Joe Pesci

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde fevereiro de 2017)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Joe Pesci
Joe Pesci em 2009
Nome completo Joseph Pesci
Nascimento 9 de fevereiro de 1943 (74 anos)
Newark, Nova Jersey
Nacionalidade Estados Unidos americano
Ocupação Ator e comediante
Atividade 1961 - presente
Oscares da Academia
Melhor Ator Coadjuvante
1991 - Goodfellas
Prémios BAFTA
Melhor Ator Estreante
1981 - Raging Bull
Prémios National Board of Review
Melhor Ator Coadjuvante
1981 - Raging Bull
1991 - Goodfellas
Outros prêmios
Chicago Film Critics Association Awards - Melhor Ator Coadjuvante
1991 - Goodfellas
IMDb: (inglês)

Joseph "Joe" Pesci (Newark, 9 de fevereiro de 1943) é um ator e comediante americano.

Pesci é mais conhecido por um trio de filmes que co-estrelou com Robert De Niro e dirigido por Martin Scorsese: Raging Bull (br: Touro Indomável), Goodfellas (br: Os Bons Companheiros) e Casino (br: Cassino). Foi nomeado para o Oscar de melhor ator coadjuvante por seu papel em Raging Bull, em seguida, ganhou o mesmo prêmio por seu papel como Tommy DeVito em Goodfellas. Também é conhecido por interpretar Leo Getz em três filmes da série Lethal Weapon (br: Máquina Mortífera), Frankie Minaldi em Once Upon a Time in America (br: Era uma vez na América) e Harry Lyme em Home Alone (br: Esqueceram de Mim) e Home Alone 2: Lost in New York (br: Esqueceram de Mim 2 - Perdido em Nova York).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Pesci, um ítalo-americano, nasceu em Newark, New Jersey, filho de Maria, que trabalhava como cabeleireira, e Angelo Pesci, um motorista de empilhadeiras da General Motors. Aos 5 anos, foi fazer algumas peças teatrais em Nova York. Alguns anos mais tarde, aos dez anos, começou a se apresentar em um programa infantil de televisão, chamado Startime Kids, que também contou com Connie Francis. Nos anos 60, começou a trabalhar como barbeiro, seguindo os passos de sua mãe.

Pesci praticou judô durante toda a sua adolescência. Tocou guitarra para a banda Joey Dee e o Starliters, cujos outros membros famosos foram Charles Neville (The Neville Brothers) e Jimmy James (Jimi Hendrix). Mais tarde Pesci seguiu carreira solo sob o nome de Joe Guy Ritchie, e lançou um álbum em 1968 com o nome de Little Joe, acompanhado por uma banda que incluía seu bom amigo e futuro parceiro de atuação Frank Vincent. No entanto, ao contrário de seus companheiros de banda, Joe Pesci não teve muito sucesso como artista solo de música, e então ele se mudou para prosseguir a sua carreira de ator, fazendo sua estréia no cinema com a banda Starliters como figurante no filme Hey, Let's Twist!.

Vida profissional[editar | editar código-fonte]

Sua descoberta como ator veio em 1980, quando co-estrelou ao lado de Robert De Niro, que interpretou o papel principal do pugilista Jake LaMotta, no filme de Martin Scorsese, Raging Bull, papel pelo qual ganhou o BAFTA em 1981 e foi indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante. Este foi o primeiro de uma série de colaborações aclamado pela crítica com Scorsese e De Niro.

Mais tarde, novamente com De Niro, participou de Once Upon a Time in America, e, com Scorsese, de Goodfellas, pelo qual venceu o Oscar de melhor ator coadjuvante em 1990, além de Casino. Também teve um pequeno papel em A Bronx Tale (br: Desafio no Bronx), dirigido por De Niro.

Serviu como inspiração para um sketch no programa humorístico de televisão Saturday Night Live, chamado Joe Pesci Show, no qual acabou fazendo uma aparição com De Niro. Em 1988 teve também grande participação num filme musical-infantil de Michael Jackson, chamado Moonwalker.

