Christopher Plummer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Christopher Plummer
Plummer no Toronto International Film Festival 2007.
Nome completo Arthur Christopher Orme Plummer
Nascimento 13 de dezembro de 1929
Toronto, Ontário, Canadá
Nacionalidade canadiano
Morte 5 de fevereiro de 2021 (91 anos)
Weston, Connecticut, Estados Unidos
Ocupação ator
Atividade 19532021
Cônjuge Tammy Grimes ​(c. 1956; div. 1960)​
Patricia Lewis ​(c. 1962; div. 1967)​
Elaine Taylor ​(c. 1970; m. 2021)
Filho(s) Amanda Plummer
Oscares da Academia
Melhor ator coadjuvante
2012 - Beginners
Emmys
Melhor Ator em minissérie ou telefilme
1977 - Arthur Hailey's the Moneychangers
Melhor locução
1994 - Madeline
Tonys
Melhor ator em peça
1997 - Barrymore
melhor ator em musical
1974 - Cyrano
Globos de Ouro
Melhor ator coadjuvante em cinema
2012 - Beginners
Prémios Screen Actors Guild
Melhor ator coadjuvante
2012 - Beginners
Prémios BAFTA
Melhor ator coadjuvante em cinema
2012 - Beginners
Prémios National Board of Review
Melhor ator coadjuvante
2011 - Beginners
Melhor atuação de elenco
2019 - Knives Out
Prémios Critics' Choice
Melhor ator coadjuvante em cinema
2012 - Beginners
Outros prêmios
Genie Awards - Melhor Ator
1980 - Assassinato por Decreto

Arthur Christopher Orme Plummer, mais conhecido como Christopher Plummer (Toronto, 13 de dezembro de 1929Weston, 5 de fevereiro de 2021), foi um ator canadense. Sua carreira durou sete décadas, ganhando reconhecimento por suas atuações no cinema, na televisão e no palco. Plummer fez sua estreia na Broadway em 1954 e continuou a atuar em papéis principais no palco interpretando Cyrano de Bergerac em Cyrano (1974), Iago em Othello, bem como interpretando papéis titulares em Hamlet at Elsinore (1964), Macbeth, Rei Lear e Barrymore. Plummer também atuou nas produções teatrais J.B., No Man's Land e Inherit the Wind.

Plummer nasceu em Toronto e cresceu em Senneville, Quebec. Depois de aparecer no palco, ele fez sua estréia no cinema em Stage Struck (1958), de Sidney Lumet, e foi aclamado por sua atuação como Capitão Georg von Trapp no filme musical The Sound of Music (1965) ao lado de Julie Andrews.[1]

Plummer recebeu vários prêmios por seu trabalho, incluindo um Oscar, dois Primetime Emmy Awards, dois Tony Awards, um Globo de Ouro,[2] um Screen Actors Guild Award,[3] e um British Academy Film Award.[4] Ele é um dos poucos artistas a ter recebido a Tríplice Coroa de Atuação,[5] e o único canadense. Ele ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante aos 82 anos para Beginners (2010), tornando-se a pessoa mais velha a ganhar um prêmio de atuação e foi indicado aos 88 anos por All the Money in the World, tornando-o a pessoa mais velha a ser indicada em uma categoria de ator.[6]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Arthur Christopher Orme Plummer nasceu em 13 de dezembro de 1929, em Toronto, Ontário. Ele era o único filho de John Orme Plummer, que vendia ações e títulos,[7] e sua esposa Isabella Mary (nascida Abbott), que trabalhava como secretária do Reitor de Ciências na Universidade McGill, e era neta do primeiro-ministro canadense Sir John Abbott.[8][9] Do lado paterno, o tio-avô de Plummer era o advogado de patentes e agente F. B. Fetherstonhaugh.[7] Plummer também era primo de segundo grau do ator britânico Nigel Bruce, conhecido por interpretar o Doutor Watson para Sherlock Holmes de Basil Rathbone.[9]

