George Kennedy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
George Kennedy
George Kennedy, 1975
Nome completo George Harris Kennedy, Jr.
Nascimento 18 de fevereiro de 1925
Nova Iorque, Estados Unidos
Nacionalidade Povo dos Estados Unidos norte-americana
Morte 28 de fevereiro de 2016 (91 anos)
Boise
Ocupação Ator
Atividade 1960-2014
Cônjuge Joan McCarthy (1978–2016)
Norma Wurman (1973–1978, divorciados)
Norma Wurman (1959–1971, divorciados)
Dorothy Gillooly (1946–1959, divorciados)
IMDb: (inglês)

George Kennedy (Nova Iorque, 18 de fevereiro de 1925  — Boise, 28 de fevereiro de 2016) foi um ator estadunidense[1].

George Kennedy alistou-se no Exército dos Estados Unidos da América durante a Segunda Guerra Mundial, onde serviu por 16 anos, tanto em combate como, nos últimos anos, atuando como oficial de rádio e televisão das Forças Armadas. Durante a guerra serviu sob o comando do general George S. Patton, a quem personificou no filme O alvo de quatro estrelas, de 1978.[2]

Começou a carreira no final dos anos 1950 e início dos anos 1960, atuando em filmes de faroeste na televisão. Atuou em todos os filmes da franquia "Aeroporto", iniciada em 1969 com o filme homônimo e terminada em 1979, após quatro mega-produções.

Residia em Eagle, no estado de Idaho, com sua terceira esposa Joan McCarthy. Sua filha, chamada Shaunna, foi presa por abuso de drogas. O casal adotou a neta, Taylor, após a prisão da filha.[3] Outra filha, Betty, também é atriz.

Principais filmes[editar | editar código-fonte]

Séries de televisão[editar | editar código-fonte]

  • 1965 - Daniel Boone (como Zach Morgan, episódio A Rope for Mingo)
  • 1967 - Tarzan (como Crandell, no episódio Thief Catcher)
  • 1971 - Sarge (como Sargento Swanson)
  • 1975 - The Blue Knight (como Bumper Morgan)
  • 1988/1991 - Dallas (como Carter McKay)
  • 1996 - Wings (como ele próprio)

Principais prêmios[editar | editar código-fonte]

Ganhou o Óscar em 1968, na categoria de melhor Ator (coadjuvante/secundário), por Cool Hand Luke, de 1967. Foi indicado duas vezes ao Globo de Ouro, ambas na categoria de melhor Ator (coadjuvante/secundário): em 1968, por Cool Hand Luke, e em 1971, por Airport, de 1970.

Foi ainda indicado ao Framboesa de Ouro de 1985, na categoria de pior ator (coadjuvante/secundário), pela atuação no filme erótico Bolero, de 1984. Tem uma estrela na Calçada da Fama, em 6352 Hollywood Blvd.

Referências

  1. George Kennedy, de "Corra que a Polícia Vem Aí", morre aos 91 anos Portal BOL - visitado em 29 de fevereiro de 2016
  2. «Galeria da Fama». Memorialdafama.com. Consultado em 4 de janeiro de 2009. 
  3. «George Kennedy». Hollywood. Consultado em 4 de janeiro de 2009. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]