Sam Shepard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo é sobre uma pessoa que morreu recentemente.
Algumas informações relativas às circunstâncias da morte podem mudar a qualquer instante.

Editado pela última vez em 7 de agosto de 2017.

Sam Shepard
Nome completo Samuel Shepard Rogers III
Nascimento 15 de novembro de 1943
Fort Sheridan, Illinois, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Morte 27 de julho de 2017 (73 anos)
Midway, Kentucky
Ocupação Ator, cineasta, escritor, roteirista e dramaturgo
Atividade 1963–2017
Cônjuge O-Lan Jones (1969–1984 divórcio)
Outros prêmios
Pulitzer de Teatro (1979)
[www.sam-shepard.com Página oficial]
IMDb: (inglês)

Samuel Shepard Rogers III[1] (Fort Sheridan, 5 de novembro de 1943Midway, 27 de julho de 2017[2]), conhecido pelo nome artístico de Sam Shepard, foi um ator, cineasta, escritor, roteirista e autor de teatro, com uma carreira de mais de 50 anos. Foi o autor de 44 peças de teatro, livros de contos e ensaios e memórias. Recebeu o Prêmio Pulitzer de Teatro (1979) pela peça Buried Child. Foi nomeado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas ao Oscar de melhor ator coadjuvante por seu papel em The Right Stuff, como o piloto Chuck Yeager. Recebeu, em 2009, o PEN/Laura Pels International Foundation for Theater Award por excelência em drama, tendo sido descrito pela New York Magazine com um dos maiores dramaturgos de sua geração.[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sam Shepard nasceu em Fort Sheridan, Illinois, em 1943. Foi nomeado Samuel Shepard Rogers III devido ao nome de seu pai, Samuel Shepard Rogers, Jr., porém seu apelido era "Steve Rogers".[4] Seu pai foi professor e serviu na Força Aérea dos Estados Unidos como piloto de bombardeio durante a Segunda Guerra Mundial. Em suas memórias, Sam lembra de seu pai como um alcoólatra.[5] Sua mãe, Jane Elaine, também era professora, tendo nascido em Chicago.[6] Quando adolescente, trabalhou em um rancho e depois de se formar no ensino médio, em Los Angeles, em 1961, ingressou na faculdade Mt. San Antonio para estudar agronomia, mas, depois de conhecer o trabalho de Samuel Beckett, de se interessar por jazz e pelo expressionismo, Sam largou o curso para ingressar em um grupo itinerante, chamado Bishop's Company.[7]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Literatura e atuação[editar | editar código-fonte]

No começo dos anos 1960, Sam chegou à cidade de Nova Iorque, onde conseguiu emprego de garçom na boate The Village Gate. Em 1962, entrou para o cenário teatral através de Ralph Cook, chefe dos garçons do Village Gate. Foi por volta dessa época que ele adotou o nome artístico de Sam Shepard.[4] Muitos de seus primeiros textos foi para os palcos.[8] Após ganhar 6 Prêmios Obi, premiação anual do jornal The Village Voice, entre 1966 e 1968, Sam ganhou notoriedade ao trabalhar com Robert Frank no roteiro de Me and My Brother (1968) e com Michelangelo Antonioni em Zabriskie Point (1970). The Unseen Hand (1969) foi sua primeira peça de ficção científica, influenciada pelo musical The Rocky Horror Show. Sua peça Cowboy Mouth foi feita em colaboração com sua namorada na época, Patti Smith, em abril de 1971, que elevou o nome de Patti no cenário do punk rock.[9]

Shepard aos 21 anos

Sua carreira na atuação quando ele foi escalado para interpretar um charmoso fazendeiro no filme Days of Heaven (1978), junto de Richard Gere e Brooke Adams. O papel acabou lhe rendendo indicações para vários outros trabalhos, como Resurrection (1980) e sua interpretação bastante elogiada de Chuck Yeager em The Right Stuff (1983), papel que lhe rendeu uma indicação ao Oscar de melhor ator coadjuvante. Seus trabalhos nos anos seguintes o levaram a ser capa da revista Newsweek.[10][11]

Ao longo dos anos, Sam trabalhou muito no teatro, escrevendo peças, produzindo, dando aulas e seminários a respeito em universidades e cursos de teatro. Foi eleito para a American Academy of Arts and Letters e para a Academia de Artes e Ciências dos Estados Unidos, em 1986.[12]