Os pais de Plummer se divorciaram logo após seu nascimento, e ele foi criado principalmente por sua mãe na casa da família Abbott em Senneville, Quebec, nos arredores de Montreal. Ele falava inglês e francês fluentemente.[10][11] Ainda na escola, ele começou a estudar para ser um pianista concertista, mas desenvolveu um amor pelo teatro desde muito jovem, e começou a atuar enquanto estudava na High School of Montreal.[12][13] Ele começou a atuar após assistir ao filme Henry V de Laurence Olivier (1944).[14][15] Ele aprendeu o básico de atuar como um aprendiz no Montréal Repertory Theatre, onde o colega de Montreal William Shatner também estudou.[15]

Plummer nunca frequentou a faculdade, algo de que se arrependeu por toda a vida.[16] Embora sua mãe e a família de seu pai tivessem laços com a Universidade McGill, ele nunca foi aluno da McGill.[17]

Em 1946, ele chamou a atenção do crítico de teatro do Montreal Gazette, Herbert Whittaker, com sua atuação como Sr. Darcy na produção de Orgulho e Preconceito da Montreal High School. Whittaker também foi diretor de palco amador do teatro Montreal Repertory e escalou Plummer aos 18 anos como Édipo em La Machine infernale de Jean Cocteau.[18][19][20]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Fotografia de Carl van Vechten, 1959

Anos 1950[editar | editar código-fonte]

Edward Everett Horton contratou Plummer para aparecer como Gerard no road show de 1953 da produção de Nina, de André Roussin,[21] um papel originado na Broadway por David Niven, em 1951.[22]

Plummer fez sua estréia na televisão canadense na produção de Othello, da Canadian Broadcasting Corporation, em fevereiro de 1953, estrelando Lorne Greene como o mouro.[23] Sua estreia na televisão americana também foi em 1953 em um episódio do Studio One intitulado The Gathering Night, como um artista que encontra o sucesso assim que sua visão começa a falhar. Ele também apareceu ao longo da década de 1950 em vários programas dramáticos como The Alcoa Hour, General Electric Theatre, Kraft Television Theatre e Omnibus, além de séries episódicas. Em 1956, ele apareceu com Jason Robards e Constance Ford em um episódio intitulado A Thief There Was da série de antologia da CBS Appointment with Adventure.

Plummer fez sua estreia na Broadway em janeiro de 1953 em The Starcross Story, um show que terminou na noite de estreia. Sua próxima aparição na Broadway, Home is the Hero, durou 30 apresentações de setembro a outubro de 1954. Ele apareceu em apoio à lenda da Broadway Katharine Cornell e à lenda do cinema Tyrone Power em The Dark Is Light Enough, que durou 69 apresentações de fevereiro a abril de 1955. A peça percorreu várias cidades, com Plummer servindo como substituto de Power.[9]

Mais tarde naquele mesmo ano, ele apareceu em seu primeiro sucesso da Broadway, ao lado de Julie Harris (que ganhou um Tony Award) em The Lark, de Jean Anouilh. Depois de aparecer em Night of the Auk, que não foi um sucesso, Plummer apareceu J.B. (uma bem-sucedida produção de Elia Kazan da peça ganhadora do Prêmio Pulitzer, de Archibald MacLeish). Plummer foi indicado para seu primeiro Tony como Melhor Ator em Teatro (J.B. também ganhou Tonys como Melhor Peça e pela direção de Kazan.). Ele apareceu como Jason ao lado de Dame Judith Anderson na adaptação que Robinson Jeffers fez de Medea no Theatre Sara Bernhardt em Paris, em 1955. Também em 1955, ele interpretou Marco Antonio em Júlio César e Fernando em A Tempestade no American Shakespeare Festival (Stratford, Connecticut). Ele voltou ao American Shakespeare Festival em 1981 para interpretar o papel-título em Henry V.[24]

Anos 1960[editar | editar código-fonte]

The Sound of Music[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Sound of Music
Plummer e Julie Andrews no set de The Sound of Music em Salzburg, 1964

