John Williams

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


John Williams
John Williams em 2007
Informação geral
Nome completo John Towner Williams
Nascimento 8 de fevereiro de 1932 (83 anos)
Local de nascimento Long Island, Nova Iorque
Nacionalidade Estados Unidos americano
Gênero(s) Trilha sonora
Ocupação(ões) Compositor
maestro
Período em atividade 1952 — presente
Página oficial johnwilliams.org

John Towner Williams (Long Island, 8 de fevereiro de 1932) é um aclamado compositor americano premiado várias vezes por suas trilhas sonoras.

Amigo de Steven Spielberg, assina quase todas as trilhas de seus filmes, tais como os temas inesquecíveis de Jurassic Park, Jaws, Schindler's List e E.T. the Extra-Terrestrial. Também é parceiro do cineasta George Lucas, sendo o autor das famosas trilhas das bem sucedidas séries cinematográficas Star Wars e Indiana Jones. Outras trilhas famosas de autoria de Williams são a dos três primeiros episódios da série Harry Potter e a trilha do primeiro filme do Superman estrelado por Christopher Reeve. Com a trilha sonora de The Book Thief, John Williams consegue a incrível marca de 49 indicações ao Óscar.[1] Williams foi vitorioso com Jaws, E.T. the Extra-Terrestrial, Star Wars Episode IV: A New Hope, Schindler's List e Fiddler on the Roof.

É considerado um dos maiores compositores da história do cinema, tanto pelo volume de sua obra, como pela sua popularidade. Com 49 indicações, John Williams é segunda pessoa mais indicada ao Oscar da história, perdendo para Walt Disney. Seu trabalho para o cinema é marcado por um estilo grandioso, facilmente reconhecido pelo público.

Além dos seus trabalhos em trilhas de filmes, é conhecido também por suas obras eruditas e concertos para fagote e orquestra, para violoncelo, para trompete, violino, flauta e o concerto para trompa.

Início da vida e família[editar | editar código-fonte]

John Williams nasceu em 8 de fevereiro de 1932, em Flushing (Queens), Nova York, filho de Ester e John Williams, Sr. Seu pai era um percussionista de jazz que tocava com a Raymond Scott Quintet.

Em 1948, Williams se mudou para Los Angeles com sua família. Williams ingressou na North Hollywood High School e se graduou em 1950. Mais tarde, frequentou a Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), e estudou com o compositor italiano Mario Castelnuovo-Tedesco. Em 1952, Williams foi convocado para a Força Aérea dos Estados Unidos, onde dirigiu e fez arranjos musicais para o Air Force Band, como parte de suas atribuições.

Após seu serviço na Força Aérea, que terminou em 1955, Williams se mudou para New York e entrou para a Juilliard School, onde estudou piano com Rosina Lhévinne. Durante este tempo, Williams trabalhou como pianista de jazz em muitos clubes de Nova York e, eventualmente, estúdios, principalmente para o compositor Henry Mancini. Seus músicos companheiros foram Rolly Bundock no baixo, Jack Sperling na bateria e Bob Bain na guitarra, sendo destaque na série de televisão Sr. Lucky. Williams era conhecido como "Little Johnny Love". Williams, durante o início dos anos 1960, atuou como arranjador e maestro de uma popular série de álbuns de música com o cantor Frankie Laine.

Williams foi casado com a atriz Barbara Ruick de 1956 até sua morte em 3 de março de 1974. A Williams teve três filhos: Jennifer (nascido em 1956), Marcos (nascido em 1958) e José (nascido em 1960). filho mais novo de Williams é um dos principais cantores de diversas banda "Toto" tem tido ao longo das décadas. John Williams se casou com sua segunda esposa, Samantha Winslow, em 21 de julho de 1980.

John Williams é um membro honorário da Kappa Kappa Psi, a fraternidade nacional para os membros da banda da faculdade.

Carreira[editar | editar código-fonte]

John Williams começou sua carreira como orquestrador de grande compositores como Alfred Newman. Seu primeiro grande filme foi Daddy-O. Ganhou notoriedade em Hollywood por sua versatilidade em composições de jazz. Williams recebeu sua primeira indicação para um Oscar por sua trilha sonora para o Valley of the Dolls (1967). A Partir daí, quase todos os anos seguintes renderam uma indicação ao mestre. Sua primeira vitória foi com Um Violinista no Telhado (1971). Em 1974, Williams foi abordado pelo diretor Steven Spielberg para compor a música para sua estreia na direção, O Expresso Sugarland . O jovem diretor ficou impressionado com o escore de Williams para o filme The Reivers (1969), e Spielberg estava convencido de que Williams poderia compor o som musical que desejava para qualquer um dos seus filmes. Eles uniram-se novamente um ano mais tarde para o segundo filme de Spielberg,Tubarão. Amplamente considerado um filme de suspense clássico, as duas notas sinistras tornaram-se sinônimo de tubarões e perigo que se aproxima. A pontuação para John Williams ganhou seu segundo Oscar, seu primeiro de uma composição original. Star Wars, E. T o extra-terrestre, Indiana Jones e A lista de Schindler, foram os filmes que renderam um oscar das 49 indicações para Williams. Muitas de suas trilhas são considerados clássicos, como o tema principal de Star Wars que é a música não popular mais executada da história. Aos 82 anos, Williams tem filmes para fazer o Score até 2015.