Direção[editar | editar código-fonte]

Quando começou a escrever peças de teatro, ele não as dirigia. Vários diretores diferentes fizeram a direção de suas peças, mas mais frequentemente ficavam com Ralph Cook. Nos anos 1970, Sam começou a colocar sua visão em sua peças, passando a dirigi-las, mas em geral não dirigia peças de outros autores. Dirigiu dois filmes, mas este não era seu principal interesse.[10][7]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

De 1969 a 1984, Sam foi casado com a atriz O-Lan Jones, com quem teve um filho, Jesse Mojo Shepard, em 1970. Teve um caso extraconjugal com Patti Smith, de 1970 a 1971, que não sabia que ele era o premiado dramaturgo.[13] Com o fim de seu relacionamento com Patti, Sam mudou-se com a esposa e o filho para Londres e voltou aos Estados Unidos em 1975, mudando-se para Mill Valley, Califórnia.[10][7]

Em 1983, Sam conheceu a atriz Jessica Lange no set do filme Frances. Divorciado em 1984 de O-Lan Jones, Jessica e Sam viveram juntos por 30 anos, com quem teve dois filhos, Hannah Jane (nascida em 1985) Samuel Walker Shepard (nascido 1987), mas o casal se separou em 2009.[14] Seu filho mais velho, Jesse, escreveu um livro de contos em 2003, onde Sam escreveu o prefácio.[15]

Em 3 de janeiro de 2009, Sam Shepard foi preso, acusado por dirigir em alta velocidade e bêbado, em Normal, Illinois.[16] Sam se declarou culpado das acusações em 11 de fevereiro do mesmo ano, sentenciado a 24 meses de condicional, aulas sobre alcoolismo e 100 horas de serviços comunitários.[17] Em 25 de maio de 2015, Sam foi novamente preso, desta vez em Santa Fé, no Novo México, por dirigir bêbado novamente.[18]

Morte[editar | editar código-fonte]

Em 27 de julho de 2017, Sam Shepard morreu em sua casa em Midway, no Kentucky, aos 73 anos. Segundo o porta-voz da família, ele teve complicações relacionadas com a esclerose lateral amiotrófica.[10][19][7][20]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Ator[editar | editar código-fonte]

Ator
Ano Título Personagem
1963 Apples In the Tree
1965 Rusakai
1970 Brand X
1978 Renaldo and Clara Rodeo
Days of Heaven O Fazendeiro
1980 Resurrection Cal Carpenter
1981 Raggedy Man Bailey
1982 Frances Harry York
1983 The Right Stuff Chuck Yeager
1984 Paris, Texas não confirmado
Country Gil Ivy
1986 Crimes of the Heart Doc Porter
1987 Baby Boom Dr. Jeff Cooper
1989 Steel Magnolias Spud Jones
1990 Bright Angel Jack
1991 Voyager Walter Faber
1992 Thunderheart Frank Coutelle
1993 The Pelican Brief Professor Thomas Callahan
1994 Safe Passage Patrick Singer
1995 Streets of Laredo Pea Eye Parker
1999 Snow Falling on Cedars Arthur Chambers
Purgatory Sheriff Forrest/Wild Bill Hickock
2000 Hamlet The Ghost
All the Pretty Horses J.C. Franklin
2001 Black Hawk Down Maj. Gen. William F. Garrison
After the Harvest Caleb Gare
Kurosawa Narrador
Shot in the Heart Frank Gilmore
Swordfish Senator James Reisman
The Pledge Eric Pollack
2003 Blind Horizon Sheriff Jack Kolb
2004 The Notebook Frank Calhoun
2005 Don't Come Knocking Howard
Bandidas Bill Buck
Stealth Capt. George Cummings
2006 Walker Payne Syrus
The Return Ed Mills
Charlotte's Web (Narrador)
2007 Ruffian Frank Whiteley
The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford Frank James
2008 The Accidental Husband Wilder
Felon Gordon Camrose
2009 Brothers Hank Cahill
2010 Inhale James Harrison
Fair Game Sam Plame
2011 Blackthorn Butch Cassidy
2012 Safe House Harlan Whitford
Killing Them Softly TBA