Plummer continua amplamente conhecido por sua interpretação do Capitão Von Trapp devido ao sucesso de bilheteria e à popularidade contínua de The Sound of Music (1965), que ele certa vez descreveu como "tão horrível, sentimental e pegajoso".[25] Ele achou todos os aspectos de fazer o filme desagradáveis, exceto trabalhar com Andrews, e evitou usar seu nome, chamando-o de "aquele filme", "S&M" ou "O Som de Mucus".[26] Ele se recusou a comparecer à reunião do elenco do 40.º aniversário,[27] mas forneceu comentários sobre o lançamento do DVD em 2005.[28] Ele cedeu para o 45.º aniversário e apareceu com o elenco completo no The Oprah Winfrey Show em 28 de outubro de 2010.[29]

Em 2009, Plummer disse que estava "um pouco entediado com a personagem" do Capitão von Trapp. "Embora tenhamos trabalhado duro o suficiente para torná-lo interessante, foi um pouco como açoitar um cavalo morto. E o assunto não é meu. Quer dizer, não pode agradar a todas as pessoas no mundo".[1] No entanto, ele admitiu que o filme em si foi bem feito e se orgulha de estar associado a um filme com tanto apelo de massa. "Mas foi um filme muito bem feito, e é um filme de família e não vimos um filme de família, não acho, nessa escala há muito tempo".[30] Em uma entrevista, ele disse que tinha "memórias incríveis" da realização do filme.[31]

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Plummer também escreveu para teatro, televisão e salas de concerto. Ele e Sir Neville Marriner reorganizaram Henrique V de Shakespeare, com a música de Sir William Walton, como uma peça de concerto. Eles gravaram o trabalho com a orquestra de câmara de Marriner, a Academy of St Martin in the Fields. Ele executou este e outros trabalhos com a Filarmônica de Nova Iorque e orquestras sinfônicas de Londres, Washington, D.C., Cleveland, Filadélfia, Chicago, Minneapolis, Toronto, Vancouver e Halifax. Com Marriner, ele fez sua estréia no Carnegie Hall em seus próprios arranjos da música incidental de Mendelssohn para Sonho de uma Noite de Verão.[32]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Plummer se casou três vezes. Sua primeira esposa foi a atriz Tammy Grimes, com quem se casou em 1956.[33] O casamento durou quatro anos, e eles tiveram uma filha juntos, a atriz Amanda Plummer (nascida em 1957). No entanto, como ele mencionou em sua autobiografia, Plummer foi incapaz de ter muito contato com sua filha durante sua juventude e adolescência, porque sua mãe era inflexível quanto a bloquear o acesso. Ele e Amanda, que era sua única filha, estabeleceram contato depois que ela se tornou adulta e, mais tarde, mantiveram uma relação amigável.

Plummer foi casado em seguida com a jornalista Patricia Lewis de 4 de maio de 1962 até seu divórcio em 1967. Três anos após seu segundo divórcio, Plummer casou-se com a atriz Elaine Taylor em 2 de outubro de 1970. Plummer e Elaine moraram juntos em Weston, Connecticut.[34][35] Plummer não teve filhos do segundo ou do terceiro casamento.

O livro de memórias de Plummer, In Spite of Myself, foi publicado por Alfred A. Knopf em novembro de 2008.[9] Plummer foi patrono do Theatre Museum Canada.[36]

Morte[editar | editar código-fonte]

Em 5 de fevereiro de 2021, Plummer morreu em sua casa em Weston, Connecticut, aos 91 anos, após sofrer complicações de uma queda.[37][38][39] Sua família divulgou um comunicado anunciando que Plummer havia "morrido pacificamente em sua casa em Connecticut com sua esposa Elaine Taylor ao seu lado".[40]

