Ben Johnson (ator)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ben Johnson
Ben Johnson
Nascimento 13 de junho de 1918
Foraker, Oklahoma
Morte 8 de abril de 1996
Mesa (Arizona)
Cônjuge Carol Elaine Jones (1941-1994)
Oscares da Academia
Melhor Ator (coadjuvante/secundário) em 1971 The Last Picture Show
IMDb: (inglês)

Ben "Son" Johnson Jr. foi um ator cinematográfico estadunidense, que atuou em inúmeros westerns e filmes de ação. Também trabalhou como peão em rodeios, vaqueiro, dublê de cinema e rancheiro.

Nascido em Foraker Oklahoma, de família com ascendência irlandesa. O pai dele, Ben Johnson Sr., era um rancheiro no Condado de Osage, (Oklahoma), e também campeão de rodeios. Quando jovem, Ben Johnson ajudava no rancho de seu pai e viajava com ele para os rodeios, até que começou a se interessar pelas produções cinematográficas. Ele ganhou um prêmio por equipe dos profissionais do rodeio em 1953.

Johnson se casou com Carol Elaine Jones, filha do astro dos western Buck Jones em 1941. Ficou casado com ela por 53 anos, até que ela veio a falecer em 1994. Não tiveram filhos.

Cinema[editar | editar código-fonte]

Quando das filmagens de The Outlaw em locação, Howard Hughes negociou cavalos com o pai de Ben Johnson que com isso acabou por participar do filme. Ele depois levou os cavalos para Hollywood.[1] Graças a essa experiência ele conseguiu trabalho de dublê em ''The Fighting Gringo'' (1939) e durante a década de 1940 continuou a participar das produções como especialista em cavalos. Na frente das câmaras ele filmou Naughty Nineties, filme de 1945 de Abbott & Costello.

Em 1948 o diretor John Ford o contratou como dublê para o filme Fort Apache, estrelado por Henry Fonda.[2] Durante as filmagens, três cavalos que puxavam uma carroça partiram em disparada, com três pessoas a bordo. Johnson que casualmente estava por ali montado num cavalo, parou a carroça desgovernada. Ford prometeu-lhe uma recompensa [3] e para sua surpresa, lhe foi oferecido um contrato de sete anos para trabalhar como ator.[3] [4]

Seu primeiro crédito como ator foi no filme de Ford 3 Godfathers. Seu primeiro papel como protagonista foi em 1949, no filme Mighty Joe Young, sobre um gorila domesticado por uma garota, na verdade uma variação de King Kong com o mesma técnica de efeitos especiais.

Com Ford, ele atuou com John Wayne em She Wore a Yellow Ribbon (1949), Wagon Master e Rio Grande, ambos de 1950.

Ben Johnson foi coadjuvante no clássico Shane de (1953) e em One-Eyed Jacks (1961) (com Marlon Brando). Em 1964 ele voltou a trabalhar com o diretor Ford em Cheyenne Autumn. Em 1965 ele iniciou a parceria com o diretor Sam Peckinpah. Atuou em Major Dundee, de 1965, (com Charlton Heston), The Wild Bunch (1969), The Getaway (1972) e o filme sobre peão de rodeios Junior Bonner.

Outro director com quem trabalhou foi Andrew V. McLaglen, atuando com Rock Hudson em The Undefeated (1969) e novamente com John Wayne em Chisum (1970).

Mas a grande atuação de Ben Johnson e que lhe deu o Óscar da academia como coadjuvante do ano foi no filme The Last Picture Show. Ele interpretou o nostálgico "Sam The Lion", com lembranças de um amor da juventude. A direção foi de Peter Bogdanovich.

Ben Johnson possui a estrela 7083 na calçada da fama de Hollywood.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ben Johnson e Harry Carey Jr. em foto publicitária de Wagon Master de 1950

Referências

  1. Ben Johnson JWayne.com.
  2. Erickson, Hal.. Ben Johnson: Biography (em inglês) Allmovie.
  3. a b Brown, David G.. (setembro/outubro de 1995). "Last of a Breed" (em inglês). American Cowboy 2 (3): 43. Active Interest Media. ISSN 1079-3690.
  4. McBride, Joseph. Searching for John Ford: A Life. [S.l.]: Macmillan, 2003. p. 496. ISBN 9780-312310110

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ben Johnson (ator)