categoria de Melhor Ator, pelo seu papel.

O ano de 2004 foi um dos mais produtivos da carreira de Jude Law: nesse ano protagonizou ou teve papéis de destaque em seis filmes. Alfie, o primeiro filme a estrear, é um remake do filme homónimo de 1966 sobre um homem que consegue conquistar mulheres com muita facilidade. Foi recebido com críticas mistas e é um dos maiores desastres de bilheteira da carreira de Jude, visto que só rendeu 35 milhões de dólares com um orçamento de 60 milhões.[8] Sky Captain and the World of Tomorrow marcou a estreia de Jude como produtor e, foi nesse papel, que sugeriu que se utilizassem imagens de arquivo de ator Sir Laurence Olivier no filme. Assim, o ator, que tinha falecido 15 anos antes da estreia do filme, interpretou o papel de Dr. Totenkopf. Seguiram-se os filmes independentes I Heart Huckabees, uma comédia do diretor David O. Russel e Closer, um melodrama sobre as relações complicadas e interligadas de dois casais. O último, do diretor Mike Nichols, recebeu críticas positivas e foi indicado para dois Óscares. Jude participou noutro dos grandes favoritos dos Óscares desse ano, The Aviator, no papel de Errol Flynn. Antes de terminar o ano, narrou o filme Lemony Snicket's A Series of Unfortunate Events.

Em 2006, interpretou o papel de pai solteiro e irmão da personagem de Kate Winslet em The Holiday, uma comédia romântica escrita, produzida e dirigida por Nancy Meyers. Depois de ter trabalhado numa série de filmes de época e de ficção científica, Jude disse que foi difícil abordar este papel mais contemporâneo e que se sentiu mais vulnerável por interpretar alguém que não tinha um sotaque ou roupas distintas. No ano seguinte, Jude recebeu a Ordre des Arts et des Lettres do Governo francês em reconhecimento do seu contributo para a arte cinematográfica.

Em 2009, Jude regressou aos palcos para interpretar o papel principal em Hamlet de William Shakespeare no Donmar Warehouse e, mais tarde, na Broadway. Apesar de o seu desempenho ter recebido críticas mistas, o ator conseguiu a sua segunda nomeação para os prêmios Tony e venceu o John and Wendy Trewin Award de Melhor Interpretação de Shakespeare do Ano.[9][10]

Jude foi um de três atores a terminar o papel de Heath Ledger no filme The Imaginarium of Doctor Parnassus de Terry Gilliam em 2009. Ainda nesse ano, estreou Sherlock Holmes, uma nova e mais contemporânea interpretação do diretor Guy Ritchie das histórias do famoso detetive onde Jude interpreta o papel de Dr. Watson. Este foi o primeiro grande sucesso de Jude Law desde 2004, tanto com a crítica como com o público e é, até agora, o filme mais rentável da sua carreira com uma receita total de mais de 520 milhões de dólares.[11] O sucesso do filme levou o estúdio a produzir uma sequela, Sherlock Holmes: A Game of Shadows, estreada em 2011. Ainda em 2011, Jude protagonizou o thriller Contagion de Steven Soderbergh e interpretou o papel de pai da personagem principal no filme infantil Hugo do diretor Martin Scorsese. No ano seguinte, interpretou a personagem de Karenin na adaptação ao cinema de Anna Karenina do diretor Joe Wright e participou no seu primeiro filme de animação, emprestando a voz à personagem Pitch em Rise of the Guardians.

Em 2013, voltou a trabalhar com Steven Soderbergh num thriller médico em Side Effects. No mesmo ano, protagonizou Dom Hemingway, uma comédia negra britânica sobre um ladrão que volta à vida do crime depois de passar 12 anos na prisão. Em 2014, interpretou um dos papéis principais em The Grand Budapest Hotel de Wes Anderson, considerado um dos melhores filmes desse ano.[12] Em 2015, Jude contracenou com Melissa McCarthy na comédia Spy.

Em 2016, estreou na HBO a série The Young Pope, criada por Paolo Sorrentino. Esta é a primeira série que o ator protagoniza e segue a história fictícia do primeiro Papa americano. Para além de protagonizar a série, Jude também é produtor.

Em 2017, interpretou o papel de Vortigern no filme King Arthur: Legend of the Sword de Guy Richie. O filme teve críticas maioritariamente negativas.