Após o anúncio de sua morte, sua co-estrela de The Sound of Music, Julie Andrews, prestou homenagem a Plummer, declarando: "O mundo perdeu um ator consumado hoje e eu perdi um amigo querido. Guardo as memórias de nosso trabalho juntos e todo o humor e diversão que compartilhamos ao longo dos anos". Outros que prestaram homenagem a Plummer incluíram Ana de Armas, Jamie Lee Curtis, Katherine Langford, Rian Johnson, Chris Evans e Don Johnson (que colaboraram com ele em Knives Out), bem como William Shatner, Anne Hathaway, Elijah Wood, Vera Farmiga, Ed Asner, Ridley Scott, Simon Pegg, Antonio Banderas, Leonard Maltin, Daniel Dae Kim, George Takei, Russel Crowe e Joseph Gordon-Levitt.[41][40][42][40]

Lou Pitt, seu amigo de longa data e empresário de 46 anos, disse: “Chris era um homem extraordinário que amava profundamente e respeitava sua profissão com grandes maneiras antiquadas, humor autodepreciativo e música de palavras. Ele era um tesouro nacional que apreciava profundamente suas raízes canadenses. Por meio de sua arte e humanidade, ele tocou todos os nossos corações e sua vida lendária durará por todas as gerações vindouras. Ele estará para sempre conosco”.[43]

Plummer em 2007

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1958 Stage Struck Joe Sheridan
Wind Across the Everglades Walt Murdock
1964 The Fall of the Roman Empire Commodus
1965 The Sound of Music Captain Georg von Trapp
Inside Daisy Clover Raymond Swan
1966 Triple Cross Eddie Chapman
1967 The Night of the Generals Erwin Rommel
Oedipus the King Oedipus
1968 Nobody Runs Forever Sir James Quentin
1969 Battle of Britain Colin Harvey
The Royal Hunt of the Sun Atahualpa
Lock Up Your Daughters! Lord Foppington
1970 Waterloo Arthur Wellesley
1973 The Pyx Det. Sgt. Jim Henderson
1974 The Happy Prince The Happy Prince
1975 The Spiral Staircase Dr. Joe Sherman
The Return of the Pink Panther Sir Charles Litton
Conduct Unbecoming Major Alastair Wimbourne
The Man Who Would Be King Rudyard Kipling
The Day That Shook the World Ferdinand da Austria
1976 Aces High Captain 'Uncle' Sinclair
1977 The Assignment Captain Behounek
The Disappearance Deverell
1978 The Silent Partner Harry Reikle
International Velvet John Seaton
1979 Starcrash Imperador
Murder by Decree Sherlock Holmes
Hanover Street Paul Sellinger
1980 Somewhere in Time William Fawcett Robinson
1981 Eyewitness Joseph
The Amateur Professor Lakos
1984 Lily in Love Fitzroy Wynn