Mais tarde, co-estrelou o sucesso de público Home Alone (br: Esqueceram de Mim), de 1990, interpretando um dos ladrões (junto com o amigo Daniel Stern) que tentam roubar a casa do personagem interpretado por Macaulay Culkin. Dois anos depois, repetiu seu papel para a sequência. Pesci também interpretou David Ferrie, em JFK, de 1991, e protagonizou a comédia My Cousin Vinny (br: Meu Primo Vinny), no ano seguinte. Interpretou o personagem Leo Getz na segunda, terceira e quarta parte da série de filmes Lethal Weapon (br: Máquina Mortífera). Posteriormente fez papéis em diversos filmes, incluindo The Super (1991) e Jimmy Hollywood (1994).

Em 1999, Pesci anunciou sua aposentadoria no cinema para seguir uma carreira musical e para aproveitar a vida longe das câmeras. Voltou a atuar quando fez uma participação especial no filme The Good Shepherd (br: O Bom Pastor), dirigido por Robert De Niro, em 2006. Em 2010 estrelou um romance junto com Helen Mirren chamado Love Ranch.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Título em português Papel Obs.
1961 Hey, Let's Twist Dançarino no Peppermint Club não-creditado
1969 Out of It[carece de fontes?] Michael
1976 The Death Collector Joe Salvino
1980 Raging Bull br: Touro Indomável Joey LaMotta BAFTA Award de melhor estreante
National Board of Review Award de melhor ator coadjuvante
National Society of Film Critics Award de melhor ator coadjuvante
New York Film Critics Circle Award de melhor ator coadjuvante
Indicado – Oscar de melhor ator coadjuvante
Indicado – Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante em longa-metragem
1982 Dear Mr. Wonderful Ruby Dennis
I'm Dancing as Fast as I Can Roger
1983 Easy Money Nicky Cerone
1984 Once Upon a Time in America Frankie Minaldi
Tutti dentro Corrado Parrisi
Eureka Mayakofsky
1987 Man on Fire David Coolidge
1988 Moonwalker Frankie Lideo (Mr. Big)
The Legendary Life of Ernest Hemingway
1989 Lethal Weapon 2 br: Máquina Mortífera 2 Leo Getz
1990 Betsy's Wedding Oscar Henner
Goodfellas br: Os Bons Companheiros Tommy DeVito Oscar de melhor ator coadjuvante
Boston Society of Film Critics Award de melhor ator coadjuvante
Chicago Film Critics Association Awards de melhor ator coadjuvante
Kansas City Film Critics Circle Award de melhor ator coadjuvante
Los Angeles Film Critics Association Award de melhor ator coadjuvante
National Board of Review Award de melhor ator coadjuvante
Indicado – Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante em longa-metragem
Indicado – New York Film Critics Circle Award de melhor ator coadjuvante
Home Alone br: Esqueceram de Mim Harry Lyme
Catchfire Leo Carelli (uncredited) também conhecido como Backtrack
1991 The Super Louie Kritski
JFK David Ferrie
1992 My Cousin Vinny br/pt: Meu Primo Vinny Vincent LaGuardia Gambini American Comedy Award de ator mais engraçado em papel principal de longa-metragem
Indicado – MTV Movie Award de melhor performance de comédia
Lethal Weapon 3 br: Máquina Mortífera 3 Leo Getz
The Public Eye Leon Bernstein
Home Alone 2: Lost in New York br: Esqueceram de Mim 2 - Perdido em Nova York
pt: Sozinho em Casa 2: Perdido em Nova Iorque
Harry Lyme
Tales from the Crypt Trapaceiro (múltipla personalidade)
1993 A Bronx Tale Carmine Participação especial
1994 Jimmy Hollywood Jimmy Alto
With Honors br: Com Mérito Simon Wilder
1995 Casino br: Cassino Nicky Santoro Indicado – MTV Movie Award de melhor vilão
1997 8 Heads in a Duffel Bag Tommy Spinelli
Gone Fishin' Joe Waters
1998 Lethal Weapon 4 br: Máquina Mortífera 4 Leo Getz
2006 The Good Shepherd br/pt: O Bom Pastor Joseph Palmi Participação especial
2010 Love Ranch Charlie Bontempo

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Joe Pesci
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.