Composições em cinema[editar | editar código-fonte]

Prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Oscar[editar | editar código-fonte]

  • 2013 – The Book Thief (Melhor Banda Sonora original)
  • 2012 – Lincoln (Melhor Banda Sonora original)
  • 2011 – The Adventures of Tintin: Secret of the Unicorn (Melhor Banda Sonora original)
  • 2011 – War Horse (Melhor Banda Sonora original)
  • 2005 – Memoirs of a Geisha (Melhor Banda Sonora original)
  • 2005 – Munique (Melhor Banda Sonora original)
  • 2004 – Harry Potter and the Prisoner of Azkaban (Melhor Banda Sonora original)
  • 2002 – Catch Me If You Can (Melhor Banda Sonora original)
  • 2001 – Harry Potter and the Sorcerer's Stone (Melhor Banda Sonora original)
  • 2001 – A.I. Artificial Intelligence (Melhor Banda Sonora original)
  • 2000 – The Patriot (Melhor Banda Sonora original)
  • 1999 – Angela's Ashes (Melhor Banda Sonora original)
  • 1998 – Saving Private Ryan (Melhor Banda Sonora original - Drama)
  • 1997 – Amistad (Melhor Banda Sonora original - Drama)
  • 1996 – Sleepers (Melhor Banda Sonora original - Drama)
  • 1995 – "Moonlight" from Sabrina (Melhor Canção original)
  • 1995 – Sabrina (Melhor Banda Sonora original - filme de comédia)
  • 1995 – Nixon (Melhor Banda Sonora original - Drama)
  • 1993 - Schindler's List (Melhor Banda Sonora original) *Vencedor*
  • 1991 – "When You're Alone" from Hook (Melhor Canção original)
  • 1991 – JFK (Melhor Banda Sonora original)
  • 1990 – Home Alone (Melhor Banda Sonora original)
  • 1990 – "Somewhere In My Memory" from Home Alone (Melhor Canção original)
  • 1989 – Indiana Jones and the Last Crusade (Melhor Banda Sonora original)
  • 1989 – Born on the Fourth of July (Melhor Banda Sonora original)
  • 1988 – The Accidental Tourist (Melhor Banda Sonora original)
  • 1987 – The Witches of Eastwick (Melhor Banda Sonora original)
  • 1987 – Empire of the Sun (Melhor Banda Sonora original)
  • 1984 – The River (Melhor Banda Sonora original)
  • 1984 – Indiana Jones and the Temple of Doom (Melhor Banda Sonora original)
  • 1983 – Return of the Jedi (Melhor Banda Sonora original)
  • 1982 – "If We Were In Love" from Yes, Giorgio (Melhor Canção original)
  • 1982 - E.T.: The Extra-Terrestrial (Melhor Banda Sonora original) *Vencedor*
  • 1981 – Raiders of the Lost Ark (Melhor Banda Sonora original)
  • 1980 – The Empire Strikes Back (Melhor Banda Sonora original)
  • 1978 – Superman - The Movie (Melhor Banda Sonora original)
  • 1977 – Close Encounters of a Third Kind (Melhor Banda Sonora original)
  • 1977 - Star Wars (Melhor Banda Sonora original) *Vencedor*
  • 1975 - Jaws (Melhor Banda Sonora original) *Vencedor*
  • 1973 – Tom Sawyer (Melhor Banda Sonora adaptada)
  • 1974 – The Towering Inferno (Melhor Banda Sonora original)
  • 1973 – Cinderella Liberty (Melhor Banda Sonora original)
  • 1973 – "Nice to be Around" from Cinderella Liberty (Melhor Canção original)
  • 1972 – The Poseidon Adventure (Melhor Banda Sonora original)
  • 1972 – Images (Melhor Banda Sonora original)
  • 1971 - Fiddler on the Roof (Melhor Banda Sonora adaptada) *Vencedor*
  • 1969 – The Reivers (Melhor Canção original)
  • 1969 – Goodbye, Mr. Chips (Melhor Banda Sonora adaptada)
  • 1967 – Valley of the Dolls (Melhor Banda Sonora adaptada)

Globos de Ouro[editar | editar código-fonte]

  • 2013 – A Menina que Roubava Livros
  • 2012 – Lincoln
  • 2011 – War Horse
  • 2005 - Memórias de uma Gueixa (Globo de Ouro de melhor banda sonora original)
  • 2001 – A.I. – Inteligência Artificial
  • 1999 – As Cinzas de Angela
  • 1998 – O Resgate do Soldado Ryan
  • 1997 – Sete Anos on Tibet
  • 1995 – "Moonlight" por Sabrina (Globo de Ouro de melhor canção)
  • 1993 – A Lista de Schindler
  • 1989 – Nascido em 4 de Julho
  • 1988 – O Turista Acidental
  • 1987 – Império do Sol
  • 1984 – O Rio do Desespero
  • 1982 - E.T.: O Extraterrestre (Globo de Ouro de melhor banda sonora original)
  • 1980 – Star Wars - O Império Contra-Ataca
  • 1978 – Superman - O Filme
  • 1977 – Contatos Imediatos de Terceiro Grau
  • 1977 - Star Wars (Globo de Ouro de melhor banda sonora original)
  • 1975 - Tubarão (Globo de Ouro de melhor banda sonora original)
  • 1974 – Terremoto
  • 1973 – Tom Sawyer (composição de Richard M. Sherman e Robert B. Sherman, adaptado e conduzido por John Williams)
  • 1973 – Licença Para Amar até a Meia-Noite
  • 1972 – O Destino de Poseidon

Referências

  1. The adventures of tintin (em inglês) Oscar.go.com.
Ícone de esboço Este artigo sobre um compositor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.