Roberto Terranova

Dreamscape Bob Blair
Highpoint James Hatcher
Ordeal by Innocence Leo Argyle
1986 The Boy in Blue Knox
The Boss' Wife Mr. Roalvang
An American Tail Henri
The Tin Solder Narrador
Vampire in Venice Prof. Paris Catalano
1987 Dragnet Rev. Jonathan Whirley
I Love N.Y. John Robertson Yeats
The Man Who Planted Trees Narrador
The Gnomes' Great Adventure Narrador
1988 Light Years Metamorphis
Shadow Dancing Edmund Beaumont
The Making of a Legend: Gone with the Wind Narrator
1989 Souvenir Ernst Kestner
Mindfield Doctor Satorius
1990 Where the Heart Is Jerry
Red Blooded American Girl Dr. John Alcore
Money Martin Yahl
1991 Firehead Garland Vaughn
Rock-a-Doodle Duque de Owls
Dragon and Slippers Pelican
Star Trek VI: The Undiscovered Country General Chang
1992 Impolite Naples O'Rorke
Malcolm X Chaplain Gill
Liar's Edge Harry Weldon
1994 Wolf Raymond Alden
Crackerjack Ivan Getz
1995 Dolores Claiborne Det. John Mackey
12 Monkeys Dr. Goines
1996 The Conspiracy of Fear Joseph Wakeman
1997 Babes in Toyland Barnaby Crookedman
1998 Hidden Agenda Ulrich Steiner
The First Christmas Narrador
Blackheart Holmes
The Clown at Midnight Mr. Caruthers
1999 Madeline: Lost in Paris Narrador
The Insider Mike Wallace
2000 Dracula 2000 Abraham Van Helsing
2001 Lucky Break Graham Mortimer
A Beautiful Mind Dr. Rosen
Full Disclosure Robert Lecker
2002 Ararat David
Nicholas Nickleby Ralph Nickleby
2003 The Gospel of John Narrador
Blizzard Santa Claus
Cold Creek Manor Mr. Massie
2004 National Treasure John Adams Gates
Alexander Aristotes
2005 Must Love Dogs Bill Nolan
Syriana Dean Whiting
The New World Christopher Newport
2006 Inside Man Arthur Case
The Lake House Simon Wyler
2007 Man in the Chair Flash Madden
Closing the Ring Jack Etty
Emotional Arithmetic David Winters
Already Dead Dr. Heller
2009 Caesar and Cleopatra Julius Caesar
Up Charles Muntz
My Dog Tulip J.R. Ackerley
The Last Station Leo Tolstoy
9 1
The Imaginarium of Doctor Parnassus Dr. Parnassus
2010 Beginners Hal Fields
2011 Priest Monsignor Orelas
Barrymore John Barrymore
The Girl with the Dragon Tattoo Henrik Vanger
2013 The Legend of Sarila Croolik
2014 Elsa & Fred Fred Barcroft
Hector and the Search for Happiness Professor Coreman
The Forger Joseph Cutter
2015 Danny Collins Frank Grubman
Pixies Pixie King
Remember Zev Guttman/Otto Wallisch
2016 The Exception Kaiser Wilhelm
Howard Lovecraft and the Frozen Kingdom Dr. West
2017 Howard Lovecraft & the Undersea Kingdom Dr. West / The Pixie King
The Man Who Invented Christmas Ebenezer Scrooge
The Star King Herod
All the Money in the World J. Paul Getty
2018 Boundaries Jack Jaconi
Howard Lovecraft and the Kingdom of Madness Dr. Jeffrey West
2019 Cliffs of Freedom Thanasi
Knives Out Harlan Thrombey
The Last Full Measure Frank Pitsenbarger