Em abril de 2017, o diretor David Yates anunciou que Jude tinha sido escolhido para o papel de jovem Albus Dumbledore na sequência de Fantastic Beasts and Where to Find Them, um spin-off da saga Harry Potter. O filme tem data de estreia prevista para novembro de 2018.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Foi casado com a atriz e designer Sadie Frost entre 1997 e 2003 com quem teve 3 filhos: Rafferty nascido em 1997, Iris nascida em 2000 e Ruddy Law nascido em 2003. Em 2004, iniciou a relação com a atriz Sienna Miller, que durou até 2006. Em 2005, Jude viu-se envolvido num escândalo quando se descobriu que traiu Sienna com a ama dos filhos.[13] O casal reatou a relação em 2009, mas voltou a terminar em 2011.[14]

Em julho de 2009 foi confirmada a notícia de que Jude seria pai pela quarta vez, a mãe é a atriz e modelo Samantha Burke.[15] No dia 22 de setembro de 2009, nasceu a quarta filha do ator, Sophia.[16]

Em março de 2015, Jude foi pai pela quinta vez de uma menina, fruto de uma relação com Catherine Harding. O casal já estava separado quando ela nasceu.[17]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Papel Título em português e obs.
1992 The Crane Young Man Curta-metragem
1994 Shopping Billy br: Shopping: O Alvo do Crime

pt: Shopping

1996 I Love You, I Love You Not Ethan br: Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

pt: Viver Sem Medo

1997 Bent Stormtrooper br: Bent
Wilde Lord Alfred Douglas br/pt: Wilde
Gattaca Jerome Eugene Morrow br: Gattaca - Experiência Genética

pt: Gattaca

Midnight in the Garden of Good and Evil Billy Carl Hanson br/pt: Meia-Noite no Jardim do Bem e do Mal
1998 Music from Another Room Danny br: Atração Irresistível / Ouvindo a Canção
Final Cut Jude
The Wisdom of Crocodiles Steven Grlscz pt: Lágrimas de Crocodilo
1999 eXistenZ Ted Pikul br/pt: eXistenZ
Tube Tales (diretor) "A Bird in the Hand"
Presence of Mind Secretary br: A Outra Volta do Parafuso
The Talented Mr. Ripley Dickie Greenleaf br: O Talentoso Ripley

pt: O Talentoso Mr. Ripley

Indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante

2000 Love, Honour and Obey Jude
Happy M'Gee Tony M'Gee Curta-metragem
2001 Enemy at the Gates Vasily Zaytsev br: Círculo de Fogo

pt: Inimigo às Portas

A.I. Artificial Intelligence Gigolo Joe br/pt: A.I. Inteligência Artificial
2002 Road to Perdition Harlen Maguire br: Estrada Para Perdição

pt: Caminho para Perdição

2003 Cold Mountain W.P. Inman br/pt: Cold Mountain

Indicado ao Oscar de Melhor Ator

2004 I Heart Huckabees Brad Stand br: Huckabees - A Vida é uma Comédia

pt: Os Psico-Detectives

Alfie Alfie br: Alfie - O Sedutor

pt: Alfie e as Mulheres

Closer Dan br: Closer - Perto Demais

pt: Perto Demais

The Aviator Errol Flynn br/pt: O Aviador
Sky Captain and the World of Tomorrow Sky Captain / Joseph Sullivan br: Capitão Sky e o Mundo de Amanhã

pt: Sky Captain e o Mundo de Amanhã

Lemony Snicket's A Series of Unfortunate Events Lemony Snicket br: Desventuras em Série

pt: Lemony Snicket's: Uma Série de Desgraças 

2006 All the King's Men Jack Burden br: A Grande Ilusão

pt: O Caminho do Poder

Breaking & Entering Will Francis br: Invasão de Domicílio

pt: Assalto e Intromissão

The Holiday Graham br/pt: O Amor não Tira Férias
2007 My Blueberry Nights Jeremy br: Um Beijo Roubado

pt: My Blueberry Nights - O Sabor do Amor 

Sleuth Milo br: Um Jogo de Vida ou Morte

pt: Autópsia de Um Crime

2009 Rage Minx
The Imaginarium of Doctor Parnassus Tony (2ª transformação) br: O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus

pt: Parnassus - O Homem Que Queria Enganar o Diabo

Sherlock Holmes Dr. Watson br/pt: Sherlock Holmes
2010 Repo Men Remy br: Repo Men: O Resgate de Órgãos

pt: Repo Men: Os Cobradores

2011 Contagion Alan Krumwiede pt/br: Contágio
Hugo Hugo's Father br: A Invenção de Hugo Cabret

pt: A Invenção de Hugo

Sherlock Holmes: A Game of Shadows Dr. Watson br: Sherlock Holmes: O Jogo de Sombras

pt: Sherlock Holmes: Jogo de Sombras

2012 360 Michael Daly br/pt: 360
Anna Karenina Conde Alexei Alexandrovich Karenin br/pt: Anna Karenina
Rise of the Guardians Pitch the Bogeyman br/pt: A Origem dos Guardiões
2013 Side Effects Dr. Jonathan Banks br: Terapia de Risco

pt: Efeitos Secundários

Dom Hemingway Dom Hemingway br: A Recompensa

pt: Dom Hemingway

2014 The Grand Budapest Hotel Young Author br: O Grande Hotel Budapeste

pt: Grand Budapest Hotel

Black Sea Captain Robinson br/pt: Mar Negro
2015 Spy Bradley Fine br: A Espiã Que Sabia de Menos

pt: Spy

2016 Genius Thomas Wolfe br: O Mestre dos Gênios

pt: Um Editor de Génios

2017 King Arthur: Legend of the Sword Vortigern br/pt: Rei Artur: A Lenda da Espada

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
1989 The Tailor of Gloucester Sam, Mayor's Stableboy Telefilme
1990 Families Nathan Thompson
1991 The Case-Book of Sherlock Holmes Joe Barnes Episódio: "Shoscombe Old Place"
1993 The Marshal Bruno
2004–2010 Saturday Night Live Ele próprio (apresentador) 2 episódios
2015 Toast of London Ele próprio Episódio: "Global Warming"
2016 The Young Pope Papa Pio XIII 10 episódios