Roteirista[editar | editar código-fonte]

Roteirista
Ano Título Diretor
1968 Me and My Brother Robert Frank
1970 Zabriskie Point Michelangelo Antonioni
1984 Paris, Texas Wim Wenders
1985 Fool for Love Robert Altman
1988 Far North Ele mesmo
1994 Silent Tongue
2005 Don't Come Knocking Wim Wenders

Diretor[editar | editar código-fonte]

Diretor
Ano Título Notas
1988 Far North também roteiro
1994 Silent Tongue

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Shewey, Don (1997). url=https://books.google.ca/books?id=xZ-8rdzvABgC&pg=PA13&dq=%22He+was+born+Samuel+Shepard+Rogers+III+and+called+Steve,+although+if+he+were+royalty+his+name+would+have+been+Samuel+Shepard+Rogers+VII.%22&hl=en&sa=X&ei=ylqtUrWiKMyBqQGLrIHAAw&ved=0CCQQ6AEwAA. Nova Iorque: Perseus Books Group. p. 340. ISBN 978-0440175810 
  2. Morre Sam Shepard, ator e dramaturgo norte-americano (ed.). «Morre Sam Shepard, ator e dramaturgo norte-americano». Folha de São Paulo. Consultado em 31 de julho de 2017 
  3. Wetzsteon, Ross (11 novembro de 1984). «The Genius of Sam Shepard». New York. Consultado em 9 de dezembro de 2015 
  4. a b Bloom, Harold (2009). «Harold Bloom's Major Dramatists: Sam Shepard». Infobase Publishing. ISBN 9781438116464. Consultado em 12 de dezembro de 2015 
  5. O'Mahony, John (11 de outubro de 2003). «The write stuff». The Guardian. London. Consultado em 9 de dezembro de 2015 
  6. «Sam Shepard Biography». FilmReference.com. Consultado em 9 de dezembro de 2008 
  7. a b c d Brian Lowry (ed.). «A tribute to Sam Shepard: A writer, actor who wore many hats». CNN. Consultado em 31 de janeiro de 2017 
  8. Botting, Gary (1972). The Theatre of Protest in America. [S.l.]: Harden House. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  9. Universidade da Virgínia (ed.). «Sam Shepard and Identity». Universidade da Virgínia. Consultado em 31 de julho de 2017 
  10. a b c d Ben Brantley (ed.). «Sam Shepard Pulitzer Winning Playwright and Actor Is Dead at 73». The New York Times. Consultado em 31 de julho de 2017 
  11. Patrick Healy (ed.). «Getting Faster With Age: Sam Shepard's New Velocity». The New York Times. Consultado em 13 de fevereiro de 2010 
  12. «Book of Members, 1780–2010: Chapter S» (PDF). American Academy of Arts and Sciences. Consultado em 12 de abril de 2011 
  13. Ocean Star (ed.). «Patti Smith and Sam Shepard». Ocean Star. Consultado em 31 de julho de 2017 
  14. Johnson Zach (ed.). «Rep: Jessica Lange and Sam Shepard Have Separated». Us Weekly. Consultado em 19 de dezembro de 2011 
  15. James Sullivan (ed.). «THE SCENE: Sam Shepard joins Jesse Shepard for a reading at City Lights». San Francisco Chronicle. Consultado em 19 de dezembro de 2011 
  16. TMZ (ed.). «Sam Shepard Arrested -- Blows It Big Time». TMZ. Consultado em 31 de julho de 2017 
  17. TMZ (ed.). «Sam Shepard Guilty of Very Drunken Driving». TMZ. Consultado em 31 de julho de 2017 
  18. Drew Mackie (ed.). «Actor/Playwright Sam Shepard Arrested on Drunk Driving Charges in Santa Fe». People. Consultado em 26 de maio de 2017 
  19. Revista Caras (ed.). «Aos 73 anos, morre o ator e dramaturgo Sam Shepard, ex- marido de Jessica Lange». Revista Caras. Consultado em 31 de julho de 2017 
  20. Frota, Gonçalo; Vasconcelos, Helena. «O dramaturgo que aplicou o bisturi no lado negro do quotidiano americano». PÚBLICO. Consultado em 4 de agosto de 2017. Sam Shepard