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1953 Broadway Television Theatre Michael O'Leary
1955 Kraft Television Theatre Robert Carr
Producers' Showcase Christian de Neuvillette
1956 General Electric Theater Walter Shelley
The Alcoa Hour Bruce Quealy
1957–58 Omnibus Thomas Mendip/Oedipus
1957–61 DuPont Show of the Month Various Roles
1958 Little Moon of Alban Kenneth Boyd
1959 Johnny Belinda Dr. Jack Pelletier
A Doll's House Torvald Helmer
The Philadelphia Story Mike Connor
1960 NBC Sunday Showcase Oliver Wendell Holmes, Jr.
Captain Brassbound's Conversion Brassbound
1961 Playdate Ele mesmo
Time Remembered Prince Albert
1962 Cyrano de Bergerac Cyrano de Bergerac
1964 Hamlet at Elsinore Hamlet
1968 The Secret of Michelangelo Narrador (voz)
1971 Don Juan in Hell Don Juan
1974 Witness to Yesterday Arthur Wellesley, Duke of Wellington
After the Fall Quentin
1976 The Moneychangers Roscoe Heyward
1977 Silver Blaze Sherlock Holmes
Jesus of Nazareth Herod Antipas
1979 Riel Sir John A. Macdonald
1980 Desperate Voyage Burrifous
The Shadow Box Brian
1981 When the Circus Came to Town Duque Real
1981 Dial M for Murder Mark Halliday
1982 Little Gloria... Happy at Last Reginald Claypoole Vanderbilt
1983 The Scarlet and the Black Herbert Kappler
The Thorn Birds Vittorio Contini-Verchese
Prototype Dr. Carl Forrester
1985 Rumpelstiltskin Narrador (voz)
1986 Crossings Armand DeVilliers
Spearfield's Daughter Lord Jack Cruze
1987 A Hazard of Hearts Sir Giles Staverley
The Cosby Show Jonathan Lawrence
The World of David the Gnome Narrador
1988–91 Madeline Narrador
1989 Nabokov on Kafka Vladimir Nabokov
1990 A Ghost in Monte Carlo Duque Ivan
1990–93 Counterstrike Alexander Addington
1991 Young Catherine Sir Charles Williams
A Marriage: Georgia O'Keeffe and Alfred Stieglitz Alfred Stieglitz
Berlin Lady Wilhem Speer
The First Circle Victor Abakumov
1992 Secrets Mel Wexler
1993 A Stranger in the Mirror Clifton Lawrence
1993–95 Madeline Narrador (voz)
1995 Harrison Bergeron John Klaxon
1996 We the Jury Wilfred Fransiscus
Skeletons Reverendo Carlyle
1997 The Arrow George Hees
1998 Winchell Franklin D. Roosevelt
2000 Nuremberg Sir David Maxwell-Fyfe
The Dinosaur Hunter Hump Hinton
Possessed Hume
American Tragedy F. Lee Bailey
2001 Leo's Journey Narrador (voz)
On Golden Pond Norman Thayer
2002 Night Flight 'Flash' Harry Peters
Agent of Influence John Watkins
2003 Odd Job Jack Magnus the Maker
2005 Our Fathers Bernard Law
Miracle Planet Narrador (voz)
2006 American Experience Narrador/James Tyrone
2008 The Summit P.J. Aimes
2013 Muhammad Ali's Greatest Fight John Marshall Harlan II
2019 Departure Howard Larson
2020 Jeopardy! The Greatest of All Time Ele mesmo - Video Clue Presenter

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Titulo Papel Notas Ref.
1954 The Starcross Story George Phillips Royale Theatre, Broadway
1954 Home is the Hero Manchester Monagham Booth Theatre, Broadway
1955 The Dark is Light Enough Peter Zichy ANTA Theatre, Broadway
1955 The Lark Warwick Longacre Theatre, Broadway
1956 Night of the Auk Lewis Roheman Playhouse Theatre, Broadway
1958 J.B. Nickles ANTA Playhouse, Broadway
1963 The Resistible Rise of Arturo Ui Arturo Ui Lunt-Fontanne Theatre, Broadway
1965 The Royal Hunt of the Sun Francisco Pizarro ANTA Theatre, Broadway 1971 National Theatre Dirigido por Laurence Olivier
1973 The Good Doctor Performer Eugene O'Neill Theatre, Broadway
1974 Cyrano Cyrano de Bergerac Palace Theatre, Broadway
1978 Drinks Before Dinner Edgar The Public Theatre, Off-Broadway
1982 Othello Iago Winter Garden Theatre, Broadway
1988 Macbeth Macbeth Mark Hellinger Theatre, Broadway
1994 No Man's Land Spooner Roundabout Theater Company, Broadway [44]
1997 Barrymore John Barrymore Music Box Theatre, Broadway [45]
2004 King Lear King Lear Vivian Beaumont Theatre, Broadway [46]
2007 Inherit the Wind Henry Drummond Lyceum Theatre, Broadway [47]

Video games[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel (Voz) Notas
2000 Star Trek: Klingon Academy General Chang
2009 Up Charles Muntz (voz)
2011 The Elder Scrolls V: Skyrim Arngeir (voz) [48]
2017 The Long Dark Narrador

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar

Emmy Awards

  • 2005 - Indicado por Our Fathers - melhor ator coadjuvante
  • 1994 - Vencedor - Madeline - melhor colocação de voz
  • 1983 - Indicado por Thorn Birds - melhor ator coadjuvante de telessérie
  • 1977 - Vencedor - Arthur Hailey's the Moneychangers - melhor ator
  • 1966 - Indicado por Hamlet - melhor ator
  • 1959 - Indicado por Hallmark Hall of Fame - melhor ator