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Local/ Notas
1987 Bodywork Adrenalin Northcott Theatre, Exeter (The Exeter Festival)
Festival Fringe
1988 The Ragged Child Vários papéis Sadler's Wells Theatre
Northcott Theatre, Exeter
1988 The Little Rats Vários papéis George Square Theatre (Festival Internacional de Edimburgo)
Teatro Nacional do Norte da Grécia, Thessaloniki
Casa da Ópera (Teatro Municipal), Piraeus
1989 Joseph and the Amazing Technicolor Dreamcoat José Herriot Hall (Festival Fringe)
1989 The Caucasian Chalk Circle Festival Fringe
1990 Captain Stirrick Ned Stirrick George Square Theatre, Festival Fringe
1992 The Fastest Clock in the Universe Foxtrot Darling Hampstead Theatre, Londres
1992 Pygmalion Freddie Digressão pela Itália
1993 The Snow Orchid Blaise Gate Theatre, Londres
1993 Live Like Pigs Col Royal Court Theatre, Londres
1993 Death of a Salesman Happy West Yorkshire Playhouse, Leeds
1994 Les Parents terribles Michael National Theatre, Londres

Nomeação Laurence Olivier Award - Melhor Ator Estreante

1995 Indiscretions Michael Ethel Barrymore Theatre, Broadway, Nova Iorque

Nomeação Tony Awards - Melhor Ator Numa Peça

1995 Ion Ion The Pit at Barbican Arts Centre, Londres

Ian Charleston Award - 3º Lugar

1999 Tis Pity She's a Whore Giovanni Young Vic Theatre, Londres

Ian Charleston Award - Vencedor

2002 Doctor Faustus Doctor Faustus Young Vic Theatre, Londres
2009 Hamlet Hamlet Donmar Warehouse, Londres
Broadhurst Theatre, Nova Iorque

Nomeação Laurence Olivier Award - Melhor Ator Numa Peça

Nomeação Tony Awards - Melhor Ator Numa Peça

2011 Anna Christie Mat Burke Donmar Warehouse, Londres

Nomeação Laurence Olivier Award - Melhor Ator Numa Peça

2013-2014 Henry V Henry V Noël Coward Theatre, Londres
2015 The Vote Donmar Warehouse, Londres
2017 Obsession Gino Barbican Theatre, Londres

Principais prêmios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Jude Law Pictures,Biography, Filmography, News, Box Office, Great Starpulse.com» (em inglês). Consultado em agosto de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «Jude Law: biografia, fotos, vídeos, notícias – iG». Consultado em agosto de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «Jude Law - Biography on Bio.» (em inglês). Consultado em agosto de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. Who's Who. London, England: A & C Black. 2006. p. 1307.
  5. staff, Guardian (12 de abril de 2017). «Jude Law to play young Dumbledore in Fantastic Beasts 2». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  6. «Jude Law». Biography.com (em inglês). Consultado em 22 de maio de 2017 
  7. The Talented Mr. Ripley, consultado em 22 de maio de 2017 
  8. «Alfie (2004) - Box Office Mojo». www.boxofficemojo.com (em inglês). Consultado em 22 de maio de 2017 
  9. «The Tony Award Nominees - All Categories». TonyAwards.com (em inglês). Consultado em 22 de maio de 2017 
  10. «Spring, Enron, Weisz, Rylance, Law Are Winners of Britain's Critics' Circle Theatre Awards - Playbill.com». 29 de janeiro de 2010. Consultado em 22 de maio de 2017 
  11. «Sherlock Holmes (2009) - Box Office Mojo». www.boxofficemojo.com (em inglês). Consultado em 22 de maio de 2017 
  12. The Grand Budapest Hotel (em inglês), consultado em 22 de maio de 2017 
  13. «I cheated on Sienna: Jude - People - Entertainment - smh.com.au». www.smh.com.au (em inglês). Consultado em 22 de maio de 2017 
  14. «Jude Law, Sienna Miller Break Up». PEOPLE.com (em inglês). 8 de fevereiro de 2011 
  15. «US model is mother of Law's child». BBC News. 31 de julho de 2009. Consultado em 26 de dezembro de 2011 
  16. «Jude Law Biography and Life Story - AceShowbiz.com» (em inglês). Consultado em agosto de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  17. «Jude Law Welcomes a Daughter». PEOPLE.com. Consultado em 22 de maio de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons


Ícone de esboço Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.