Globo de Ouro

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Abel, Judy (31 de janeiro de 2010). «At 80, Plummer has arrived at his 'Station'». The Boston Globe. Consultado em 25 de julho de 2012 
  2. «Christopher Plummer». Golden Globes. Consultado em 6 de fevereiro de 2021 
  3. «Christopher Plummer nabs SAG Award for 'Beginners'». CTVNews (em inglês). 30 de janeiro de 2012. Consultado em 6 de fevereiro de 2021 
  4. «Film in 2012». BAFTA Awards. Supporting Actor. Consultado em 6 de fevereiro de 2021 
  5. Zak, Dan (27 de fevereiro de 2017). «Only 22 people had ever accomplished this feat. Now, Viola Davis joins the club.». The Washington Post. Consultado em 14 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 1 de março de 2017 
  6. «The Oscar Elders: 3 Octogenarians Make Academy Award History». NPR. Consultado em 20 de maio de 2020 
  7. a b Fletcher, Bernie (19 de maio de 2015). «A famous son, a forgotten father». Beach Metro Community News 
  8. «A Man for All Stages: The Life and Times of Christopher Plummer». Life and Times. 12 de novembro de 2002. Consultado em 15 de agosto de 2018. Arquivado do original em 28 de fevereiro de 2020 
  9. a b c d Plummer, Christopher (6 de outubro de 2009). In Spite of Myself. [S.l.]: Knopf Canada. ISBN 978-0307396808 
  10. Witchel, Alex (19 de novembro de 2008). «Christopher Plummer's legendary life, wonderfully retold». The New York Times. Consultado em 25 de julho de 2012. (pede subscrição (ajuda)) 
  11. Hartigan, Patti (19 de janeiro de 1997). «Starring as the Star-Crossed Actor Who was Also a Rake and Rebel, Christopher Plummer does Barrymore by the Book». The Boston Globe. Consultado em 16 de dezembro de 2009 
  12. «Montrealer Christopher Plummer triumphs at Academy Awards». CTV News. 27 de fevereiro de 2012. Consultado em 25 de julho de 2012 
  13. «Back to his school days». Montreal Gazette. Postmedia News. 3 de junho de 2006. Consultado em 25 de julho de 2012. Arquivado do original em 18 de janeiro de 2013 
  14. «Stars gather to Honour Olivier's Career». Boca Raton News. Associated Press. 28 de abril de 1983. p. 4B. Consultado em 15 de agosto de 2018 
  15. a b «Christopher Plummer | The Canadian Encyclopedia». www.thecanadianencyclopedia.ca. Consultado em 14 de dezembro de 2020 
  16. «Renowned actor Christopher Plummer receives honorary degree (Includes first-hand account)». www.digitaljournal.com. 9 de junho de 2009. Consultado em 14 de dezembro de 2020 
  17. «McGill gives honorary degrees to Plummer, Huston | CBC News». CBC (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2020 
  18. Fulford, Robert (2006). «Helping Canada overcome stage fright». National Post. Arquivado do original em 29 de janeiro de 2013 
  19. Ayton, Diana (verão de 2006). «The Festive Season». McGill News. McGill University. Arquivado do original em 27 de agosto de 2011 
  20. Charlebois, Gaetan; Nothof, Anne (28 de junho de 2012). «Plummer, Christopher». Canadian Theatre Encyclopedia. Athabasca University. Consultado em 25 de julho de 2012 
  21. «Dolores Claiborne Movie Notes: Christopher Plummer (Inspector John Mackey)». Castle Rock Entertainment. Consultado em 3 de fevereiro de 2012 
  22. «Nina». Internet Broadway Database. Consultado em 3 de fevereiro de 2012 
  23. «Othello». British Universities Film & Video Council. Consultado em 25 de julho de 2012 
  24. «Actor Christopher Plummer On Stage». The Sound of Music Guide. Consultado em 25 de julho de 2012. Arquivado do original em 9 de setembro de 2011 
  25. Schillaci, Sphie (1 de dezembro de 2011). «Christopher Plummer Recalls 'Awful,' 'Gooey' Sound of Music Role». The Hollywood Reporter. Consultado em 5 de fevereiro de 2021 
  26. Abel, Judy (31 de janeiro de 2010). «At 80, Plummer has arrived at his 'Station'». The Boston Globe. Consultado em 18 de setembro de 2013 
  27. «Sound of Music Reunion». Sound Of Music Interactive. Consultado em 6 de fevereiro de 2021 
  28. «The Sound of Music: 40th Anniversary Edition». The DVD Journal. Consultado em 6 de fevereiro de 2021 
  29. «For the First Time in 45 Years: The Sound of Music Cast Reunites». Oprah.com. Consultado em 6 de fevereiro de 2021 
  30. Fischer, Paul (29 de dezembro de 2009). «Christopher Plummer for "The Last Station». Dark Horizons. Consultado em 25 de julho de 2012. Arquivado do original em 9 de agosto de 2012 
  31. https://www.cbc.ca/news/entertainment/christopher-plummer-obituary-1.5902845. Retrieved 6 February 2020.
  32. Pheifer, Pat (2 de outubro de 2016). «Sir Neville Marriner, former music director of Minnesota Orchestra, dies at 92». Star Tribune. Minneapolis. Consultado em 29 de novembro de 2016 
  33. Rainho, Manny (agosto de 2015). «This Month in Movie History». Classic Images (482): 24–26 
  34. Daly, Steve (11 de novembro de 2005). «Captain, Our Captain». Entertainment Weekly. Consultado em 25 de julho de 2012 
  35. «Weston's Christopher Plummer Reshoots Kevin Spacey's Role In Getty Movie». Weston Daily Voice. 12 de novembro de 2017. Consultado em 3 de dezembro de 2017 
  36. «About the Theatre Museum Canada». Theatre Museum Canada. Consultado em 2 de agosto de 2012 
  37. Fleming, Mike Jr. (5 de fevereiro de 2021). «Christopher Plummer Passes Away At 91; 'Sound Of Music,' 'All The Money In The World' Star A True Hollywood Legend». Deadline (em inglês). Consultado em 5 de fevereiro de 2021 
  38. «Christopher Plummer, 'Sound of Music' star and oldest actor to win an Oscar, dead at 91 | CBC News». CBC (em inglês). Consultado em 5 de fevereiro de 2021 
  39. Weber, Bruce (5 de fevereiro de 2021). «Christopher Plummer, Actor From Shakespeare to 'The Sound of Music,' Dies at 91». The New York Times. Consultado em 5 de fevereiro de 2021 
  40. a b c «Christopher Plummer: Star of The Sound of Music dies at 91». 5 de fevereiro de 2021 – via www.bbc.com 
  41. «Christopher Plummer Dead at 91: Julie Andrews and More React». Entertainment Tonight 
  42. «Hollywood Pays Tribute to Christopher Plummer: "A Giant of Stage and Screen"». Hollywood Reporter 
  43. Jr, Mike Fleming; Jr, Mike Fleming (5 de fevereiro de 2021). «Christopher Plummer Dies: Oscar Winner & 'Sound Of Music,' 'All The Money In The World' Star A True Hollywood Legend». Deadline (em inglês). Consultado em 6 de fevereiro de 2021 
  44. «No Man's Land». Variety. Consultado em 22 de maio de 2020 
  45. «Tony-Winner Christopher Plummer Starts Barrymore Tour, July 11». Playbill.com. Consultado em 22 de maio de 2020 
  46. «Christopher Plummer Is Shakespeare's Mad Monarch as King Lear Begins at Beaumont». Playbill.com. Consultado em 22 de maio de 2020 
  47. «Plummer and Dennehy to Inherit the Wind on Broadway». Playbill.com. Consultado em 22 de maio de 2020 
  48. https://www.behindthevoiceactors.com/Christopher-Plummer/
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Christopher Plummer